Sugestões de Roteiros de Turismo pela Romênia

Quase um ano depois de voltar da Transilvânia, finalmente concluímos a publicação de 27 artigos aqui no blog sobre a viagem mais exótica de nossas vidas. Agora é hora de resumir tudo em um único post cheio de dicas e, de lambuja, sugerir alguns roteiros de turismo pela Romênia.

Fagaras bandeira da romenia

Para começar, vamos mostrar dia-a-dia de como foi a nossa viagem. Claro que daremos algumas sugestões para vocês personalizarem o itinerário, evitando que cometam alguns dos nossos erros. E se você não tiver 10 dias, não tem problema! Vamos mostrar o que é imperdível para você poder aproveitar o seu tempo ao máximo.

Apertem os cintos aí!

 

10 dias de Turismo pela Romênia

Dia 1

Vamos começar, então, como todo mundo começa: pela capital do país, Bucareste. Aqui, nós cometemos um erro mais ou menos intencional. A gente não gosta muito de cidades grandes, então resolvemos ficar o mínimo de tempo possível. Chegamos supercansados da viagem desde o Brasil e, no primeiro dia, praticamente só dormimos.

Barzinhos do centro histórico de Bucareste no sábado à noite

A única coisa legal foi ter dormido as duas primeiras noites num hotel bem no centro histórico – o Hotel Rembrandt. Isso significou estar bem no meio do vuco-vuco do calçadões cheios de barzinhos animados da Strada Smardan.

 

Dia 2

Apesar da chuva torrencial que durou toda a manhã e do episódio triste do pinho sol que eu bebi no lugar de água mineral, até que deu para conhecer muito de Bucareste para quem só teve um fim de tarde para isso. Mas você aí! Não faça como a gente! Recomendo a qualquer ser humano normal que fique pelo menos três dias nessa linda cidade.

Lacul Herastrau em Bucareste Romênia

Assim vocês terão tempo de entrar dentro das coisas e não só passar na frente, como a gente fez. Mesmo assim, esses dois dias renderam três posts:

O que é que Bucareste tem? – Atrações da cidade
10 Mentiras que contam sobre Bucareste – alguns perrenges e umas aventuras
Dicas de Bucareste – Informações práticas para quem quer visitar a cidade 

 

Dia 3

Acordamos cedo, pegamos um táxi e fomos pegar o carro que alugamos para a nossa road trip pela Romênia. Foram 8 diárias com uma das operadoras mais famosas do país a Autonom.ro. Tudo transcorreu bem e esse dia rendeu boas histórias.


Visualizar Roteiro Romênia – dia 3 em um mapa maior

 

A primeira parada foi no vilarejo de Snagov, onde fomos conferir a tumba o príncipe mais malvado da Transilvânia: Vlad Tepes. À parte das supostas habilidades vampíricas do moço, o mais legal foi o jeito que arranjamos para atravessar o lago e chegar até o mosteiro onde fica o seu túmulo. Definitivamente, a indiada mais engraçada da história dos Andarilhos:

Como chegar à Tumba do Drácula em Snagov

Foto Jacu lago Snagov

 

Seguimos depois até Busteni, uma cidadezinha nas montanhas Bucegi, muito famosa pelas estações de esqui que mais bombam no inverno romeno. Se não fosse o azar que estava encarnado no nosso corpo, teria sido só um trekking leve por uma das paisagens mais lindas do mundo. Também tem que ler o post para ver onde foi que terminamos nos metendo!

Montanhas Bucegi e o verão congelante da Romênia

Andarilho passando frio ao lado da Sphinx em Bucegi

 

Depois de passar o maior frio de nossas vidas resolvemos, então, ir embora para o nosso hotel e sossegar um pouco. Ficamos duas noites na cidadezinha de Bran, onde fica o castelo que tem mais cara de “castelo do Drácula” dentre todos os castelos romenos.

Hotel Contele Vladimir

Fachada do Hotel Contele Vladimir

#FicaDica – Apesar da nossa hospedagem no Hotel Contele Vladimir ter sido memorável (uma das melhores da viagem toda!), qualquer pessoa normal dormiria na vibrante cidade de Brasov, no vuco-vuco do seu centro histórico.

 

Dia 4

Acordamos cedo para visitar o castelo de Bran, o lugar pelo qual nutríamos as maiores expectativas, principalmente pelas relações com a lenda dos vampiros e com o terrível Vlad Tepes. Uma visita obrigatória para todos os turistas que vêm à Romênia, sem sombra de dúvidas.

Castelo de Bran – o Castelo do Drácula

Castelo de Bran visto ao longe - Romênia

 

Depois de fazer umas comprinhas na feirinha de souvenirs de Bran, fomos conhecer um dos palácios mais lindos e pomposos do mundo. Para quem acha que o leste europeu não teve seus tempos de riqueza e glória, é porque não viu o luxo dos castelos Peles e Pelisor.

