Dublin: dicas para a capital da Irlanda

Dublin é uma cidade alegre, pacífica, população agradável. Não se surpreenda se um desconhecido passar por você e te cumprimentar (até mesmo em português), principalmente nos bairros residenciais. Os irlandeses são pessoas simpáticas, receptivas e acolhedoras.

Estudantes do mundo todo passeiam pelas ruas de Dublin, inclusive  muitos brasileiros, tornando a atmosfera da cidade jovial e animada. Entre a arte e a música, a cultura paira no ar.

Ponte O Connel rio Liffey Dublin
Ponte da O Connel sobre o rio Liffey

 

Muitos destes estudantes procuram Dublin pela riqueza e diversidade cultural e também com objetivo de aprender inglês. A Irlanda se destaca por oferecer programas de estudo para intercâmbio bem acessíveis.

Dublin possui origens vikings. Foi fundada por nórdicos que fizeram residência por lá chamando a cidade de Reino Nórdico do Lago Negro. O nome em inglês deriva da palavra “Dubhiinn ou Dubh Linn”, que significa lago Negro.

 

Clima

Dublin tem fama de que chove muito mas tem menos dias chuvosos que Londres. A temperatura máxima média em janeiro é de 8  graus, já em julho é de 19 graus. Os meses mais ensolarados são maio e junho, o mais chuvoso é dezembro, sendo o mais seco fevereiro.

 

Saúde pública

Para você não ter dores de cabeça e possíveis contratempos relacionados a saúde em sua viagem, deverá imprescindivelmente estar com seguro particular contratado.

Muitos imaginam que Dublin tem um atendimento público no padrão dos europeus, mas não é assim. Portanto evite problemas desnecessários e curta com segurança sua viagem.

 

Transporte

 

Bondes

A cidade possui um sistema de bonde Luas, tendo disponíveis duas linhas a vermelha e a verde. Em todas as estações existem máquinas para comprar a sua passagem.

Importante: a partir do momento que você adquirir sua passagem, terá 90 minutos para finalizar o trajeto.                                                          

Bondes Dublin

 

Zonas Adulto Adulto
ida e volta
Crianças Crianças
ida e volta
1 zona 2,10€ 3,70€ 1€ 1,90€
2 zonas 2,80€ 4,80€ 1€ 1,90€
3-4 zonas 3,10€ 5,40€ 1,30€ 1,90€
5-8 zonas 3,20€ 5,50€ 1,30€ 2,40€

 

Ônibus

Os ônibus possuem dois andares podendo ser uma boa opção de passeio. Na cidade circulam mais de 100 linhas. Tenha o valor exato, pois os motoristas não devolvem o troco, mas dão um recibo que você poderá trocar por dinheiro na sede central da Dublin Bus (Upper O’Connel Street 59). Não esqueça de levar junto ao recibo o bilhete original.

Se você pretende ficar mais tempo na cidade e necessitar utilizar o ônibus com mais frequência, poderá adquirir  o Leap Visitor Card. Podendo adquirir no centro de Informação Turística do aeroporto que fica aberto todos os dias, das 8:00 às 22:00 horas.

ônibus Rua Dublin

O preço dos ônibus em Dublin depende do número de paradas que você irá percorrer. Para você  saber o valor correto a pagar a única maneira é dizer diretamente ao motorista qual é o seu destino.

  • De 1 a 3 paradas: 2,15€.
  • De 4 a 13 paradas: 3€.
  • Mais de 13: 3,30€.

 

Bicicletas

As bicicletas são um dos meios de transporte mais convidativos por serem rápidas e baratas, com diversos pontos espalhados por toda cidade: as famosas “Dublinbikes”.

Bicicletas Dublin
Bicicletas para alugar em Dublin

Para usar as bicicletas é necessário ter apenas um cartão de crédito e acessar o terminal que há nas estações. Apos efetuar o seu registro no sistema, você pode usar a bicicleta pelo tempo que desejar e pode devolvê-la em qualquer estação da rede.

Tarifas

  • Assinatura anual: 25€.
  • Assinatura de 3 dias: 5€. 
  • Depósito de garantia: 150€.
  • Primeira meia hora: gratuita.
  • 1 hora: 0,50€.
  • 2 horas: 1,50€.
  • 3 horas: 3,50€.
  • 4 horas: 6,50€.
  • Cada meia hora adicional: 2€. 

 

Compras em Dublin

Estivemos no St. Stephen’s Green Shopping Centre, tem de tudo em três andares,  bem movimentado,  várias lojas e cafés, uma boa experiência de compras.

St Stephen Green Shopping
St Stephen Green Shopping Centre

Existem muitos produtos e souvenir típicos da Irlanda, bonecos de duendes, objetos relacionados à Guinness. Particularmente eu me rendi e comprei sementes de trevo de 04 folhas que florescem até hoje aqui na minha casa.

Grafton Street  é uma das zonas mais badaladas, abrigando as principais lojas de grifes da cidade de Dublin, juntamente com a boa música que rola solta pela rua, trazendo um ar descontraído e alegre.

Grafton Street Dublin
Artista de rua na Grafton Street

 

Onde ficar em Dublin

A melhor região de Dublin indiscutivelmente é Temple Bar. Fica ao sul do rio Liffey, perto de todas as atrações turísticas da cidade (da para ir a pé). Esta é uma área bem movimentada, portanto se você deseja sossego e tranquilidade para dormir este pode não ser o seu lugar. Além de que os preços por ali podem ser bem salgados.

Temple Bar

Outras opções são o centro comercial de Dublin ao norte do Rio Liffey e a região próxima ao parque St Stephen’s Green.

A nossa escolha foi ficar em Temple Bar, num hotel que custa hoje em torno de 100 euros a diária. O Hotel Paramount fica a 500 metros do castelo de Dublin, gostamos da estadia.

Hotel Paramount

 

Onde comer em Dublin

Dublin é uma cidade que possui restaurantes para todos os gostos e bolsos, a gastronomia passeia entre comidas típicas irlandesas, locais sofisticados e até Fast Foods.

Lá em Dublin as pessoas costumam comer cedo, portanto se você optar, por exemplo, jantar as 18 horas poderá encontrar preços mais baratos.

Se você está procurando pubs com música ao vivo, vá diretamente aos melhores que ficam na Temple Bar.

Temple Bar Dublin
Temple Bar à noite

O que fazer em Dublin

Dublin tem várias atrações turísticas famosas, como a Guinness Storehouse, a Catedral de St Patrick e o parque St Stephen’s Green. Para este post não ficar muito longo, escrevemos um post descrevendo tudo o que achamos de interessante para ser visitado em Dublin

Está acompanhando nosso conteúdo sobre a Irlanda? Veja nossos outros posts sobre o país:
Vale do Boine – berço histórico da Irlanda

Está a procura de um bom hotel em Dublin ou em outro lugar da Irlanda? A caixa de busca abaixo pode te dar uma mão. Caso chegue a fechar uma reserva com o Booking.com, a gente ganha uma comissão de alguns centavos. É pouco, mas ajuda nosso blog a se manter vivo.

Escrito por: Sandro Vaz
Compartilhe:
comentarios:0
Posts Relacionados:
30
nov
2019
Nenhum comentário