Como montar um Roteiro para Machu Picchu

Como montar um Roteiro para Machu Picchu? Pode conferir. A principal dúvida que aparece na nossa caixa de comentários nos posts que falam sobre o Peru é justamente essa.

Machu Picchu paisagem dia de sol

A pessoa tem 4, 5, às vezes até 10 dias disponíveis e não sabe como organizá-los de forma mais eficiente. Então vamos lá! Você vai ver como vai ficar fácil você mesmo montar um itinerário lógico com as dicas que vou deixar neste post.

Vem comigo!

 

Roteiro para Machu Picchu: Mínimo 3 dias

Eu sei. Vai ficar corrido. Mas às vezes é o tempo que a pessoa tem. De repente a criatura está emendando com um tour em outro lugar, ou simplesmente precisa aproveitar uma oportunidade de promoção de aéreo.

Dia 1 – Chegada a Cusco – Aclimatação
Chegada ao aeroporto e táxi até seu hotel
Não programe outras atividades é importante fazer a aclimatação à altitude
Mais dicas em: Batendo pernas em Cusco – devagarinho

Dia 2 –  Visita a Machu Picchu – bate-e-volta
Táxi para a estação Poroy de trem
Trem de Poroy para Machu Picchu (bem cedo, às vezes antes das 7:00h)
Ônibus em Aguas Calientes até as ruínas
Visitação ao santuário durante o dia (10 – 16h)
Retorno de trem no fim da tarde
Retorno ao hotel
Mais dicas em: Como Chegar a Machu Picchu
Aguas Calientes – o portal para Machu Picchu
E finalmente… Visitando Machu Picchu

Dia 3 – Retorno ao Brasil (e City Tour?)
Dependendo do horário do voo, pode dar tempo de fazer o City Tour (dura toda a manhã).
Neste caso, você terá que comprar um Boleto Turístico de Cusco.
Mais dicas em: City Tour em Cusco parte 1 – Catedral e Qorikancha
City Tour em Cusco parte 2 – Sacsayhuaman

Trem para chegar a Machu Picchu

 

Roteiro de 4 Dias

Eu acho que esse é o tempo disponível da maioria das pessoas cujo foco é 100% Machu Picchu. E aqui você precisa tomar uma decisão. Você quer chegar nas ruínas sagradas dos incas de manhã bem cedo para tentar ver os primeiros raios de Sol iluminarem o Santuário? Ou vai preferir chegar às 10h junto com 90% dos outros turistas, fazendo um bate-e-volta a partir de Cusco?

Na primeira opção, você vai ter que dormir em Aguas Calientes para conseguir pegar os primeiros ônibus que sobem até a entrada do Parque Arqueológico. E isso vai ocupar 2 dias do seu roteiro. Veja:

Opção 1 – Dormindo em Aguas Calientes

Dia 1 – Chegada a Cusco – Aclimatação
Chegada ao aeroporto e táxi até seu hotel
Não programe outras atividades é importante fazer a aclimatação à altitude.
Se for fazer o Tour Vale Sagrado e/ou o City Tour, providenciar o boleto turístico
Mais dicas em: Batendo pernas em Cusco – devagarinho

Dia 2 – Trem para Machu Picchu
Táxi para a estação Poroy de trem
Trem de Poroy para Machu Picchu (de manhã)
Chegada a Aguas Calientes e check-in no hotel
Tempo livre para passear pela cidade.

Aguas Calientes as termasTermas em Aguas Calientes

OU, para os mais gananciosos:

Tour do Vale Sagrado (te pegam no seu hotel, em geral)
Abandonar o Tour em Ollantaytambo (por volta das 15h)
Pegar o Trem para Aguas Calientes às 15:30 (apertado) ou 19h (ideal)
Chegada a Aguas Calientes e check-in no hotel
Tempo livre para passear pela cidade.

Atenção: se for abandonar o seu Tour em Ollantaytambo, avisar ao guia da excursão
Mais dicas em: Aguas Calientes – o portal para Machu Picchu
Como Chegar a Machu Picchu

Vale Sagrado dos Incas

Dia 3 – Visita a Machu Picchu – e retorno a Cusco
Acordar às 5h, tomar café às 5:30h e estar às 6h na estação de ônibus
Subir até Machu Picchu e entrar nas ruínas antes das 7h
Ver o Sol iluminar as ruínas e visitar o restante antes dos outros turistas chegarem
Se tiver comprado o ingresso com antecedência: dá tempo de subir Huayna Picchu
Retorno de trem para Cusco no fim da tarde
Retorno ao hotel de Cusco
Mais dicas em: E finalmente… Visitando Machu Picchu
Subindo Huayna Picchu

Dia 4 – Retorno ao Brasil (e City Tour?)
Dependendo do horário do voo, pode dar tempo de fazer o City Tour (dura toda a manhã).
Mais dicas em: City Tour em Cusco parte 1 – Catedral e Qorikancha
City Tour em Cusco parte 2 – Sacsayhuaman

Vale Sagrado Peru PanoramaVale Sagrado

Opção 2 – Bate e Volta a partir de Cusco

Dia 1 – Chegada a Cusco – Aclimatação
Chegada ao aeroporto e táxi até seu hotel
Não programe outras atividades é importante fazer a aclimatação à altitude
Providenciar o boleto turístico de Cusco
Mais dicas em: Batendo pernas em Cusco – devagarinho

Dia 2 – Trem para Machu Picchu – em bate-e-volta
Táxi para a estação Poroy de trem
Trem de Poroy para Machu Picchu (bem cedo, às vezes antes das 7:00h)
Ônibus em Aguas Calientes até as ruínas
Visitação ao santuário durante o dia (10 – 16h)
Retorno de trem no fim da tarde
Retorno ao hotel de Cusco
Mais dicas em: Como Chegar a Machu Picchu
Aguas Calientes – o portal para Machu Picchu
E finalmente… Visitando Machu Picchu

Dia 3 – Tour Vale Sagrado
O Tour do Vale Sagrado dura o dia inteiro
Normalmente eles te pegam e te deixam no seu hotel
À noite, você poderá ver o show de danças folclóricas (incluso no boleto turístico)
Mais dicas em: Vale Sagrado dos Incas

Dia 4 – Retorno ao Brasil (e City Tour?)
Dependendo do horário do voo, pode dar tempo de fazer o City Tour (dura toda a manhã).
Mais dicas em: City Tour em Cusco parte 1 – Catedral e Qorikancha
City Tour em Cusco parte 2 – Sacsayhuaman

Saqsaywaman Cusco Saqsaywaman – atração do City Tour de Cusco

 

Roteiro de 5 dias entre Cusco e Machu Picchu

Na minha opinião, este é o tempo ideal. Dá para fazer tudo com bastante calma. Se você quiser, dá para acrescentar um pouco de correria ao incluir mais passeios do que vou mostrar abaixo. Mas, sinceramente… Não acho que compense. Na minha opinião, quem tem 5 dias deve, necessariamente, dormir em Aguas Calientes uma noite. Veja:

Dia 1 – Chegada a Cusco – Aclimatação
Chegada ao aeroporto e táxi até seu hotel
Não programe outras atividades é importante fazer a aclimatação à altitude.
Se for fazer o Tour Vale Sagrado e/ou o City Tour, providenciar o boleto turístico
Mais dicas em: Batendo pernas em Cusco – devagarinho

Dia 2 – Trem para Machu Picchu – pernoite em Aguas Calientes
Táxi para a estação Poroy de trem
Trem de Poroy para Machu Picchu (de manhã)
Chegada a Aguas Calientes e check-in no hotel
Tempo livre para passear pela cidade.
Mais dicas em: Aguas Calientes – o portal para Machu Picchu
Como Chegar a Machu Picchu

Dia 3 – Visita a Machu Picchu – e retorno a Cusco
Acordar às 5h, tomar café às 5:30h e estar às 6h na estação de ônibus
Subir até Machu Picchu e entrar nas ruínas antes das 7h
Ver o Sol iluminar as ruínas e visitar o restante antes dos outros turistas chegarem
Se tiver comprado o ingresso com antecedência: dá tempo de subir Huayna Picchu
Retorno de trem para Cusco no fim da tarde
Retorno ao hotel de Cusco
Mais dicas em: E finalmente… Visitando Machu Picchu
Subindo Huayna Picchu

Dia 4 – Tour Vale Sagrado
O Tour do Vale Sagrado dura o dia inteiro
Normalmente eles te pegam e te deixam no seu hotel
À noite, você poderá ver o show de danças folclóricas (incluso no boleto turístico)
Mais dicas em: Vale Sagrado dos Incas

Dia 5 – Retorno ao Brasil (e City Tour?)
Dependendo do horário do voo, pode dar tempo de fazer o City Tour (dura toda a manhã).
Mais dicas em: City Tour em Cusco parte 1 – Catedral e Qorikancha
City Tour em Cusco parte 2 – Sacsayhuaman

Huaynapicchu x HuchuypicchuPara saber o que é Huayna Picchu (é o nome dessa montanha ali e dá para subir lá em cima)

 

Alternativa

Há quem argumente que dormir em Aguas Calientes não é assim tão necessário, então você pode preferir fazer o bate e volta para Cusco em um dia e usar o outro para fazer o City Tour de Cusco com calma. Na minha opinião, quem faz o tour do Vale Sagrado não precisa fazer o city tour, mas enfim. Veja como fica:

Dia 2 – Trem para Machu Picchu – em bate-e-volta
Táxi para a estação Poroy de trem
Trem de Poroy para Machu Picchu (bem cedo, às vezes antes das 7:00h)
Ônibus em Aguas Calientes até as ruínas
Visitação ao santuário durante o dia (10 – 16h)
Retorno de trem no fim da tarde
Retorno ao hotel de Cusco
Mais dicas em: Como Chegar a Machu Picchu
Aguas Calientes – o portal para Machu Picchu
E finalmente… Visitando Machu Picchu

Dia 3 – City Tour de Cusco
Aproveite a manhã na cidade para visitar museus inclusos no boleto turístico
Almoce em algum dos restaurantes charmosos de Cusco
City Tour completo à tarde (com excursão ou táxi privado)
Mais tempo livre para curtir a noite em Cusco (restaurantes, barzinhos)
Mais dicas em: City Tour em Cusco parte 1 – Catedral e Qorikancha
City Tour em Cusco parte 2 – Sacsayhuaman
Museus inclusos no Boleto Turístico

Museu de Sitio del QoricanchaMuseu incluso no boleto turístico de Cusco (o debaixo)

 

Roteiro de 6 dias

Agora sim! Você pode dizer que com 6 dias vai conhecer a linda cidade de Cusco como ela merece. Terá tempo de passear em lojas, visitar mais museus, conhecer atrações além do básico. De agora em diante, vou usar o modelo do tour de 5 dias acima e só acrescentar as atividades para os dias extras. Assim esse post não fica repetitivo demais.

Opção 1 – Se você optou pelo roteiro de 5 dias acima com pernoite em Aguas Calientes e não terá tempo de fazer o City Tour de Cusco, use o seu sexto dia para fazê-lo então. Vai ficar assim:

Dia 1 – Chegada a Cusco – Aclimatação
Dia 2 – Trem para Machu Picchu e pernoite em Aguas Calientes
Dia 3 – Visita a Machu Picchu e retorno a Cusco
Dia 4 – City Tour em Cusco
Aproveite a manhã na cidade para visitar museus inclusos no boleto turístico
Almoce em algum dos restaurantes charmosos de Cusco
City Tour completo à tarde (com excursão ou táxi privado)
Mais tempo livre para curtir a noite em Cusco (restaurantes, barzinhos)
Mais dicas em: City Tour em Cusco parte 1 – Catedral e Qorikancha
City Tour em Cusco parte 2 – Sacsayhuaman
Museus inclusos no Boleto Turístico
Dia 5 – Tour Vale Sagrado
Dia 6 – Retorno ao Brasil

Catedral de Cusco PeruCatedral de Cusco

 

Opção 2 – Para quem vai conseguir fazer o City Tour no último dia e terá um dia inteiro extra livre para fazer passeios fora do lugar comum no Vale Sagrado.

Dia 1 – Chegada a Cusco – Aclimatação
Dia 2 – Trem para Machu Picchu e pernoite em Aguas Calientes
Dia 3 – Visita a Machu Picchu e retorno a Cusco
Dia 4 – Tour Vale Sagrado

Dia 5 – Tour Vale Sagrado Sul e/ou Maras e Moray
Aqui você provavelmente terá que fazer um tour personalizado com carro e guia privados.
Entretanto, se achar alguma excursão pronta, sairá mais barato.
Acho que dá tempo de fazer Tipón, Pikillakta, Andahuaylillas, Maras e Moray em um só dia.
Mais dicas em: Maras e Moray
Vale Sagrado Sul

Dia 6 – City Tour e Retorno ao Brasil

Boleto Turístico Cusco MorayMoray

 

Opção 3 – Para quem não faz questão de dormir em Aguas Calientes e quer fazer o City Tour de Cusco com calma, para não ter correrias no dia de ir embora da cidade.

Dia 1 – Chegada a Cusco – Aclimatação
Dia 2 – City Tour em Cusco
Aproveite a manhã na cidade para visitar museus inclusos no boleto turístico
Almoce em algum dos restaurantes charmosos de Cusco
City Tour completo à tarde (com excursão ou táxi privado)
Mais tempo livre para curtir a noite em Cusco (restaurantes, barzinhos)
Mais dicas em: City Tour em Cusco parte 1 – Catedral e Qorikancha
City Tour em Cusco parte 2 – Sacsayhuaman
Museus inclusos no Boleto Turístico
Dia 3 – Visita a Machu Picchu em bate-e-volta
Dia 4 – Tour Vale Sagrado

Dia 5 – Tour Vale Sagrado Sul e/ou Maras e Moray
Aqui você provavelmente terá que fazer um tour personalizado com carro e guia privados.
Entretanto, se achar alguma excursão pronta, sairá mais barato.
Acho que dá tempo de fazer Tipón, Pikillakta, Andahuaylillas, Maras e Moray em um só dia.
Mais dicas em: Maras e Moray
Vale Sagrado Sul

Dia 6 – Retorno ao Brasil

Salinas ou Salineras de MarasSalineras de Maras

 

Roteiro de 7 dias (ou 8 dias, ou 9, e assim por diante)

Agora sim! Você vai ter tempo tranquilamente para visitar tudo com a maior calma do mundo. Não vai faltar nada no seu itinerário. Se bem que ainda é possível dividir algumas atividades para que sejam feitas em 2 dias, em vez de um só. Tudo para que sua viagem seja de férias e não mais um cronograma apertado para cumprir.

Não vejo aqui nenhuma razão plausível de não dormir em Aguas Calientes, então vou tirar a opção de bate-e-volta da jogada. Vou deixar um roteiro básico completo para ninguém ter que ficar indo e voltando no artigo.

Dia 1 – Chegada a Cusco – Aclimatação
Chegada ao aeroporto e táxi até seu hotel
Não programe outras atividades é importante fazer a aclimatação à altitude.
Se for fazer o Tour Vale Sagrado e/ou o City Tour, providenciar o boleto turístico
Mais dicas em: Batendo pernas em Cusco – devagarinho

Dia 2 – City Tour em Cusco
Aproveite a manhã na cidade para visitar alguns museus inclusos no boleto turístico
Almoce em algum dos restaurantes charmosos de Cusco
City Tour completo à tarde (com excursão ou táxi privado)
Mais tempo livre para curtir a noite em Cusco (restaurantes, barzinhos)
Mais dicas em: City Tour em Cusco parte 1 – Catedral e Qorikancha
City Tour em Cusco parte 2 – Sacsayhuaman
Museus inclusos no Boleto Turístico

Dia 3 – Trem para Machu Picchu – pernoite em Aguas Calientes
Táxi para a estação Poroy de trem
Trem de Poroy para Machu Picchu (de manhã)
Chegada a Aguas Calientes e check-in no hotel
Tempo livre para passear pela cidade.
Mais dicas em: Aguas Calientes – o portal para Machu Picchu
Como Chegar a Machu Picchu

Dia 4 – Visita a Machu Picchu – e retorno a Cusco
Acordar às 5h, tomar café às 5:30h e estar às 6h na estação de ônibus
Subir até Machu Picchu e entrar nas ruínas antes das 7h
Ver o Sol iluminar as ruínas e visitar o restante antes dos outros turistas chegarem
Se tiver comprado o ingresso com antecedência: dá tempo de subir Huayna Picchu
Retorno de trem para Cusco no fim da tarde
Retorno ao hotel de Cusco
Mais dicas em: E finalmente… Visitando Machu Picchu
Subindo Huayna Picchu

Dia 5 – Tour Vale Sagrado
O Tour do Vale Sagrado dura o dia inteiro
Normalmente eles te pegam e te deixam no seu hotel
À noite, você poderá ver o show de danças folclóricas (incluso no boleto turístico)
Mais dicas em: Vale Sagrado dos Incas

Dia 6 – Tour Vale Sagrado Sul e/ou Maras e Moray
Aqui você provavelmente terá que fazer um tour personalizado com carro e guia privados.
Entretanto, se achar alguma excursão pronta, sairá mais barato.
Acho que dá tempo de fazer Tipón, Pikillakta, Andahuaylillas, Maras e Moray em um só dia.
Mais dicas em: Maras e Moray
Vale Sagrado Sul

Dia 7 – Retorno ao Brasil
Dependendo do horário do voo, pode dar tempo de visitar mais museus.
Lembre-se que vários deles estão inclusos em seu boleto turístico.
Mais dicas em: Museus inclusos no Boleto Turístico

Vale Sagrado Sul Tipon FortalezaTipón, no Vale Sagrado Sul

 

E se eu tiver 8 dias? Minha sugestão é dividir o dia 6 do roteiro acima em duas partes. Visite Maras / Moray em um dia e o Vale Sagrado Sul no outro. Ou então fique duas noites em Aguas Calientes e visite Machu Picchu duas vezes! No primeiro dia suba a montanha Huayna Picchu e no outro dia, faça do trekking até o pico Machu Picchu mesmo.

E se eu tiver 9 dias? Faça as duas coisas que acabei de dizer no parágrafo acima. Visite a santuário duas vezes e divida seus passeios pelo Vale Sagrado de modo a ficar mais confortável.

Lembre-se que ainda há a possibilidade de chegar a Machu Picchu fazendo a trilha inca e com a rota Salkantay. Se essa for a sua pegada, dá para ajustar os dias de trilha dentro de qualquer um dos roteiros acima.

Indo a Machu Picchu pela Trilha IncaO pessoal indo de trilha

 

O Nosso Roteiro por Cusco, Vale Sagrado e Machu Picchu

Vocês devem estar curiosos. Qual foi o roteiro que nós, os Andarilhos do Mundo, escolhemos fazer quando estivemos nesta região? Então… Tenho a dizer que tínhamos bastante tempo livre, então a gente quis fazer tudo com bastante tranquilidade. Tiramos até dia de spa num hotel 5 estrelas! Veja:

Dia 1 – Chega a Cusco – Aclimatação

Dia 2 – City Tour em Cusco
Passamos a manhã caminhando pela cidade
City Tour à tarde
À noite, táxi para o hotel Rio Sagrado, na cidade de Urubamba

Dia 3 – Dia livre no hotel
Passeio à cavalo à tarde pela zona rural de Urubamba

Dia 4 – Trem para Aguas Calientes
Táxi do Hotel para Ollantaytambo
Trem de Ollantaytambo para Aguas Calientes
Tempo livre para conhecer o vilarejo

Dia 5 – Visita a Machu Picchu e retorno para Urubamba
Chegamos 7h da manhã na ruínas
Visita guiada pelo sítio arqueológico
Ponte Inca
Huayna Picchu – grupo das 10h
Retorno a Aguas Calientes 13:30h
Trem para Ollantaytambo 18:30h
Táxi até o hotel Rio Sagrado em Urubamba

Dia 6 – Maras e Moray / SPA
Visita da Maras e Moray pela manhã
Tarde livre, tratamento no SPA do hotel

Dia 7 – Tour Vale Sagrado Sul
Experiência com xamã no hotel (de manhã)
Translado para Cusco em carro privado passando pelo roteiro Vale Sagrado Sul
Pernoite no hotel Tierra Viva Saphi em Cusco
Espetáculo de dança folclórica (incluso no boleto turístico)

Dia 8 – Tour Vale Sagrado
Passamos o dia no tour do Vale Sagrado
Barzinho com os amigos que fizemos no passeio

Dia 9 – Visita aos Museus e retorno a Lima
Experiência no templo da Lua (perto de Q’enqo) com um sacerdote nativo
Visita aos museus de Cusco inclusos no boleto turístico
Voo para Lima no meio da tarde

Hotel Rio Sagrado rede

 

Serviço

Vejam como eu sou bonzinho! Vou deixar a lista de sites úteis para vocês contratarem todos os serviços necessários para fazer o seu roteiro. As excursões, entretanto, devem ser contratadas em Cusco. Pesquisem, pechinchem, aproveitem sugestões do seu hotel. Os nossos tours todos foram contratados na recepção dos hotéis (ou seja, não temos agência para indicar!)

Para comprar tíquetes de trem: Peru Rail Inca Rail.
Para comprar ingressos para Machu Picchu e Huayna Picchu: site oficial do governo peruano
Explicando mastigadinho: Como Chegar a Machu Picchu

Para reservar os mesmos hotéis que a gente (via booking.com):

Em Cusco – Tierra Viva Saphi
Em Aguas Calientes – La Cabaña Machu Picchu
Em Urubamba – Hotel Rio Sagrado – 5 estrelas

Para ler as nossas resenhas sobre esses hotéis:

Em Cusco – Tierra Viva Saphi
Em Aguas Calientes – La Cabaña Machu Picchu
Em Urubamba – Hotel Rio Sagrado – 5 estrelas

Outros blogs bem legais com bastante informação sobre Machu Picchu, Cusco e o Vale Sagrado:

360 Meridianos
Blog Boa Viagem
Descortinando Horizontes

Dividindo a Bagagem
Finestrino
Flashes de Viagem
Mochilão Trips
Preciso Viajar
Sunday Cooks
Territórios
Tô Longe de Casa
Turomaquia
Viagens & Diversão
Viajante Sustentável

roteiro para machu picchu

 

Ainda ficou com alguma dúvida? Use e abuse da caixa de comentários abaixo. Mas lembre-se. Depois desse post, não vou fazer mais roteiro personalizado para ninguém, hein? (se bem que, pagando bem, né? kkkkk)

 

Quer pesquisar agora um hotel para ficar em Aguas Calientes (Machu Picchu)? Vale a pena conferir o site do Booking.com. Reservando lá após ter clicado no nosso link, a gente ganha até 1% de comissão, gente! É uma merreca, eu sei, mas vai ajudar o nosso site a continuar vivo. Ajuda aeee!

