Elafiti Islands – day trip em Dubrovnik, Croácia

Um passeio bate-e-volta (uma day trip) pelas Elafiti Islands quando se tem só dois dias para conhecer Dubrovnik pode não ser a melhor das ideias. Mas foi o jeito que encontramos para se jogar naquele mar lindo e conhecer algumas ilhas do incrível litoral da Croácia. Pegamos até praia, e não nos arrependemos!

Passeio de barco em Dubrovnik Croacia

Afinal, velejar a bordo de um galeão ao estilo do século XVII, num lindo dia de céu azul e ouvindo “Ai se eu te Pego” é ou não é uma experiência do tipo inesquecível?

 

Por que fazer um bate e volta em Dubrovnik?

Tínhamos só duas noites em Dubrovnik, mas tínhamos conseguido caminhar toda a muralha da cidade já no primeiro dia, quando chegamos. No nosso post dedicado às atrações da cidade, a gente explica que o centro histórico não é lá muito grande. Para quem gosta, entretanto, até dá para passar dias e dias sem sair de dentro da “Old Town” visitando museus, igrejas e barzinhos badalados.

Dubrovnik Croácia Bandeira

Mas, gente, era verão, céu azul, calor de quase 40 graus! O que deu vontade de fazer? Se pensou em praia, acertou! Conversamos ali no porto enquanto jantávamos um belo peixe e resolvemos mudar nossos planos.

Restaurante em Lopud Island Dubrovnik CroáciaEsse restaurante fica em Lopud Island, e a gente não comeu ali, infelizmente.

Para que subir no teleférico e depois fazer um city tour a pé (a nossa programação para o dia seguinte) se a gente podia, a preços módicos, fazer um passeio de barco? Conhecer as ilhas do entorno, com paradas estratégicas em lugares históricos e esticar a toalha numa praia de areia de verdade pareceu, naquele momento, uma opção muito mais interessante.

Mar azul da Croácia no verãoComo não sair da cidade para conhecer lugares como esse?

Então podem nos julgar! Somos aquele tipo de turista que, em vez de curtir o aqui e agora, prefere curtir os “arredores”. Mas a verdade é que a gente nem conseguiu o passeio que queríamos! O meu sonho mesmo era visitar o Parque Nacional de Mljet, que era ainda mais longe.

 

Como é um “Cruzeiro” pelas Elafiti Islands?

Há tantas ilhas no litoral croata e tanta coisa para ver nelas, que é preciso um pouco de calma para pode escolher qual é o melhor passeio. Para começar, é bom tentar conciliar o seu objetivo, o seu tempo e o seu orçamento. Como não dá para mostrar aqui todas as dezenas de opções disponíveis, vou ao menos explicar como é o tour que nós escolhemos.

Para começar, o que são as Elafiti Islands (ou Elephiti Islands)?

São umas ilhas do litoral croata, que formam um arquipélago próximo a Dubrovnik. Sua beleza está na arquitetura típica, nas mansões de verão de antigos mercadores venezianos, nos vilarejos pitorescos, nas igrejinhas centenárias, nos jardins cheios de laranjas e parreiras, e principalmente na costa rochosa que se avista enquanto se veleja.

Logo ao ver as fotos, decidimos que era aquele o nosso objetivo. Durante o passeio, que durava o dia todo, ainda teríamos tempo para pegar praia na ilha de Lopud, com direita a areia, cadeira e guarda-sol.

Igreja em Lopud Elafiti Islands Dubrovnik CroáciaPraia + Arquitetura + Cultura numa só foto

Escolhido o destino, tínhamos ainda mais opções, ir de barco normal ou ir em uma réplica de um galeão do século XVII? Decidimos pela segunda alternativa, seduzidos pelo almoço incluso de peixe grelhado, regado a vinho e música típica ao vivo.

Galeão do século XVII Dubrovnik Croácia

A única desvantagem: saía do porto principal de Dubrovnik, um pouco distante para nós que estávamos na Old Town. Em vez de pegar táxi, acordamos mais cedo e topamos pegar um ônibus. No fim, deu tempo de tomar café da manhã, comprar os bilhetes para o transporte público (ida e volta) e ainda chegar cedo, com quase uma hora de folga.

Cruzeiro pelas Elafiti Islands Dubrovnik Croácia

Se nada mudou de lá para cá, anote aí: ônibus 1A, 1B ou 8 te levam pra lá saindo do Pile Gate (o portão principal que liga a cidade antiga de Dubrovnik ao resto da cidade). Para descer, é fácil porque o porto é um lugar enorme e inconfundível. Mas se você for obsessivo como eu, é a 5a parada.

Lá no porto é que ficamos meio perdidos, pois não sabíamos onde exatamente o nosso barco ia atracar. Quer dizer, saber a gente sabia, porque tínhamos um mapa com o lugar assinalado bem certinho. Mas é que chegamos antes do próprio galeão!

