Turismo em Split – Croácia – vale passar um dia?

Fazer turismo em Split, na Croácia, embora pareça óbvio, pode não valer muito a pena, dependendo do seu tempo e itinerário. Mas um lugar que abriga as ruínas romanas do Palácio do Imperador Diocleciano pode justificar dormir ali ao menos uma noite. Ou não?

Turismo em Split Croacia Torres e relogio

Vamos então mostrar como é o astral da cidade litorânea que é mais usada como ponto de partida para conhecer as ilhas do que uma atração em si. E veja você mesmo se o lugar é legal o bastante para justificar sua estadia.

Bem, a gente dormiu lá 2 noites!

 

Split – ponto de partida para a ilhas da Croácia

Split é uma cidade que fica bem no centro da faixa litorânea da Croácia. Bem em frente dela, olhando para o mar Adriático, dezenas (senão centenas) de ilhas paradisíacas estão disponíveis: Hvar, Vis, Brac e Korcula são as mais famosas, mas não as únicas.

Turismo em Split Croacia orla durante o dia

E é com esta intenção que muita gente vem até aqui: só para pegar um ferry em direção a outro destino mais importante. Cruzeiros também têm passagem obrigatória. E a Itália, bem, fica logo ali do lado, e se comunica através de rotas marítimas com o país através do porto de Split.

Se você vai a Dubrovnik de carro vindo da capital, Zagreb, passará obrigatoriamente por aqui. Se resolver viajar o país de trem, aqui fica o ponto final (ou inicial, depende do ponto de vista) de uma linha férrea que vem do continente. Ou seja, não importa de onde vem ou para onde vai na Croácia, Split fica no caminho.

 

Mas tem o que fazer em Split? 

A cidade não é tão bonita como Dubrovnik, mas dá aos ares. Na verdade, todas as cidades dálmatas são muito parecidas entre si. Isso mesmo: dálmatas! É que essa estreita faixa litorânea da Croácia, entre as montanhas e o Adriático se chama Dalmácia. Quem nasce ali é dálmata. Entendeu?

Turismo em Split Croacia comercio e restaurantesParece Dubrovnik ou não?

No passado recente (ali pelo século XV-XVI), Veneza era dona desses mares e impôs sua cultura e arquitetura sobre os lugares que eram do seu domínio. Resultado: os vilarejos e cidades com ares “italianos”.

Turismo em Split Croacia Luminarias

Claro que isso não significa que a cidade toda é bonitinha e antiga. Esse charme se resume apenas à Cidade Antiga (Old Town), onde estão as ruínas históricas e o patrimônio da humanidade pela UNESCO – o Palácio de Diocleciano, um imperador romano nativo de lá.

Tudo está restaurado e bem cuidado, recheados de restaurantes, lojas e lugares simpáticos para passear: de dia ou de noite.

Turismo em Split Croacia ruas historicas

A orla, cheia de palmeiras, dá a impressão de que ali é uma cidade praiana. Mas não se engane, as praias urbanas de Split são um lixo. Melhor dizer então que ali é uma bela cidade portuária então.

Leia mais:
+ Praias urbanas de Split
+ O que tem para ver em Dubrovnik

Mas o mais importante para se visitar na Cidade Antiga são as ruínas do famoso Palácio de Diocleciano, esta sim, razão suficiente para você dar uma paradinha, e não só uma passadinha por Split.

Palácio de diocleciano – o melhor do turismo em Split

Prepare-se. Você e toda a torcida do Flamengo vão querer visitar o mesmo lugar. No verão, o estacionamento mais próximo estará sempre lotado. E do lado de fora, centenas de ambulantes terceiro-mundistas estarão loucos para te vender algum falsificado por uma pechincha.

Turismo em Split Croacia AmbulantesLado de fora

A Croácia é europeia, mas ainda não é primeiro mundo assim, de verdade. Mas depois de entrar do lado de dentro das muralhas, prepare-se para uma viagem no tempo. Lá fora fica a muvuca urbana, as buzinas, o trânsito. Do lado de dentro, o Palácio é um lugar lindo, mágico. E é tão grande que é praticamente um bairro!

Turismo em Split Croacia movimento pedestres

Pelas minhas contas, deve ser quase meia-Dubrovnik (meia cidade murada, lógico). Prepare-se para descobrir igrejas, fachadas, arcos, ruínas e janelinhas simpáticas de todo tipo.