 

Banner Horizontal Peru

Escrito por: Gleiber Rodrigues
Compartilhe:
comentarios:301
Posts Relacionados:
07
Nov
2013
301 comentários
    • Douglas
      11/07/2014

      Caro Gleiber, tudo bem?
      Pretendo ir para Macchu Picchu em julho do ano que vem.
      Gostaria de saber os seguintes pontos:
      1 – Dizem que fazer o câmbio de dólar ou real para soles a pessoa acaba perdendo, qual o local mais apropriado para fazer esta troca? Pretendo juntar R$ 500,00 para 7 dias, é muito? Casas de câmbio no aeroporto de GRU ou GIG fazem troca de real para soles?

      2 – Indo de Lima para Cusco, qual a opção mais barata?

      3 – Indo de Cusco para aquela vila perto de Macchu Picchu (esqueci o nome), qual a opção mais barata?

      4 – Além dos sítios arqueológicos citados por voce, tem mais para visitar?

      5 – Para ir em julho tem que levar muita blusa? Calças jeans ou tectel ou moleton?

      • Oi Douglas
        Vamos lá:
        1) Você pode comprar dólares e levar. Lá você vai trocando por soles aos poucos. Não compre soles em território brasileiro. Isso não vale a pena. R$ 500,00 é muito pouco para uma viagem de 7 dias, a não se que você tenha um perfil muito econômico ou já tenha hotéis e passagens já pagos.
        2) De Lima para Cusco há ônibus. Bem mais barato que avião, só que bem mais demorado também.
        3) De Cusco para Aguas Calientes, o jeito mais barato é ir de ônibus também. Mas prepare-se para caminhar 10km a pé. O pessoal do blog “To Longe de Casa” fez esse roteiro. Veja em: http://tolongedecasa.com/2013/06/16/machu-picchu-por-santa-teresa-2/
        4) Tudo o que conhecemos lá está no nosso blog.
        5) O clima lá é igual durante todo o ano. O que muda é que de manhã faz friozinho em Cusco (leve moleton / blusa de frio) e em Junho há pouca chuva.

        Abração e boa sorte

    • Anne Kiepe
      09/09/2014

      Gleiber, gostaria de ter a tua opinião sobre o meu roteiro, e ao mesmo tempo tirar umas dúvidas

      dia 01 – cuzco – aclimatação
      dia 02 – cuzco
      dia 03 – vale sagrado
      dia 04 – vale sagrado
      dia 05 – vale sagrado
      -A MINHA DUVIDA COM RELAÇÃO A ISTO É SE EU DEVO FICAR NUM HOTEL LEGAL NO VALE SAGRADO E FAZER OS PASSEIOS DE LÁ MESMO, OU SE DEVO FICAR EM CUZCO, E DE LÁ ORGANIZAR OS PASSEIOS
      dia 06 – do vale sagrado para aguas calientes
      dia 07 – machu pucchu
      – A MINHA DUVIDA É SE, JA QUE TEMOS TEMPO, DEVEMOS FICAR DUAS NOITES EM AGUAS CALIENTES, MESMO SEM PRETENDER SUBIR DUAS VEZES. OUTRA DÚVIDA É SE DEVEMOS SUBIR PARA Huayna Picchu, POIS NÃO TEMOS UM EXCELENTE CONDICIONAMENTO FÍSICO. VC CONCORDA, QUE SE VAMOS INCIAR O PASSEIO BEM CEDO NAO PRECISAMOS PROGRAMAR 2 DIAS PARA SUBIR? E ACHA VÁLIDO DORMIR A SEGUNDA NOITE EM AGUAS CALIENTES PARA RETORNAR A CUZCO NO OUTRO DIA APÓS O ALMOÇO?

      dia 08 – cuzco
      dia 09 – cuzco – retorno

      Tua opinião é muito importante para mim, pois preciso decidir se reservo os hoteis so em cuzco e aguas calientes, ou se escolho um hotel bacana no vale sagrado.

      Valeu!

      • Oi Anne
        Primeira dúvida. Acho melhor ficar em Cusco como base. A cidade é vibrante e divertida à noite, com muita coisa para fazer, restaurantes para experimentar e até barzinhos, lojinhas, artesanato. Nenhuma cidade do Vale Sagrado (são vilarejos, com uma área pobre bem grande e um centrinho bonitinho de poucas quadras) vai ser melhor como base.

        Segunda dúvida. Se vocês tem um condicionamento físico ruim, isso não é motivo para desistir de Huayna Picchu, caso vocês queiram mesmo fazer a trilha. A montanha é linda, a trilha é legal e vai assustar e ser difícil mesmo àqueles que tem medo de altura. Mas o cansaço pega. Você tem todo o tempo do mundo para subir e depois para descer, então pode ir com calma. Para não ficar cansativo DEMAIS, minha dica então é ir num dia em Huayna Picchu e no outro dia visitar as ruínas. Você vai gastar 3-4 horas andando por Machu Picchu e dividir a atividade física em dois dias vai tornar a experiência mais confortável. Daí, no segundo dia, depois de ter feito a trilha, volte para Cusco num trem de tardezinha.
        Abraços.

    • Vicentte
      03/12/2014

      Olá, gostei muito dos seus posts, estão sendo de muita importância para o planejamento de minha viagem à Cusco. Pretendo ir no final do ano e passar o reveillon lá. Estava pensando em fazer o passeio ao Vale Sagrado em excursão e de lá pegar o trem para Machu Picchu no início da noite e no dia seguinte subir a montanha. A minha dúvida é, sobre a questão de bagagem, é possível levar no passeio? Já que teremos que dormir, portanto alguma bagagem temos que levar…rsrs

      • Oi Vicente,
        Dá para levar malas no passeio, inclusive. O trem de Ollanta para Aguas Calientes (AC) é que não aceita bagagem muito pesada, viu? Dica: deixe sua mala em Cusco no próprio hotel. Leve só uma mochila com o que você precisa para 1-2 dias em AC. Quando voltar a Cusco, pegue sua mala de novo. Foi o que fizemos. Abraços.

  1. Giovanna Wanderley
    07/11/2013

    O post tá completinho Gleiber! Obrigada por ter me ajudado e pelo incentivo para subir Huayna Picchu!Só não recomendo as piscinas maravilhosas de Águas Calientes rsrsrs.

    • kkkkk Aquelas piscinas super limpinhas? Apesar de não ser “recomendável” de fato, você não acha que a pessoa que estiver com tempo deve ir lá conferir? kkkkk

      • Denize De Martini
        10/08/2014

        Gleiber colega nota 10. Parabéns pelas viagens.. ótimas escolhas com extrema organização. Continue seus Roteiros. Vou necessitar das suas orientações- melhores viagens… roteiros… um grande abraço… Até… Denize De Martini

  2. Muito bom post, gostei! Beijos

  3. Rosely do Amaral Teixeira Conti
    08/11/2013

    Gleiber parabéns! Amei tuas dicas! Você tem informações para um roteiro incluindo o Lago Titicaca e Copacabana (Bolivia). Tenho 12 dias e estou considerando 10 por conta da climatização.
    O meu voo é para ir e voltar por Cuzco de 15 a 27/02. Não vou com agência porque quero fazer o meu roteiro. Só tenho dúvidas sobre o tempo para fazer Machu Picchu e o Lago. Se tiver informações que possa me ajudar, agradeço.

    • Oi Rosely,
      A gente não foi para o lago Titicaca, então não sabemos quanto tempo seria suficiente para ir até lá. Sei que a altitude no lago Titicaca é até pior que a de Cusco, então a aclimatação continua importante. Depois de descobrir o tempo necessário para Titicaca, é só ver o tempo que resta para Machu Picchu e encaixar numa das opções do nosso post.
      Boa sorte.

      • Marcelo
        18/06/2016

        Fala Gleiber, blz? Tenho 5 dias pra conhecer Machu Pichu e o Vale Sagrado. Estou pensando em fazer cavalgada de 1 dia em Cusco ate as ruinas e depois aguas clientes prla pegar o ônibus cedinho pra Machu Pichu. Alguma sugestão? Abs

        • Oi Marcelo
          Que legal essa da cavalgada, não sabia dessa possibilidade. Deve ser muito legal!
          Depois você me conta, viu?
          Abraços

  4. Robson Franzoi
    11/11/2013

    Cara, que post incrível!! Super completo, parabéns!

    Estou pensando em fazer essa viagem ano que vem, com certeza vou seguir várias dicas do post!!!

    Grande abraço!

    • Valeu Robson, fico feliz que você tenha gostado. Foi uma ideia que eu tive depois de tanto montar roteiros para a galera que comenta nos posts… Abração.

      • Sandra Regina Martins
        08/05/2016

        Olá, estou programando a minha viagem para Machu Pichu. É o meu sonho e com finalidade espiritual. Por gentileza, conhece algum grupo que vá para lá em Setembro deste ano com esta finalidade? Sou de Taubaté -SP whats 12 981315588. Obrigada

  5. Walessa
    24/11/2013

    Oiê!
    Pretendo ir à Lima também e tenho disponível até 9 dias pois estou programando fazer essa viagem no feriado de carnaval ano que vem, de sábado ao outro domingo.
    O que me recomenda?
    Acha tranquilo o deslocamento pelos 3 lugares em um mesmo roteiro?
    Digo Lima-Cusco-Machu Picchu..
    Novamente Obrigada pelas dicas detalhadas!
    Reparei que acolhe muito bem as pessoas aqui e que responde as perguntas prontamente.
    Parabéns! Tinha que ser mineiro uai..
    E por falar em Minas, conhece São Tomé das Letras ou já ouviu falar da tal passagem para Machu Picchu?hehe
    Também sou mineira e não conheço mas já ouvi falar sobre isso..

    • Oi. Claro que dá para ir à Lima sim. Tente comprar suas passagem aéreas já incluindo os deslocamentos Lima – Cusco. Separe 2 ou 3 dias (é o mínimo) para Lima e os outros dias para a região entre Cusco e Machu Picchu.
      Sobre o portal, nunca tinha ouvido falar não… hehehe

      • Walessa
        25/11/2013

        Pois então..
        Depois dê uma pesquisada sobre isso!
        É uma história meio doida mas interessante também.

  6. Marcia
    26/11/2013

    Estou com viagem marcada para o Peru no dia 10/12, esta me ajudando muito os textos de vocês, gostaria de tirar uma dúvida:

    Depois de comprado o boleto turístico que da entrada para o vele sagrado, ainda assim tenho que contratar um ‘tour’ pelo vale? podem me esclarecer?

    Obrigada.

    • Sim, Márcia. É exatamente isso. O boleto só dá direito ao ingresso aos sítios arqueológicos. Para chegar até eles, você tem que contratar um meio de transporte (tour ou até mesmo um táxi privado).

  7. Olá, Gleiber!
    Achei muito interessante todo o seu trabalho em detalhar e informar os melhores roteiros para quem quer conhecer Machu Pichu. Parabéns.
    E os custos? O que tens a me acrescentar?

    Atenciosamente,
    Verônica

    • Oi Verônica.
      Não é muito fácil falar de custos. As passagens aéreas mudam muito de valor. Hotéis têm preços diversos, conforme o perfil do turista (conforto, localização, etc). Costumo colocar os preços de cada atração dentro dos artigos específicos. Se você quiser saber algum preço em especial posso tentar descobrir pra ti.
      Abraços.

  8. Letícia Regina
    04/01/2014

    Olá Gleiber, fiquei com três dúvidas. Eu irei para Cuzco dia 28 de janeiro fico até o dia 03 de fevereiro.
    Pretendo fazer o roteiro de 6 dias.
    Sobre a compra de passagens de trem qual a opção da Peru Rail você indica?
    Outra dúvida qual tipo de moeda eu levo? Ou melhor onde compro consoles?

    Um abraço e muito obrigado pelos post! Feliz 2014!

    • 1) O trens da Peru Rail são muito parecidos, pode comprar a tarifa mais barata! Os trens vistadome tem janelas mais abertas, mas dependendo da poltrona que você for, acredite, isso fará pouca diferença. Vá pelo horário mais confortável.
      2) No Peru você conseguirá pagar algumas coisas com dólares (hotéis, ingressos, coisas turísticas), mas para o dia-a-dia também precisará de soles (restaurantes, táxis etc).
      3) Leve dólares e troque por soles aos poucos em casas de câmbio confiáveis (dentro de bancos ou estabelecimentos oficiais, nunca no meio da rua!) conforme for precisando.

      Abraços
      e feliz 2014!

  9. Letícia Regina
    07/01/2014

    Gleiber, boa tarde!

    Mais uma dúvida, vocês retornaram de trem no mesmo dia que subiram para Machu Picchu. Ou seja se eu subir para Machu Picchu de manhã, dá tempo de pegar o trem das 4 horas da tarde de volta para Cuzco?

    Abraços e obrigada mais uma vez!

    • Dá tempo sim, Letícia. Mas chegue beeem cedo em Machu Picchu para não ter a sensação de ter passeado correndo por lá. A gente ficou horas sem ter o que fazer em Aguas Calientes esperando o trem que saía lá pelas 18h…

  10. joao
    07/01/2014

    Olá Gleiber. Excelente site. Tenho algumas dúvidas e gostaria que você opinasse. 1) é viável ir de veículo, e qual a melhor rota? 2) qual a melhor época do ano para ir a Machu Picchu? 3) quais os lugares indispensáveis para serem visitados, tirando a cidadela? Parabéns pela iniciativa. Agradeço a atenção. Abraço e felicidades.

  11. Theobaldo Motta
    12/01/2014

    Qual a diferença dos ingressos ?
    1) Machu Picchu
    2) Machu Picchu + Huayna Picchu
    3) Machu Picchu + Montanha

    Obrigado

    • 1) Dá direito a entrar apenas em Machu Picchu (santuário, ruínas, templos). O acesso à ponte inca e à porta del Sol é livre.
      2) Dá direito a entrar em Machu Pichu e também a fazer a trilha para subir ao pico de Huayna Picchu, cujo acesso é limitado.
      3) Dá direito a entrar em Machu Pichu e também a fazer a trilha para subir ao pico da montanha Machu Picchu, que é a montanha em cuja base está a cidadela. O acesso para a trilha é controlado, você tem que mostrar esse ingresso para poder subir. Nesta trilha não há ruínas, mas serve para ter uma linda vista do local.
      Não sei se deu para entender. Qualquer coisa avise. Abraços.

  12. Cássio
    13/01/2014

    Olá, Gleiber.
    Obrigadíssimo pelas dicas generosas — e deixe-me abusar um pouco dessa generosidade… 🙂
    Estou montando um roteiro de 9 ou 10 dias, e tenho algumas dúvidas: (1) Pretendo ficar dois dias em Águas Calientes — eu precisarei de dois boletos, um para o dia que for visitar Huayna e um para o dia em que for ficar só em Machu Picchu? (2) Você diria que vale a pena a caminhada até a Porta do Sol? Parece que é meio longe… Você tem dicas sobre isso? (3) Nos roteiros que você sugere, mesmo nos mais longos, e até no seu próprio roteiro, não há visita à cidade inca em Ollantaytambo… E parece inclusive que há boas pousadas lá. Ollantaytambo não vale a visita? Porque sua preferência em ficar em Urubamba em vez de Ollantaytambo, que é, aliás, mais fácil para sair para Machu Picchu? (4) A subida à pé de Águas Calientes até Machu Picchu é viável? Qual é a distância? (5) Você sabe se fevereiro já chove um pouco menos?
    Mais uma vez, obrigadíssimo!
    Abraços

    • Oi Cássio. Vamos lá então:
      1) Se você quer entrar em MP em 2 dias, vai ter que comprar 2 ingressos sim. Um deles terá que ser um ingresso chamado Machu Picchu + Huayna Picchu e para o outro dia compre o ingresso apenas Machu Picchu. (Boleto turístico é outra coisa, hein? Serve para outras atrações em Cusco e no Vale Sagrado. O ingresso para Machu Picchu é uma coisa à parte)
      2) É longe sim. Se eu tivesse com tempo livre por não ter conseguido ingresso para Huayna Picchu eu iria até lá sim. Mas é longe mesmo. Mas é que eu gosto de trilhas e caminhadas e na falta de uma, eu faria outra. Não acho que tenha nada de especial para se ver lá.
      3) Claro que sim! Nós visitamos Ollanta (as ruínas e a cidadezinha) durante o tour do Vale Sagrado!!! Na verdade, quando fomos pegar o trem para Machu Picchu, chegamos à cidade umas 2 horas antes e ficamos batendo perna pelo centrinho. A cidade é um lugar bem pequeno, mas super simpático. Já a cidade inca (as ruínas) são as mais legais e grandiosas de todo o Vale Sagrado!!! Vale muito a pena. Ficamos em Urubamba não pela cidade, mas porque quisemos ficar NAQUELE hotel. Nem em Urubamba fomos, na verdade (só de passagem, a cavalo, hehehehe).
      4) Eu estava pensando seriamente em fazer essa subida, mas depois que o Sandro descobriu que dava para chegar lá em cima de ônibus, ele desistiu e então não fomos (às vezes eu tento enganar ele, mas nem sempre consigo). Depois de subir aquele caracol íngreme e mega distante, eu agradeci muito a ele por insistir no busão. Eu acho que levaria umas 2 horas ou mais para fazer um trajeto de 20 minutos. Sem falar que chegaria lá em cima tão cansado que não conseguiria caminhar numa boa durante a visita das ruínas. E com certeza perderia o horário ideal para entrar no parque. Ou seja, não recomendo não, será um dinheiro bem empregado!
      5) Putz… Previsão do tempo não é garantia de muita coisa, hein? É época de chuvas ainda. Então prepare-se para isso. Se fizer Sol, ótimo. Mas não conte com ele.
      Abraços. Espero ter ajudado.

  13. Arthur Lira
    20/01/2014

    Gleiber,

    Gostaria de saber se é melhor subir para Machu Picchu durante a semana ou final de semana? Pretendo ir logo cedo nos primeiros ônibus pois prefiro um passeio com menos gente. Saindo de águas calientes de 6:00 horas, quanto tempo leva para conhecer o santuário?
    Obrigado e parabéns pelo blog!! Ta ajudando MUITO!

    • A gente pegou um dos primeiros ônibus e começamos nossa visita propriamente dita às 7h da manhã. Até as 10h já tínhamos visto tudo, inclusive com guia. Acho que no fim de semana pode ser mais movimentado do que dia de semana, mas na prática isso pode não fazer lá muita diferença. Abraços.

  14. Ulisses Oliveira
    22/01/2014

    Oi Gleiber! Tenho lido muitas coisas do seu post, dicas e roteiros, é tudo muito esclarecedor – show! Estou planejando ir com mais 2 ou 3 amigos em agosto ou setembro/2014 para MP e claro HP, mas to querendo chegar em cusco e subir logo para Águas Calientes e minha preocupação é a bagagem (levaremos o básico é claro). Ten algum relato ou conhece algum relato sobre problemas com a bagagem nos hotéis? Só depois fazer os outros roteiros em Cusco – Vale Sagrado e quem sabe Lago Titicaca. obrigadão mesmo!

    • Sua preocupação é com roubo? Ou com lugar de guardar bagagem enquanto vai a Aguas Calientes? Bem, geralmente todo hotel guarda bagagem para o turista que ficou (ou ficará) lá por cortesia. É tranquilo. Sobre assalto, sempre há esse risco, mas não acho Cusco um lugar mais perigoso do que qualquer país europeu não, viu? A propósito, achei a cidade muito mais segura do que qualquer cidade brasileira do mesmo porte.
      Abração.

  15. Marcelo
    23/01/2014

    Olá Gleiber. excelente suas dicas. Parabéns!

    Estarei indo agora em Abril para o Peru com mais 2 amigos e tenho dúvidas ref. ao roteiro. Temos 10 dias e as passagens já estão compradas.
    Estamos pensando em usar os 10 dias para conhecer o Vale Sagrado, Machu Pichu (pernoite em Águas Calientes) e uma outra cidade (pensei em Arequipa, Puno ou Nazca) de ônibus.
    Estou elaborando nosso roteiro para os 10 dias e gostaria da sua opinião.

    05/04 – Embarque de SP – Chegada em Cusco as 10h30 (dia livre para acostumar com a altitude)
    06/04 – Cusco / Vale Sagrado
    07/04 – Cusco / Vale Sagrado
    08/04 – Cusco / Vale Sagrado
    09/04 – Cusco – Ollantaytambo / Trem para Machu Pichu – (Pernoitando em águas calientes)
    10/04 – Visita Machu Pichu e retorno a Cusco
    11/04 – Arequipa
    12/04 – Arequipa (Colca Canyon)
    13/04 – Arequipa –> Cusco
    14/04 –
    15/04 – Voo pra SP às 08h10

    • Nossa! Perfeito! Você vai ter tempo de sobra para explorar toda a região do Vale Sagrado (Vale Sagrado normal, Vale Sagrado Sul, Maras/Moray) e ainda tem um dia lá no final que dá para usar para o City Tour. Dize que Arequipa é um desbunde. Talvez você prefira voltar de lá no dia 14, hehehhehe. Curti seu roteiro demais. Ficou muito melhor que o que eu fiz (tive os mesmo 10 dias e não fui a Arequipa), kkkkk

  16. Marcelo
    30/01/2014

    Obrigado pela ajuda Gleiber. Vou manter este roteiro mesmo.

    Me tira uma dúvida. Qual a melhor forma de comprar os ingressos pra Machu Pichu?
    É melhor já comprar adiantado aqui do Brasil? Se sim, qual a melhor forma de comprar?

    Mais uma vez Obrigado.

    • Dá para comprar pelo site oficial pelo governo peruano, mas você precisa ter um cartão internacional com a tecnologia Verified by Visa. Senão, só mesmo através de uma agência. A gente contatou a Lima Mentor e pagamos uma taxa de conveniência (eles aceitam pagamento pelo Pay Pal, que é super prático).