Galeão Tirena Dubrovnik Croácia Elafiti Islands

Como cada barco tem um nome, não tem como errar. Também já sabíamos que o nosso era o “Tirena”. Mas com medo de perder o passeio, quase que a gente entrou no “Karaka”, que estava reservado para um tour privado de coreanos…

Galeão Karaka Dubrovnik Croácia 06

 

Kolocep Island

A primeira parada da jornada foi na ilha de Kolocep. Ali vimos que era verdade um dos argumentos que os vendedores de passeio haviam usado na noite anterior. Às vezes vale mais a pena pegar um barco direito para o lugar que você quer mesmo visitar.

Kolocep Dubrovnik Croácia 04Paisagens do caminho em direção a Kolocep

Explico: paramos ali para nada. Descemos, caminhamos um pouco no porto, pisamos numa praia de areia para 15 minutos livres e pronto! Já tínhamos que voltar para dentro do barco.

Kolocep Island Dubrovnik Croácia 11Vista de Kolocep Island de verdade

Ou seja, parada completamente desnecessária.

Mesmo assim uns europeus do grupo não perderam tempo e se atiraram no mar! Impressionante a gana deles por um pedaço de areia, gente! Não sei se nós, brasileiros, somos meio metidos por termos tantas praias muito mais lindas por aqui. Mas enfim, né?

 

Sipan Island

A segunda parada já foi mais interessante. O vilarejo ali tinha bastante história para contar e pudemos caminhar um pouco entre casas e igrejas antigas.

Sipán Croácia Elafiti IslandParreiral em uma vinícola artesanal de Sipan

Alguns outros europeus preferiram se atirar no mar de novo. Muito engraçado. Se bem que depois de caminhar um pouco naquele calor vendo torres e castelinhos, até eu precisei de um mergulho.

Mas reparem numa curiosidade aqui. Eles chamam de praia qualquer lugar em dê para cair no mar, mesmo que seja uma laje de pedra! E já aproveitam para demarcar território com as suas espreguiçadeiras.

Praia de pedra em Dubrovnik Croácia Elafiti IslandsTiramos essa foto de dentro do barco, enquanto velejávamos pelo litoral croata

No fim, o mar é cristalino e os banhos são realmente bons. Mas, definitivamente, é tudo muito diferente daquilo a que estamos acostumados. O chão é duro e machuca os pés, por exemplo. Para entrar, às vezes é escorregadio e até perigoso. E ondas? Esquece!

 

Almoço a bordo

Entre as ilhas Sipan e Lopud, foi servido o nosso almoço. De fato, o menu era peixe grelhado e vinho, mas precisava ser tão cheio de espinhos? Dividimos nossa mesa com um casal de suecos super simpáticos e durante a refeição os animadores iam conversando com os turistas.

Ainda bem que não eram cantores de axé! Na verdade, eles tocaram várias canções de pescadores típicas da Croácia, algo muito pitoresco. Mas no almoço, a coisa tomou ares de comédia enquanto eles executavam canções dos países natais dos nossos colegas de excursão.

Quando chegou a nossa hora, eles vieram com uma “Garota de Ipanema” só para nos fazer felizes. Mas como alegria de pobre dura pouco, tiveram que emendar um “Ai se eu te pego” em bom português. E tivemos que cantar junto, fazer o quê?

 

Lopud Island

Mas aí chega, finalmente, a melhor parte da viagem. O lugar em que todos queriam ir: Lopud Island. Esta ilha é a mais bela, com sua promenade cheia de sorveterias, lojinhas e bons restaurantes.

Promenade em Lopud Island Dubrovnik Croácia

A guia da excursão nos deu as coordenadas e nos deixou livres para explorarmos igrejas, pequenos museus e até trilhas no meio do verde.

Vista da chegada em Lopud Elafiti Islands

Mas todo mundo queria mesmo era a Sunj Beach, uma praia de areia, completa raridade para europeus e croatas. E, cá entre nós, só uma praia comum como qualquer outra que temos aqui no Brasil.

Antes que me chamem de muito esnobe, explico. A praia é legal. Mas o que para eles é muito, super, hiper, mega legal, para nós é “só” legal, entenderam?

Lopud Sunj Beach Croácia

Para chegar lá, é necessária uma caminhada leve de uns 20 minutos, mas no calor do verão isso significa que você vai chegar seco por um sorvete ou por uma geladinha. Prepare-se para pagar caro por eles, porque todo mundo estará com os mesmo planos e os vendedores sabem disso.

Lopud Dubrovnik Croácia

Guarda-sol? 50 kunas. Cadeira de praia? 30 kunas por pessoa. Alguma semelhança com as praias brasileiras? Todas! Me senti super em casa e saí caminhando e fotografando tudo, inclusive no canto esquerdo…

Canto esquerdo da Sunj Beach Lopud Dubrovnik Croácia

Pois é. O canto esquerdo é dedicado ao nudismo / naturismo. Só fui perceber quando recebi uns olhares furiosos das pessoas de lá. Em minha defesa, meu objetivo era fotografar essa “caverna” então eu estava apontando as lentes na direção do mar, completamente desinteressado ao que se passava na areia.