Castelo Peles – o mais belo do mundo

Castelo de Peles - Romênia

 

Ainda deu tempo de ir até Rasnov neste mesmo dia. Este é outro vilarejo que fica bem pertinho de Brasov, e que abriga uma fortaleza incrível, bem no alto de uma colina, com características arquitetônicas típicas da Transilvânia.

Fortaleza de Rasnov

Fortaleza de Rasnov no por do sol

 

Para terminar o dia, demos uma chegadinha na cidade de Brasov e ficamos muito arrependidos de não termos ficado hospedados nela. Vibrante, divertida, animada e cheia de gente bonita nos seus calçadões, a cidade é uma das três mais importantes da Transilvânia.

Brasov – a nova cara da Romênia

Brasov - Transilvânia - Romênia

 

E para vocês verem o caminho que fizemos nesse dia, vale olhar o mapa. Erro cometido: muito melhor teria sido conhecer o castelo Peles de Sinaia no “dia3”, quando subimos a montanha Bucegi em Busteni. Afinal, as cidades ficam lado a lado! Só que o “dia 3” da nossa viagem era uma segunda-feira, e Peles é fechado na segunda!


Visualizar Roteiro Romênia – dia 4 em um mapa maior

Mais um motivo de ficar um dia a mais em Bucareste, antes de seguir viagem para a Transilvânia. #ficadica

 

Dia 5

Este foi outro dia que rendeu muito. O plano era ir para Sighisoara, uma cidade cujo centro histórico medieval é uma das joias mais bem preservadas de toda a Europa.

Sighisoara – A Transilvânia Medieval

Sighisoara - Transilvânia - Romênia

 

Mas a gente se empolgou e acabou tendo tempo de visitar uns vilarejos do entorno, com edificações antigas e ares que lembra a Idade Média autêntica. Nada de coisa para “turista ver”. Assim são Viscri (que encantou até o Principe Charles, que comprou ali uma chacarazinha) e Biertan (sede de uma das mais belas igrejas fortificadas do país).

Viscri – a Transilvânia do Príncipe Charles
Biertan – a igreja fortificada mais bonita da Romênia

Viscri Romênia - igreja fortificadaViscri

Igreja Fortificada de BiertanBiertan

 

Jantamos na própria casa onde Vlad Tepes nasceu, bem na praça principal de Sighisoara. Tem coisa mais “de turista” para fazer? À noite, dormimos em uma pousadinha das mais bem elogiadas dos arredores, a charmosa Pension am Schneiderturm. Ficar em quartos incrustados na muralha medieval da cidade foi algo realmente inesquecível.

Restaurantes em Sighisoara: Casa Vlad Dracul
Hotel em Sighisoara – Pension am Schneiderturm

Pension am Schneiderturm tailors tower sighisoara

 

Dia 6

Esse foi um dia daqueles corridos demais. Deveríamos ter dividido melhor para poder conhecer as coisas com mais calma, mas não consegui ignorar a presença de um festival medieval que estava rolando na cidade de Fagaras. Resultado: mudamos todo o itinerário para poder participar da festa.

Torneio Medieval em Fagaras

Fagaras torneio medieval de cavaleiros

 

Acabamos nos atrasando para fazer o que estava programado: cruzar os Cárpatos através de uma das estradas mais bonitas do mundo, com direito a parada no topo das montanhas Fagaras para uma trilha rápida pelos lagos glaciais Lac Balea e Lac Capra.

Estradas Incríveis do Mundo – Transfagarasan
Trilha nas Montanhas Fagaras

Transfagarasan RoadTransfagarasan Road

estradas incríveis do mundo transfagarasan lac baleaTrekking no Lac Balea até o Lac Capra

 

E já que estávamos por ali mesmo, rumamos uns 100km ao sul para visitar as ruínas do verdadeiro castelo construído por Vlad Tepes, onde certamente houve batalhas contra os turcos. Prepare suas pernas para o milhar de degraus até o topo da Cetatea Poenari e sinta-se no topo do mundo por alguns minutos.

O Verdadeiro Castelo do Drácula

Castelo Poenari

O cansativo foi fazer todo o caminho de volta até Sibiu, onde dormiríamos nesta noite. Principalmente porque tínhamos que pegar o finalzinho do festival medieval em Fagaras, né? Resultado: chegamos em Sibiu, no hotel Villa Astoria, por volta da meia-noite.

 

Dia 7

Aqui fica mais uma dica. A maioria das pessoas que vem à Romênia termina seu roteiro por aqui. Depois de conhecer Sibiu, voltam a Bucareste, terminando sua jornada em 10 dias também, mas com mais tempo livre (vou colocar o roteiro mais abaixo, no final). Definitivamente, o trio formado por Sibiu, Sighisoara e Brasov surpreende até os mais céticos sobre as belezas deste país chamado Romênia.

Sibiu – onde os telhados tem olhos

Sibiu Romênia Piata Mica

 

Mas andarilho que é andarilho não esquenta muito banco e ali pelo meio-dia a gente já tinha botado o pé na estrada em direção a Hunedoara, no sudoeste da Transilvânia. Foram vários quilômetros de engarrafamento só para ver o castelo de contornos mais sinistros do país. Precisa dizer que foi o meu preferido?