Turismo em Split Croacia arquitetura

A incorporação da arquitetura dos tempos do império romano pela Igreja durante a idade média fez com que as coisas permanecessem de pé. Enquanto os palácios do Palatino – lá em Roma estão destruídos e acabados, aqui dá para ter melhor noção da grandiosidade de algo que sobrevive há quase 2.000 anos!

Turismo em Split Croacia ruinas romanas

Sim, as ruínas de Split são os restos de um palácio que o imperador romano Diocleciano mandou construir em sua cidade natal. Isso mesmo: um “croata” já foi líder do Império Romano. É que naquela época eram bem diferentes das de hoje.

Turismo em Split Croacia Torre principal

Foi fantástico passear e jantar por ali durante uma noite e uma manhã. Até porque o lugar se transforma conforme a “iluminação”.

Turismo em Split Croacia orla durante a noite

De noite havia comidas de rua, show ao vivo na praça, músicos se apresentando por uns trocados, gente jantando, flertando, comprando. Um agito só. Tinha até uns cristãos protestando contra a “sensualização” excessiva da cidade por causa das baladas e das festas! Mais eclético e liberal, impossível.

Turismo em Split Croacia bolinho de chuva

Turismo em Split Croacia comida de rua

De dia, havia muitos turistas daqueles que estavam só de passagem, atrás de um pouco de sol e sorvete, de caminhar na orla, fotografar as fachadas dos hotéis de luxo e visitar os museus (só estes são pagos – entrar na cidade antiga é livre e grátis).

Turismo em Split Croacia Palacio de deocleciano - igreja

 

Conclusão – vale ou não vale um dia inteiro de Turismo em Split?

Bem, a área é compacta. Embora o palácio seja grande para um palácio, você em 3 horas já terá caminhado em toda a sua extensão. Considerando que não há mais nada para ser ver ali além da cidade velha, àqueles que tem pouco tempo, não acho obrigatório passar um dia inteiro lá não.

Turismo em Split Croacia calcadao

Mas se eu tenho mais tempo, o que poderia fazer para aproveitá-lo melhor?

Os barcos estão ali e passeios pelo mar é o que não falta. Talvez a dica seja dormir em Split e fazer uma excursão pelo Adriático enquanto curte o charme da cidade antiga de noite. Já aviso que não existem passeios bate-e-volta para Hvar. Era esse o nosso plano e acabou não dando certo. Mas existem outros formatos de tour, que devem ser fantásticos!

Para conhecer bem as ruínas romanas, também vale a pena pegar um City Tour e se aprofundar pelos calabouços, pelas igrejas e pelas partes pagas do Palácio. Será um banho de 2.000 anos de história para os admiradores.

Turismo em Split Croacia palacio de deocleciano

Ou seja, como gosto é algo muito individual, cada terá o seu jeito ideal de curtir Split. O que importa é que, de um jeito ou de outro, rápido ou devagar, todos terão como se divertir na cidade mais democrática da Croácia.

Procurando um hotel no país? Se você usar nossa caixa de busca, a gente ganha uma comissão do Booking.com! Ajuda aeee!

Que ler mais posts sobre a Croácia? Clique no banner abaixo ou nos links relacionados a seguir:

andarilhos do mundo croacia e eslovenia

Veja mais:
Dicas do que fazer em Dubrovnik

Elafiti Islands num barco do século XVII
Praias urbanas de Split – dá para chamar aquilo de praia?
Medjugorje – um santuário da Virgem em plena Bósnia
Hvar em bate-e-volta: não faça isso!
+ Lagos de Plitvice – o lugar mais lindo da Croácia

Escrito por: Gleiber Rodrigues
Compartilhe:
comentarios:37
Posts Relacionados:
22
Jan
2014
37 comentários
  1. Manoela
    23/01/2014

    Vale sim Gleiber!!!!!!!!!! Eu adorei Split como ponto de partida na Croácia. Concordo que a cidade não é linda como as outras mas é simpática. Achei que de noite parece q ela toma mais vida com um passeio pela promenade ou nos arredores da Catedral :o)

    Bjosss

  2. Rafael Carvalho
    23/01/2014

    Que demais, hein? Ótimo post e fotos lindas! Fico cada dia mais apaixonado pela Croácia. Eu iria nas férias de 2014, mas acabou que uma promoção mudou meus planos. Mas ano que vem eu volto com a ideia. Abraços

  3. Bruna
    04/04/2014

    Olá!!! Ótimas dicas…

    Uma ajuda, onde ficar em Split que fique perto do Porto?

    Obrigada!!