Litoral da Croácia perto de Dubrovnik Lopud

Mas então… Voltando ao canto direito para não arrumar encrenca…

Canto direito de Sunj Beach Lopud Dubrovnik Croácia

Deu tempo mais do que suficiente para curtir umas 2-3 horas bem relaxantes e fomos dar uma volta pelo resto da ilha bem felizes com o nosso passeio. Fomos até experimentar uma praia de pedra mais próxima do porto.

Lopud Island Dubrovnik Croácia

 

Voltando para casa

Na volta, clicamos alucinados algumas lindas paisagens litorâneas a bordo do nosso galeão, ao som de mais música croata. Ou seja, uma day trip daquelas bem relaxantes, mas que deixam a gente cansados no final do dia.

Galeão Tirena Elafiti Islands Cruise Dubrovnik

Bem do jeito que a gente gosta!

 

Serviço

Galeon Tirena – Elite Travel
Telefone: 020 358 200
Saídas: quartas e sextas 09-17h
E-mail: booking@elite.hr
Home: www.elite.hr

Essa viagem não foi patrocinada, todos os custos foram pagos por nós.

Procurando um hotel no país? Se você usar nossa caixa de busca, a gente ganha uma comissão do Booking.com! Ajuda aeee!

Que ler mais posts sobre a Croácia? Clique no banner abaixo ou nos links relacionados a seguir:

andarilhos do mundo croacia e eslovenia

Veja mais:
Dicas do que fazer em Dubrovnik

Elafiti Islands num barco do século XVII
Praias urbanas de Split – dá para chamar aquilo de praia?
Medjugorje – um santuário da Virgem em plena Bósnia
Hvar em bate-e-volta: não faça isso!
+ Lagos de Plitvice – o lugar mais lindo da Croácia

Escrito por: Gleiber Rodrigues
Compartilhe:
comentarios:16
Posts Relacionados:
19
Sep
2013
16 comentários
  1. Boia Paulista
    20/09/2013

    Oi, Gleiber. Tudo bem? 🙂

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie – Boia

  2. Manoela
    20/09/2013

    Gente, que fanstástico esse barco, amei!!! Não sabia que tinha esse tipo de passeio neles. Fiz um numa escuna normal, para Lopud e concordo com vc q essa é a melhor ilha, mto charmosinha e aquela trilha (ainda que chatacansativa, nos dá a impresssão de desbravar a ilha ao ver o mar azul, amo!).
    Curti muto um bar que tinha lá, com chão de areia e muita lula frita :o))))))))))

    • Eu vi esse bar! Comprei um suco de abacaxi de garrafinha e paguei os olhos da cara! kkkkkk Esqueci de botar foto da trilha para ilustrar o post. 🙁

  3. Que barco lindo e que cenário! A Croácia está nos meus planos!

  4. Márcio Silva
    01/10/2013

    Nossa, fiquei fascinado, Gleiber! Mais um relato todo caprichadão! Anotando Croácia na minha lista de próximos destinos. Abração, cara!

  5. Leonardo
    25/06/2014

    Olá Gleiber,

    Lembra do valor do passeio? Ordem de grandeza?
    Mais uma vez obrigado

  6. luiz claudio
    19/07/2014

    ola gente
    bacana e detalhado a viagem a Croacia. Parabens.
    por remanejamento de ferias abdiquei de viajar este ano para Croacia.
    Zagreb 2 dias, split 2 dias e Dubrovinik 3 dias
    e ja estava reservando para junho de2015 e olhando o post de vcs acho que preciso de um help
    o melhor e comecar por Dubrovinik (voo direto de paris e sair por Zagreb?)
    para Split e melhor opcao ‘e ir de carro?
    para visitar os parques de aguas e perto de alguma das 3 cidades?
    desde ja agredeco o help
    Abs locke

    • Oi Luiz Claudio
      Dá para começar por Dubrovnik e ir indo até Zagreb ou o inverso. Tanto faz. A gente gosta muito de viajar de carro (pela liberdade), mas também dá para fazer essa jornada de ônibus.
      Sobre a localização dos lagos de Plitvice, escrevemos um post completo sobre o local explicando as opções para chegar lá. Veja: http://andarilhosdomundo.com.br/2014/02/lagos-de-plitvice-croacia/
      Abraços e boa viagem.

  7. nilton
    04/06/2015

    Olha, veja se consegue me ajudar, estou indo para Dubrovnik agora em Julho, reservei hotel e tudo e só agora descobri que ele fica em Lopud, porem vou de carro de Zagreb para Dubrovnik e agora também fiquei sabendo que não poderei passar com o carro, ai eu te pergunto, Pode me ajudar , dicas de horários dos Ferrys para Lopud:

    abracos

    Nilton