Hunedoara – Meu Castelo Preferido

Hunedoara Romênia foto tirada debaixo

 

De lá, dirigimos por horas e horas até chegar em Maramures, extremo norte da Romênia, um lugar que parou no tempo. Chegamos quase à meia-noite, o que foi muito cansativo. O pessoal da Guest House Magnolia até se assustou quando a gente chegou para as nossas duas diárias.

#FicaDica: a Guest House Magnolia ganhou o prêmio de melhor Pousada da Romênia do Trip Advisor em 2013!

 

Dia 8

Esse foi o dia de conhecer esse lado rural e humilde da Romênia. Maramures transborda de manifestações culturais e folclóricas. Mas nada chega perto do Merry Cemetery de Sapantha. Isso mesmo! Um cemitério “feliz”, em que as lápides contam histórias engraçadinhas e em versos das vidas dos defuntos. Imperdível.

Maramures – Exótica até para os Romenos

Maramures Romenia detalhe cemitério de sapanta

 

Dia 9

Ainda em Maramures, fizemos um pitoresco passeio de maria-fumaça para dentro das montanhas. Finalmente, depois de tanta correria, uma chance de curtir os ares frescos de uma mata nativa e relaxar um pouco.

Mocanita – um passeio de maria-fumaça

Mocanita Romênia trem na natureza

 

E depois de voltar para a “civilização”, o nosso “timing” perfeito ainda permitiu que visitássemos o maior festival folclórico de Maramures (estávamos lá no dia certo, na hora certa!): o Hora La Prislop. Além de danças e músicas tradicionais, a declamação de poesias era de arrepiar até quem não entendia a língua!

Hora La Prislop – um festival de tradições

Hora La Prislop Maramures Romênia 08

 

E para terminar o dia com chave de ouro, tivemos tempo de curtir o por do Sol no Hotel Castel Dracula. Só mesmo os romenos para homenagearem Bram Stoker construindo um castelo do “Drácula” segundo a descrição do romance de vampiros mais famoso do mundo.

Hotel Castel Dracula – piegas ou imperdível?

Hotel Castel Dracula Romênia frente

 

Dia 10 e 11

No nosso último dia pelo país, fomos conhecer as verdejantes colinas de Bucovina, uma região rural como Maramures, só que mais bonita e arrumadinha. A principal atração por lá são os mosteiros pintados, umas coisas lindas! Os afrescos ficam do lado de fora das paredes e as redondezas dos mosteiros são cercados de jardins e de muralhas de pedra.

Bucovina: a joia escondida da Romênia

Bucovina Romênia Sucevita 11

 

Depois de visitar 4 mosteiros em sonhar em um dia largar tudo para vir morar por aquelas bandas, dirigimos por horas até Cluj-Napoca, a capital da Transilvânia. De lá saía o nosso voo para a Croácia, nosso próximo destino. E deu tempo de dormir no Hotel Siago e dar umas voltinhas pelo centro na manhã do décimo-primeiro dia.

Cluj-Napoca e o fim da jornada pela Romênia

Cluj-Napoca igreja São Miguel e estátua de Mathias Corvin

 

Roteiro de Turismo pela Romênia – 14 dias

Quer fazer a mesma jornada que fizemos, só que com mais calma, sem tanta correria? Olha só a sugestão:

Dia 1 – Bucareste
Dia 2 – Bucareste
Dia 3 – Bucareste
Dia 4 – Snagov, Sinaia (castelo Peles) e Busteni (montanhas Bucegi). Dormir em Brasov
Dia 5 – Tour até Bran e Rasnov. Conhecer e dormir em Brasov
Dia 6 – Sighisoara (opcional: passar por Viscri)
Dia 7 – Dirigir até Maramures, passando por Biertan antes.
Dia 8 – Maramures: Sighetu Marmatiei, Sapanta, excursão pelas igrejas de madeira
Dia 9 – Mocanita, passar pelo Hotel Castel Dracula, dormir em Bucovina
Dia 10 – Tour pelos mosteiros pintados, dormir em Bucovina
Dia 11 – Dirigir até Sibiu, passando pelo Hotel Castel Dracula, se não passou antes.
Dia 12 – Conhecer Sibiu
Dia 13 – Day trip até Hunedoara, dormir em Sibiu novamente
Dia 14 – Transfagarasan, Lac Balea, Cetatea Poenari – dormir em Bucareste

 

Roteiro de Turismo pela Romênia – 7 dias

Para quem tem pouco tempo, não se desespere. Dá para conhecer a parte mais importante do país: o trio Brasov, Sighisoara e Sibiu em 7 dias.

