As Dunas Douradas do Jalapão

Dunas sempre serão divertidas e bonitas de se visitar. Os pés chapinham na areia finíssima fazendo aquela barulhinho característico. Sempre tem alguém oferecendo um passeio de bugre buggy para a gente quase cair de cima delas. E subir lá no topo vai sempre mostrar uma linda vista para o mar. Certo? ERRADO! As Dunas Douradas do Jalapão não tem nada disso. Adventure Bloggers Dunas do Jalapao Mas eu garanto, talvez por serem tão exóticas e por estarem num lugar tão inusitado (no coração do Brasil), há algo de mágico no ar. De algum modo, elas são especiais. E ver o por do Sol lá de cima, meus amigos, foi algo definitivamente inesquecível.  

Pé na Estrada em pleno Cerrado

O dia tinha começado bem, com a manhã inteira passeando de caiaque. Passear dentro d’água sempre dá muita fome, então a gente se matou comendo no almoço (também, com uma comida boa daquelas!). Acho que o pessoal da Korubo conhece bem seu público, porque eles deram um tempinho de folga para a gente relaxar no redário do acampamento. Visitar o Jalapao com a Korubo Redario Mas foi só o tempo de tirar uma soneca, rir do tombo do Maurício (ops!) e tomar mais um banho de rio… Logo já estávamos a bordo do caminhão-ônibus da Korubo, sacolejando nas lindas estradas do Jalapão. Dunas do Jalapão Placa na beira da Estrada Apesar do péssimo estado das pistas, não estou zoando quando digo que são lindas. A paisagem e a vida selvagem que há ali são realmente dignas daqueles documentários de TV. Ainda bem que eles fazem umas paradinhas para a gente fotografar no caminho.

Travel Brothers na Estrada do CerradoImagem by Roberta – Blog Territórios

Indo em direção às Dunas Douradas do Jalapão, a gente contempla a majestosa Serra do Espírito Santo à nossa frente, moldura perfeita para vários lindos cliques. Dunas do Jalapão Estrada no Cerrado

No Meio do Caminho Tinha um Lago

Assim que passamos a entrada do Parque Estadual do Jalapão, vamos nos aproximando de uma vereda. Para quem não sabe, vereda é uma área extensa onde aflora a água de um lençol freático. Dá para ver de longe porque a vegetação verdejante e a profusão de palmeiras de buriti contrastam com o cerrado retorcido e seco do entorno.

Dunas e Lago Parque Estadual JalapaoImagem by Maurício – blog Trilhas e Aventuras

A estrada passa bem ao lado de um lago de rara beleza, perfeito para uma parada rápida e algumas fotos. Os cupinzeiros servem para a gente subir em cima fazendo pose… Os buritis emprestam sua beleza à composição… A Serra lá atrás serve, bem, como pano de fundo. Dunas do Jalapao Cerrado Tem gente que achou até utilidade no matagal para fazer uns cliques engraçados. Mas como eu não fui autorizado, não vou poder divulgar essas imagens por aqui, né Cris Marques? Dunas do Jalapão Pose no Cupim Acho que ficamos ali uma meia hora. Tempo suficiente para todos quererem entrar dentro da água. Acho que a história de que há sucuris ali foi conversa fiada do Mauro para a gente não atrasar o tour. Mas, enfim, muita gente acreditou.

As Dunas Douradas do Jalapão

Mas então era hora de subir as dunas. Descobrimos que o Mauro tinha razão em apressar o grupo. Se queríamos ter o espetáculo do por do Sol lá de cima, teríamos que ser pontuais. Afinal, dizem que o Sol nunca se atrasa. Entrada das Dunas Douradas do Jalapao O caminhão fica num “estacionamento” na beira da estradas e temos que caminhar um pouco em uma trilha de aproximadamente 10 minutos. Na ida parecia quase nada. Na volta, no escuro, usando lanternas para ver o caminho, parecia três vezes mais longe! Pegadas nas Dunas do Jalapao Um pouco antes da subida, um riozinho faz o seu curso pela areia vermelha. Dizem que ele já foi mais caudaloso e mais profundo, mas as transformações da natureza tem assoreado o seu leito. Neste caso, não é culpa do ser humano não. A paisagem do ambiente das dunas está em constante transformação, com areia sendo trazida eternamente pelo vento. Rio Assoreado nas Dunas do Jalapao Desde a base das dunas, dá para perceber a diferença para as dunas “normais”, que estamos acostumados a ver nas praias. As dunas douradas do Jalapão são mesmo de uma cor surreal e muito mais belas do que qualquer fotografia possa mostrar. A Cor Surreal das Dunas do Jalapao Ao caminhar até o topo, vemos que ela não faz aquele assovio típico, porque a areia aqui é um pouco mais grossa. Os pés deixam suas pegadas, claro, mas parece que não é tão difícil andar aqui quanto numa duna de praia.