  17. raquel
    05/02/2014

    Olá, primeiro gostaria de parabenizar o blog achei perfeito e está sendo essencial para a minha viagem ao peru.Gostaria de abusar um pouco, fiz um roteiro adaptado ao que eu vi aqui e gostaria de uma analise. Bom, estarei indo com meu marido em abril, o tempo nessa época é chuvoso?
    O roteiro:
    08.04- Chegada a noite em Lima
    09.04- Passeio em Lima
    10.04- Passeio em Lima
    11.04- Passeio em Lima
    12.04- Lima/cusco chegada as 10:30h
    13.04 (domingo)- Tour em Cusco
    14.04-Tour Valle sagrado do sul
    15.04-Tour Valle sagrado/Aguas Caliente
    16.04-Machu Pichu/Cusco
    17.04- Cusco
    Duvidas:
    1.Para os dias de tour no Valle sagrado é melhor se hospedar em Cusco ou em Urubamba ou Ollanta?
    2.De Machu Pichu tem um um trem que vai direto para Cusco ou tem que retornar a Aguas Caliente?
    3.Tem roteiros para Lima?
    Desde de já agradeço a ajuda e fique a vontade para sugestões.Grata

    • Oi Raquel,
      Adorei seu roteiro. Ficou perfeito! Durma só em Cusco e Aguas Calientes mesmo, não precisa dormir em Ollanta, nem Urubamba (afinal, todos os tours saem de Cusco mesmo!). Fique tranquila, que não costuma chover muito em abril não.
      Não chega nenhum trem em Machu Picchu propriamente dita, só ônibus. Os trens vão de Cusco, passam em Ollanta e depois chegam em Aguas CAlientes, que é bem pertinho de MP, tanto que costumam chamar a cidade de Machu Picchu Pueblo também. Dá para fazer Ollanta – Aguas Calientes – Cusco/Poroy tranquilamente.
      Nossos posts sobre Lima estão aqui: http://andarilhosdomundo.com.br/categoria/america-do-sul/peru/lima/
      Mas não chegamos a montar nenhum roteiro específico para a cidade.
      Abração! Espero ter ajudado.

  18. raquel
    06/02/2014

    Muitíssimo obrigada pela atenção em responder!Abraço

  19. carolina
    14/02/2014

    tuuuudo que eu queria! ajuda de algum blogueiro! minha cabeça já estava explodindo! hehehe… queria saber quanto vocês gastaram em média na viagem… se puderem…

    • Oi Carolina,
      Então… A gente gastou cerca de 5.000 reais por pessoa, mas as passagens foram compradas com milhas (em compensação, ficamos no hotel rio Sagrado, um hotel 5 estrelas, por 4 diárias!). Portanto, dá ainda para enxugar bastante esse orçamento.
      Abraços.

  20. Anna
    20/02/2014

    Primeiramente, parabens pelo blog! Otimas dicas! Esta me ajudando bastante a montar o roteiro que vou fazer em abril!
    Tenho uma duvida com relacao a Aguas Calientes. Gostaria de ficar por la, mas vi que no trem a bagagem permitida eh de no maximo 5 a 8 kg… como fazer? Eh isso mesmo?

    • É verdade. Na estação de Ollanta havia uns armários imensos para guardar malas, para que a pessoa pudesse levar uma mala pequena. Pense bem, você só precisa levar para Aguas Calientes o suficiente para 1-2 dias, então acho que esse peso está bem de acordo. O resto, você pode guardar na própria estação (serviço cobrado, mas confiável).

  21. Marcelo
    25/02/2014

    Gleiber, estou eu aqui de novo. Consegui comprar os Tickets para Machu Picchu direto pelo site do governo com cartão de crédito internacional do Itaú. O processo foi bem tranquilo. Também comprei as passagens de trem pela Peru Rail. O processo foi bem tranquilo também. Fica a dica pra galera. 😉
    Tenho uma dúvida ref. ao trajeto de ônibus Cuzco > Arequipa. Se alguém puder me ajudar.

    Galera que já foi de Cuzco > Arequipa de ônibus, sabem dizer se existem horários noturnos com saída após as 20hs?
    Pois estava dando uma olhada no site das duas principais empresas de ônibus e só tem horários até as 20h30min.
    Digo isso, pois quero partir para Arequipa no mesmo dia em que voltar de Machu Picchu, porém, meu trem partirá de Machu Picchu as 18h45. Estou com receio que não dê tempo de ir no mesmo dia. O ideial seria encontrar ônibus com destino a Arequipa que partisse por volta das 22h ou 22h30.
    Alguém sabe me dizer se é possível comprar na rodoviária com partida nesse horário das 22hs? Pois pretendo partir no mesmo dia para aproveitar o passeio de dois dias do Colca Canyon.

    Desde já obrigado.

  22. Tuany e Ricardo
    26/02/2014

    Boa noite! Muito legal seu post… Queria esclarecer uma dúvida:

    Qual a diferença dos ingressos ?
    1) Machu Picchu
    2) Machu Picchu + Huayna Picchu
    3) Machu Picchu + Montanha

    Qual ingresso devo comprar para poder assistir ao nascer do sol
    de Machu Picchu e subir a Huayna Picchu?

    Obrigada.

  23. Roberta Andrade
    03/03/2014

    Gleiber, parabéns pelo site. Informações super valiosas! 🙂

    Gostaria de tirar uma dúvida. Irei em Julho, ainda não sei a qtde de dias, pois irei direto de Santiago/Chile. Acredito que irei passar uns 5 dias no Peru. Gostaria de saber se neste período faz frio lá?

    Machu Picchu em Julho faz frio? Estou super em dúvida com relação a que tipo de roupa precisarei levar… Santiago estará um gelo, mas acho que vi que no Peru não faz esse frio… Help!

    Abraços!!!

    • Em Cusco, o clima é bem parecido o ano todo. Frio de noite e friozinho no fim de tarde / início da manhã. No meio do dia, a temperatura é agradável (faz até um calorzinho de tarde, em dias sem chuva).
      Durante o nosso inverno, eles vivem a estação seca. No verão, pode chover bastante.

      Abraços.

  24. Débora Peixoto da Silva
    02/04/2014

    Olá, tenho reservado o Hotel e as passagens gostaria de saber quanto se gasta em média por 4 dias fazendo os passeios…

    • Oi Débora, você tem que ver o preço de cada passeio separadamente. Eu coloquei o preço que paguei para cada passeio em cada post. Vale sagrado: 60 soles, o City Tour foi 15 dólares. Já Maras/Moray custou 90 dólares, em carro privado, sem guia. Comida tem o mesmo preço do Brasil. Baseie-se pelo tipo de restaurante que você costuma comer e pelo preço de refeição que paga por aqui. O preço será parecido, para o mesmo nível de refeição. E compras é muito difícil prever…

  25. bruna
    09/04/2014

    Olá, poderia me enviar o e-mail da Guia em Cusco?

  26. Roberta Andrade
    11/04/2014

    Ola Gleiber,

    Vou para Machu Picchu em Julho. Irei dormir em Águas Calientes para entrar bem cedo. Pretendo subir também HUYANA PICCHU às 11h. Gostaria de tirar 3 dúvidas com você:

    1. Como vou subir à Huyana Picchu, o ideal é contratar o guia antes da subida? Se sim, melhor contratar antes em Águas Calientes ou apenas na entrada do parque? Quanto tempo em média leva esta visita guiada?

    2. Vou comprar minha passagem na PeruRail e tem uma promoção de ida do Vistadome que dá direito a almoçar no Sanctuary Lodge. Penso em consumir este almoço no dia da visita a Machu Picchu. É viável? O hotel é perto da entrada? Posso entrar no parque, sair pra almoçar e depois voltar?

    3. Tendo em vista que pretendo subir em Huyana Picchu, qual seria um bom horário para pegar o trem de volta para Poroy?

    Desde já, agradeço tua disponibilidade e as excelentes informações do blog. Está sendo fundamental para o planejamento da minha viagem! 🙂

    Abraços,
    Roberta Andrade

    • Oi Roberta,
      1) A gente contratou na véspera em Aguas Calientes (AC), a guia subiu conosco até MP e fez a visita das 7:00h às 10:30h. Mais do que isso seria cansativo.
      2) O hotel é NA ENTRADA. O Restaurante é bem onde o ônibus que vem de AC te deixa. Pode sair do parque, almoçar, ir no banheiro e depois voltar sim. Só que vai ter que fazer isso DEPOIS de Huayna Picchu, para não atrasar tua entrada.
      3) Pode pegar o trem depois das 16:30. Bem tranquila. Depois de caminhar o dia inteiro das 7 até as 14h (supondo que seja esse o horário que você vai estar de volta de Huayna Picchu), você vai querer só almoçar e ir embora, nem vai querer caminhar mais em MP. Bem, foi assim que aconteceu com a gente.
      Abraços.

      • Roberta Andrade
        21/04/2014

        Obrigada, Gleiber! 😉

  27. Claudia Motta
    21/04/2014

    Olá Gleiber. Parabéns pelo seu blog. Depois de muito procurar encontrei você , graças a Deus. Viajarei em junho e terei 10 dias ao todo,( 13 a 22 de junho) Consegui montar um esquema de viagem que chegarei a Cusco por volta da 16h. Tenho todas dúvidas do mundo. Quero muito ir a Puno, sei que voçê não foi, mas qual seria o melhor roteiro? Quantos dias devo ficar em Puno? A última viagem que fiz foi por agência e foi horrível, não quero embarcar na mesma furada. Muito obrigada.
    Abraços.

  28. Roberta Cunha
    22/04/2014

    Olá Gleiber! Estarei em Lima/Cusco/Machu Picchu entre os dias 13 e 22 de junho. Reservamos o dia 19 para visitar Machu Picchu. Por conta de algumas dificuldades com hotel, dormiremos em Aguas Calientes (dia 18, para irmos dia 19 cedinho pra Machu Picchu, e também no dia 19). Ocorre que só há trem de volta pra Cusco a tarde no dia 20 (dentro do preço máximo que nos permitimos…)! Como já vamos chegar mais cedo em Águas Calientes dia 18, não temos nenhum interesse em ficar por lá dia 20 também! Eu e meu marido, na verdade, nem compramos as passagens de trem ainda, porque gostaríamos de planejar direito o roteiro antes. Mas o restante do grupo já comprou (volta a Cusco no dia 20 a tarde). Assim, para não fazermos programas separados deles, e também não perder mais um dia em Águas Calientes, pensamos em voltar a Machu Picchu no dia 20. Gostaria de saber se é interessante visitar o parque dois dias, e, em caso positivo, como montar esse roteiro, o que visitar em cada dia. Adiantando que somos um grupo de cinco pessoas, e nenhum de nós com qualidades de atleta. Não dá pra ser nada radical, como Huayna Pichu! rs. Obrigada!

    • Honestamente, Roberta. Não acho que seja vantagem visitar MP dois dias seguidos. Se bem que entre fazer a visita e ficar em AC fazendo nada… Melhor subir a MP de novo! Lá dá para caminhar até a Ponte Inca e, se animar, até a Porta del Sol. Mas são coisas que dá para fazer no primeiro dia, porque vocês não vão a Huayna Picchu. Minha sugestão é, por incrível que pareça, usar o segundo dia para subir Huayna Picchu… É só ir devagar, apreciando a paisagem. Vocês não têm um horário limite para voltar, lembrem-se disso. O problema é se vocês têm medo de altura. Daí não dá mesmo!
      Abração.

  29. Pedro Buzolin
    22/04/2014

    Ola! Aproveitei o feriado da Semana Santa para retornar a Cusco, fui a primeira vez em 2009 de carro. Desta vez fui de carro até Porto Maldonado, pois estou residindo no Acre. O Peru é predominantemente católico, Cusco estava lotado de “romeiros peruanos” e as igrejas lotadas, para quem gosta de turismo religioso ótimo, para quem gostaria de conhecer a Catedral e o Templo do Sol não, pois ambos estavam fechados para visitação. Só era possível conhecer parte da Catedral nos momentos de culto e as demais igrejas estavam com altar e imagens cobertas.
    Fiquei hospedado no Royal Inca 2 e também no 1, gostei mais do último, cama mais confortável, mas ambos bem limpos e o pessoal super atencioso. Em Aguas Calientes (AC) fiquei no Wachuma (não aceita cartão), todos reserva via booking.
    Fiz o city tour de Cusco, achei a maneira mais fácil de conhecer a região e a história do local. Um guia é essencial para isto, pois te explica toda a história da cidade.
    No dia seguinte, Vale Sagrado. Passeio muito interessante, salvo o almoço armadilha que veio no pacote.
    Contratei os dois passeios em uma agéncia próximo a Praça das Armas, depois de fazer uma pesquisa de preço. Recomendo aos interessados que façam o mesmo, pois o preço muda muito e o serviço é basicamente o mesmo. Convém perguntar qual o veículo fará o transporte, pois tem ônibus confortável e vans que parecem carroças, e também, caso deixe pra comprar os ingressos de acesso a MP na agência, pegar o bilhete na hora que realizar o pagamento.
    No meu caso, deixei para pegar o bilhete em AC com o guia que me levaria a MP. Marcou comigo as 19h no hotel, só chegou as 20h, perdi uma hora do dia que é curto para conhecer as maravilhas do local, e ainda recebi a desagradável supresa que não havia mais bilhetes. Depois de reclamar bastante ele conseguiu os boletos, mas tive que pagar uma diferença (15 soles), pois só havia bilhetes do parque e acesso a montanha de MP, o que no final das contas foi muito bom, pois conheci montanha velha por um preço menor do que o bilhete vendido no site.
    Ah, desta vez usei o trem da IncaRail, o serviço é pior que da PeruRail, mas no fim das contas não faz muita diferença, são apenas detalhes. Comprei a passagem pela internet antes de ir. Normalmente a passagem de trem esgota antes dos bilhetes para MP.
    Pra finalizar, duas dicas: Peru fabrica, além do Pisco, dois vinhos muito bons: INTAPALKA e TACAMA; restaurante ChiCha, situado ao lado do hotel Royal Inca é muito bom, serve comida típica, preço é salgado (+/- R$100,00 por pessoa).
    Espero ter contribuído com o blog, o qual foi muito útil quando montei o meu roteiro.

    • Pedro,
      Muuuuito, muuuito e muuuito obrigado pelo seu relato! Perfeito para ajudar aos outros viajantes que passem por aqui. Com certeza contribuiu demais!
      Abração e que bom que deu para contornar o problema da falta de ingresso em MP, hein?

  30. Roberta Cunha
    23/04/2014

    Obrigada Gleiber! Acho que voltaremos a Cusco dia 19 mesmo. Não me animei em subir Huayna Picchu não!! rs.

  31. Marcos Paes
    24/04/2014

    Olá, Gleiber. Vou a Cusco-Machu Picchu em junho e organizei toda a viagem através das excelentes dicas de seu blog. Apenas uma dúvida persistiu. É com relação ao câmbio. É fácil trocar reais por soles em Cusco? As taxas de câmbio são ruins? É melhor levar dólares? O que você recomenda? Em tempo, adquiri os ingressos para Machu Picchu (incluindo Huayna Picchu)e os bilhetes de trem com um cartão Itaú Visa sem problemas. Muitos acreditam que apenas o Bradesco e o Santander trabalham com o Verified by Visa. Não é verdade. Procurem informações com o banco que emitiu seu cartão ou simplesmente tentem fazer a compra com o cartão internacional que possuir. O máximo que pode acontecer é a compra não ser aprovada. Neste caso, aí sim, corra atrás de outra solução.

    • É isso mesmo Marcos Paes, infelizmente quando fui fazer a minha compra havia um aviso no site que o sistema dos cartões de crédito estava suspenso temporariamente. Senão, acho que é isso mesmo: é tentar! O máximo que vai acontecer é não dar certo… 🙂
      Sobre a troca de dinheiro, me informaram que o melhor é levar dólares porque a cotação direta do real costuma ser desvantajosa. Eu sacava dinheiro da função crédito do meu cartão à medida em que ia precisando. Gosto dessa comodidade.

  32. Luis Carlos
    29/04/2014

    Oi Gleiber, tudo bem? Não sei se lembra, mas escrevi para você com dúvida referente ao museu, pois bem, estive no feriado de páscoa seguindo suas dicas e foi tudo fantástico. Até a Dione conseguimos de guia. Em relação ao museu jogamos dinheiro fora, não que seja bom, na realidade nem chegamos a conhecê-lo, pois depende de uma logística e dinâmica que nem todo mundo tem. Ocorre que o museu fica perto da ponte onde começa a subida para Machu Pichu. Para ir até o museu ou você vai a pé (o que da uma boa caminhada do centro de águas Calientes) ou desce do ônibus quando tiver voltando de conhecer Machu Pichu e volta a pé para a cidade, pois nenhum ônibus te pega no meio do caminho. É uma pena, pois deve ter coisas bem interessantes, mas por falta de tempo (e fôlego) fica bem difícil. De qualquer maneira fica a dica para quem ficar na dúvida se deve comprar ou não o ticket com museu incluso. Aproveitei e registrei minha passagem no dia 19 de abril no youtube – a perfect day in Machu Pichu. Obrigado mais uma vez pelas dicas que fizeram possível essa viagem fantástica.

    • Oi Luis Carlos, me lembro de você sim! Então… Eu me lembro que tinha um tal jardim botânico (?) em Aguas Calientes localizado mais ou menos por aí onde você falou que fica o museu. E a gente também não animou de caminhar até lá, hehehe. Vamos colocar o link do seu vídeo para o pessoal ver, né? http://www.youtube.com/watch?v=pQKs0wiHp6E Valeu muito pela contribuição. E o stop motion ficou massa demais!! Parabéns.

  33. Jane Faustino
    06/05/2014

    Oi. Quero ir a Machu Picchu há muito tempo e parece que em julho agora irei realizar meu sonho. Alguma outra dica para esse período, segunda quinzena de julho? Estou procurando pacote pela CVC e similares. Faço isso ou vou por conta e seja o que Deus quiser? Legal seu blog bem inspirador e motivador. Abraço. Jane, Florianópolis-SC.

    • Oi Jane, esta época é boa porque é mais seca. Vá com pacote ou por conta própria, mas vá! Você vai adorar.

  34. Padilha
    09/05/2014

    Oi Gleiber, tudo bem? Estarei indo para o Peru Lima dia 02/02/2015, comprei apenas as passagens aereas, pretendo fazer os passeios por conta, indo ate Cusco e Puno, Gostaria de umas dicas como: o que levar, que valor em dinheiro devo levar,que lugares não devo deixar de conhecer, precauções e cuidados etc?.
    Tendo em vista que ficarei 18 dias no Peru, agradeço.

    • Oi Padilha. Puno a gente não conheceu. Mas os destinos que valem a visita não região de Cusco e Vale Sagrado estão neste post. Eu deixaria 3-5 dias para Lima (a gente fala um pouco sobre Lima nestes posts: http://andarilhosdomundo.com.br/categoria/america-do-sul/peru/lima/) e o mesmo período para Puno. O resto (10 dias, aproximadamente), dá para aproveitar em Cusco e arredores – monte seu roteiro baseado neste nosso post!
      O que levar? Roupas para frio, porque Cusco tem uma altitude significativa, faz friozinho de manhã e à noite. E roupas para calor: Machu Picchu é praticamente uma Amazônia! Leve cerca de 70 dólares por dia, afora hospedagem. Dá para fazer reservas de hotel lá mesmo (mas eu sou mais reservar com antecedência, hein?).
      Abração e boa viagem!

  35. Luciana
    13/05/2014

    Que maravilha de postagem! Obrigada!!! Aqui montando roteiro para dez dias agora em julho/14 🙂 Abraços

  36. Denise Manetti
    15/05/2014

    Gleiber socoooro !!!
    Estamos pensando em ir para o Peru na 1ª semana de setembro.
    Somos 2 adultos ( eu e minha filha ) e o meu neto de 9 anos. Gostaria de fosse um roteiro agradável e não muito cansativo pois, estaremos com uma criança.
    Nossa intenção ( não sei se a mais correta ):
    SP – Lima 2 dias sendo um a chegada e o outro para conhecermos a cidade.Vc iria???? Ou direto Para Cusco ????
    Lima – Cuscos – 4 dias com Visitação ao Valle Sagrado , Águas Callientes e Machu Picchu
    Cuscos – Lima – Sp

    O que poderíamos fazer em Cuscos divididos em 4 dias. Vc recomendaria pernoitar todas as noites lá ? Ví no seu blog que vc sugéri um Hotel que não fica muito na subida sendo mais fácil o acesso e ví tb que vc pernoitou em Ollantaytambo. Seria o mais legal ???
    Queremos conhecer mais de uma maneira light que sobre tempo para caminhadas livres .
    O que devo priorizar.
    O vale turístico é para cuscos tb ou só para o todo Valle Sagrado.
    Gostaríamos de fazer os passeios em grupos que além de saírem mais baratos gostamos dessa interação com outras pessoas.
    Vc poderia nos ajudar.
    Aguardo.
    Um abraço.
    Denise, Renata e Luquinhas.

    • Oi Denise. Se você vai ficar 4 dias em Cusco, leia a seção nesse mesmo post acima com as nossas sugestões para quem tem 4 dias em Cusco. Você vai ter que comprar o boleto turístico para visitar o Vale Sagrado e vai dar tempo de fazerem o City Tour, então compre o completo (um por pessoa). Como você está com uma criança, faça o passeio para Machu Picchu saindo de Cusco e voltando para Cusco no mesmo dia. Não se hospede no vale sagrado (a logística complica muito – isso é para quem tem 8-10 dias). Mas leia bem nossos posts, muitas dessas coisas que você perguntou estão no próprio artigo aí em cima. Abração.

  37. Mariana
    21/05/2014

    Olá
    Estou montando o meu roteiro e gostaria de obter algumas dicas:
    – Qual o melhor local para se hospedar? Cusco?
    – Existe alguma trilha para iniciantes?
    – Quais sao os ingressos básicos que devo comprar antes de ir?
    – É preciso guia para todos os passeios?

    • Sim. Hospede-se em Cusco!
      As trilhas entre Cusco e Machu Picchu duram vários dias, mas qualquer iniciante pode fazer (não são difíceis, só longas).
      Trilhas de um dia? Só a subida nos cumes Huayna Picchu e na montanha Machu Picchu.
      Sobre guia, é uma questão pessoal se você quer ir sozinha ou com alguém para lhe contar a história do lugar. Não é obrigatório, só recomendado (compensa!).
      Eu falo sobre tudo isso e mais ao longo dos posts que escrevi sobre a região. Veja nosso índice e vá lendo: http://andarilhosdomundo.com.br/destinos/america/peru/

  38. Sara Dayane
    26/05/2014

    Uma dúvida. Urubamba? É outra cidade?