Dia 1 – Bucareste
Dia 2 – Bucareste
Dia 3 – Snagov, Sinaia (castelo Peles) e Busteni (montanhas Bucegi). Dormir em Brasov
Dia 4 – Tour até Bran e Rasnov. Conhecer e dormir em Brasov
Dia 5 – Sighisoara (opcional: passar por Viscri)
Dia 6 – Conhecer Sibiu
Dia 7 – TransfagarasanLac BaleaCetatea Poenari – dormir em Bucareste

 

E você? Tem alguma outra sugestão de roteiro? Ficou inspirado em conhecer o país? Use e abuse da caixa de comentários abaixo e não se esqueça: todos os nossos posts podem ser alcançados clicando no banner abaixo.

andarilhos do mundo na transilvânia

Escrito por: Gleiber Rodrigues
Compartilhe:
comentarios:80
Posts Relacionados:
03
Jul
2013
80 comentários
  1. Fernanda
    03/07/2013

    Definitivamente, fiquei inspirada!!! rs

  2. Gilda
    29/07/2013

    amei o seu roteiro. Tenho me interessado bastante pelo leste europeu e estou descobrindo que a Romênia é linda!!E que tal os Vulcanii Noroiosi? São, no mínimo, curiosos.

    • A gente, infelizmente, não teve tempo para tudo. Mas na época da programação quisemos muito ir lá…

  3. CARLOS RENATO LOPES
    14/09/2013

    Desde criança nutro um grande interesse pela Romênia, desde o momento que descobri que Transilvânia é uma região romena, e, com a Revolução Romena de 1989 (quando eu tinha 11 anos), aprendi mais a respeito da Romênia; nessa época internet era coisa de grã-fino! Mas, Gleiber, para fazer uma viagem dessa, de 7 ou 14 dias, qual valor mínimo se gasta ?

    • No mínimo uns 7mil reais, Carlos. Mas incluindo a passagem. Felizmente, as coisas lá na Romênia são muito baratas. Dá para comer como rei e ficar em hoteis legais por esse valor. O mais caro é a passagem aérea.

  4. legal demais esse relato! o idioma parece mesmo com o português, né?

    está em nossa lista de roteiros de viagens!!

    Muita Viagem – blog com relato de viagens

    • Sim, danilo! O romeno tem várias palavras parecidas, a sonoridade lembra até a do italiano. Mas claro que não se entende nada, né? kkkkk

  5. sara slovac savero
    01/10/2013

    achei o roteiro lindo. No proximo ano vou até Sinteu, cidade que meu pai nasceu. Será que da para incluir neste roteiro?

    • Nossa. Fica bem longe da região mais turística. Se for até lá, use o modelo de roteiro de 14 dias e no dia de dirigir até Maramures, vá para Sinteu. Programe passar o dia todo por lá e depois mais um outro dia para dirigir até Maramures mesmo. Para não ficar muito longa a viagem, pode retirar a visita a Hunedoara (dia 13) para manter a viagem com 15 dias. Se tiver família para visitar, coloque um dia a mais.

  6. Taynara
    10/11/2013

    Olá..
    Gostaria de saber se o valor informadoo de aproximadamente 7 mil reais é por pessoa .
    Agradeço

    • Sim, Taynara. É um valor por alto, contando cerca de 3000 reais em aéreo ida e volta e mais 4000 para gastar lá em hospedagem, alimentação e passeios. Deve ser suficiente para 7-10 dias.

  7. Daniel Figueiredo
    17/11/2013

    Olá!!!

    Gostei muito e estou empolgado para passar uns tempos na Romênia. Porém, meu interesse maior é conhecer e passar um tempo com a população cigana tradicional da Transylvania, afinal, é a maior população cigana do mundo. Vocês passaram popr alguma comunidade cigana? E quanto à lingua? O inglês e o Italiano servem bem?
    Agradeço muito!
    Forte Abraço
    Daniel

    • Oi Daniel, vimos alguns ciganos sim. Apesar de ser a maior população cigana do mundo, ainda assim são uma parcela muito pequena (e empobrecida) da população. Sabem os mendigos e pedintes / moradores de rua aqui do Brasil. Lá tem muito menos do que aqui, mas dentre eles, vários são ciganos. Nos mercados / feiras percebemos que há alguns deles também. Passando pelas estradas, vimos gente montando acampamento à beira de rodovias e que não pareciam ser turistas, mas verdadeiros nômades. Mas não tivemos nenhum contato com sua cultura.

      Sobre a língua: Muitos poucos romenos falam inglês, por isso a gente se virava na base da mímica mesmo. Por incrível que pareça, isso foi menos difícil do que parece. Entre os ciganos, entretanto, não tenho ideia de como é.

  8. Renato
    02/12/2013

    Olá

    Gostei das postagens e das histórias! Porém percebi que o roteiro que fizeram vcs estavam de carro. Eu não tenho carteira e gostaria de fazer um roteiro semelhante ao que vcs apresentaram para 7 dias se embarcar para Bucareste vcs acham que consigo comprar um pacote semelhante a esses lá em Bucareste e por um preço razoável? Quanto vcs acreditam que esse pacote ficaria?