Dunas do Jalapão10

Buggy? Jipe? Acho que nem precisava dizer,  pois obviamente não há nenhum ali. Nem com emoção, nem sem emoção. Na verdade, só estávamos nós nas dunas naquele dia. Aquela imensidão de areia, a visão que abarcava todo o horizonte e nenhum outro ser humano à vista, além de nós mesmos. Solidao Dunas do Jalapao Por um momento, eu queria só sentir o silêncio e a solidão de estar ali num lugar tão incrível. Dunas do Jalapao Gleiber

O Por do Sol

E para completar o cenário, eu disse que estávamos ali àquela hora justamente para admirar o por do Sol, né? Então. Foi só chegar lá em cima e o espetáculo começou. As dunas douradas ficaram ainda mais douradas, em alguns momentos até vermelhas.

Por do Sol Gleiber no JalapaoImagem by Roberta – blog Territórios

O mundo todo foi sendo tingido daquela cor tão mágica. E a gente, claro, teve que correr para conseguir tirar uma foto dos 10 Adventure Bloggers saltando antes que a luz se fosse.

Salto nas Dunas Douradas Todos JuntosRegistro feito pelo guia Mauro

O Mauro ajudou muito, cuidando das nossas máquinas. Ele praticamente fez um “book” de cada um, inventando diferentes poses. Tudo muito rápido, pois logo vimos que o Sol estava dando adeus a mais um lindo dia no Jalapão. Fazendo pose nas Dunas Douradas do Jalapao Eu acho que já disse isso, mas o ar seco do cerrado deve fazer alguma diferença quando vamos capturar fotografias do por do Sol, não acham? Ou seriam as nuvens que sempre estão ali para ajudar na composição da imagem perfeita? Tendo ou não explicação, vi que os registros de todos que estavam ali ficaram incríveis. Por do Sol nas Dunas do Jalapao

Jalapão Por do Sol do Topo das DunasImagem by Fabio – blog Viagens Cinematográficas

 

Fazendo Arte nas Dunas

Depois que o Sol se foi, ainda tivemos tempo de explorar os arredores. O lugar é bem grande e havia umas dunas menores atrás querendo ser conhecidas também.

Brincando nas Dunas durante o Por do SolImagem by Guilherme – blog Viajando com Eles

A minha foto preferida, inclusive, veio de lá. Com a participação em silhueta dos nossos amigos de excursão. Vejam se não ficou legal: Dunas do Jalapao - Foto Preferida Conseguimos fazer várias brincadeiras com as câmeras. E acho que a foto mais legal de todo o Adventure Bloggers foi clicada nesse momento, depois do Sol já ter se despedido no horizonte. Saiu na câmera da Roberta, do blog Territórios. Eu sou uma dessas pessoas de costas: Adventure Bloggers nas Dunas do Jalapao E para finalizar o passeio, a arte mais engraçada que aprontamos foi registrada em vídeo. O Fábio, do blog Viagens Cinematográficas, fez um belo resumo do nosso segundo dia no Jalapão e colocou a cena bem no finalzinho (começa no minuto 4:40). Não percam:

E veja nossos outros posts sobre essa viagem:

O que tem para conhecer no Jalapão
Como é o acampamento da Korubo

Dia 1
Canyon Sussuapara

Dia 2
Andando (e caindo) de Caiaque

Dunas Douradas

Dia 3
Fervedouros do Jalapão – águas onde é impossível afundar
Cachoeira da Formiga
Artesanato de Capim Dourado em Mateiros

Dia 4
Trilha na Serra do Espírito Santo ao Por do Sol

Dia 5
Cachoeira da Velha e Prainha

Dia 6
Praça dos Girassóis em Palmas – TO

 

 

Nosso compromisso com nossos leitores e por transparência estará assegurado durante todo o evento. Apesar do patrocínio para a viagem, teremos total liberdade de contar nossas experiências para vocês, independentemente se elas forem boas ou ruins. Sem essa garantia, não teríamos topado o desafio.

Escrito por: Gleiber Rodrigues
Compartilhe:
comentarios:10
Posts Relacionados:
24
Oct
2013
10 comentários
  1. Jr Caimi
    24/10/2013

    Tá demais!!! Fotos lindas. Realmente as dunas são incríveis… saudades

  2. Helder Ribeiro
    24/10/2013

    Rapaz, que bacana o post e as fotos. Realmente esta areia tem uma cor muito bonita, diferente do que se vê por ai. E no fim do dia então fica melhor ainda.

    Parabéns,
    Helder

  3. Show de bola o post! Também adorei a foto da silhueta e o momento do pôr do sol, depois do pôr do sol, que aliás, concordo contigo, é quando as cores do entardecer ficam ainda mais incríveis. Abração!!!

  4. Você definiu porque esse é o meu lugar mais bonito do Brasil!!! 🙂

    O mais top de tudo foi visitar as dunas só com a gente por ali.

    Sério q nao faz aquele barulho quando bate o pé na areia?? Nem percebi…kkkk

    Mais um post show de bola.

    Parabéns bro!!!

    • Pois é, cara. Reparei na hora que não fazia aquele assoviozinho! Achei muito estranho no início, hehehe. Abração.

  5. Cris Marques
    11/11/2013

    Olhe… eu também garanto que tem algo mágico no ar. Shiiiii, só não fique espalhando por aí. rsrs

    Sobre a minha foto não autorizada, acho melhor não assustar seus leitores. hahaha

    Bjooo!