  4. Carol Guelber
    27/04/2014

    Olá, Gleiber

    Não estou com muita vontade de parar em Split nem para dormir, pois tenho pouco tempo e seus relatos me desanimaram um pouco em relação à cidade, mas você acha factível sair de carro de Dubrovnik cedinho, ir até Mostar, na Bósnia, entregar o carro em Split e seguir ainda neste dia para Havar? Obrigada

    • Não fala assim, Carol. Split vale a visita sim! Só não valem as praias! kkkkk Mas ok.
      Tem que ver os horários dos ferries para Hvar no site da Jadrolinija: http://www.jadrolinija.hr/
      Mas acho que dá sim, porque pelo que me lembro, eles saiam de tardezinha. Mostar é uma excelente ideia, a gente só ficou sabendo da existência da cidade depois que voltamos de lá. Perdemos a oportunidade de conhecê-la. 🙁

  5. Carol Guelber
    16/05/2014

    Haha Gleiber, acabou que tive que mudar meu roteiro e vou chegar em Split vindo de Plitvice, logo vou ter que passar uma noite la. Meu problema agora e em relacao ao carro. Nao sei se alugo carro para ir a Hvar ou se alugo uma moto pra rodar a ilha. Porque minha ideia era pegar um ferry pra Drenivik (acho que e assim) e seguir pra Mostar , mas estando de moto, nao sei como chegar ate o porto. Alguma sugestão? Obrigada

    • O jeito mais fácil: o mesmo carro que te leva para Split serve para continuar a sua viagem. Pode atravessá-lo no ferry para poder rodar na ilha de Hvar. Na ilha de Hvar, procure as placas para o extremo leste da ilha, a cidadezinha de Sucuraj. Lá fica o porto que você vai usar para atravessar o seu carro até Drvenik, na Croácia continental. Daí é só apontar seu GPS para Mostar.
      Jeito mais barato: economize o preço de atravessar o carro nos ferries! Devolva o carro em Split e atravesse a pé para a ilha de Hvar. Na ilha, alugue uma moto/quadriciclo para circular. Quando terminar seu passeio em Hvar, volte a pé para Split de novo e aí sim alugue outro carro para seguir viagem.

  6. Vicente França
    25/05/2014

    Oi Gleiber,
    Estou indo para uma viagem p/ a Itália e vou tb na Croácia por 5 noites. Estou querendo conhecer Dubrovnik, Split e Hvar .Ainda estou escolhendo hoteis etc mas pensei 3 noites em Dubrovnik 1 em Split e 1 em Hvar. Tem uma sugestão da melhor forma de fazer esse percurso? Pensei em alugar carro mas nao gosto muito de dirigir principalmente la onde nao conheço nada. Bom qq dica é bem vinda. Chego no aeroporto de DBV no dia 20/8 e saio do mesmo aeroporto em 25/8. Um abraço e parabéns pelo site.

    • A melhor forma seria se você tivesse pegado o voo de volta do dia 25/08 voltando de Split para a Itália. Ter que ir a Dubrovnik de volta vai te quebrar as pernas. Mas se não tiver jeito de mudar isso, acho que o jeito é esse aí que você deu. Eu acho 1 dia em Hvar pouco. Talvez fosse melhor 2 dias Hvar e 2 dias em Dubrovnik. Mas se você vai ter que voltar até Dubrovnik de novo, melhor dormir mais dias lá.

  7. Ulisses Soares
    01/06/2014

    Olá,
    Seu site tem sido muito útil!! Parabéns!

    Veja se consegue me ajudar… Em setembro farei um cruzeiro saindo de Veneza até a Grécia, passando por Croácia (Split e Dubrovink). Perguntas:
    1- terei 8h em cada cidade. Consigo conhecer a cidade e aproveitar umas 2h de praia? Praia nessas cidades são boas? E o clima em setembro?
    2- moedas: dólar ou euro? Ou tenho que providenciar a moeda local?

    Obrigado pela ajuda!
    Abraços

    • Oi Ulisses,
      1) As praias urbanas de Split e de Dubrovnik não são lá muito legais não, viu? Sugiro você ir atrás de outras coisas. Afinal, praias boas mesmo são as nossas aqui no Brasil, hehehe. Para curtir uma praia realmente legal, você vai ter que chegar lá e engatar direto uma excursão até uma praia de areia que exista por perto. Há algumas delas tanto perto de Split quanto de Dubrovnik. Mas fico com a impressão que é perda de tempo, com tantas atrações históricas e culturais para se fazer.
      Para algo mais simples, só para entrar no mar mesmo, dá para achar “praias” de pedra de fácil acesso e gratuitas. Veja o nosso post sobre as praias urbanas de Split: http://andarilhosdomundo.com.br/2014/01/praias-urbanas-de-split-croacia/
      Nós estivemos por lá em Agosto. As praias estavam cheias de gente, o pessoal curtindo muito. Mas para nosso padrão, a água era bem gelada (eu entrei assim mesmo, não me importo). Mas fora da água era um calor de matar! Em setembro, o esperado é que o calor do lado de fora já não esteja tão forte, mas mesmo assim acho que deve ser gostoso.