  9. Mariana Bergamin
    04/04/2014

    Olá Gleiber!Sinceramente fiquei maravilhada com seu blog! Eu e meu namorado vamos para a Romênia este ano no mês de setembro. Estou muito anciosa, ainda mais olhando seus posts,rsrs. Nos iríamos ficar somente 8 dias, mas depois de ler tudo o que você escreveu sobre a Romênia nos mudamos de idéia e resolvemos aumentar a viagem para 10 dias. O que eu acho ainda pouco!rs. Quando você viajou era no verão pelo o que eu li. O clima era de calor ou frio? A minha dúvida é será que no Outono de lá e muito frio ou um frio mais tranquilo??? O que você achou do clima de lá em pleno verão?
    Adoro seu blog e muito sucesso sempre!
    Obrigado,desde já Mariana.

    • Era verão, Mariana, beeeeem verão, quase 40 graus a maior parte do tempo (exceto por um único dia, justamente quando estávamos sem nossas malas, no topo de uma montanha… mas enfim). Outono é uma estação mais difícil de se prever, prepare-se para as duas coisas. E a Romênia é um país de extremos. É muito quente no verão e muito fria no inverno.
      Abração. Você vai amar o país. Todos amam!

  10. Rodrigo Teixeira
    03/05/2014

    Olá Gleiber! Muito boa as suas dicas, super detalhadas, sem dúvidas o melhor post que achei deste país para brasileiros! Parabéns! Poderia me dar uma ajuda com meu roteiro? Gostaria de fazer 8 dias na Romênia e 8 na Grécia conhecendo só as famosas ilhas de Mykonos e Santorini. Pretendo alugar um carro em Bucareste e deixa-lo em Sibiu. O que é necessário para dirigir no exterior? Vale a pena alugar no aeroporto mesmo? Pretendo ir em agosto. 1 abraço!

    • Oi Rodrigo. Durante o tempo que estiver em Bucareste, não gaste com diária de carro alugado. Só a partir do dia que vai sair do país. Você precisa ter 21 nos, carteira de motorista e cartão de crédito internacional. Sobre a Romênia, as sugestões de roteiro são as desse post. Sobre a Grécia, fique 2 dias em Atenas, 3 em Santorini e 3 em Mykonos. Faça os traslados de avião para ganhar tempo. Abraços.

  11. Rodrigo
    19/05/2014

    Oi Gleiber! Vocês tiraram a PID (permissão internacional para dirigir) no DETRAN? O GPS vocês alugam junto ou levaram? Obrigado! Já comprei passagens para Bucareste, vou dia 25/08, até posso perturbar um pouco vocês? rsrsrs Abraços!

    • A gente nunca tirou a PID, Rodrigo. Sempre alugamos carro só com a carteira de motorista brasileira mesmo. Na Romênia, alugamos o GPS deles, porque os mapas são mais confiáveis do que os dos aplicativos para iPhone que tentamos baixar por aqui.

  12. Soraya
    22/05/2014

    Gleiber,

    adorei seu site e estou usando várias das suas dicas na minha viagem em agosto!!

    onde você comprou o LEI (RON)? conseguiu achar casas de cambio que tivessem a moeda aqui no Brasil? estou tendo uma dificuldade enorme…e olhe que moro em SP.

    obrigada

    • Leve euros, Soraya e troque lá, à medida em que for precisando, nas casas de câmbio romenas mesmo.
      Aqui no Brasil, sem chance. Eu sacava nos caixas eletrônicos usando a função crédito. Bem prático.
      Abração.

  13. Rodrigo Teixeira
    18/06/2014

    Oi Gleiber! Vocês alugaram o carro na hora ou reservaram antes?

  14. Mariana Bergamin
    24/06/2014

    Olá Gleiber. Há algum tempo atrás eu te escrevi perguntando sobre o clima de lá no verão e tals. Eu vou viajar agora no mês de setembro, eu queria muito saber se você teve dificuldade para sacar dinheiro por lá? E se tem algum cartão que você indica para depositar o dinheiro, e se você acha mais fácil levar dollar ou euro. Please, estou totalmente sem rumo. Muito obrigado, desde já Mariana

    • Oi Mariana, é mais fácil levar euro. Se for usar esses cartões de crédito pré-pagos, não faz muita diferença usar em euro ou dólar, porque haverá sempre uma conversão para o o câmbio do dia na moeda local. Se for sacar dinheiro, tem caixas eletrônicos por todos os lados. A gente ia sacando em “lei” romeno usando a função crédito do Visa à medida que íamos precisando. E sobre o verão, é quente. Mas setembro pode já estar mais fresco… Abração.

  15. Luiz Henrique
    07/07/2014

    Olá Gleiber!

    Em primeiro lugar parabéns pelo Blog! Sem vcs não estaria indo em Setembro para a Romênia, Eslovênia e Croácia. Vocês me inspiraram muito nessa eurotrip rs

    Gostaria de tirar uma dúvida, que não acho em lugar nenhum. Em relação ao GPS, fiquei com medo em relação ao nome das ruas e cidades… Fico com medo de me perder. Como funciona essa parte dos endereços? Vocês digitavam conforme os sites e encontravam fácil os endereços das atrações e hoteis?

