Cachoeira da Formiga no Jalapão – verde como meus olhos

Para deixar a gente com vontade de conhecer a Cachoeira da Formiga, o Mauro, nosso guia no Jalapão, vinha com essa frase: “As águas são verdes como a cor dos meus olhos”. Não sei se era a ideia, mas não fiquei lá muito entusiasmado. Afinal, como os olhos dele eram castanhos, essa conversa tinha tudo para ser propaganda enganosa sobre um córrego qualquer de águas lamacentas.

Cachoeira da Formiga Jalapao 7

Mas foi só chegar lá e já entendi o motivo para uma comparação tão tosca. E, claro, as águas eram realmente verdes e o lugar, realmente fantástico!

 

É que o verde de lá é tão lindo e tão diferente, que ainda não tem nome. Eu podia dizer verde como o mar de Angra, ou verde-esmeralda, ou ainda verde-floresta, mas a cor de lá não é nenhuma destas, então nenhuma comparação serve! Enquanto não inventarem a cor Verde-cachoeira-da-formiga, só indo lá para entender.

Cachoeira da Formiga Jalapao 5

 

Para visitar a Cachoeira da Formiga

Bem, toda a nossa aventura pelo Jalapão foi organizado (e patrocinado!) pela Korubo. Na programação que fizemos, a visita à Cachoeira da Formiga aconteceu no terceiro dia (segunda-feira, portanto), depois de termos conhecido os Fervedouros (ou seja, depois do almoço).

 

Agora, se você vai conhecer as maravilhas naturais do Tocantins viajando de forma independente, a dica é pesquisar antes no site da Trivago, que busca o melhor hotel pelo menor preço.*

 

Antes de entrar na Cachoeira propriamente dita, a gente passa por umas casinhas muito humildes, de pau-a-pique, onde vivem idosos, algumas crianças e animais de estimação. Não sei se são eles os proprietários da Cachoeira, mas alguém com certeza recebe ingressos pagos pelos visitantes.

Cachoeira da Formiga Jalapao 1

No caminho pela mata, um chuveiro convida a uma ducha para remover resíduos de protetor solar e repelente antes de entrar na água. Cuidados indispensáveis para quem deseja manter o rio limpo e despoluído, não é mesmo?

Cachoeira da Formiga Jalapao 2

 

Verde como a Cachoeira da Formiga

E depois de chegar lá, é só cair na água. A temperatura ideal para o calor do cerrado, sombra das árvores e lugar na cascata para uma massagem nas costas: tem coisa melhor?

Cachoeira da Formiga Jalapao 3

O pessoal da Korubo empresta algumas máscaras de snorkel para a gente poder olhar debaixo d’água. E aí fica a dica, no lugar onde a água da cascata cai com pressão, a cor da água muda para azul profundo, mas esse espetáculo de cores só será visível se você mergulhar um pouco.

Cachoeira da Formiga Jalapao 6

O Fábio, do blog Viagens Cinematográficas, fez o registro com uma câmera à prova d’água: Veja se não é incrível:

Foram algumas horas de muita diversão por ali, mergulhando, saltando do pequeno trapiche de madeira e fazendo fotografias em grupo. Quando se cansar da parte que não dá pé, é só se escorar nos troncos que ficam perto da margem ou ficar no riacho igualmente transparente que leva as águas da cachoeira adiante.

Cachoeira da Formiga Jalapao 4

Definitivamente, conhecer a Cachoeira da Formiga foi confirmar que o Jalapão é mesmo um lugar mágico. Para ver como é verdade, assista ao lindo vídeo feito pelo Fábio, do blog Viagens Cinematográficas, sobre as atividades do nosso terceiro dia no Jalapão:

 

E veja nossos outros posts sobre essa viagem:

O que tem para conhecer no Jalapão
Como é o acampamento da Korubo

Dia 1
Canyon Sussuapara

Dia 2
Andando (e caindo) de Caiaque

Dunas Douradas

Dia 3
Fervedouros do Jalapão – águas onde é impossível afundar
Cachoeira da Formiga
Artesanato de Capim Dourado em Mateiros

Dia 4
Trilha na Serra do Espírito Santo ao Por do Sol

Dia 5
Cachoeira da Velha e Prainha

Dia 6
Praça dos Girassóis em Palmas – TO

 

 

Nosso compromisso com nossos leitores e por transparência estará assegurado durante todo o evento. Apesar do patrocínio para a viagem, teremos total liberdade de contar nossas experiências para vocês, independentemente se elas forem boas ou ruins. Sem essa garantia, não teríamos topado o desafio.

*A propósito, o link para o buscador de preços de hotel que consta do texto também foi uma inserção patrocinada. Indico porque confio.

Escrito por: Gleiber Rodrigues
Compartilhe:
comentarios:14
Posts Relacionados:
04
Nov
2013
14 comentários
  1. Bateu saudade dessa cachú viu!
    Só quem esteve lá sabe que delícia é mergulhar em suas águas.
    Lindas fotos 😀

  2. Luiz Jr.
    05/11/2013

    DEmaissssss! Fico maluco aqui com águas desse nível de transparência 😀

  3. Seus olhos são verdes??? Hahahahha

    Sério, esse lugar é fantástico, daqueles que todos deveriam conhecer!!

    Valeu bro…abs

    • O Mauro também dizia isso e os olhos dele são castanhos como os meus. Se ele dizia, acho que eu também posso dizer, né? kkkkkk

  4. Linda a cachoeira, Gleiber, entrou para a lista das mais tops que eu já vi. E obrigado por compartilhar minha fotinho!!! 🙂 Abraços!!!

  5. Meison
    08/11/2013

    Olá Gleiber,

    Muito legal essa cachoeira, não imaginava que tinha cachoeira da cor de mar… Dica muito boa.

    Abs,
    Meison

  6. Aristeu lemes dos Santos
    10/11/2013

    Olá amigos!Adorei.

  7. Cris Marques
    11/11/2013

    Essa cachoeira é a minha preferida da vida. rsrs Adorei ler o post e relembrar nossos momentos… Aqui no calor de Minas, meu desejo era voltar para esse lugar encantando. Bjooo grande!

    • Linda, né? Eu acho que foi a mais linda que eu já fui também. Pelo menos eu nunca vi uma que tivesse aquela cor. Bjos.