      2) Compre euros no Brasil e vá trocando lá por Kunas aos poucos.

      Abração.

  8. Basaglia
    14/10/2014

    Ola Gleiber , muito boa a matéria. Queria algumas dicas , vou para Split para o festival Ultra Europe , devo ficar 6 dias pela Ilha. Compensa eu ficar alguns dias em outras ilhas ou de Split eu consigo ir e conhece-las? ( lembrando que 3 dias serão apenas para o festival). Outra coisa vi um hotel chamado Studio Apartments Renata fica 150 metros da praia Žnjan , 40 minutos a pé do centro , o preco esta bom, é uma boa escolha ou seria mais interessante ficar no centro? Muito obrigado!!!

    • Oi Basaglia,
      Vamos lá. Split não tem muitos passeios bate e volta não (tem para Bol, que é uma praia linda, fica a dica). Normalmente as pessoas vão para as ilhas e passam lá alguns dias. Se você puder tirar 2-3 dias só em Hvar seria fantástico!
      Esse hotel parece bom, mas você vai ter que pegar busão para ir ao centro. Não que isso seja grande problema, porque é fácil se deslocar por lá. Mas eu prefiro em geral ficar mais perto do centro… Depende mais do seu orçamento mesmo.
      Abração.

  9. Inacio Brito
    15/10/2014

    Pretendo passar 10 dias entre a Eslovenia e Montenegro .
    O tempo é suficiente para conhecer os locais?
    Gosto muito de cidades medievais museus lugares legais e monumentos assim como belezas naturais tipo as cavernas de lá e também os lagos castelos e parques nacionais
    Aceito dicas
    Abcs
    Obrigado
    Inacio

  10. Inacio Brito
    15/10/2014

    Sou médico pediatra também e gosto de lugares incríveis pelo que ouvi existem nesta região
    Inacio Brito

  11. […] para aproveitar bem. Claro que há vida fora da Cidade Murada como você pode ver nesse post do Andarilhos do Mundo e neste do Felipe, o Pequeno Viajante, mas se você está com o tempo apertadinho, não sofra com […]

  12. Marcelo takahashi
    17/01/2015

    O que você pode dizer sobre os cruzeiros que partem de Split em que misturam caminhadas e passeios pelas ilhas do adriático?

    • Oi Marcelo,
      Eu não sou lá muito fã de cruzeiros… Mas são uma boa opção, senão a mais prática para conhecer essas ilhas. Ir para cada uma delas por conta própria de forma independente dá bastante trabalho. Abraços.

  13. Raissa
    13/05/2015

    Oi Gleiber! Adorei suas dicas, mas ainda estou com uma dúvida. Voce saberia me dizer se tem como ir de Hvar para Dubrovnik sem ter que passar por Split? Por que estava pensando em fazer o seguinte itinerário em 5 dias:
    Zadar –> Split –> Hvar–> Dubrovnik–> Plitvice–>Zadar.
    Será que é possivel ou terei que abrir mão de Dubrovnik por estar tão afastado? Obrigada 🙂

    • Oi Raissa,
      Você estará de carro?
      Tem como sair da ilha de Hvar por um porto chamado Sucuraj que se comunica com o continente pelo porto de Drvenik. Dali você pode seguir viagem até Dubrovnik. Veja: http://www.orangesmile.com/common/img_city_maps/dubrovnik-map-2.jpg
      Mas em 5 dias vai ser tudo muito corrido. Principalmente o Dubrovnik -> Plitvice -> Zadar do final. Eu cortaria ou Dubrovnik ou Hvar do roteiro (no caso, cortaria Hvar).
      Abraços.

  14. Nidia
    19/05/2015

    Olá Gleiber, sou Nidia do Passione Per Viaggio e já trocamos figurinhas uma outra vez. Tudo bem? Irei a Croácia em outubro aproveitando um congresso na Itália e alugarei um carro em Dubrovnik seguindo a Montenegro, Bósnia, norte da Croácia e depois Leste Europeu. Na sua opinião é melhor seguir de carro até Budapeste, Praga e Viena ou é roubada e perigoso sendo melhor entregar o carro em Zagreb e pegar um aéreo?

