Parque das Aves em Perguntas e Respostas – Foz do Iguaçu

O Parque das Aves é uma das minhas atrações preferidas em Foz do Iguaçu.  E olha que rivalizar com as próprias Cataratas não é pouca coisa, hein? Já parou para pensar por que adultos e crianças gostam tanto de lá?

Parque das Aves  - tucano

Nós vamos tentar responder a essa e outras dúvidas através de um jogo rápido do tipo FAQ (Frequent asked questions). Ao final, espero que você consiga decidir se vale a pena conhecer o Parque das Aves.

 

 

 

1. O que tem no Parque das Aves?

O próprio nome já ajuda, né? Aves. Hehehe. Só que são tantas aves, de tantas cores, espécies e tipos, que tenho certeza: você vai ficar impressionado. E algo me diz que você não vai sentir a menor falta de ver, sei lá, leões.

Parque das Aves  - colhereiroO colhereiro

Pense bem. Há aves de vários tamanhos, desde os pequenos periquitos (tem uns bem diferentes lá, ameaçados de extinção) até as gigantescas harpias (com garras maiores do que as de urso!).

Parque das Aves  - aves parecem livresOlha que diferente esse aí

Na minha singela opinião, ver “só” aves não é, em hipótese alguma, um problema. E prepare-se, há mesmo muuuuuitas delas por lá. E quando digo muitas, não é só em variedade, mas também em quantidade mesmo.

 

2. Só tem aves no Parque das Aves?

Não. Há humanos também visitando e trabalhando…

Brincadeirinha!

Parque das Aves  - araras azuis namorandoOwn…

O nome não foi escolhido à toa. 90% do que se vê lá são aves sim. Mas também há um setor de répteis e um borboletário.

Infelizmente, répteis não são seres lá muito amistosos, então não dá para entrar no riozinho com jacarés e interagir com eles. As serpentes, bem… com essas vocês sabem que não dá para brincar.

Portanto, a seção de répteis acaba sendo bem parecida com a de um zoológico convencional. Você passa e olha eles meio de longe. As serpentes, por exemplo, você vê através de um vidro.

Parque das Aves  - borboletario

Já o borboletário é bem mais legal. Você entra num lugar cheio de plantas verdejantes e as bonitinhas estão lá voando por toda parte. Eu enlouqueci tentando fotografar algumas.

 

3. Então o Parque das Aves é um Zoológico?

Sim. Mas é um zoológico muito diferente de qualquer outro que eu tenho ido. Não que eu seja um especialista no assunto, mas já li e ouvi essa mesma opinião de várias outras pessoas.

Parque das Aves  - emas

 

4. Qual a diferença do Parque das Aves para um Zoológico comum?

Quando você entra lá, de cara vai ver umas aves presas em jaulas idênticas às de qualquer outro zoo. Daí vai dizer: aquele Gleiber é um mentiroso, isso aqui é igualzinho ao zoológico X que visitei na cidade Y.

Mas não confie na primeira impressão, siga um pouco mais adiante. A trilha vai te levando para os próximos setores do Parque e tenho certeza de que você vai curtir muito a área dos flamingos já bem no início.

Aí já aparecem as primeiras diferenças. O espaço para eles é enorme, com um verdadeiro lago no meio. Tem até um espelho ao fundo, que é para enganar os bichinhos e eles acharem que são mais numerosos do que são de fato.

E daí começam as trilhas em meio à mata. E de repente você entra, literalmente, dentro dos viveiros. Lá no fundo, escondidas pela vegetação, há grades. Mas estas ficam tão longe que temos a ilusão de que as aves vivem soltas, livres.

Parque das Aves  - viveirosOlhem o tamanho da “jaula”

E o mais incrível: você está caminhando no meio delas! Você sabe que pagou um ingresso e que aquilo não é real, mas a impressão é a de ter encontrado um refúgio de tucanos e guarás no meio da selva subtropical.

Parque das Aves  - tucanos

É por isso que, não importa a idade: adultos e crianças piram com essa experiência fantástica. E os gringos, então? Eles surtam com tanto bicho exótico.

Parque das Aves  - viveiro das ararasViveiro das araras

 

5. A gente pode tocar nas aves? Não é perigoso?

Não e não. Você estará muito próximo delas e se tocar, pode ser que ninguém veja e ninguém venha brigar contigo. Mas há vários avisos pedindo para a gente resistir a essa tentação e deixá-las em paz.

Nem é por causa da nossa segurança. É praticamente impossível um tucano causar um ferimento num humano marmanjo. Mas não tocá-los é importante para a segurança DELES.

Parque das Aves  - gleiber e araraTem uma área no final do passeio com araras mansinhas para você tirar esta foto

Nessa relação, nós é que somos o lado forte. E por mais acostumados que pareçam, pode acontecer deles ficarem assustados e com medo. Então para que estressá-los?

E muito importante: nunca, jamais, dê comida para eles! Aí sim! Você pode até matá-los.

 

6. E onde eles conseguem esses animais?

No início, muitos vieram por doação e empréstimo de outros zoológicos. Depois, o Parque das Aves virou referência no cuidado e tratamento de animais resgatados pelo IBAMA. Muitos chegam feridos e acabam em cativeiro aqueles sem chance de sobrevivência na natureza.