  39. La teixeira
    28/05/2014

    Oi Gleiber, adorei as dicas.
    Resolvi ir para cusco e mp de ultima hora, tipo esse fim de semana e ainda nao garanti nada de ingressos/ passagens de trem, sera q ainda da tempo?. Pretendo ir sozinha, acha que da para fazer essa viagem tranquilamente sem acompanhante? Quanto a troca real/ soles, da pra fazer la ou eh melhor levar dolar mesmo? Tem banco do brasil? Quanto aos passeios que sao necessarios contratar guias, sera que consigo me juntar a algum grupo na hora dos passeios? Conheceram alguma coisa da vida noturna em cusco?
    Bom, tem algumas perguntas meio bobas mas melhor perguntar neh… Rsrs
    Obrigada!

    • Oi La Teixeira,
      Bem, se você quer ingresso e passagem de trem, veja nos sites oficiais antes.
      Para ver a disponibilidade de ingressos: http://www.machupicchu.gob.pe/
      Para ver a disponibilidade de lugar no trem: http://www.perurail.com/

      Se não tiver mais ingresso disponível, de repente você nem vai.
      Leve dólares e troque por soles lá. Não é obrigatório contratar guia, mas é uma boa ideia. Vai melhorar muito a sua experiência. Mas você pode achar guias lá na hora e até contratar passeios guiados/não guiados.
      Abraços e boa sorte.

      • Fhany Melo
        11/07/2016

        Olá Gleiber, parabéns pelo blog.
        Pretendo ir para MP o ano que vem e gostaria de fazer pelo menos uma trilha curta, ouvi dizer que tem uma trilha de 16km. Sabe me dizer se essa trilha ainda é feita ou se ela realmente existe?

        Muito obrigada pela.

        • Oi Fhany,
          Não sei qual é essa trilha não…
          Sai de onde e volta de onde? Você sabe? Posso tentar pesquisar.
          Abraços.

        • Olá, Fhany.

          Há uma caminhada com duração de 2 dias e 1 noite. É uma versão curta do famoso Caminho Inca tradicional. Este passeio é oferecido às pessoas que não tem muito tempo livre. A caminhada é de aproximadamente 16km até chegar a Machu Picchu. Eu pessoalmente recomendo e pode procurar informação na internet.

          Abraços.

  40. Alex
    30/05/2014

    Ola Gleiber
    Estou indo pra Machu Pichu em setembro, tenho 14 dias disponivel mas estou muito perdido quero passar na bolivia pra descer a estrada da morte de bike também e quero ir fazer as principais trilha do Peru o que vc me a conselha fazer, não tenho noção de etinerario

    • Veja o restante da viagem e decida quantos dias tem disponível para o Peru/Machu Picchu. A trilha Salkantay leva 5 dias e deve ser reservada com antecedência, se possível (já reserve agora!). Daí se organize para chegar em Cusco, dê um dia ou dois para aclimatação fazendo alguns passeios (City Tour? Vale Sagrado?) e depois pegue a trilha até Machu Picchu. Volte de trem no final do dia para Cusco e faça os passeios que faltam. Abraços.

  41. Alex
    30/05/2014

    A me desculpe, pretendo fazer Salkantay

  42. Petrônio
    31/05/2014

    Gleiber, boa tarde. Cara, estou vendo aqui no site da Inca Rail e Cruz del Sur, para tentar sair de Cusco no Sábado 21/06 no final da Tarde, em direção à Águas Calientes. Os ônibus da Cruz del Sur partem de Cusco para Ollanta no máximo de 14:00. Não tenho como pegar o trem da Incarail em Ollanta que parte às 16:30. Tem algum outro meio para Chegar a Águas Calientes, para que chega no aeroporto às 14:30, ou vou ter que esperar até o outro dia? Minha intensão é entrar no parque o mais cedo possível, mas para isso preciso dormir em Águas. O que achas? Abraço!

    • Minha dica: pegue um táxi. Os carros são muito baratos no Peru, em comparação com o Brasil. Com 2 horas você chega em Ollanta com calma. Dá tempo até para negociar bem com uns 2 ou 3 taxistas até pegar um bom preço.
      Abraços.

  43. Petrônio
    01/06/2014

    Sobre a última pergunta, acho se deixar MP por último talvez seja melhor.

    Pensei no seguinte:
    21/06 – chegada em Cusco (aclimatação). Pernoite: Cusco.
    22/06 – ida ao Vale Sagrado pela manhã. Tarde: ida a Águas Calientes para pernoite.
    23/06 – visita no primeiro horário a MP. Tarde: retorno a Cusco para pernoite.
    24/06 – Retorno ao Brasil.

    Ainda estou em dúvida como farei em 22/06, mas acho que para quem tem pouquíssimo tempo como eu, deve ser a melhor opção.

    O que Achas?

    • Perfeito, Petrônio. Faça assim. Abandone o tour do Vale Sagrado em Ollantaytambo. Acho que ficou excelente. É o que eu faria.

  44. Petrônio
    02/06/2014

    Pow, valeu cara! Consegui fechar com uma agência de Cusco essa programação! Pena que Huayana já estava lotado… Estou pensando em fazer a outra monhtanha, mas meu preparo não está lá essas coisas… será que vale a pena?

    • A gente não fez essa subida, e não conhecemos nenhum blog que conte essa experiência. Mas quer saber… Eu, no seu lugar, iria sim. Se você gosta de trekking, trilhas, essas coisas. O seu preparo não importa muito, porque você pode subir devagar, sem pressa. Abração.

  45. Alessandra
    05/06/2014

    Olá, boa tarde

    tenho uma dúvida sobre o Boleto Turístico: o que está incluído na compra deste boleto? Ao chegar nos locais do tour é necessário pagar mais alguma coisa?

    Obrigada.
    Alessandra

    • Como está escrito no texto do post:
      “O boleto é o ticket de ingresso para 16 atrações turísticas na cidade de Cusco, mas também nos arredores ao longo da região conhecida como Vale Sagrado. Cada vez que você visita um dos lugares, eles fazem um furinho indicando que você esteve ali.”
      Ele é isso e apenas isso. Para chegar até cada atração você se vira (contrata táxi, excursão, o que quiser). Mas chegando lá o boleto é o “ingresso” que te dá direito de entrar lá dentro.
      Atenção: o boleto não serve para ingressar em Machu Picchu, que tem um ingresso próprio.

  46. iva
    06/06/2014

    Olá, Gleiber, adorei suas dicas, vc usa uma boa explanação e é mto solícito, mto legal mesmo!!! Pretendemos viajar p Cuzco em setembro e estou com mtas dúvidas, rsss…
    1. Um amigo me sugeriu q deixasse a ida a MP p os últimos dias p fechar c chave de ouro, trazendo suas boas energias, o q acha?
    2. MP fica aberto p visitação todos os dias?
    3. Varia mto o valor dos ingressos, comprados antecipadamente pelos sites oficiais ou comprar lá c agências?
    Obrigada pela sua boa iniciativa!!!
    Um abraço!

    • Oi Iva,
      1) Tem razão. Se der para fazer isso, ficaria ótimo.
      2) Sim. Fica aberto todos os dias do ano.
      3) O preço é fixo, não importante com quem você compre. Mas as agências podem cobrar uma taxa de conveniência.

      Boa sorte.

  47. Eliana
    15/06/2014

    Gleiber,
    “espetacular ” é pouco para descrever o teu blog! É um dos melhores blogs de viagem que já vi : objetivo, claro, inteligente,completo e super didático!
    Vamos a Lima-Cuzco-MP em julho, por um período de 9 dias, e aproveitaremos todas as tuas dicas. No entanto, fiquei com uma pergunta: como iremos com os filhos de 14 e 10 anos, há algum passeio que desaconselhas por ser muito cansativo , ou por alguma outra razão?
    Muito obrigada !
    Eliana.

    • 10-14 anos é uma idade perfeita! Eles vão adorar tudo. Fique tranquila. Huayna Picchu talvez seja a única atração que vale conversar bem entre todos da família se vão querer ou não. O resto, dá para fazer tudo! Abraços.

  48. Aline
    16/06/2014

    Olaa!! teria uma indicaçao de hotel em aguas calientes?

  49. Erika Pego
    17/06/2014

    OI!!! Vou para o Peru com duas amigas na segunda quinzena de novembro. Será que pode dar um help no roteiro que estou montando? Temos de 10-16 para ficar e pretendemos aproveitar o máximo possível. Pensei nesse roteiro:
    1) Rio-Lima : um dia para conhecer os pontos turísticos;
    2)Lima-Paracas: Ilhas de Ballestas, Reserva Nacional de Paracas ( 2 dias)
    3)Lima : Linha de Nazca (1 dia)
    4)Cusco: city tour, Vale Sagrado (ir em três cidadizinhas)2 dias
    5) Aguas Calientes (1 dia)
    6)Machu Picchu de trem e volta para Agua Calientes ( 2 dias)
    7)Cuzco (1 dia)
    8) Puno (2 dias)
    9) Lima-Rio(1 dia)
    O que achou? Acha que vai ficar corrido? Estou preocupada com a aclimatação. Sabe se tem transporte de Paracas para Cusco?

    • Eu achei um pouco corrido sim. Como é que você vai fazer os transportes? Parece que Paracas não tem aeroporto, então vai ter que ir de ônibus ou excursão de Lima para lá (ida e volta). Nos deslocamentos, você acaba perdendo muito tempo. Eu tiraria alguma coisa do roteiro, ou linhas de Nazca ou Puno para pode visitar melhor Paracas. Ou vice-e-versa (tiraria Paracas para visitar melhor Puno).
      Na região de Machu Picchu (que entendo melhor), lembre-se que o primeiro dia é só para aclimatação, não faça nenhum passeio. Só no outro dia saia para o City Tour ou para o Vale Sagrado. Com os dias que você tem, não arrisque ficar vomitando e com dor de cabeça porque inventou de caminhar sem estar preparada. Abraços.

  50. Guido van Es
    19/06/2014

    Olá Gleiber! Muitos comentarios: não li todos! 😉 Só queria deixar duas dicas pra gente:

    1. Se um gosta de caminhar, e de evitar a quantidaaaaades de turistas na Huayna Picchu, é uma lindíssima recomendação fazer o “Machu Picchu Mountain” em vez da Huayna Picchu.
    Porquê?
    A Huayna Picchu tem 200 pessoas às 7, e 200 pessoas às 10 subindo, todos têm só uma hora para subir, logo outra hora para baixar. Todos querem o melhor espaço para a foto, etc. enfim: você ja viu isso… CAOS.
    A Montanha Machu Picchu é mais alta (1h30min subindo) então talvez não seja para toda gente, mas é muito mais tranquilo, menos popular, e não tem horário tão estricto: você pode entrar (começar a caminhar) das 7 às 11. Então menos gente, mais dispersa e vistas muito mais lindas!!
    Ah, e é mais barata que a Huayna Picchu, eheheh 🙂

    2. Em vez de começar seus itinerários no Cusco (3.400m de altura) a melhor recomendação para qualquer pessoa é mesmo começar a viagem no Vale Sagrado, para uma aclimatação muito mais segura. Lamentavelmente muita gente fica mau da altura e não goza da sua visita a essa região por causa disso. Toda a gente deveria começar no Vale, por exemplo ir até Ollantaytambo. E logo ao final visitar o Cusco. Tal vez não seja uma ordem popular (sempre queremos finalizar com o melhor, Save the Best for Last, Machu Pichu ao final) mas para desfrutar bem bem e quase seguramente não ter problemas com a altura, é a melhor recomendação que podemos dar 🙂
    Fica bem!!

    Guido

    • Legal, Guido!
      Muito obrigado pelas dicas. Realmente, o mal de altitude é algo que as pessoas precisam levar em conta.
      Abraços.

  51. Rafael Guima
    23/06/2014

    Obrigado pelas dicas Gleiber. São ótimas.

    Eu acabei de comprar um pacote para ir do dia 29 de agosto até 03 de setembro para Cuzco.

    É minha primeira viagem internacional. Eu sei me virar no inglês e não sei nada de espanhol. Vou ter problemas para me comunicar com os locais?

    E além disso, comprei pacote só para hotel e avião. Os passeios eu achei muito caro e resolvi arriscar comprar tudo lá em Cuzco mesmo, imaginando que seriam mais baratos. É sossegado comprar o passeio pra Machu Picchu e o City Tour lá mesmo?

    Valeu.

    • Oi Rafael,
      Fique tranquilo que é muito fácil se comunicar com os peruanos (eles são gente boa demais, tentarão entender seu português, rapidinho você aprende várias palavras em espanhol!). Na dúvida, tente falar em inglês, que muita gente domina por lá! Mas o pessoal do turismo (hotéis, restaurantes, tours, em geral arranham português!).
      Fez bem em comprar só hotel e o aéreo. Comprar tudo lá vai te sair mais barato e é bem sossegado. Só sugiro comprar a viagem a Machu Picchu assim que que pisar em Cusco! Assim você garante horários decentes no trem e não corre o risco de ficar sem ingresso. Abraços.

  52. Petrônio
    28/06/2014

    Olá, Gleiber! Voltei de MP muito feliz, ainda não acredito que estive lá! Esse blog ajudou muito, então, obrigado! O lugar é fantástico!!! Parabéns pelo site!!

  53. Larissa
    06/07/2014

    Olá Gleiber!
    Adorei seus comentários e vou fazer meu roteiro baseado neles! Tenho 5 dias em Cusco, pensei em seguir o seu roteiro de 5 dias. A minha dúvida é em relação a pernoite em Águas Calientes. Dormirei em Águas Calientes e irei cedo à MP, e minha intenção é voltar no mesmo dia para Cusco, mas como fazer com as malas? É possível deixá-las no hotel e na volta de MP buscá-las e pegar o trem? Ou eles cobrariam outra diária? E vocë recomenda a compra antecipada de ida e volta das passagens de trem?
    Muito obrigada!

    • Oi Larissa. Pode deixar as malas no hotel sim. Foi o que a gente fez! E eu comprei tudo antecipado. Morro de medo de chegar na hora H e as passagens terem se esgotado para o horário que gostaria. Abração.

  54. Wesley Lopes
    14/07/2014

    E aí Gleiber beleza! Esse roteiro é muito bom! Só uma dúvida, eu fui ao Chile recentemente, e levei como moeda aquele cartão internacional Visa Travel Money que a gente abastece com dolares. Você sabe se este cartão é bem aceito em Cuzco ou melhor levar dolares. Abraço.

    • Oi Wesley
      É bem aceito sim!
      E quando você precisar de dinheiro vivo, pode ir a um caixa eletrônico e sacar em Soles usando a função crédito do seu Visa Travel Money! Há taxas, mas é melhor do que carregar dólares, pois na hora de fazer o câmbio também há taxas.

  55. Fernanda
    16/07/2014

    Gleiber, esse seu post e nota 10000000000!!!!!!!!!!! Esses roteiros que você fez são maravilhosos e com certeza vai ajudar muita gente!!! Você deveria trabalhar com isso viu? Talvez abrir sua própria agência de viagens … rs rs.
    Mas eu queria tirar algumas pequenas dúvidas se não for te incomodar muito.
    Eu pretendo contratar os passeios lá mesmo em Cuzco (como City Tour e outros do Vale Sagrado), esse boleto turístico inclui tb os 3 tours do Vale Sagrado que vc mencionou no post? O transporte para esse tours é tranquilo de se contratar? Pois como vou com orçamento baixo, quero contratar o transporte mais barato.
    Talvez essa seja uma pergunta besta, mas vou perguntar mesmo assim … rs rs. Como eu pretendo pernoitar em Aguas Calientes, então no caso eu teria que fazer 2 reservas diferentes no mesmo hotel em Cusco, certo? Pois eu me hospedaria antes e depois de Machu Picchu (desculpe, eu te fiz essa mesma pergunta no outro post, vc pode desconsiderar e responder por aqui mesmo … rs rs)
    E por último, vc sabe se dá pra contratar o passeio do lago Titicaca à partir de Cusco?

    Muito obrigada mesmo … estou virando fã do blog!!!!!!!!!!!
    Fernanda

    • Oi Fernanda,
      Há o boleto turístico total, com validade de 15 dias e direito de ingressar em todas as atrações citadas nele, e o parcial, que vale só um dia. Você tem que optar entre um dos tipos de boleto parcial que existem hoje. Cada um serve para um determinado grupo de atrações que casam bem com as excursões existentes a venda em Cusco! No seu caso, que vai fazer o City Tour e o Vale Sagrado, compre o boleto completo / total. E em cada esquina de Cusco há uma agência que vende os passeios. É só pechinchar bastante e pesquisar.
      Já sobre o pernoite em Aguas Calientes. Entendi sua dúvida, mas geralmente a gente deixa a cereja do bolo para comer no final, hehehe. Mas nada impede de você fazer a coisa na ordem que achar melhor.
      Sobre o passeio ao Lago Titicaca, lembro só que eles vendiam passeios para o Peru todo! Até para a Amazônia peruana. Então devem vender para Puno / Titicaca também.

  56. Priscila & Daniel
    21/07/2014

    Fiquei na duvida sobre a questao das bagagens quando for visitar as ruinas o proprio hotel que eu estiver hospedada p pernoite pode guarda-las sem custo? Ate o final do dia? Antes de voltar p Cusco volto ao hotel e as busco? Desde ja obrigada!

    • Oi Priscila e Daniel
      Sim. Os hotéis geralmente fazem a cortesia de guardar suas malas após o check-out enquanto você faz as visitas. Isso é comum não só em Aguas Calientes, mas em hotéis de todas as partes do mundo. Mas veja bem, é uma cortesia, não uma obrigação. Mas se quiser mesmo ter certeza, mande um email para o pessoal do hotel antes de fechar a sua reserva.

  57. Juliana
    27/07/2014

    Oi Gleiber!
    Estou indo para o Peru em setembro, não tenho roteiro definido ainda, mas estou pensando da seguinte forma:

    16/09 Poa – Cusco
    17/09 Vale Sagrado e ida para AC
    18/09 MP e retorno a Cusco
    19 e 20/09 sem definição
    21/09 Cusco – Lima
    23/09 Lima – Poa em voo noturno
    OBS: As passagens aéreas já estão compradas.

    Estou com as seguintes dúvidas:
    a) no site da Peru Rail o horário que eu gostaria de voltar de AC a Cusco (16:43) não tem mais disponível, li em algum lugar que as agências costumam reservar estes melhores horários e quando não vendem eles liberam e acabam voltando pro site para venda, já ouviu falar disso? será que é melhor eu comprar pro horário que tiver (15:20) ou espero pra ver se consigo no horário que eu gostaria? Se deixar para comprar o trem corro o risco de ficam sem passagem? Ou ainda, será que neste horário das três eu já terei visto tudo e posso voltar cedo e aproveitar a vista do trajeto?

    b) quanto ao ingresso para MC, vi no site que tem bastante disponibilidade, é seguro deixar para comprar por lá mesmo?

    Obrigado!

    • Oi Juliana,
      Seu itinerário está ótimo. Sobre o que a Peru Rail faz, é bem possível que seja verdade. Minha sugestão. Quando chegar a Cusco, vá no escritório da Peru Rail que fica bem perto da Plaza de Armas e tente comprar sua passagem. Se não conseguir, vá nas agências que vendem os passeios. Claro que eles cobrarão alguma taxa, mas de repente você consegue negociar com eles se também acertar o tour do Vale Sagrado ou o City Tour. Não tenho certeza de que dará certo, mas se você comprar o trem das 15:20h, não terá como mudar depois.
      Sobre o ingresso de MP, vá olhando a cada 3 dias, só compre se vir que eles estão esgotando. Dando tudo certo, vai poder comprar lá em Cusco.
      Abraços.

  58. Thiago
    03/08/2014

    Gleiber, blz!?
    Preciso de uma ajuda, pelo visto você já esta experiente no assunto!rs.

    Vou fazer uma viagem para o Peru, chegando em Cusco no dia 12/09 (bem cedo) e voltando para o Brasil no dia 20/09.
    Estava interessado em fazer Cusco, Arrequipa e Puno, depois voltar para Cusco e ai sim subir Machu Picchu.(Pq compramos o voo de ida e volta em Cusco)
    Você acha essa rota interessante? Poderia sugerir algo? Estamos em busca de sugestões. Vamos em 4 pessoas.
    Não queremos fazer tudo muito corrido, já estamos querendo comprar alguns tickes de acesso a Machu picchu e do trem, só que para isso, precisamos definir os dias corretos.
    Agradeço pela atenção.

    • Oi Thiago. Acho que vai ser tudo muito corrido. A gente teve mais do que 8 dias e ficamos só nos arredores de Cusco, visitando as atrações possíveis do Vale Sagrado. Mas se vocês só tiverem interesse em Machu Picchu mesmo, façam o seguinte:
      12/09: Cusco e city tour à tarde
      13/09: viagem para Puno (trem? avião?) que dura o dia inteiro
      14/09 e 15/09: Puno
      16/09: ida a Arequipa
      17/09: visita a Arequipa
      18/09: volta a Cusco
      19/09: ida a Machu Picchu ida e volta no mesmo dia
      20/09: volta ao Brasil.

      Que dá, dá.

  59. miguel
    05/08/2014

    Olá Gleiber, suas dicas estão me ajudando muito a montar meu roteiro. Meu medo é que pretendo viajar 25.12 e retornar 01.01.15 e imagino que as cidades peruanas ficarão super lotada. Como dependo de vários outros fatores, conseguirei ter a certeza da viagem somente um mês antes desta data. Com exceção das passagens de ida e volta BR-LIMA as quais já pretendo comprar agora, será que neste período ainda encontrarei passagens locais, ingressos e hospedagens para as atrações?

    • Oi Miguel. Acho que sim, viu? Claro que é uma data perigosa, mas comprando com um mês de antecedência, acho que deve ser suficiente. Até porque você 7 dias disponíveis para ajustar o seu roteiro. Abraços.

  60. Hamilton Pires
    08/08/2014

    Prezado Gleiber, estou admirado pela quantidade e qualidade de informações que existem nesta página. Mais ainda, pela sua disposição em responder toda e qualquer pergunta, desprovido do ego ou de interesse financeiro. Quero lhe informar que estarei indo pra Cuzco no dia 21 de setembro retornando no dia 05 de outubro de 2014. Portanto, terei 15 dias pra conhecer um pouquinho as maravilhas daquela região. Estou me informando para montar um roteiro que além de conhecer as imperdíveis atrações eu possa respirar a atmosfera dos lugares sagrados de forma bem tranquila. E se tiver o merecimento, conhecer algum pico nevado nas Cordilheiras e andar um pouco de bicicleta. Por enquanto é só e grato pela atenção.