    • Oi Nidia
      Claro que me lembro.
      Budapeste, Praga e Viena são cidades grandes e o carro é legal para se deslocar entre elas, mas é péssimo durante a estadia, porque não servirá para nada. Eu devolveria o carro em Zagreb e faria os deslocamentos entre as grandes cidades de trem, avião ou até de busão mesmo. Peguei um ônibus entre Praga e Viena que foi superconfortável! Recomendo.
      Abraços.

  15. Gustavo
    26/05/2015

    Olá Gleiber,

    Onde você conseguiu o city tour pelas areas pagas do castelo? e quanto custou em média? Abraço!

    • Oi Gustavo,
      A gente não fez esse city tour. O que a gente quis dizer é: “se você quiser se aprofundar mais, pegue um city tour”. Acho que me lembro de ter agências ali pelas calçadas do palácio vendendo isso. E havia vários grupos com guia por lá de dia. Abraços.

  16. Thais
    26/05/2015

    Adorei !!!!! Explicaram muito bem e as fotos lindas tb

  17. Miriam
    24/07/2015

    adorei o site! Gostaria de saber mais sobre o passeio bate volta de split a bol . Vc sabe qual a empresa que faz e o preço?
    E para sair de Hvar e ir a dubrovnik por mar, tem como? Estamos sem carro.
    Agradecida

    • Oi Miriam,
      Conheço a http://www.jadrolinija.hr/ empresa confiável de ferries. Mas eles não fazem direto de Hvar para Dubrovnik por mar não. É bem longe, na verdade. O que dá para fazer é pegar um ferry de Hvar para Split e depois um ônibus de Split para Dubrovnik. Abraços.

  18. Janine
    01/08/2015

    Que pecado dizer que as pessoas de Split são um lixo! Antes de Split eu fui em Ibiza e Formentera, e garanto que as praias de Split são mil vezes mais lindas e limpas! Arrependi de reservar 1,5 dia em Split e ter ficado longos 4 dias em Ibiza! Split é incrível! Não sei porque os mochileiros vão de passagem,sendo que há tanto a se fazer.

    • Oi Janine,
      Eu não disse que as pessoas em Split são um lixo, disse? Fiquei procurando no texto até para corrigir.
      Mas não conheci Ibiza, não dá para comparar… Também tinha uma ideia de que lá era mais bonito
      Abraços.

  19. Dani Mi
    02/09/2015

    Oi Gleiber, tudo bem?
    Acabo de fazer essa viagem incrível pela Croácia. Viajar é tudo de bom, não acha?

    Criei um blog para compartilhar minha história por lá e estou recomendando o seu para os meus amigos também. Segue link de muitas aventuras pela Croácia:
    http://namochiladaninja.blogspot.com.br/
    http://namochiladaninja.blogspot.com.br/2015/08/o-que-fazer-em-split.html

  20. Carmem
    21/02/2016

    Olá,Gleiber!!! Adorei as suas dicas!!! Estarei indo em agosto e ficarei 15 dias de carro! Chegarei por Zagreb e retornarei por Zagreb. Com isto, estou precisando de umas dicas e quanto tempo deveria ficar nos lugares. Claro , que em alguns estarei apenas passando. Com isto, se por possível divida p mim!!
    Ljubljana
    Zagreb
    Plitvice
    Zadar
    Split
    Hvar
    Dubrovnik
    Esqueci de Mostar…a minha dúvida principal é se eu vou parando e no final venho direto. Ou ,se paro na ida e na volta. Abraços e parabéns novamente!!!

  21. Daniel
    20/11/2016

    Se vc esta chegando em split de aviao com o objetivo de seguir.pra Hvar é quase impossivel nao parar em.split por ao menos uma noite! E foi o que ocorreu comigo, cheguei ja tarde em split mas ainda consegui curtir uma nigth tipicamente croata em um porto mais afastado do centro, foi pura sorte e um doa pontos altos da viagem.
    No outro dia reservei a manhã pra conhecer o palacio e depois pegar o ferry pra Hvar, e a impressao q tive foi que consegui conhecer os picos mais importantes la. Com um roteiro apertado não recomendaria passar um dia inteiro em Split, mas uma.volta pela cidade vale muuuuuuita a pena, o palácio é mto legal!!