    • Na Romênia é fácil, porque na pior das hipóteses há umas cedilhas diferentes (no T ou no S). Já na Croácia tem uns acentos esdrúxulos e você tem que digitá-los direito! Senão o GPS não encontra! Depende do aparelho, há um “auto-completar” que ajuda. Tem que ter jogo de cintura.

  16. Rodrigo
    06/08/2014

    Faltam 3 semanas para minha viagem e roteiro quase todo pronto graças ao seu blog que me ajudou em pelo menos 90%! Quais os sites que vocês mais consultaram antes de viajar para a Romênia? E quais das 3 cidades vocês mais gostaram: Sibiu, Brasov ou Sighisoara? 1 abraço!

    • Oi Rodrigo. Não tinha nenhum site para ajudar quando fomos para lá. Daí compramos o guia Lonely Planet Romania, em inglês. Não é a mesma coisa que um blog, porque o conteúdo é mais objetivo e impessoal, mas ajudou muito! Das três cidades, a minha preferida foi Sighisoara!

  17. Ludimila Nunes
    21/08/2014

    Sou louca para conhecer a Romênia, principalmente essas cidades históricas e as ruínas do Poenari. O problema é que não falo inglês e não tenho prática com direção, então tenho receio… Seria maravilhoso juntar um pessoal e fazer uma excursão! Se alguém tiver a mesma intenção de ir de galera, por favor, me avise!!

  18. Garrett
    22/09/2014

    Andarilhos sempre leio tuas dicas. Pergunta: É fácil sair de Bucareste e rodar pelas estradas da Romênia de carro? Vou misturar seu roteiro de 14 dias com o de 7 dias.
    Abraço e continuem com este grande e belo trabalho.

    • Oi Garrett
      É muito fácil. As estradas são boas e bem sinalizadas, muuuito melhores que as brasileiras.
      Abraços.

  19. bianca
    28/09/2014

    E sem alugar carro? É tranquilo??

    • Pois é, Bianca.
      Daí você vai depender de transporte público ou de contratar excursões turísticas. Dá também, mas vai te dar um pouco mais de trabalho e vai te restringir o roteiro. Mas dá sim. Muita gente faz.
      Abraços.

  20. vanessa
    13/12/2014

    Oi…. Adorei suas dicas…
    pretendo ir em julho, pois li num site que no mês de julho tem um trem que faz o caminho tortuoso para conhecer bem a região da Transilvania, aquela onde se ve os lagos. Consta?? nãovou alugar carro e não queria fazer os translados de avião, e sim de trem. Existe essa possibilidade? Estou começando a pesquisar agora, e montar meu roteiro também. O dólar está muito alto e estou pensando em fazer seu roteiro de 7 dias e deixar 3 livres para conhecer bem sobre conde Vlad e o castelode bran… o que acha???

    • Oi Vanessa,
      Que região dos lagos você se refere? Acho que não sei qual é… E um trem que vá pelos pontos turísticos? Também não sei… Mas há como se deslocar de trem entre as cidades sim. O problema é que os trens atrasam um pouco e são meio antigos, mas existem sim!
      Nesse caso, deixe mais dias livres por conta de imprevistos.
      Abraços

  21. Rodrigo Teixeira
    17/01/2015

    Olá Gleiber! Muito obrigado mesmo por todas as dicas que você me deu! A viagem foi maravilhosa, perfeita… Fiz quase tudo o que foi recomendado no seu blog! As cidades no interior deste país são lindas. Prometo comentar em todos os textos do seu site rsrs. Mas posso adiantar que os pontos altos para mim foram, o Castelo de Peles, a Praça Sfatului em Brasov, e mais alto ainda (literalmente) a linda estrada Transfagarasan. Parece um trem fantasma antagônico, a cada curva é uma linda surpresa de paisagem, minha namorada chorou de tão belo que achou… Se alguém tem dúvida em alugar um carro, eu digo que foi fundamental (é barato e fácil dirigir na Romênia)!

    • Oi Rodrigo,
      Muito obrigado por compartilhar sua experiência com a gente.
      Eu sempre acho carro fundamental para certos destinos. A Romênia com certeza é um desses. Abração.

    • vanessa marca
      14/02/2015

      Olá Rodrigo. Vc pode me dizer qual é esse trem fantasmagórico que vc pegou? Ele passa pe Transfagarasan? Por onde mais e aonde pego?

      Grata, vanessa

      • Oi Vanessa,
        Aqui é o Gleiber. Pelo que entendi do relato do Rodrigo, ele achou a estrada Transfagarasan parecida com um caminho de trem. Lá não passa nenhuma ferrovia. A melhor forma de conhecê-la é alugando um carro mesmo.
        Abraços.

