Arundel, Winchester e Salisbury

A mão inglesa finalmente vai entrando nas vias neuronais do meu hábito e, para a sorte do Sandro, eu (ainda) não subi em cima do meio fio do lado direito da pista durante TODO o dia de hoje.

Isso não é ótimo? Bem, no dia de hoje (05 de Novembro) o hotel até tem internet banda larga, mas é pago. Ou seja, nada de entrar na internet hoje, iremos tentar entrar outro dia em algum ponto gratuito para fazer a publicação do blog e das fotos.

O passeio de hoje percorreu uns 250km mais ou menos e se iniciou no litoral, em uns desfiladeiros de pedra muito bonitos, onde caminhamos um pouco. A praia, claro, não tem areia, mas uns pedregulhos. O Sandro fez um vídeo mostrando as ondas quebrando, inclusive. Tinha uns surfistas por lá, mas não sei como eles se arriscavam, pois o mar estava super perigoso e o frio era de “renguiar cusco”! Mas valeu a pena, pois a paisagem é estonteante.

De lá, rumamos para Winchester e no caminho, fizemos uma parada não programada em Arundel, onde há um castelo muito, mas muito grande! Eu não me lembrava mais porque tinha tirado a cidade do roteiro (mas ela já esteve no roteiro antes!) e lá, depois de pagar 2,50 libras no estacionamento bem em frente do castelo (se eu tivesse andado uns 50m mais à frente, teria pagado £1,00!) a gente descobriu que o castelo estava fechado.

Leia mais

Compartilhe:
comentarios:0
06
Nov
2009
Página 1 de 11