Tem um setor lá só de araras machucadas e que foram salvas do tráfico de animais. É lindo e ao mesmo tempo triste. Lindo porque se não fosse o Parque das Aves, elas já estariam todas mortas.

Parque das Aves  - arara salva do trafico de animaisArara salva do tráfico de animais

Triste, porque nos lembram do quão malvado por ser o bicho-homem.

 

7. E quanto tempo leva uma visita ao Parque das Aves? Onde fica? Quanto custa? Qual o horário de funcionamento?

Uma visita ao Parque das Aves leva em torno de duas horas. Dá para fazer mais corrido, em uma hora. Mas vai ser isso: corrido. Na primeira vez que estivemos por lá, em 2012, chegamos quase na hora de fechar. Saí com a decepção de quem ganha uma caixa de bombons e só conseguiu comer metade.

Parque das Aves  - fachada

Dessa vez não! Chegamos bem cedo, na hora do parque abrir e vejam só, em duas horas conseguimos ver tudo, com toda a calma do mundo. Com crianças, reserve meia hora a mais.

O Parque das Aves fica bem do lado da entrada das Cataratas do Iguaçu, no lado brasileiro. Não tem como errar! E o estacionamento, olhem só, é gratuito para visitantes!

Fiquem ligados nos horários. A coisa começa às 08:30h e fecha às 17:00h! Não deixe para chegar em cima da hora como a gente fez em 2012, hein?

Sobre o preço, é sempre bom olhar no site oficial antes de ir. Mas estava em R$ 24,00 quando estivemos por lá.

Parque das Aves  - voo da arara

 

8. Mais perguntas?

Bem, se quiser saber mais sobre o Parque das Aves, pode usar e abusar da caixa de comentários abaixo!

Se quiser lembrar como foi a nossa primeira vez por lá em 2012, releia o post que escrevemos na época. Em ambas as vezes, a gente ganhou cortesias para o ingresso.

 

Serviço

Parque das Aves
Site Oficial
Av. das Cataratas, Km 17.1 (Google Maps)
Horário: 08:30h – 17:00h (de Dom a Dom)
Preço: R$ 24,00
Fanpage | Twitter | Instagram

Escrito por: Gleiber Rodrigues
Compartilhe:
comentarios:12
Posts Relacionados:
03
May
2015
12 comentários
  1. Alexandre
    03/05/2015

    Muito boa a matéria! E as fotos ficaram fantásticas! Realmente uma visita ao Parque das Aves é indispensável para quem quer conhecer uma das melhores atrações de Foz do Iguaçu.

  2. Parabens pela materia, este passeio e maravilhoso principalmente para quem vai visitar e tem crianças elas ficam apaixonadas pelas aves pois tem o contato com a natureza

  3. LEONEIDE CUNHA
    03/08/2015

    Fui a esse parque, fiquei encantada realmente, você não sabe pra onde olhar de tanta maravilha. Ao longo do caminho, tirei foto com um tucano quase tocando as penas dele, e ele quietinho…
    Ah!!! e tirei uma foto com uma dessas araras também. Eles têm o cuidado de vez em quando trocar de animal para não estressar porque são muitas pessoas que querem tirar foto com elas no braço.
    Vá, você não vai se arrepender.
    Viajar para Foz foi uma experiência fantástica, deixando claro que nada se compara as cataratas*, me emocionei ao ponto de chorar com tanta grandeza. 🙂

    *uma dica é, se você não levar uma capa, comprar a branca, pois a outra transparente é mais barata, mas muito frágil, vi muitas pessoas rasgando ao vestir.

    • Oi Leoneide,
      A gente comprou essa transparente baratinha aí… E, obviamente, rasgou em menos de 10 minutos.
      Abraços e obrigado por contribuir compartilhando a sua vivência.

  4. Oi Gleiber!
    Adorei seu blog!
    Farei minha viagem toda baseada no seu roteiro de Foz do Iguaçu!!!
    Já estou planejando uma viagem p europa e vou voltar aqui para ler todos os outros posts!!!
    Beijos!

  5. Viviane Brandão
    25/08/2016

    Oi Gleiber!
    Tem que pagar p tirar foto com as aves?
    Estarei indo para Foz em Outubro.
    Abraços!

    • Oi Viviane,
      Não! Você paga o ingresso para o parque e lá dentro tira foto à vontade, inclusive com as araras mansinhas e às vezes até com serpentes (se elas estiverem no espírito para isso, claro).
      Abraços e boa viagem. Você vai adorar.

  6. Diana rodrigues
    31/12/2016

    Boa tsrde qual o valor para a entrada do parque das aves?

  7. Mirian
    22/01/2017

    Boa tarde!! Gostaria de conhecer, parece ser lindo. Gostaria de saber se é necessário passar dentro dos viveiros ou posso passar por fora? Pois quero levar minha bebê e ela tem um pouco de medo. Obrigada.

    • Oi Mirian,
      A maioria dos viveiros você vê por fora mesmo, como em um zoológico normal. Mas em alguns desses viveiros, acho que não tem jeito, só passando por dentro, mas eles são viveiros espaçosos, não há como o bebê sentir medo. Acredite. No viveiro das araras ela até poderia ficar com medo sim, mas você não precisa entrar dentro deste.
      Abraços.