      • Rodrigo Teixeira
        20/05/2015

        Já foi em um trem fantasma de algum parquinho de diversões quando criança? A cada curva super fechada que o trenzinho fazia num havia alguma coisa macabra para tentar nos assustar? rsrs Foi no sentido conotativo a que me referi ao “trem fantasma antagônico”, pois a cada curva dessa estrada, é uma paisagem mais bela do que a outra. Fiz todo interior da Romênia de carro. Enfatizo que o carro é fundamental para atravessar a Transfagarasan e também ir ao castelo de Hunedoara. Terminaram as obras da autoestrada A1, agora você faz de Sibiu até Hunedoara em menos de 2 horas.

        Se não quiser alugar um carro de jeito algum, a dica é ir de trem a Brasov e lá fazer base. Através de vários serviços de turismo você consegue conhecer os castelos de Peles, Bran e a linda e imperdível cidade de Sighisoara.

        • Agooora sim, Rodrigo!
          Agora entendi e concordo perfeitamente a analogia do trem fantasma antagônico!
          E também concordo que o carro é a melhor escolha. Foi assim que fizemos também. Tem gente que não gosta de alugar carro e infelizmente, isso limitará muito a viagem. Chegar em Hunedoara mesmo, fica muito difícil.
          Boa notícia a da estrada estar ter ficado pronta!
          Abração e… Não quer escrever um post para a gente, hein?

          • Rodrigo Teixeira
            05/06/2015

            Lógico Gleiber, será uma honra. Sou muito grato a vocês. Seu blog me ajudou demais! Escrevo e mando para o seu e-mail?

          • Gleiber Rodrigues

            Isso aí, Rodrigo! Manda para gleiber@andarilhosdomundo.com.br
            Será um prazer publicar!
            Abraços.

  22. Humberto Fernandes
    01/02/2015

    Olá, Gleiber!

    Obrigado por inspirar mais um destino na minha lista (que só aumenta) de lugares a conhecer… Já pensava na Romênia antes só por causa do castelo de Bran, mas agora depois de ler os posts, definitivamente, vai ser visita obrigatória. Pena que meu tempo é contado (também sou médico) e pra parar pra viajar é uma saga – você deve saber bem como é.

    Parabéns pelo blog e por ajudar a todos nós, viajantes.

    Abraço

  23. Nicole
    06/03/2015

    depois de te ler, decidi, rs… vou pra Romênia. E vou ver o Jornal Nacional hoje, rr. Não quero perder o contato com você, ok? 🙂

  24. Darci Regina
    29/05/2015

    Ola Gleiber, adorei suas dicas e gostaria de conhecer a Romenia e seus encantos, mas gostaria da ajuda de um guia, em portugues, sera que nestas suas andanças por la, poderia me indicar alguem ou uma agencia, que pudesse me atender?
    obrigada
    Darci

    • Oi Darci,
      Que pena, não conheci nenhum guia por lá… Fizemos tudo de forma independente.
      Abraços.

  25. Nelson Gonçalves
    13/06/2015

    Legal. Acabei de chegar de uma visita de 17 dias na Romênia. Só faltou incluir neste roteiro Timisoara, uma cidade de 400 mil habitantes no norte da Romênia, que também possui muita história e belíssimas paisagens. Foi lá em Timisoara que desencadeou a revolução de 1989 e em um de seus museus está preservado um pedaço do muro de Berlim.

    • Oi Nelson
      Que legal. A gente não conseguia ver tudo pelo tempo que tínhamos e fica registrada a dica aí para outros leitores.
      Abraços e obrigado pela contribuição.

  26. samantha ramos
    03/08/2015

    Adorei as dicas de seu blog.. e com certeza ou utilizar todas..
    a proposito, o aluguel de carro pode ser feito aqui do Brasil?
    Poderia me mandar o contato para hospedagem no castelo de Bram?
    obrigada,

  27. Gabriela
    30/08/2015

    Oi, vou passar 3 dias na Romênia esse ano. 1 dia reservei pra Bucareste, o que vcs aconselham fazer nos outros dois dias? O que tem de mais interessante por lá?
    Outra dúvida, como foi pra alugar carro na Romênia? O que era preciso?
    Obrigada! e parabéns pelo post, demais!!!

    • Oi Gabriela,
      Muito fácil alugar um carro por lá. Basta carteira de motorista brasileira mesmo, cartão de crédito internacional e idade (acho que > de 25 anos). Uma ideia é ficar em Bucareste mesmo, uma cidade que merece ser conhecida em mais de um dia. Outra possibilidade é pegar um carro ou um trem até Sinaia, uma linda cidade, relativamente perto, onde ficam o castelo Peles e Pelisor, além de uma estação de ski (just in case, vc não falou em que estação do ano vai).
      Abraços.

  28. Sandra
    10/09/2015

    Olá Gleiber,

    Muito bom poder encontrar seu blog. Vou sozinha para Romenia em Janeiro e fico lá do dia 02 ao dia 14. Meu voo é Londres x Bucareste x Londres.
    Pretendo visitar além de Bucareste, Brasov, Sibiu e Sighisoara.
    Não sou muito adepta de bate-volta, mas teria alguma dessas cidades que realmente apenas um dia seria suficiente?
    Outra coisa, pretendo fazer os deslocamentos de trem. Acha tranquilo?