    • Oi Hamilton,
      Para conhecer o pico nevado mais famoso, o Salkantay, a dica é fazer a trilha de 5 dias entre Cusco e Machu Picchu. O pessoal do blog Territórios (http://territorios.com.br) fez essa linda jornada! Fica a dia. Obrigado pelas lindas palavras.

  61. Antonio Miranda
    09/08/2014

    Bom dia Gleiber
    Estou indo a Cusco em janeiro (ei que não é o melhor período, mas é quando as férias de professor acontecem…rs) e gostaria de uma informação sobre guias turisticos em Cusco. Sou meio avesso a excursões com muita gente e gostaria de um serviço de guia para pequenos grupos. Você conhece algum serviço do tipo lá? Caso conheça, poderia me passar o contato? desde já parabenizo pelo blog e agradeço.

    • Oi Antonio,
      Então… Não conheço. 🙁
      Você vai ter que encontrar um lá (há vários!)
      Abraços

  62. adriana
    12/08/2014

    Olá! Vc saberia dizer qual a diferença entre subir a ‘montana’ e Huayna Picchu? qual é mais demorada e qual é mais difícil? qual valeria mais a pena?
    abração!!

    • Oi Adriana,
      Eu ACHO que Huayna Picchu é mais difícil, mas é a que tem a vista mais bonita e tem ruínas incas e o calçamento inca mais bem preservado. Mas não sei o tempo que se leva para a Montaña Machu Picchu não.

  63. Lidiane
    17/08/2014

    Olá Gleiber… muito legal seu blog! Devorei!! Pretendo ir pra Machu Picchu em novembro (primeiro dia, se tudo der certo). Pretendo ficar de 8 a 10 dias e irei sozinha. Com tantas informações eu fiquei perdida na confecção do roteiro. O que vc me sugere? Vale a pena comprar esses pacotes de agência, já que estou indo só. Te agradeço e parabéns mais uma vez!

    • Oi Lidiane,
      Você não precisa ir de agência, mas isso pode facilitar muito a sua programação.
      Neste mesmo post acima, faço a sugestão de roteiro para quem tem 8 dias (daí deixe 2 dias para Lima, você pode gostar!). Daí você pode personalizar a sua viagem como quiser.
      Abraços.

  64. Giulia
    17/08/2014

    Oi Gleiber!
    Estou com meu roteiro pronto, mas quando fui tentar comprar as passagens de trem e ônibus pelos sites das empresas peruanas, meus cartões de crédito não são aceitos! Sempre dá alguma mensagem de erro… Já tentei com Master, Visa, cartões de vários bancos e nada. A única passagem que consegui comprar foi a de ida e volta pela TAM. Tentei comprar pelo PeruRail, Peruvian Airlines e Cruz del Sur, mas nenhuma aceitou meus cartões. Por acaso vc passou por isso ao comprar suas passagens? Poderia me ajudar, por favor? Nem mesmo o SAC do meu banco conseguiu resolver esse problema…
    Obrigada!

    • Poxa Giulia,
      Não sei o que pode estar acontecendo. A gente conseguiu comprar as passagens de trem numa boa. Sei que é importante que o seu cartão seja validado pelo sistema “verified by visa” (deve ter um nome equivalente quando é mastercard). Nesse sistema, não basta você colocar o número do seu cartão. Ele também exige que você coloque a senha do internet banking e também forneça o token, que é uma verificação extra usada pelo site do banco para te autorizar a fazer transferências e pagamentos online por exemplo. Já ouvi dizer que os cartões de alguns bancos (tipo a Caixa, por exemplo), não tem esse sistema. Por isso, esses cartões não são aceitos no site da Peru Rail. O meu banco é Santander, e foi tudo fácil.

  65. Marcelo
    18/08/2014

    Ola Gleiber

    Comprei as passagens aereas para Cusco com chegada dia 22 de setembro. Pensei deixar dia 23 para aclimatação e conhecer Cusco.
    Dia 24 fazer o vale sagrado e prosseguir até Aguas calientes e dia 25 ir pra MP e retornar neste dia para Cusco.
    Minha duvida principal: como pagar o ingresso para MP? pois o boleto gerado não consegui pagar aqui!!!

    Abração

    • O boleto que você gerou já não vale nada. Ele tem que ser pago em um banco peruano em até 24h a partir da sua geração. Ou senão, dá para usar o cartão de crédito se o seu banco tiver o sistema “verified by visa”. Outras opções: gerar um novo boleto assim que chegar no país e levar num banco peruano para pagá-lo dentro de 24h (em Cusco), ou ir no escritório turístico em Cusco comprar o seu ingresso para Machu Picchu diretamente lá. Só vá conferindo dia a dia quantos ingressos ainda há disponíveis para o dia da sua visita. Se estiverem se esgotando, pense em contratar uma agência para comprar o ingresso para você. Abraços.

  66. Ana Clara
    19/08/2014

    Olá Pessoal,
    Estou indo para Machu Picchu em 30/08 e fiquei meio desanimada com a previsão do tempo na semana que estarei lá. Os termômetros acusam baixas temperaturas e pancadas de chuva. Que triste! Queria tanto conhecer MP em um dia de sol!
    Alguém que vista o blog voltou de lá recentemente e poderia me dizer como anda o tempo em Cusco e Machu Picchu?
    Obrigada!
    Ana

    • Ainda é muito cedo, Ana Clara. Faltam 10 dias para a sua viagem. A previsão pode mudar. Abraços.

  67. Patrick F,
    20/08/2014

    Olá Gleiber!
    Estou com uma dúvuda a respeito do tempo.
    Estarei em Aguas Calientes e pretendo subir o mais cedo possível para Machu Picchu (dia 6/08: sábado).
    Considerando que meu ingresso inclui Huayna Picchu às 10 – 11h, pergunto se o possuo tempo suficiente para fazer a trilha Huayna Picchu, e ainda retornar à Águas Calientes para pegar o trem de retorno que sai às 15:48 (Vistadome 304 – Águas Calientes/Ollantaytambo).
    Minha preocupação é se seria tranquilo retornar com o Vistadome às 15:48 ou seria mais prudentes pegar um trem mais tarde (no caso, Vistadome 604 às 17:23 – no qual, pelo entardecer, perderia a vista das paisagens de dia).
    Agradeço!!

    • Oi Patrick,
      Esse seu esquema está muito bom! Foi exatamente o que a gente fez. Só que a gente voltou no trem mais tarde e ficamos em águas calientes fazendo nada enquanto isso.
      Volte 15:48h sossegado.

  68. Filipe Soares
    24/08/2014

    Gleiber boa noite, parabéns pelo post minha viagem ao Peru esta sendo montada com base nele, gostaria de tirar algumas dúvidas. Estou indo para Cusco agora em outubro, e o hotel que vou ficar me ofereceu um pacote para Machu Picchu por U$ 295.00 incluindo: traslado ate Poroy, trem ida e volta, onibus ida e volta , entrada para Machu Picchu e guia.
    Entretanto não gostaria de correr o risco de ficar sem ingresso para o parque, e sair do Brasil com tudo comprado, o trem e a entrada para o parque com Huayna Picchu, gostaria de saber se e tranquilo eu contratar apenas o guia turístico por lá?

    Obrigado e parabéns mais uma vez.

    • Oi Felipe, não entendi direito. Esse pacote por 295 dólares inclui a entrada para Huayna Picchu? Por isso você quer garantir? Contratar guia lá na hora é super fácil, mas comprar ingressos para Huayna Picchu em cima da hora é praticamente impossível. Ingresso para Machu Picchu, entretanto, dá para comprar com 3-5 dias de antecedência tranquilo. Abraços.

      • Filipe Soares
        26/08/2014

        Oi Gleiber desculpa não ter sido muito claro. Esse pacote não inclui Huayna Picchu não. Mas acho que você já esclareceu a questão do guia. Quero garantir não só pela questão de Huayna Picchu, mas até pela própria entrada em Machu Picchu mesmo, não quero correr o risco de ficar sem as entradas. Já estou com passagem de avião comprada e hóteis reservados em Cusco e Aguas Calientes. Vou comprar o Trem e as entradas para Machu Picchu pela internet aqui do Brasil. Mas tinha ficado com medo de não conseguir contratar somente o guia turístico por fora, já que não vou comprar o pacote inteiro lá. Mas como você falou que é tranquilo conseguir Guia lá, vou despreocupado.

        Mais uma vez obrigado.

        • Então tá, Filipe! É isso aí mesmo. Você entendeu direitinho.
          Abração e depois conta da viagem.

  69. Karina M.
    25/08/2014

    Olá Gleiber,

    Vou viajar no começo de outubro e seguindo suas orientações decidi ir sem agência, comprando as passagens e reservando hotéis pelos sites.
    Pretendia contratar uma agência ou guia apenas para fazer os passeios, porém estou achando muito caro, em uma agência que cotei eles oferecem um passeio (de uma tarde) para Maras e Moray, privado, com guia por 90 dólares por pessoa.
    Se eu deixar para contratar os tours coletivos ou privados por lá, terei dificuldade?
    Pela sua experiência, sai mais barato contratar lá na hora ou já sair com os passeios combinados aqui do Brasil? E mais uma pergunta, sua guia Dione fala português? Agradeço desde já pelas dicas.

    • Oi Karina,
      Lá é muito fácil negociar tudo. E cara a cara a sua habilidade para pechinchar melhora! Você vai numa agência e depois na concorrente e compara os preços. Com certeza ficará mais barato do que ir com tudo agendado. Exceto para a trilha inca, que deve ser reservada com bastante antecedência. E sim, a Dione fala português. Abraços.

  70. Aline oliveira
    27/08/2014

    Andarilhos, muito obrigadaaaaaaaaaaaaaa!!!!!
    Viagem montada com base nas dicas de vcs!!!
    Uma duvida: abandonarei o tour do vale sagrado em otlanta onde pegarei o trem para aguas calientes…terei problemas com a bagagem?? terei que deixar a mala em cusco, levando apenas uma mochila? Embora possa guardar a bagagem nos hotéis em aguas calientes minha duvida ~e em relação ao transporte no trem e no tour do vale sagrado.

    1 dia- aclimatação em custo
    2 dia- tour em cusco
    3-dia- vale sagrado ate otlanta-trem para AC.
    4-dia- Machu Picchu e retono a cusco
    5-dia- maras e Moray
    6- dia retorno ao brasil

    Abusando: tenho informações diversas sobre a obrigatoriedade da vacina da febre amarela, embora vacinada não tenho a carteira internacional, como moro no interior do RS e meu voo será noturno não terei como fazer a carteira no aeroporto, devo ariscar viajar sem ??

    forte abraco

    • Eu deixaria a mala em Cusco e levaria somente uma mochila. Até porque será um dia apenas em Aguas Calientes! Você não precisa ficar carregando peso, ehehehhe.Seu roteiro está ótima! E não há exigência da vacina para febre amarela não. Abraços.

  71. Alessandra
    27/08/2014

    Oi Gleiber! Estou indo com meu marido para Cusco em novembro e seu blog esta me ajudando muito no planejamento! Obrigada por compartilhar sua experiência!
    Ja estou com passagem e hotel acertado…faltam os passeios. Voce acha viável alugar um carro e fazer Valle Sagrado por conta própria?…nao sou chegada a tours cheios de gente…rs..
    Obrigada!!

    • Oi Alessandra,
      Sua ideia não é ruim. O problema é que o ideal é ter um guia para te explicar as atrações. Sem alguém para te contar a história por trás daquelas pedras, elas acabam se tornando apenas pedras! Minha sugestão: contrate um guia com carro privado! É mais barato do que parece e você não vai precisar dirigir naquelas estradas estreitas.
      Abraços.

  72. Vanessa Nogueira
    28/08/2014

    Oiiii!!!!! Muito legal suas informações, mas estou cheia de dúvidas aqui, rsrsrrs. Estarei indo a Cusco em Novembro para participar de um Congresso, e claro aproveitar a oportunidade e realizar o sonho de conhecer MP. Mas sinceramente estou completamente perdida, rsrsrs… Pelo que tenho lido, é interessante pernoitar em Aguas Calientes e chegar lá cedinho, certo? Outra situação, estarei levando minha bebe de 1 ano e 4 meses (idade na época da viagem) e fico preocupada com a adaptação dela. O que vc poderia me indicar, quero dar uma enxugada na parte financeira. Tem como me indicar um hotel? E essa subida a Huayna Picchu, será que consigo fazer com ela? Meu marido estará junto. Rola levar carrinho tipo guarda chuva para ela em MP? E valores? Quanto fica os ingressos ou onde consigo ja saber? Muuuito obrigada, e ja aviso que provavelmente entrarei em contato de novo.

    • Oi Vanessa,
      Olha só… Se houver alguma maneira de não levar sua filha para Cusco, eu te recomendo que não leve. A altitude da cidade nos deixa passando mal, muita gente tem dores fortes de cabeça e vômitos. Pode ser que aconteça o mesmo com ela. Se não tiver outro jeito, leve. Mas fique vários dias em Cusco sem fazer passeios até ela se adaptar. Já em Machu Picchu, o problema são as escadas infinitas. Horrível andar de carrinho de bebê, impossível levar na mão uma criança tão pequena. Muito pesado para carregar no colo. Esqueça Huayna Picchu! Já é difícil para uma pessoa com bom preparo físico, imagina com um bebê junto! Sobre hotéis, no próprio texto tem um link para o que ficamos. Abraços.

  73. Fernando Henrique
    31/08/2014

    Agradeço as dicas. Gostaria de tirar alguma dúvida se possível. Notei que vc ficou num hotel em Urubamba, os Hotéis nesta cidade são mais baratos? os taxis na região são caros ou baratos? Obrigado

    • Oi Fernando,
      Os táxis são baratos comparando com os preços brasileiros, sempre. Negociando, ficam mais baratos ainda! Os hotéis em Urubamba são, em geral, mais baratos do que em Cusco sim. Mas a cidade, por outro lado, é bem menos interessante (é só um povoado). A gente ficou lá porque queríamos curtir a experiência de ficar uns dias no Hotel Rio Sagrado, que é um hotel de luxo. Portanto, esse hotel não era barato…

  74. Mariana Souza
    15/09/2014

    Olá Gleiber, menino vc está de parabéns, fico feliz em encontrar seu blog.
    Adorei todas as dicas.

    Uma dúvida:
    Estou indo pro Peru em setembro de 2015
    O roteiro:
    18.09 – Chegada a noite em Lima
    19.09- Passeio em Lima
    20.09- Passeio em Lima
    21.09- Passeio em Lima
    22.09- Lima/cusco
    23.09 Cusco
    24.09-Tour Valle sagrado do sul
    25.09-Tour Valle sagrado/Aguas Caliente
    26.09-Machu Pichu/Cusco
    27.09- Cusco
    28.09…..
    Duvidas:

    Posso incluir o Lago Titicaia nesse roteiro?

    Desde já fico agradecida por todas as dicas de todos que aqui passaram.
    abraços.

    Mariana

    • Eu acho o lago Titicaca meio longe… Eu não incluiria neste seu roteiro não. Faça o city tour de Cusco no dia 23 (são as ruínas incas nos arredores da cidade). Se tivesse mais tempo, iria a Maras/Moray. Abraços.

  75. Ana Claudia
    16/09/2014

    Olá Gleiber
    Parabéns pelo blog, esta sendo muito importante para poder organizar
    a minha viagem ao Peru.
    Estou lendo e anotando todas as dicas.

    Abraços.

  76. Bianca
    17/09/2014

    Bom Dia,
    estou me programando para ir em Janeiro de 2015.
    e estou com medo de ir em Janeiro, e nao conseguir visitar td …
    pelo o q vcs ficaram sabendo la, vale ir em Janeiro. Vou conseguir visitar td ?

    att

    Bianca

    obs: adorei o que vc escreveu, me ajudou mtuuu !

    • Oi Bianca
      Visitar tudo? Claro que dá. Em qualquer época. Em Janeiro chove bastante e isso pode atrapalhar um pouco a coisa. Sem falar na possibilidade de ter muita gente, estar tudo bem cheio. Mas fora isso, dá para visitar tudo normalmente. Abraços.

  77. Rene
    17/09/2014

    Olá Gleiber e Sandro

    Estou programando ir para o Peru, saindo dia 07/11 e retornando 16/11
    Somos em dois, gostamos de bons noteis e comodidade, conforto e sobre tudo lugar seguro e bonito.
    Deslocamentos mais rápidos e seguros.
    Estou totalmente aberto a sugestões.

    Assistia outro dia o canal TLC, e vi um hotel super legal, Tambo del Inka.

    Grato, por sua atenção.
    Abracao

    • Sobre hotéis, sugiro fazer uma pesquisa no site do Booking.com, daí restrinja a sua busca conforme o nível de conforto. Chegando lá, contrate os passeios de forma privativa, conforme a sugestão do consierge seu hotel, ou em agências de turismo da cidade. Os Hotéis da rede Belmond (http://www.belmond.com/) tem boas sugestões também.
      Abraços.

  78. Leonardo
    20/09/2014

    Ótimo post! Queria aproveitar um feriado de 2015 para ir ao MP. Sou de Porto Alegre e tem voos bem rápidos para cuzco, e como já conheço lima, pretendo ir direto. Tendo como base o feriado de páscoa pensei no seguinte roteiro e gostaria de sua opinião.

    03/04 – chegada em cuzco as 12:30 pela taca
    04/04 – ida ao MP
    05/04 – saída de cuzco as 13:00

    Sei que é curto e gostaria de saber o que recomenda eu fazer para preencher o tempo no dia de minha chegada? Fico em cuzco ou já vou me hospedar mais perto do MP para ganhar tempo?

    Obrigado.

    • Oi Leonardo,
      Sugiro ficar em Cusco mesmo, porque tem a função da aclimatação. Por causa da altitude, muita gente passa mal, vomita, tem dores de cabeça. Não é todo mundo, mas quanto mais repouso você fizer na chegada, melhor você vai se sentir para o dia seguinte. Abraços.

  79. Mariana Souza
    20/09/2014

    Oi Gleiber,

    Vou seguir seu conselho e não incluir o Lago Titicaia, pesquisei é longo mesmo.
    Eu vou fazer o city tour e Maras/Moray sim.

    Estou só na dúvida se compro trem/entrada Machu Picchu com agência ou pelo site.

    Desde já muito obrigado por responder a minha questão e a de todos aqui no site.

    Vc é um cara 10!

    Abraços.
    Mariana

    PS: Melhor site sobre o Peru que achei.

  80. Sophia Alves
    24/09/2014

    Gleiber, estou com uma viagem marcada para Machu Picchu no final de janeiro, aproximadamente dia 25. Estou com muito medo das condicoes climaticas! Nao me importo de pegar chuva, só estou com receio de fecharem o acesso. Você acha que isso é possível? Porque vejo tantas pessoas indo nessa data, e realmente chove…mas você acha que é tanto ao ponto de nao poder realizar o passeio ?

    • Oi Sophia,
      Sim, esse risco existe! Se chover muito, pode ser perigoso subir até lá. Mas a verdade é que você vai ter que correr o risco, ou trocar a data da sua viagem. 🙁 Lembre que teve um grupo que ficou ilhado em Aguas Calientes porque os trilhos da ferrovia foram destruídos por um desmoronamento durante a época das chuvas? Foi há uns anos atrás. Mas depois, em outros anos, não aconteceu de novo. O que é a vida, senão um eterno arriscar-se? Abraços.

  81. Verusca
    29/09/2014

    Olá amigo, estou planejando ir com meu Pai em Dezembro, numa estadia de 3 dias apenas para visitar Machu Pichu… vamos sair de Porto Alegre. Gostaria da tua recomendação… tipo quanto dinheiro levar, como é feito o passeio, etc, pois estou perdida..rsrsrs

    • Oi Verusca,
      3 dias vai ser bem corrido, né?
      Mas veja primeiro as passagens aéreas. A TACA é uma companhia que tem voos direitos Porto Alegre – Lima. Se der sorte de pegá-la, facilita muito. Daí compre o voo Porto Alegre – Cusco – Porto Alegre (ida e volta).
      Reserve os hotéis em Cusco pelo Booking.com;
      E chegando em Cusco, contrate uma excursão de bate e volta para Machu Picchu (compre lá mesmo).
      Outra alternativa, é comprar a passagem de trem já aqui do Brasil: http://www.perurail.com
      E comprar os ingressos para Machu Picchu daqui: http://www.machupicchu.gob.pe/
      Se não conseguir comprar, peça ajuda ao pessoal do hotel que reservar para que eles te reservem o tour.
      Abraços.

  82. Priscilla
    02/10/2014

    Olá Gleiber! Estou querendo ir a MP na segunda quinzena de dezembro. Sabe se é uma época boa? Vou ficar 7 dias. O melhor é hospedar em Cusco como base?
    OBrigada

    • Oi Priscilla,
      O melhor é Cusco mesmo! Mas essa é uma época chuvosa, se você puder pegar a estação seca, menos chances de ter que visitar as coisas debaixo de chuva. Mas se não puder, não desista simplesmente por isso!
      Abraços.

  83. Beatriz
    08/10/2014

    Oi Gleiber !
    Sempre tive o sonho de conhecer MP, e como este ano em novembro vou fazer 50 anos, resolvi realizar meu sonho.
    Li que novembro é período das chuvas…tô morrendo de medo.
    Você acha que arrisco viajar ? …ou é melhor esperar para viajar em outro período para não correr o risco de estragar esta data tão especial ?
    Obrigada

    • Oi Beatriz,
      Realmente… Em novembro já começam as chuvas. No seu lugar, eu preferiria ir para Machu Picchu em outra época, caso seja possível. Mas atenção! Ir a Machu Picchu é a realização de um sonho, se não tiverem como ir em outra época, vão em Novembro mesmo! Só não deixem que essa questão da chuva seja a única razão para vocês desistirem do sonho. Beijos.
      Gleiber

  84. Luiz Francisco
    10/10/2014

    Parabéns pelo Blog, está me ajudando muito, mas ainda tenho uma duvida.

    Já tenho a passagem do trem de ida e volta de Poroy a Machu Picchu dia 31/10.

    1.o ônibus que leva até a entrada das ruinas eu compro a passagem na hora?

    2.a entrada para as ruinas eu preciso comprar antecipado pelo site ou compro quando estiver em Cusco? e se for antecipado qual o site?

    3. para ir a Machu Picchu eu preciso do Boleto turístico? compro antecipado ou dá pra comprar em Cusco?

    se puder me ajudar agradeço. Abraço.
    Luiz Alves

    • Oi Luiz, vamos lá:
      1 – sim, dá para comprar na hora, é bem tranquilo.
      2 – O site é http://www.machupicchu.gob.pe/ Dá para comprar antecipado se o seu cartão for Visa Internacional e seu banco possuir a tecnologia Verified by Visa. Dá para comprar quando chegar em Cusco, mas eu sempre acho prudente comprar antes, para garantir. Vai que, né?
      3 – O Boleto Turístico não tem nada a ver com Machu Picchu. Ele serve para as outras ruínas incas, mas não serve como ingresso para MP. Temos um post só sobre ele: http://andarilhosdomundo.com.br/2012/11/entenda-o-boleto-turistico-de-cusco/

      Um abraço e boa sorte!

      • Luiz Alves
        17/11/2014

        Gleiber,
        Muito Obrigado pela ajuda com minhas duvidas.
        Já fiz minha viagem e ficou um gostinho de quero mais porque meus 4 dias foram poucos devido a quantidade de locais para se visitar, mas fui nos principais.
        Fica aqui meu abraço e parabéns pelo site.
        Luiz Alves

        • Oi Luiz,
          Que legal que tudo deu certo. Para te consolar eu fiquei uns 12 dias no Peru e mesmo assim fiquei com um gostinho de quero mais… kkkk
          Um abração

  85. Isabella Martins
    25/10/2014

    Que post sensacional! Tudo explicado e você sempre responde as duvidas claramente! Excelente mesmo! Estou programando para ir em fevereiro passar 10 dias e vou seguir esse roteiro! Obrigada!

  86. William Santos
    26/10/2014

    Olá Gleiber!

    Pretendo conhecer as ruínas de Machu Picchu em um dia e no outro subir Huayna Picchu, saberia me dizer que horas sai o trem na ida e na volta de Machu Picchu?

    Desde já agradeço a atenção.

  87. Ana
    31/10/2014

    Olá. Pretendemos ir em Julho/15 para um Congresso em Lima. (sim, 2015. Como viajo com crianças planejo com muita antecedência, rsrsrsrs)

    Dúvidas:

    É válido parar primeiro em Cusco, fazer o roteiro de 3 dias e depois ir para Lima? —Fica mais barato comprando todos os percursos juntos.
    E essa viagem com crianças? Será que vai ser difícil para uma criança de 5 anos?

    • Oi Ana,
      5 anos já dá para fazer alguma coisa. Como você tem só 3 dias, lembre-se sempre da aclimatação (que te tomará um dia). E já vou avisando, não deixei seu filho(a) largar da sua mão um só minuto. São muuuuuitas escadas e cair lá de cima poderia ser uma tragédia. Abraços.

  88. eglom
    04/11/2014

    olá gleiber,li todos os comentarios,mas fiquei numa duvida. as visitas em matcHupitcHu podem ser feitas qualquer dia da semana?
    PRETENDO chegar em lima dia 25/12/14 ficar dois dias. 28/12 domingo…chegar em cusco (e visitar aguas calientes e matchupitchu)/ e voltar para sp dia 30/12.
    seria correto ou melhhor ir pra cusco pirmeiro e depois ir para lima na segunda?

    • Oi Eglon,
      Seu itinerário está ótimo. Dá tempo para tudo. Na minha opinião tanto faz ir a Cusco primeiro ou a Lima primeiro. E Machu Picchu só fecha em 01 de Janeiro. Nos outros dias do ano, abre normalmente todos os dias, de domingo a domingo.

  89. William Santos
    09/11/2014

    Gleiber!

    Muito obrigado pelas dicas e retorno da minha dúvida. E parabéns pelo blog, é muito completo e didático. Vou visitar o Peru em Fevereiro e meu roteiro esta sendo baseado praticamente todo pelo seu blog.

    Abraço!

    William Santos

  90. esther
    10/11/2014

    Olá, alguém já utilizou a agencia de viagens

    “peru viajes y excursionses”

    fiquei em duvida entre essa e a “xtreme turbulencia” mas a diferenca de precos é relativamente alta.

  91. Ivana
    10/11/2014

    Olá Gleiber..!!
    Vou viajar para o Peru em Fev/2015 num total de 7 dias e pretendo fazer o seguinte roteiro:
    dia 03 – Lima
    de 04 a 08 – Cusco
    dia 09 – Retorno ao Brasil.
    Gostaria de esclarecer algumas dúvidas:
    No primeiro dia é possível ficar, por exemplo, de manhã em Cusco para ambientação, e a tarde fazer algum passeio próximo para aproveitar bem dia ou é necessário ficar 0 dia todo na cidade para não ter problemas com a altitude?
    Comprei passagens, hotel e passeio a MP via agencia CVC, porém após decidi subir a montanha HP e não estou encontrando onde comprar separadamente. Você sabe onde posso comprar via internet esse bilhete, pois no ministério da cultura vendem em conjunto com MP.
    Dá para conhecer MP e subir HP no mesmo dia ou é melhor cd um em dias diferentes?
    Em fevereiro chove muito a ponto de não poder realizar os passeios?
    É fácil comprar o boleto turístico ou você tem uma agência local para indicar?

    Att,
    Ivana

    • Oi Ivana,
      Vamos por partes
      1) O recomendado é passar o dia todo sem fazer nenhum passeio, mas como seu tempo é curto, dá para passar a tarde no City Tour de Cusco.
      2) Para subir Huayna Picchu você tem que comprar o ingresso combinado. Não tem como comprar separado…
      3) Dá para conhecer MP e subir HP no mesmo dia sim. Tranquilo.
      4) Fevereiro é a época das chuvas. Pode acontecer até de fecharem o acesso a MP, em caso de chuvas fortes (aconteceu em 2014), mas às vezes pode passar dias sem chover também…
      5) O boleto turístico é vendido bem no centro de Cusco é super fácil (no máximo terá uma fila), não precisa agência nenhuma não.
      Abraços.

  92. Boa noite Gleiber, eu como peruano gostei muito das suas dicas, voce deveria percorrer todo o nosso país e eu se que vai se agradar mais e ate tlavez nao vai quer voltar rsrsrsrsrs.
    Bom Gleiber eu sou formado em ciencias administrativas e turismo na universidade de Cusco, e já teve essa sorte de morar em Sao Paulo e agora que voltei para o Peru montamos aqui no Peru a nossa operadora de turismo chamada Viagens Machu Picchu, Operadora única e exclusivamente para os brasileiro que desejem conhecer Machu Picchu e Peru.
    Nos da Viagens Machu Picchu sempre estamos dispostos a ajudar a qualquer pessoa sem compromisso de compra e simplesmente queremos que tudos venham e curtam a nossas paisagens.
    Att: Juvenal Rondan

    • Oi Juvenal,
      Obrigado por contribuir com o nosso blog. Fica aí a dica para as pessoas que se interessarem.
      Abraços.

  93. Luciana
    16/11/2014

    Olá Gleiber, boa tarde. Estamos nos programando para ida à Cusco ente 01 e 08/01. Ja compramos passagens e hospedagem porém o problema agora são os ingressos. Sabe me dizer como adquiro o ingresso para Machu Picchu? Em um site que entrei não aparecem disponibilidades de 2015, fiquei preocupada! rs Queria indicações dos sites de compra do boleto turístico e passagem do trem também!
    Att,

    • Haverá disponibilidade para 2015 de ingressos para Machu Picchu, mas de fato, tem alguma coisa acontecendo no site que eu também não entendi. Sobre o boleto turístico, este só dá para comprar lá mesmo. Mas é ilimitado, não há risco de você ficar sem. Sobre as passagens de trem, vá em http://www.perurail.com/ Abraços.

  94. Ivana
    17/11/2014

    Obrigada Gleiber. Aproveito para cumprimentá-lo pela brilhante iniciativa em criar este blog. Assim, além compartilhar suas experiências das viagens você está contribuindo para que muitas pessoas, mundo afora, construam seus próprios roteiros com objetividade e segurança.

  95. Beatriz Borges
    01/12/2014

    Olá Gleiber! Ameeeei o seu blog! Sensacional! Obrigada por todas essas informações!
    Estou querendo montar um roteiro de aproximadamente 10 dias. Ainda estou um pouco perdida, e gostaria de tirar algumas duvidas se nao tiver problema…
    1) pretendo viajar de 03/04 a 12/04, ou na semana santa. Ainda estou decidindo. Com relaçao as passagens aereas, qual o valor considerado “barato”? E em que epoca é melhor pra comprar, vc sabe?
    2) o city tour eu preciso reservar com antecedência ou posso resolver lá mesmo? Necessito de city tour em Cusco, Lima e Arequipa?
    3)esquema 10 dias:
    03/04 – Ida. Chegada em Cusco (dia livre para acostumar com a altitude) ps.: moro em Pernambuco, nao tem voo direto para o Peru e ainda nao comprei a passagem. Talvez a viagem seja longa e por isso, se caso for, irei um dia antes.
    04/04 – Cusco / Vale Sagrado
    05/04 – Cusco / Vale Sagrado
    06/04 – Cusco – Ollantaytambo / Trem para Machu Pichu – (Pernoitando em águas calientes)
    07/04 – Visita Machu Pichu e retorno a Cusco
    10/04 – Arequipa
    11/04 – Arequipa (colca canyon)
    12/04 – Arequipa > Lima
    13/04 – Lima
    14/04 – Lima
    15/04 – Volta

    Alguma sugestão a dar sobre esquema? Devo passar mais ou menos dias em algum lugar ou acrescentar outro?

    Aguardo resposta! Obrigada mesmo desde já!

  96. Beatriz Borges
    01/12/2014

    Mudando o roteiro….kkkkkk

    03/04 – Ida – Chegada em Cusco (dia leve para acostumar com a altitude) / Pegar o Trem para Aguas Calientes às 15h ou 19h / Chegada a Aguas Calientes e check-in no hotel + Tempo livre para passear pela cidade.
    04/04 – Visita a Machu Piccho + trilha Huayana Piccho / retorno a Cusco (Acordar às 5h, tomar café às 5:30h e estar às 6h na estação de ônibus / Subir até Machu Picchu e entrar nas ruínas antes das 7h / Ver o Sol iluminar as ruínas e visitar o restante / subir Huayna Picchu / Retorno de trem para Cusco no fim da tarde / Retorno ao hotel de Cusco)
    05/04 – Cusco / Vale Sagrado Sul (Pisaq / Pikillacta / Andahuaylillas / Tipón)
    06/04 – Cusco / Vale Sagrado (Sacsayhuamán / Quenqo / Tambomachay)
    07/04 – Cusco / Vale Sagrado (Salineras de Maras / Chinchero / Moray/ Ollantaytambo) / seguir para Arequipa
    08/04 – Arequipa
    09/04 – Arequipa (colca canyon)
    10/04 – Arequipa
    11/04 – Arequipa / Volta para Cusco
    12/04 – Volta

    Ps.: sabe me dizer se existe onibus de Cusco para Arequipa e onde comprar?

    Abraço!!

    • Oi Beatriz
      Com certeza existe o ônibus entre Cusco e Arequipa. Mas não sei onde comprar… 🙁
      E, definitivamente, não dá para comprar pela internet de qualquer forma.
      Desculpe não conseguir te ajudar dessa vez.

  97. Adriana
    07/01/2015

    Olá,

    Pretendo ir para Lima/Cusco/PUNO em maio, encontrei um pacote em uma agencia já com hotel e passeios para 8 dias por $980 por pessoa. Gostaria de saber se vale a pena fechar ou se é melhor fechar os passeios na hora lá.

    Obrigada.

    • Olha, geralmente os preços compensam, sim.
      A gente gosta de viajar sem agência para poder fazer o roteiro do nosso jeito. No caso do Peru, a diferença de preço costuma ser nula. Abraços…

  98. Isabella Martins
    22/01/2015

    Oi Gleiber, ja havia comentado aqui antes. Voltei pra tirar outra duvida, tenho interesse de ir direto pra lima pois além da passagem ser mais em conta são 10 dias e acho que são muitos dias pra ficar somente em cusco. Voce me recomenda ir ja com a passagem comprada de lima pra cusco ou deixar pra comprar isso em alguma agencia de viagens ou no aeroporto? Minhas duvidas são basicamente sobre o custo de alugar ou reservar coisas online ou fazer isso na hora já na cidade (hoteis, translado, passeios). O que vc me recomenda? Obrigada

    • Oi Isabella,
      Recomendo já ir com a passagem comprada. Você pode comprar no site no modo múltiplos trechos:
      Brasil – Lima; Lima – Cusco; Cusco – Brasil. Vá por mim, sairá mais barato do que comprar o trecho Lima-Cusco ida e volta de forma avulsa.

      Sobre reservar as coisas antes, é o que sempre faço, porque dá para pesquisar as barganhas de hotéis sentado no conforto da sua casa, eheheheh. Já passeios, vale mais comprar lá, para pechinchar cara a cara com o vendedor. Translado? Use os táxis baratíssimos do Peru.
      Abraços.

  99. Fabiano
    24/01/2015

    Gleiber, tudo bem? Parabens pelo blog e pelas dicas. Não cheguei ler todas as perguntas, mas gostaria de saber se vc recomenda aproveitar uma viagem de 8 dias pra conhece o Titicaca e Nazca. Obrigado. Abraço.

    • Oi Fabiano,
      8 dias para Machu Picchu, Nazca e Titicaca? Acho muito corrido! Conheça melhor a região de Cusco e do Vale Sagrado que é linda! Mas se quiser fazer um corridão, escolha ou Nazca ou Titicaca.
      Abraço

  100. Oi Gleiber
    Para as pessoas que estão querendo e irão fazer a trilha Inca ou Salkantay
    Aconselhamos deixar sua cargueira no hotel para que o peso da mochila seja leve e somente leve o que seja necessário para percorrer as trilhas.
    (geralmente os hotéis têm um espaço para isso, ou seja, você não vai pagar uma diária para sua mochila) e levar para a trilha somente o que for essencial.
    Além dos serviços de guia, de cozinheiro, de carregadores e montadores de barracas, as agências oferecem alimentação (café, almoço e jantar) e água (fervida) e ou chá de coca. É recomendável que você leve alimentos complementares (balas, chocolates, bolachas, barrinha de cereal) para os intervalos entre uma refeição e outra, lembrando que não há lanchonetes pelo caminho.

  101. Alberto Perrone
    01/02/2015

    Boa noite Gleiber, gostaria de fazer uma pequena expedição , saindo ou do Rio Grande do Sul pela Argentina de Camionete, ou ir a Lima de avião e lá locar uma camionete, sabes me informar algum blog que consiga várias informações a respeito?
    Se possível me informar no meu email !
    Desde já agradeço , ótima semana
    Alberto

    • Oi Alberto,
      Sei que você não pode atravessar fronteiras com um carro que não seja seu (ou conseguir essa documentação é bastante caro). Já tentou no Mochileiros.com?
      Abraços.

  102. claudia jardim
    12/02/2015

    Gleiber, estou montando o roteiro para o meu chefe, ele ira com a familia e outro casal amigos (com crianças de 12 / 8 anos) e querem um serviço VIP, por isso não posso errar com eles quanto aos passeios. Els chegarao em Cusco dia 31/03 as 11:00 am – ficarão no Hotel Monasterio – nessa tarde ficarão para a climatização. Queria solicitar a alguma operadora um citi tour privativo so para o grupo (8 pessoas) No dia 01 e 02 de abril eles querem visitar Vale Sagrado e Cusco, eu queria entender a distancia ate la, ou seja eles podem ir e voltar nos dois dias ou seria indicado eles irem primeiro ao vale sagrado (como iriam ?? de trem / carro) o que é mais recomendado em questão de conforto??? ai eles dormiriam por la e no dia seguinte iriam a Machu pichu (como iriam ?? de trem / carro) – para entrar em machu pichu (tem alguma infra la como banheiros / cafés)?? até onde eles conseguem ir de carro? o caminho a pé é muito longe?? Agradeço se puder me responder, grata

    • Oi cláudia,
      Minha sugestão. Faça os tours privados saindo de cusco e voltando no final do dia para o mesmo hotel em cusco. São pequenas distâncias, o que mais demora no tour é a própria visita de cada atração. Para ir a Machu Picchu, devem ir de trem até Aguas Calientes e depois chegar até o parque no ônibus turístico, como todo mundo. Não tem outro jeito. Você pode contratar um guia turístico para recebê-los na estação de trem de Aguas Calientes e acompanhá-los durante toda a visita em Machu Picchu e deixando-os na estação de trem para voltar no mesmo dia para Cusco, inclusive. Em Machu Picchu tem restaurante, banheiros, lanchonete. Eles vão adorar!
      Abraços.

  103. ANDERSON
    22/02/2015

    Gleber, pretendo visitar cuzco, vale sagrado e Macchu Picchu em 8 dias. É suficiente ? Pretendo fazer o roteiro de 7 dias que você indicou.

    Para visitar estes locais, em quantos hoteis precisarei ficar ? Precisarei de apenas 1 hotel ?

    Devo comprar o ingresso para Machu Picchu no local ?

    Tirando a passagem e a hospedagem quanto mais ou menos devo levar ?

    Posso comprar o boleto turístico no Brasil ?

    Será a primeira vez que irei para o Peru. O roteiro que você indicou é muito legal. Eu gostaria de entender quanto e como comprar passagens e entradas para as atrações.

    Muito Obrigado.

    • Oi Anderson,
      8 dias é bem suficiente. É para as pessoas que querem conhecer tudo com calma. Quem tem pouco tempo, pode cortar coisas do roteiro e fazer bem mais corrido. Basta um hotel sim. Os passeios podem ser feitos todos a partir de cusco, em bate e volta, inclusive para Machu Picchu. Mas se quiser seguir a dica de dormir uma noite em Aguas Calientes, precisará de um outro hotel lá no vilarejo.
      Se você deixar Machu Picchu para os últimos dias da viagem e não vai subir Huayna Picchu, pode deixar para comprar o ingresso lá mesmo, assim que chegar em Cusco.
      Só dá para comprar o boleto turístico lá. E quanto ao custo de vida, é bem parecido com o nosso, aqui no Brasil. Calcule o mesmo que você gastaria se fosse comer em restaurantes no almoço e na janta por aqui.
      Abraços.

  104. Ivana
    23/02/2015

    Oi Gleiber
    Fiz minha viagem para o Peru e deu tudo certo. Fiz meu roteiro baseado nas tuas dicas e, realmente, não tive maiores problemas. Apesar de fevereiro ser um mês chuvoso, na semana que eu fui, choveu apenas meio dia. Todos os outros dias da viagem fez sol. Foi uma viagem maravilhosa, lugares belíssimos, povo educado, gentil e que têm prazer em divulgar a cultura de seus antepassados.
    Obrigada Gleiber por todas as informações aqui postadas e que tanto nos ajudam. Bj

    • Oi Ivana,
      Muito obrigado por deixar esse feedback aqui para a gente!
      O Peru é ou não é um lindo país?
      Beijos!

  105. Eduardo Brust
    25/02/2015

    Bom tarde Gleiber Rodrigues.
    Primeiramente, parabéns pelo belo relato e informações sobre a viagem para o Peru.
    Eu estou pretendendo visitar este Pais em maio.
    Tenho várias dúvidas, mas gostaria por hora de perguntar estas principais. Poderia me ajudar ?
    1) Meu roteiro seria do dia 03/05/2015 até o dia 15/05/2015
    com estes dias eu consigo visitar nesta ordem : Rio para Lima ->Cusco -> MachuPicchu->Puno->Arequipa->Lima(volta pro Rio)
    2) Vou com minha esposa e pelo que li em relatos, alguns trens não carregam bagagem, então estou na dúvida de como vou adaptar meus deslocamentos com a bagagem
    3) Das viagens de trem, qual delas vale mais a pena ? Cusco para Aguas Calientes ou de Cusco para Puno no sentido de belezas naturais.
    4) Existe alguma forma de ir para Puno direto de Águas Calientes ou teria que voltar para Cusco e de lá eu vou para Puno ?

    Agradeço se conseguir tirar alguma destas dúvidas

    • Oi Eduardo. Vamos lá:
      1) acho que sim. Dá tempo para tudo. Só não posso te ajudar com Puno / Arequipa porque não chegamos a conhecer.
      2) O trem que limita as bagagens é o trem que vai e volta para Machu Picchu. O aconselhável é levar só uma mochila, porque se você for dormir em Aguas Calientes, vai dormir no máximo um dia. Guarde sua bagagem no hotel de Cusco. Daí você pega na volta. Ou usa os armários na própria estação de trem (eu confiaria mais em deixar no hotel). Mas isso se a sua mala for mesmo bem grande.
      3) Não sei da viagem de Cusco para Puno. Mas eu não me basearia na vista. Penso no trem como um meio de chegar lá. A vista vem de brinde. Se houver uma forma melhor de ir, não tenha dúvida.
      4) Nope! Tem que ir de Puno para Cusco e de Cusco para Aguas Calientes. (ou vice-versa)
      Abração.

  106. Tike Sotta
    18/03/2015

    Bom tarde Gleiber Rodrigues.
    Primeiramente, parabéns pelo site
    Estou indo para fazer a trilha Salkantay em junho, pretendo comprar a trilha em Cuzco , quanto de antecedencia vc recomenda chegar em Cuzco ?

    Obrigado
    Tike

    • Oi Tike, recomendo uma semana antes. Na verdade, para garantir mesmo eu compraria daqui do Brasil, fazendo contato com agências de lá (não, não tenho nenhuma para indicar, infelizmente). A Sankantay é menos concorrida, mas já pensou chegar lá e já estarem esgotadas? Abraços

  107. Débora Peixoto da Silva
    22/03/2015

    Ola Gleiber fiz a reserva para quatro dias em cusco e cinco dias Aguas Calientes,em outubro dia 25 tenho duvidas não tenho cartão de crédito tenho disponível para gastar 5.000 reais para gastar somente com os passeios, translados e comida devo trocar lá por soles ou devo trocar por dolares e depois por soles, mas tenho o cartão de débito internacional. O que você me recomendaria esse valor consigo ficar lá por nove dias…Esse dinheiro daria para fazer os passeios ou devo levar mais alguma reserva.Já estou com hotel pago e as passagens…

    • Oi Débora,
      Com hotel e passagens compradas, acho que dá sim. Tente gastar o quando puder do cartão de débito internacional, só depois vá gastando os seus dólares em dinheiro vivo. Reais lá são inúteis. E são poucos os restaurantes que aceitam dólares. Vá trocando dólares por soles aos poucos à medida em que for precisando. Ahn… E não compre Soles no Brasil. Compre dólares aqui e depois troque dólares por soles lá.
      Abraços.