    Obrigada.

    Abs

    • Oi Sandra,
      Dá para fazer tudo de trem sim. A menor das três cidades é Sighisoara. E pela questão geográfica é a melhor opção para o bate e volta. Fixe suas bases em Sibiu e Brasov. E você pode conhecer Sighisoara no caminho quando estiver se deslocando entre uma e outra.
      Abraços

  29. Luiza
    25/10/2015

    Oi Gleiber, eu sou romena, vivo de 5 años em Brasil, adorei o seu blog, fico feliz em ver como os brasileiros estão interessados em conhecer o meu pais, matei um pouco a saudade com os vossos comentários…bjs

  30. jose divino barbosa da silva
    05/12/2015

    gostei muito de achar sua pagina, tenho muita vontade de conhecer a Romenia e a primeira cidade
    que gostaria e SATU MARE e depois o que poder.obrigado

  31. Marcelo
    13/04/2016

    Fala Gleiber
    Parabéns pelo blog. Vou pra Romênia em setembro e seu post vai ser o meu guia. Obrigado

  32. Ana Paula
    16/06/2016

    Olá Gleiber!!
    Parabéns, gostei muito do seu blog… vou para a Romênia em outubro,vou ficar uns 10 dias…. vou seguir seu roteiro, da pra alugar o gps em português lá na Romênia?

    Obrigada!!

  33. Ana Paula
    18/06/2016

    Obrigada Gleiber!!

  34. marcelo tolotti
    09/08/2016

    ola…achei muito legal esse blog… também sou do rio grande do sul.
    estamos indo a romenia dia 20 de setembro, para um tour de moto em sibiu.
    antes teremos 4 dias de folga para conhecer a romenia.
    chegaremos em Bucareste. Nestes 4 dias quais os lugares que vocês indicariam em visitar?Menos Sibiu que teremos dias de folga.
    obrigado e parabéns… aquele abraço

    • Oi Marcelo,
      Dica: fique 3 dias em Bucareste e passe o 4o dia inteiro no caminho até Sibui passando pela Transfagarasan, parando no Lac Balea e visitando Fagaras. É uma das estradas mais lindas do mundo.
      Abraço.

      • Marcelo
        15/10/2016

        Fui e adorei. Conheci castelo de pelisor ( por fora ) e de peles em Sinaia, montanhas de bucegi. Black Church e o morro em brasov. Castelo de bran, fortaleza de rasnov e toda a transfagarasan. Sibiu e Bucareste
        Teu blog deu um belo suporte para fazer o roteiro.
        Obrigado e aquele abraço.

  35. eduardo
    10/08/2016

    Conheço Bucarest [ 3 dias para visitar ] Brasov, Sibiu que é uma belezinha [2 dias cheios ] e a região. Ai vai uma dica de valores; leve euros, que eles preferem aos dolares. No ´´interior´´ um hotelzinho custa 100 reais/dia por casal, com 50-60 euros um bonzinho. A comida é mto barata e há mtas lojas ´´de rua´´ onde vc compra folheados doces e salgados excelentes bem em conta .O ideal é alugar um carro para andar pelo interior. Bucarest, taxi que é barato. [ há de varias tarifas, peguem os de 1,59 leu/km .]A mimica funciona bem. Outubro, já começa a esfriar, consultem o clima tempo. Há caixas eletronicos mas prefiro pagar ´´cash´´. Em BUcarest vão comer no ´´Vatra´´, Zexe´´, Carul cu Bere , este ultimo restaurante-cervejaria tradicional. Boa viagem !!!!

  36. Adriel Batista Correia de Melo
    16/08/2016

    Maceió,16 de agosto de 2016

    Boa noite Gleiber Rodrigues !

    Pretendo visitar a Romênia entre junho ou julho do ano de 2017.Concorda comigo que esses meses são excelentes para visitar a Romênia ?
    Será a minha primeira viagem a Europa.Irei com meu sobrinho(engenheiro civil)de 36 anos de idade.Ambos somos solteiros e sem filhos.Obrigado pelas dicas aqui apresentadas.

    Abraços

    Adriel Batista Correia de Melo

  37. ana
    22/09/2016

    Olá. Estou a pensar ir a Roménia entre o mês de Janeiro e Fevereiro acha que vou apanhar muito frio, acha que é uma altura muito má? Durante a sua viagem foi algum shopping? Sabe me dizer quanto custa comprar roupa e calçado na Roménia? Tenho mais uma dúvida quando chegou a Roménia já levam ron(lei) ou só trocou quando chegou a Roménia? Obrigada

    • Oi Ana,
      Para esta época, é previsto fazer muito frio na Romênia sim. Nós não fomos a nenhum shopping durante a nossa viagem, mas lembro de achar o preço de tudo muito barato. Quanto à moeda, levamos euros e lá fomos trocando por lei aos poucos.
      Abraços.

  38. Nossa preciso conhece esse Pais tão bonito!!