  108. Tike Sotta
    23/03/2015

    Obrigado pela dica de comprar a trilha salkantay no Brasil de uma agencia Peruana ,estou fazendo contato com a NC Travel Cusco se alguem tiver informações sobre agradeço !!

    Segue meu roteiro o que vc acha ??
    1° dia 11/06/2015 – Quinta Feira – Chegada no aeroporto de Cuzco , translado ate Hotel
    2º dia 12/06/2015 – Sexta Feira – café da manha e dia livre ,pernoite em Cuzco
    3º dia 13/06/2015 – Sábado – passeio do vale sagrado , retorno para Cuzco
    4º dia 14/06/2015 – Domingo – café da manha i e dia livre pernoite em Cuzco
    5º dia 15/06/2015 – Segunda Feira Trilha Salkantay e acampamento
    6º dia 16/06/2015 – Terça Feira Trilha Salkantay e acampamento
    7º dia 17/06/2015 – Quarta Feira Trilha Salkantay e acampamento
    8º dia 18/06/2015 – Quinta Feira Trilha Salkantay e pernoite em Aguas Calientes
    9ºdia 19/06/2015 – Sexta Feira café da manha i saída bem cedo caminhada até as ruinas de Machu Picchu com guia , e montanha Machu Picchu retorno e pernoite em Aguas Caliente
    10º dia 20/06/2015 – Sábado café da manha e saída para Huayna Picchu com transporte e ingresso .retorno até pernoite em Cuzco
    11º dia 21/06/2015 – Domingo translado ate aeroporto de Cuzco / translado do aeroporto de Lima ate hotel ( horário a definir )
    12º dia 22/06/2015 – Segunda Feira café da manha e dia livre
    13º dia 23/06/2015 – Translado do hotel até aeroporto Lima

    Obrigado
    Tike

    • Oi Tike,
      Que roteiro hilário. Eu queria era voltar a Machu Picchu e fazer igualzinho (a gente não fez a trilha Salkantay e nem subimos a trilha da Montanha Machu Picchu, só Huayna).
      Ficou muito bom.
      Abraços.

  109. Ricardo Fuzon
    26/03/2015

    Olá Gleiber!
    Estou com a passagem comprada pra Lima para o proximo mes Abril 2015. E achei bem interassante seu roteiro de 4 dias. Minha duvida é a seguinte: Além das reservas de hoteis(cuzco e aguas calientes) e passagens para Cuzco, necessito comprar mais alguma coisa antecipado (trem para aguas calientes, tickets, etc) ou posso comprar tudo na hora em CUZCO? Parabéns pelo Blog. Nota 10.

    • Oi Ricardo,
      Dá para comprar tudo assim que chegar em Cusco sim! Eu gosto de comprar antecipado, mas não é que precise…
      Abraços.

  110. Thiago M
    28/03/2015

    Boa noite Gleiber!

    Estou me programando para viajar dia 28/12/2015 e voltar 2/01/2016 para cidade de LIMA, pretendemos conhecer os principais pontos turísticos da cidade, tenho algumas duvidas sobre a nossa primeira viagem internacional:

    – Hotéis confortáveis e econômicos;
    – Custo por dia para 2 pessoas adultas;
    – Dicas de lugares para principais alimentação;
    – Melhor Forma de pagamento para nós turistas, CARTÃO ou DINHEIRO;
    – Gostaria de ficar próximo ao CENTRO da cidade ou das principais PRAIAS,qual a melhor opção e onde fica sua localidade? para que eu possa fazer minhas reservas;

    Obrigado,Thiago

    • Oi Thiago,
      Então…
      1) Para procurar hotéis, não tem jeito. Minha sugestão é pesquisar exaustivamente em sites como o Booking.com, que é nosso parceiro. À esquerda, no site, há várias opções de filtros para limitar suas buscas, por preço, por bairro, por comodidades, etc… Ali você vai ver as opiniões de outros hóspedes para te ajudar a decidir por um ou outro hotel.

      2) Os custos por dia no Peru são parecidos com os do Brasil. Um PF ou um hambúrguer com fritas custa de 10-15 reais, um prato mais elaborado já custa uns 20-30 reais. Num restaurante mais elegante, prepare-se para 50-60 reais por pessoa com uma cerveja.

      4) O melhor é comprar dólares no Brasil e levar. Lá, pesquise as casas de câmbio e troque por Soles onde encontrar a menor cotação, desde que seja numa casa confiável. Nunca troque tudo de uma vez e tente pagar com dólares o que der. Alguns hotéis, taxisitas e agências de excursão aceitam.

      5) Thiago, a gente só foi a Lima passear, não moramos lá, hehehe. Mas o bairro que eu sugiro é o bairro de Miraflores. O centro até dá para ficar, mas é meio inseguro à noite.

      A gente se deu mal no quesito alimentação, por isso não deixamos dicas.
      Abraços.

  111. Isabelle
    29/03/2015

    Olá! Gostaria de saber se a entrada do Machu Picchu já está inclusa no boleto turístico. Eu irei ficar no peru entre 7 e 16 de maio.. Ou seja, dá pra fazer muita coisa, inclusive dormir em aguas calientes. Estou com dúvida quanto ao hotel/hostel… vocês deixaram logo todos os dias reservados com antecedência? Quero dormir em aguas calientes, você indica que eu faça uma reserva em cusco e em aguas calientes com antecendencia? Pq assim, terei que fazer toda a programação de todos os dias bem direitinho, né?

    • Oi Isabelle,
      Não! O ingresso a Machu Picchu exige um bilhete próprio, específico. O Boleto Turístico só serve de ingresso para as atrações que eu mostro nesse post: http://andarilhosdomundo.com.br/2012/11/entenda-o-boleto-turistico-de-cusco/
      Não precisa reservar o hotel de Aguas Calientes com antecedência não… Você pode reservar na véspera ou até procurar lá mesmo. Eu gosto sempre de reservar antes e programar tudo dia a dia perfeitamente, mas esse é o meu estilo. Nem é bom, porque às vezes chove e não dá mais para cancelar o passeio…
      Abraços.

  112. Silvio
    31/03/2015

    Olá Gleiber,

    Infelizmente não pretendo ficar muito no Peru, uns 10 dias no máximo, se tudo der certo.

    Li em outros lugares sobre ser desaconselável ir de carro até alguns lugares, mas queria sua opinião.

    Veja, se eu fosse a partir de Lima para Nasca e depois Cusco, já disserem que não é bom dirigir. OK, mas conhecer Lima não faz parte dos meus planos iniciais.

    Pelo que eu gostaria de conhecer, Lima aparentemente seria o ponto mais distante e serviria só para chegar e sair, mas como tem Cusco a partir de SP, não vejo necessidade de ir à Lima.
    Correto?

    Gosto de dirigir e pretendo alugar um (bom) carro para fazer Cusco – Nazca – Cusco.
    Isso é algo assim tão desaconselhável? Ou é somente algo cansativo pra caramba? Tem quem não atravesse a Av Paulista em SP de carro pq é ‘desaconselhável’.

    Veja, 9 ou 10 horas dirigindo para ir num dia e o mesmo para voltar no outro dia não me incomodaria. Ou isso é realmente perigoso e um ônibus é a melhor opção?

    Meu roteiro seria algo como:

    Dia 1 – SP – Cusco
    Dia 2 – Cusco
    Dia 3 – Machu Picchu (trem em Cusco)
    Dia 4 – Ida de Cusco para Nazca
    Dia 5 – Sobrevoo Linhas de Nazca
    Dia 6 – Volta de Nazca para Cusco
    Dia 7 – Ruínas de Saqsaywaman (Parece ser muito perto do aeroporto e do centro de Cusco)
    Dia 8 – Cusco
    Dia 9 – Cusco – SP

    Junho é uma boa época?

    Sabe dizer se tem alguma vacina específica que necessitamos?

    Obrigado pela atenção e parabéns pelo blog.

    • Oi Silvio,
      Veja bem, apesar da gente não ter gostado de Lima, muita gente ama a cidade de paixão. Então pode ser que você se arrependa de não conhecer Lima, hehehehe. Mas enfim… Se o seu foco é Nazca e Cusco (e a coisa andina, inca, etc), talvez Lima não tenha nada a ver mesmo. Sobre as estradas, a gente achou tão fácil e prático se deslocar para o Vale Sagrado em excursão e com táxi, que realmente não sentimos falta de estarmos de carro alugado. E isso que a gente adora alugar carro. As estradas nos arredores de Cusco não estão ruins. Mas são estradas de montanha, cheias de curva, com muitos aclives e declives, onde não rende… Você dirige uma, duas horas para percorrer 40-60km. Muuuuito menos estressante é deixar um motorista fazer isso por você enquanto o guia turístico vai explicando curiosidades. E o preço dos passeios é barato, compensa.
      A gente não esteve em Nazca, mas só de imaginar que há a cordilheira no meio do caminho (deve ser linda a viagem), já penso que se corre o risco de pegar estradas difíceis, em um estado de conservação desconhecido… Por outro lado, é o que você falou. Desaconselhável é muito relativo.

      Pegar ônibus no Peru me pareceu muito mais perigoso, imprevisível e desaconselhável. Eles não têm rodoviárias organizadinhas que nem as nossas. Parece que não há horários fixos entre a maioria das cidades e o tempo de viagem varia muito. O preço é quase de graça, mas a fama é bem ruim.

      Ou seja, analisando as possibilidades e o seu itinerário, eu arriscaria ir de carro sim, mas somente entre Cusco e Nazca (ida e volta). A não ser que você pegasse uma van turística, uma excursão, que eu acho a melhor das hipóteses. Em Cusco e para visitar Saqsaywaman, o carro é desnecessário.

      Outro ponto: é importante estar com um guia turístico! A sua experiência nas ruínas incas com e sem guia é completamente diferente (sem guia é muito sem graça). Acredite.

      Junho é ótimo

      Não precisa vacina nenhuma (não é exigido de você), mas eu estaria em dia com a febre amarela.

      Abraços.

  113. Swellen
    10/04/2015

    Bom dia.
    E sobre o roteiro para fazer a trilha? Alguma sugestão? Tempo disponível de 15 dias, três pessoas. Partindo de São Paulo.

    • Oi Swellen,
      A gente não fez e você precisará de uma agência para te levar. Sugiro pesquisar outros blogs que contam como foi a experiência deles, para te ajudarem a escolher uma agência legal e com bom preço. Abraços.

  114. Olivia Moreira
    15/04/2015

    Ola,
    Muitos que conversei afirmaram que faz muita diferença fazer o tour por cusco e vale sagrado antes ou depois de Machu Picchu, o que voce acha? vcs fizeram depois neh?! Já ouvi que fazer depois pode comprometer o aproveitamento da viagem e tudo, como não sei ao certo oq esperar de machu picchu, mas sei q quero aproveitar o maximo a experiencia.

    Abraço,

    Olivia.

    • Oi Olívia
      A gente fez o City Tour antes de ir a Machu Picchu e o tour do Vale Sagrado depois de MP. Honestamente… Não tem a menor diferença fazer antes ou depois, na minha opinião.
      Abraços

  115. Daniela
    27/04/2015

    Oi Gleiber!
    Primeiramente, parabéns pelo site e suas dicas preciosas!
    Viajamos dia 15/06, em 4 pessoas (2 de 30 e 2 de 60 anos).
    Seguindo o post acima, montamos o seguinte roteiro:

    Dia1. Chegada a Cusco
    Aclimatação, compra do boleto turístico.
    Dia2. City tour em Cusco
    Dia3. Tour Vale Sagrado
    Dia4. Trem para MachuPicchu (pernoite em Aguas Calientes)
    Dia5. Visita MachuPicchu e retorno a Cusco
    Dia6. Tour Vale Sagrado Sul ou Maras Moray
    Dia7. Retorno ao Brasil

    Já reservei hotéis (Cusco e ACalientes)e já comprei os ingressos para MachuPicchu. Falta comprar as passagens de trem.

    Estou com algumas dúvidas… (várias!):

    – Vamos pernoitar em Aguas Calientes e depois voltar para o mesmo hotel em Cusco. Então, comprei as diárias com essa quebra de 1 dia. O que fazer com as malas nesse intervalo? Os hotéis costumam guardar?

    – Estou um pouco perdida na questão de contratar guia/agência de turismo para os passeios. Acho imprescindível, porém, para conhecer melhor o local e o significado das coisas. Alguma dica?

    Obrigada pela atenção!
    Daniela

    • Oi Daniela,
      A boa notícia é que sim. Os hotéis costumam guardas as malas gratuitamente!
      Sobre contratar guia, quando for contratar os passeios (City Tour, Vale Sagrado etc), sempre compre com guia. Isso, na verdade, é a regra. Em Machu Picchu, peça indicações para o seu hotel em Aguas Calientes. Com certeza ele terá um guia para te indicar. Senão, na entrada de Machu Picchu sempre há vários. Eles tem um crachá de identificação de que são credenciados ao “ministério do turismo peruano” (que não deve se chamar ministério do turismo, né?).
      Se tiver mais dúvidas, pode perguntar. Seu roteiro ficou ótimo.
      Abraços.

  116. Pri
    06/05/2015

    Muito bom e inspirador o site!
    Estou planejando 7 dias ao todo em agosto. Alguma recomendação quanto ao câmbio e locais confiáveis para troca?
    Gracias,
    Pryscilla

    • Oi Pri,
      Não me lembro de lugares específicos para câmbio. Mas nunca faça no meio da rua. Dê preferência a bancos ou instituições financeiras mesmo, limpas, arrumadas e oficiais. A gente sacou dinheiro local com cartão de crédito, em caixas eletrônicos. É a minha forma preferida de lidar com dinheiro em viagens. Abraços.

  117. eduardo
    15/05/2015

    Excelentes dicas! Parabéns gleiber!!
    eatou indo para cusco em agosto, ficarei 8 dias, e estou com uma duvida gigante, se puder dar uma força…
    você acha que vale mais a pena fazer o passeio pelo vale sagrado “abandonando” o grupo em ollantaytambo para oegar o trem para aguas calientes, onde pretendo dormir para ir a macju picchu no outro dia cedo, ou melhor fazer o passei pelo vale sagrado em um dia saindo de e volta a cusco, e em outro dia ir a aguas calientes/machu picchu?

    mais uma vez, parabens pelo blog.
    abraço!

    • Oi Eduardo,
      Se você tem tempo hábil (em 8 dias você tem), não abandone o grupo em Ollanta não. Faça o seu tour bonitinho num dia e depois desloque-se até Aguas Calientes a partir de Cusco ou mesmo de Ollanta (pegando um táxi de Cusco para Ollanta) em outro dia. Você conseguirá fazer tudo com mais calma, aproveitando melhor. Abraços.

  118. Paola
    05/07/2015

    Arrasaram no post!
    Conseguiram me ajudar a ter um norte de quais passeios fazer em Machu Picchu!

    Parabens. 🙂

  119. Renata Souza
    07/07/2015

    Gleiber tudo bem???? sensacional suas dicas e posts!!

    Queria sua opinião sobre meu roteiro, pensei em 2 situações:

    22/08 – vou chegar em Cuzco pelo meio dia = aclimatação e se der já faço o tour de Cuzco a tarde e saio a noite em Cuzco
    23/08 – pegar o trem em Poroy-Cuzco para Águas Calientes – após o almoço e pernoitar lá
    24/08 – Machu Pichu bem cedo pra ver o nascer do sol e pretendo voltar para Cuzco no começo da tarde, pelas 14:00 e saio a noite
    25/08 – Tour no vale sagrado o dia todo e saio a noite ou não
    26/08 – dia livre em Cuzco e saio a noite
    27/08 – vou embora pelo meio dia ou as 16:00 – estou definindo
    Minhas duvidas nessa opção:
    1) Preciso chegar lá e comprar o tour para os 10 dias certo?! Assim poderei usar para as atrações em Cuzco e o Vale Sagrado.

    2) nesse caso compro o trem ida e volta? Pois sairei de Poroy e voltarei para Poroy-Cuzco

    OU:

    22/08 – vou chegar em Cuzco pelo meio dia = aclimatação e se der já faço o tour de Cuzco a tarde e saio a noite em Cuzco
    23/08 – fazer o tour do Vale Sagrado e abandonar o tour para pegar o Trem para Aguas Calientes as 19:00 e pernoitar lá
    24/08 – Machu Pichu bem cedo pra ver o nascer do sol e pretendo voltar para Cuzco no começo da tarde, pelas 14:00 e saio a noite
    25/08 – Dia livre ou ver outro passeio lá e sair a noite ou não
    26/08 – dia livre em Cuzco e saio a noite
    27/08 – vou embora pelo meio dia ou as 16:00 – estou definindo – mas vai ficar um dia livre
    Minha duvida:
    3) Nesse caso eu compro o Trem pra Aguas Calientes partindo de Ollantaytambo e pra voltar para Poroy-Cuzco – compro as passagens separadas né?!

    4) Estava olhando no site das empresas de tren e as passagens estão por volta de 200,00 e poco ida e 200,00 e pouco a volta, é isso mesmo né?! É mais caro que a entrada de Machu Pichu né?!

    Obrigada desde já.

    Bjo

    • Oi Renata,
      Gostei mais do Roteiro 1. Não faça isso de descer do tour em Ollanta. Faça o tour com calma. Isso é para quem tem pouco tempo e não é o seu caso.
      1) Sim. Compre o Boleto Turístico completo, que vale para 10 dias.
      2) Sim. Compre a passagem de trem ida e volta por Poroy.
      3) Se fosse fazer o roteiro 2, compraria as passagens separadas
      4) É caro mesmo. 🙁

      Abraços.

  120. Daniela
    09/07/2015

    Oi pessoal, voltamos do Peru há 15 dias e, depois de tanto aproveitar as dicas do Gleiber, que foram super úteis, volto para deixar algumas impressões e, quem sabe, ajudar alguém que esteja prestes a viajar e cheio de dúvidas (como eu estava! hehe):

    – Altitude: não é mito, pega mesmo e pegou a mim no primeiro dia em Cusco (taquicardia, náuseas e mal estar) e ao meu marido no terceiro dia (muita náusea). No fim das contas, apesar de muito chá de coca, fiquei imprestável no hotel no primeiro dia (já planejado pra isso) e, no terceiro dia, por conta do marido maleixo, perdemos o passeio para o Vale Sagrado. Meus pais, que viajaram conosco, e que têm mais de 60, não sentiram nada além de um pouco mais de cansaço. Ou seja, não depende de idade, etc., mas sim de como cada organismo vai reagir à altitude. No fim das contas, foi um dia intenso de mal estar pra cada um e depois fomos bem e felizes curtir tudo por lá!

    – A viagem é imperdível e tudo é de tirar o fôlego (por beleza, genialidade dos incas, e tb pela altitude!) Mas, pelo menos pra nós, Machu Picchu foi extraordinariamente maravilhoso e os outros locais, por mais interessantes que fossem, perderam (um pouco) a graça depois de termos ido até lá. Dica: fazer os outros passeios antes, ou pelo menos a maioria. Achamos que Machu Picchu merece fechar a viagem com chave de ouro.

    – Adoramos nosso guia em Machu Picchu. Não havíamos reservado ninguém com antecedência, e foi ele mesmo que nos “atacou” na saída do ônibus na chegada a MachuPicchu. Falava espanhol, mas fazia questão de ter certeza de que os brasileiros entendiam tudinho. (Lucho: luchin_ot_17@hotmail.com)

    – Adoramos Maras e Moray, as salineiras são espetáculo à parte e o passeio é bem bacana. Indicamos.

    – Aproveitem! É uma viagem imperdível e sensacional!

    • Oi Daniela,
      Que legal deixar aqui a sua contribuição.
      Tenho certeza de que vai ajudar algum de nossos leitores
      Muito obrigado mesmo.
      Abraços.

  121. Débora Pinheiro de Oliveira
    11/07/2015

    Ola Gleiber, estou indo para o Peru em agosto e estou querendo fazer uma viagem mais economica, como faço para ir de cuzco para aguas calientes direto? Sem ir para ollantaytambo,peroi ou para URUBAMBA? Ir realmente direto para Aaguas calientes…Agradeço e aguardo,

    Obrigada

    • Oi Débora,
      Só se chega em Águas Calientes de trem (ou a pé).
      Então você é obrigada a pegar um trem em uma das estações que você citou acima (Urubamba, Poroy ou Ollanta).
      Tem um outro jeito mais barato, que é de ônibus, mas que chega numa outra cidade próxima e de lá você termina de chegar a pé em Aguas Calientes. Veja esse post: http://tolongedecasa.com/2013/06/16/machu-picchu-por-santa-teresa-2/
      Explica direitinho tudo.
      Abraços.

  122. Juliana Gonçalves
    21/07/2015

    Oi pesssoal!
    Adorei o blog, está me ajudando muito…estou planejando ir pro Peru em janeiro, me interessei por esse roteiro de 6 dias, mas fiquei com uma dúvida: quanto de dinheiro é necessário para esse roteiro?
    Bjo 😉

  123. Leticia
    22/07/2015

    Olá Gleiber, poderia me auxiliar com algumas dúvidas de meu roteiro?
    dia 1 – viagem para Lima (mas não encontrei conexões diretas para Cuzco, você tem alguma dica?)
    dia 2 – chegada em Cuzco e passeio para Sacsayuaman – você sabe me dizer quanto tempo demora de Cuzco para o parque? É o tipo de passeio que se faz logo de manhã? Na agência não souberam me informar o horário
    dia 3 – vale sagrado
    dia 4 – trem para Aguas Calientes
    dia 5 – visita Machu Picchu pela manhã – você sabe me dizer se existe o ônibus logo pela manhã? Ou somente a trila a pé para ver o nascer do sol?
    dia 6 – dia em cuzco até pegar o vôo de volta ao Brasil

    Obrigada!
    Letícia

    • Oi Letícia
      1) Estranho, há voos de Lima para Cusco de hora em hora praticamente, durante todos os dias
      2) Esse passeio geralmente é de tarde, Sacsayuaman fica a no máximo 10km do centro de Cusco. Bem pertinho.
      3) OK
      4) OK
      5) Tem ônibus beeeem cedinho sim. Não precisa passar o perrengue de subir de trilha não.
      6) OK

      Seu roteiro está ótimo.
      Abraços.

  124. Priscila
    31/07/2015

    Olá Glauber, obrigada pela ajuda! vou no mes que vem.
    Dia 1-Chegada em Cusco(manhã)
    Dia 2 – tour saindo de Cusco- Qenqo,Tambomachay, e Sacsayhuaman
    Dia 3 – tour saindo de Cusco – Moray/Salineras de Maras – RETORNO A CUSCO
    Dia 4 – tour saindo de Cusco – Calca, Urubamba, Pisac (FEIRA de Domingo) – FICAR em Ollantaytambo +ou- 16h30 – pegar trem para Aguas Calientes.
    Dia 5 – Machu Picchu e Retorno para Cusco.

    DUVIDA: Na ida ou na volta do trecho Ollantaytambo/Aguas Calientes,queria ver a paisagem pela janela do trem. Seria mais facil na ida ou na volta de Machu Picchu?
    E no retorno, tem como voltar direto ou via Ollanta para Cusco?

    Obrigada!

    • Oi Priscila,
      Sobre pegar a janela não tem jeito, é na loteria mesmo. Não tem como você escolher, o sistema é que escolhe para você (que eu me lembre).
      E sobre voltar de Aguas Calientes para Cusco direito, claro que pode. É só comprar os bilhetes separados. Compre o trecho Ollanta – AC e depois AC – Poroy (Cusco).
      Abraços. Seu roteiro ficou muito bom.

  125. Letícia
    30/09/2015

    Gleiber, obrigada pelas dicas! E paciência em responder as perguntas!
    Comprei ingresso para Machu Piccu com a montanha Huayna Picchu para entrada das 10h às 11h. Resolvemos dormir na noite anterior em AC. Então, será que posso entrar em Machu Picchu antes das 10h? Esse horário do bilhete é só para Huayna Pichu?
    Obrigada, Letícia.

    • Oi Letícia,
      Você pode entrar em Machu Picchu a hora que quiser com o seu ingresso. Mas deve estar na entrada da trilha para Huayna Picchu (que fica DENTRO de Machu Picchu) entre 10-11h, senão não poderá subir a trilha. Entendeu?
      Abraços.

  126. Gleiber tudo bem?

    Estou querendo conhecer Machu Picchu a muitos anos, estou vendo que os pacotes de viagem, geralmente são apenas para Cuzco. Como é esse roteiro só para eu entender. De cuzco tem que pegar um trem para Machu Picchu? É possível ir e voltar no mesmo dia? Eu vi um pacote de 7 dias em Cuzco é o tempo ideal? O que você indica como imperdível? Indica algum hotel, que não seja tão caro no Centro, onde possa sair para comer a noite?
    Valeu!!! Me perdoe por tantas perguntas rsrs

  127. vilma bragas
    03/11/2015

    Caramba, dúvida não me faltam na montagem do meu roteiro.
    AINDA ESTOU TENTANDO MONTAR MEU ROTEIRO.
    Estou achando mais fácil começar por Puno e ir subindo do que sair de Lima e ir descendo.
    Dessa forma, se surgiu uma grande dúvida a Rota do sol pode ser feita de Puno para Cusco ou só existe de Cusco pra Puno? Acho meio óbvio que exista nos dois sentido, ms não custa se certificar…kkkkk
    Obrigada.

  128. José Carlos
    09/11/2015

    Primeiramente estou impressionado com sua página. Sem palavras por tanta informação!!! Eu estou cheio de dúvidas. Preciso traçar um roteiro para minha viagem a Cusco. Eu chegarei no dia 25/11 às 14:00h e voltarei no dia 01/12 às 18:00h.
    O que você me sugere de um modo que eu possa conhecer o máximo de lugares. Queria fazer uma pernoite em Águas Calientes. Talvez até duas noites voltando para Cusco no final do segundo dia.
    O que você me recomendaria? E onde comprar os ingressos para as suas sugestões? Se eu não conseguir comprar com o cartão de crédito onde eu poderia comprar isso a dinheiro em Cusco?

    Eu fiz um roteiro muito ingênuo, mas se puder avaliar e sugerir modificações.

    25/11 – Chegada em Cusco – Aclimatação e Tour City (possivelmente compras de ingressos, caso não tenha conseguido adquirir com antecedência). Pensei em um passeio noturno (talvez um restaurante com boa comida e música da região). Tentar achar próximo ao hotel kkkkk

    26/11 Ida para Água Calientes – De Cusco para Águas levaria quanto tempo? Eu vi que o hotel faz o traslado da estação até o hotel… Conhecer o povoado, comer em algum restaurante… Descansar para subir para Machu Pichu no dia seguinte.

    27/11 – Levantar 5:00h okay!!! Qual seria a melhor opção de passeio? Eu até toparia fazer um passeio bem longo e dormir mais uma noite em Águas. É vantagem??? Tem volta de trem a noite para Cusco?

    28/11 Passeio pelo Vale Sagrado (Pisac, Ollataytambo e Chinchero) – Pretendo comprar o Boleto Turístico na Praça das Armas no primeiro dia… No final do dia voltando para Cusco e jantando em algum restaurante aconchegante da cidade.

    29/11 Estou sem ideias o_º Que sugestão seria legal aqui… Um passeio?

    01/12 Fazer a rota batendo pernas em Cusco devagarinho?? Comprar um presente para um amigo 🙂 Artesanatos… No final do dia tem à volta em Cusco.

    Enfim… Se puder me ajudar a tempo antes de finalizar as compras!!! Desde já obrigado

    • Oi José Carlos,
      Seu roteiro está muito bom, mas dá para melhorar, hehehe
      Vamos lá.
      Primeiro: sobre onde comprar, se o seu cartão de crédito não for aceito para comprar direto no site, você pode comprar seu ingresso pagando a guia obtida no site em um banco de Cusco, com dinheiro. Mas atenção. Essa guia é uma pré-reserva que dura pouco tempo (não lembro mais: 24h?), então gere essa guia lá em Cusco mesmo ou na véspera.
      Eu nunca sugiro duas noites em Aguas Calientes, há grandes chances de morrer de tédio lá… kkkkk
      dia 25/11: não faça o city tour nesse dia. Faça o “batendo pernas em Cusco devagarinho”. Lembre-se de deixar o primeiro dia para aclimatação.
      dia 26/11: De Cusco para Aguas Calientes (AC) são umas 2-3h.
      27/11: você pega o ônibus, vai a MP e passa o dia lá. Volta no finzinho da tarde e tem trem para voltar a Cusco ao entardecer.
      28/11: excelente
      29/11: faça o city tour
      01/12: de manhã percorra os museus e atrações inclusos no boleto turístico e que não deu tempo de ver no city tour (e comprinhas).

      Abraços e boa viagem.

  129. José Carlos
    27/11/2015

    Amigooooo
    Estou em Cusco e posso dizer que valeu muito a viagem!
    Eu vou colocar aqui o meu roteiro e algumas dicas que podem ser valiosas para outros!
    Eu sou daqueles que andam de ônibus!

    Então na chegada em frente ao aeroporto tem um ônibus que te deixa no Centro histórico de Cusco! 0,70/s. Os taxistas dizem que não tem ônibus para ganhar a corrida. O ônibus é um pouco cheio, tipo quem anda no Rio! Então vale a pena. Você só paga na hora de descer! Tem um cobrador que sempre fala muito rápido kkkkkkkk e não tem roleta no ônibus! Muito diferente!!!
    A corrida está custando 15 soles. Eu ando uma semana aqui com esse valor kkkkkkkkk

    Outra coisa! Comprei meu ingresso para Machu Pichu por 128 soles no Ministério da Cultura no Centro de Cusco! Comprei com o Mastercard (A bandeira Visa ainda é mais aceita pelo que percebi, mas me virei bem com a bandeira master) Para subir mais a montanha fica em 156 soles. Eu perguntei em uma agência um cara já me empurrou um passeio por $70. Então fica a dica. Depois que tu tiver o ingresso tu vai na agência e compra somente o serviço de guias. Embora eu esteja indo sozinho!
    Consegui comprar meu ingresso de ônibus para Águas Calientes no aeroporto em Lima. Mas vou de Ollantaytambo para Águas Calientes. Tem ônibus coletivo e a viagem leva umas 2 horas de Cusco até Ollantaytambo!
    Outra coisa que percebi… Não comprem soles no Brasil. Aqui tem muitos câmbios. Tragam dólares e podem ir trocando como precisarem. Todos os dias eu ia ao câmbio.

    Os cartões de créditos são aceitos em lojas e restaurantes. Então é mais uma para quem está pensando em pagar os custos em duas vezes (1+1) gasto meu dinheiro com coisas como passeios, ou compras nas ruas, ou algum boleto turístico. E outras coisas pago no mês seguinte. Se puder pagar tudo à vista beleza. São dicas.

    Amanhã vou à Ollantaytambo e MP. Vou manter alguns relatos aqui para a galera! E Gleiber tu não tem ideia como deus posts me ajudaram!
    Arrasou mano!
    Ano que vem eu volto para esse lugar kkkkk

  130. Fernanda
    03/03/2016

    Elaborei e quero tirar uma dúvida
    dia 15 – Arequiopa- Cusco – aclimatação
    dia 16 – Cuzco City Tour – Qorikancha, Sacsayhuamán, Quenqo , Puca Pucara, Tambomachay
    dia 17 – Vale sagrado Pisac (feira e ruínas), Urubamba, Ollantaytambo pernoite em Ollantaytambo
    dia 18 – Trem de Ollantaytambo – Águas Calientes – ônibus Machu Pichu visita guiada no período da tarde em Machu Pichu pernoite Águas Calientes
    dia 19 – Subida cedo para ver o amanhecer em Machu Pichiu, subir Huayna Pichu as 7h-8h, e fazer a trilha Porto da sol e ponte Inca retorno para Cusco
    dia 20 – Passeio Chinchero, Maras e Moray pernoite em Cusco
    dia 21 – Retorno Brasil
    DÚVIDA: PARA FAZER SÓ OS PASSEIOS PELA PORTA DO SOL E PONTE INCA É NECESSÁRIO TER O INGRESSO?
    Obrigada

    • Oi Fernanda,
      Seu roteiro está ótimo.
      Para fazer a porta do sol e a ponte inca precisa ter o ingresso sim…
      Abraços.

  131. juliane
    25/04/2016

    Gostaria de saber sobre a passagem de trem para Macchu Pichu. Quando compramos, compramos de ida e volta, certo? Eu posso comprar a de ida para um dia e a de volta para outro? agradeço a atenção.

    • Você pode comprar só ida, só volta ou ida e volta, como quiser. Indo no dia que quiser e voltando no dia que quiser.
      abraços.

  132. Conceição Coelho Marinho
    02/05/2016

    Ola Gleiber,

    Estarei eum Machupicchu dia 23/07. Eu e minha irmão não queremos subir a outra montanha, mas nossos filhos querem. Como voce aconselharia fazer esse percurso e todos retornarem no mesmo horario para
    Pode-se ir de machupicchu para a outra montanha?

    • Vocês podem ir todos juntos para Machu Picchu. No horário apropriado, quem vai a Huayna Picchu inicia a trilha enquanto o resto do grupo fica em Machu Picchu mesmo, passeando mais ou simplesmente esperando. Na entrada do complexo tem lanchonete e restaurante, dá para ficar ali esperando se quiser. Abraços.

  133. Bernardo
    27/05/2016

    Ola,

    Parabéns pelo blog! Estou indo semana que vem para Cusco sozinho para ficar uma semana conhecendo a região e claro MAchupichu. Pretendo ficar em hostel e nao hotel para poder economizar mais. Vale a pena? Sugere algum Hostel?

    • Oi, Bernardo.
      Boa ideia ficar em Hostel. Há muitos na região e ótimos. Não fiquei em nenhum, então fico devendo a dica.
      Dá uma pesquisada no Booking.com
      Abraços.

  134. Silvana
    16/06/2016

    Olá…tudo bem? Estou planejando uma viagem para o Peru em outubro, do dia 08 até o dia 16, mas estou sentindo dificuldade para montar o roteiro, vou direto para Cusco ou primeiro Lima? Vc poderia me ar algumas dicas. Obrigada

    • Oi Silvana,
      Se vai tirar uns 3 dias para Lima (sugiro deixar Lima para o começo), olhe no post a sugestão de roteiro de 5 dias.
      Abraços.

  135. Silvana
    21/06/2016

    Abusando mais um pouco….pensei em ir até Puno, conhecer o lago flutuante, ai não iria para Lima. Qual seria a melhor opção para ir até la? Obrigada

  136. Liana Karla
    23/06/2016

    Olá! Estou adorando o site, está ajudando bastante. Sou de Uberaba:) e estou indo dia 4 de setembro para o Peru para passar 15 dias. Estou com uma dúvida:

    Havia pensando no roteiro:
    Dia 13/09: Chego em Cusco à noite
    Dia 14/09: Manhã livre para conhecer Cusco e Trem de Poroy à Aguas Calientes (Porém só achei horário pele manhã).
    Dia 15/09 : Macchu Picchu e retorno à Cusco
    Dia 16/09: Tour pelo Vale Sagrado
    Dia 17/09: Voo para Lima/Brasil

    Por isso pensei em outro roteiro:

    Dia 13/09: Chego em Cusco à noite
    Dia 14/09: Tirar um dia para conhecer a cidade
    Dia 15/09: Pretendo fazer o Tour pelo Vale sagrado e parar em Ollantaytambo e pegar um trem para Águas Calientes e pernoitar por lá.
    Dia 16/09: Ir à Macchu Picchu pela manhazinha, e depois a tarde voltar para CUsco
    Dia 17/09: Voo à tarde para Lima/Brasil

    Porém a minha dúvida seria como voltar de Ollantaytambo para Cusco? Já que o trem de ida e volta é de Ollantaytambo – Aguas Calientes. E não achei um separado de Ollantaytambo à cusco.

    Obrigada

    • Oi Liana,
      De Uberaba é? Que legal! Esse ano ainda vou aí visitar papai e mamãe, mas enfim…
      Eu faria o roteiro 1. Passar o dia inteiro em Aguas Calientes ser meio tedioso, mas fazer o Tour do Vale Sagrado com calma e sem pressa tem o seu valor.
      Caso você queira mesmo fazer o roteiro 2, que eu saiba, não dá para fazer de trem o trajeto de Ollanta para Poroy. Mas dá para fazer de táxi. Acredite. Não é caro.
      Abraços pra Uberaba

  137. Carol
    29/06/2016

    Gleiber, olá!
    Estou lendo, relendo, rerelendo tudo sobre MP e Cuzco e proximidades e montei um roteiro que creio funcionar. Porém, estou fechando as diárias com os hotéis e nesse momento me pergunto se é factível o que planejo fazer. Tenho 4 dias e meio (4 noites) entre Cuzco e MP. Pensei em ficar uma noite em cada lugar (Cuzco, Ollanta, Aguas Calientes, Cuzco novamente). Você acha possível ou alteraria algo?

    • Oi Carol,
      Não é melhor Cuzco, Cuzco, Aguas Calientes e Cuzco? A cidadezinha de Ollanta é tão pequenininha… Lembre-se da aclimatação que é super importante.
      Abraços.

  138. EVITE DEIXAR ARTIGOS DE VALOR EM QUARTOS DE HOTÉIS!
    Quando estiver num restaurante entrelace as alças da sua bolsa ou câmera na cadeira para dificultar que alguém a leve enquanto você estiver distraído.

    Nas ruas e multidões fique atento quando alguém esbarrar em você. O esbarrão pode não ser tão “sem querer”, pois este é um artifício muito usado pelos batedores de carteira no mundo todo.

    Fique alerta quando alguém lhe convidar para dividir um quarto de hotel, levar sua bagagem, sair à noite ou viajar junto com você.

  139. Marcos
    18/07/2016

    Oi Gleiber…vamos eu e minha familia (esposa e filhos de 20 e 12 anos) para Cusco e MP agora em Agosto…estava procurando dicas na internet e achei teu site….pronto…já estou há duas horas surfando e tomando notas de tudo…parabéns cara, teu trabalho é muito legal !!!! TEnho algumas dúvidas q quero saber se vc pode me ajudar: Inca Rail ou Peru Rail nos trechos entre Ollanta x AC x Cusco? Tem diferença entre eles? Outro ponto..como funciona a volta de AC para Cusco…tem q pegar dois trens? Como é esta chegada em Poroy? Fica longe de Cusco? é seguro voltar a noite? Desculpa o monte de perguntas, mas vi q vc responde a galera e me animei (mais um gol seu)….parabéns novamente pelo trabalho e um abraço !

    • Oi Marcos,
      Vamos lá às tuas dúvidas:
      1) A gente usou Peru Rail e foi tudo certo. A Inca Rail parece ser confiável, direitinha, mas tem menos opções de horário.
      2) Para voltar de AC para Cusco é um trem só, chegando em Poroy
      3) Poroy fica longe do centro de Cusco sim. Você tem que pegar um táxi para o centro, mas é bem tranquilo e barato. Super seguro.
      Abraços.

  140. Christina Mandarino
    21/07/2016

    Oi,Gleiber… Estou indo para o Peru em agosto e suas dicas foram ótimas. Talvez você possa me dar uma informação extra. É possível ir de Cuzco para conhecer as linhas de Nazca ou, obrigatoriamente, só dá para ir por Lima? Obrigada por tornar minha viagem mais tranquila. Um abraço

    • Oi Christina. A gente não chegou a conhecer Nazca. Deve haver um jeito, claro, mas a gente não sabe.

  141. clauberto g barbosa
    22/07/2016

    sou de iturama mg , gostaria de periodo quente em cuzco , quero ficar 5 dias , qual o valor da moeda , o que posso comprar em termos de comida , pretendo ficar 2 cuzco e o restante lima ..uma sujestao por favor .obrigado

    • Oi Clauberto,
      Em Cusco a temperatura é praticamente a mesma o ano todo. Para ver cotações de moeda (que mudam todo dia), sugiro fazer isso no Google ou num site especializado (tente colocar quanto custa 100 soles na barra de pesquisas do google e pronto!).
      Abraços.

  142. Fanny
    21/08/2016

    Oi Gleiber Cada ano no mês de setembro em Lima temos a feira gastronômica maior da América Latina onde as pessoas da Costa selva e serra traz sim o seus pratos representativos cada região recomendaria a A todas as pessoas que estão viajando no mês de setembro aproveitar e a experimentar a nossa gastronomia peruana que é disputada como uma das melhores gastronomia do mundo inteiro ocupando o quarto e o quinto ranking do mundo
    Qualquer informação sobre está feira gastronômica ficamos à sua disposição e venha a visitar O país milenar do incas
    Desejo uma ótima viagem

  143. Flávia
    03/09/2016

    Oi Gleiber, estou me inspirando nos seus roteiros para Machu Picchu para uma viagem em novembro. Além dos passeios sugeridos, estou querendo incluir Titicaca também. O que você acha? Outra coisa: gostei da idéia do SPA com encontro com Xama que vc fez. Valeu a pena? Qual o nome do hotel? Abs,

  144. Gustavo
    06/09/2016

    Oi Gleiber!
    Muito bom seu blog!
    Existe a possibilidade de ir de taxi de Aguas Calientes à cusco?!
    vc acha Viável?!
    Obs.: Gostaria de estar em Cusco umas 18:00 pois o ultimo voo pra Lima sai as 19:15 e o trem que chega mais cedo é as 19:05.

    • Oi Gustavo
      Em Aguas Calientes é impossível chegar de carro (não há estradas até lá). Só de trem ou a pé.
      Por isso que não dá… 🙁
      Abraços

  145. Aline + Claudinei
    14/09/2016

    Oi Gleiber!

    Olha, quanto mais eu leio sobre o Peru mais me arrependo de não ter ido para lá antes! E seu artigo só deu mais vontade.. Parabéns!!
    Será que você poderia dar uma breve ajudinha para nos? Estamos montando um roteiro mas são tantas as informações que estamos com medo de fazer caca! Rsrsrs… Veja o roteiro que montamos:
    Começar por Cusco:
    – 1º Aclimatação no primeiro dia
    – 2º Vale Sagrado -> No passeio do Vale Sagrado, pegar trem em Ollantaytambo para Aguas Calientes, dormir na cidade e no dia seguinte ir para Macchu Picchu.

    – 3º Macchu Picchu / Voltar direto de Macchu Picchu para Cusco na mesma noite.
    – 4º Ficar este dia em Cusco, fazer o city tour e a noite pegar ônibus para Arequipa.

    -5º Arequipa: Chegando em Arequipa pela manhã, fazer o city tour, conhecer o Convento de Santa Catalina e os mirantes com vista para os vulcões / voltar no mesmo dia a noite para Cusco. Dormir esta noite em Cusco e na manhã do dia seguinte ir para Lima.
    – 6º Chegar em Lima, ficar em Lima este dia descansando, e ir a noite para Huaraz
    – 7º Huaraz: fazer o passeio de 1 dia para Laguna 69. Dormir em Huaraz e voltar no dia seguinte para Lima
    – 8º Lima: Na noite deste dia, conhecer o circuito magico das aguas
    – 9º Passeio em Lima e viagem a noite de volta para o Brasil.

    Queríamos começar por Cusco e finalizar em Lima, que é uma cidade, ao que todos dizem sem muitas novidades. Será que esta sequência esta muito maluca? As vezes parece fazer sentido! Rsrsrs… o que acha? Até poderíamos adicionar mais uns 2 dias em alguma parte do roteiro.. mas a principio, são esses os lugares que gostaríamos de Conhecer: Cusco / Arequipa / Huaraz / Lima.

    • Oi Aline e Claudinei
      Gostei muito do seu roteiro, só achei muito corrida a passagem por Arequipa. Fora isso, está ótimo.
      Abraços.

  146. Alexandre
    23/02/2017

    Boa noite Gleiber. Excelente texto que me ajudou bastante, me ajudou a clarear muita coisa, mas veja se meu raciocínio está correto: minha intenção é fazer huayna picchu + machu picchu, se possível no mesmo dia, e como eu pretendo pegar o grupo 1 em huayna, obrigatoriamente eu vou precisar pernoitar em Augas Calientes, certo? Há transportes cedo o bastante de Aguas Calientes para Machu Picchu para que pegar o grupo 1 de huayna que se não me engano é de 07:00 as 08:00? Acredito que sim né, senão ninguém conseguiria.

    • Oi Alexandre
      Há sim! Desde as 06:30h os micro-ônibus começam a subir a montanha entre Aguas Calientes e o Santuário de Machu Picchu. Lembre-se que vc ainda tem até as 8:00h para chegar no ponto de acesso para a trilha de Huayna Picchu. Dormindo em Aguas Calientes tudo dará certo.
      Abraços.