Peru além do básico – Maras e Moray

Uma pena quem nem todo mundo vá ao Peru com tempo para visitar com calma algumas atrações fora do circuito mais tradicional. A dica de hoje é visitar a salinera de Maras e Moray, um sítio arqueológico constituído de hipnotizantes ruínas circulares.

moray

A gente aproveitou que estava hospedado em Urubamba, no Hotel Rio Sagrado (reserve aqui e veja o nosso post sobre o hotel aqui) e fizemos esse “tour” que, definitivamente, vale muito a pena. Veja por você mesmo.

 

Como fazer o Tour Maras e Moray

A gente ficou com vontade de conhecer essa região inspirado pelo post de um blogueiro parceiro aqui do blog, o Luiz Jr. do Blog Boa Viagem. Acho que se não fosse ele, a gente nem ia saber que esses lugares existiam!

Mas diferente do esquema que ele fez, a gente resolveu fazer esse tour a partir do hotel em que estávamos, em Urubamba. Principalmente porque descobrimos que as salineras, por exemplo, ficavam bem atrás da montanha que víamos da janela do nosso quarto!

Era perto e relativamente barato contratar um táxi privado que nos levaria para esse passeio de 3 horas. Se você estiver em Cusco, coloque mais umas 2 horas aí de tempo de viagem: uma hora para ir e outras para voltar.


Visualizar Maras e Moray em um mapa maior

Quanto ao preço, vai depender muito da sua capacidade de negociação. Se você estiver com um grupo ou conseguir se juntar a uma excursão, com certeza vai sair mais em conta. O Luiz conseguiu fazer o passeio dele saindo de Cusco, em tour privado, por 80 soles!

A gente, mesmo estando ali do lado, no hotel Rio Sagrado, pagou 90 dólares pelo carro! Sem guia! A gente teve que conhecer os lugares por conta própria, o taxista só serviu mesmo para o transporte.

Parece que alguns passeios para o Vale Sagrado com saídas de Cusco incluem visitas a essas duas atrações, mas fiquem de olho, porque nem todas descem até dentro mesmo das ruínas, segundo o que nos conta o blog Sunday Cooks.

 

O Caminho e a Paisagem

Nós visitamos o Peru no mês de setembro, época das secas, muito recomendável aos viajantes, né? Só que seca significou, ao menos em 2012, que a paisagem estava toda amarelada, sem verde, sem vida. Toda a região de Cusco, que fica verdejante no verão, estava mais com cara de deserto do que Brasília!

Salineras de Maras e Moray 07

Com a diferença que lá no cerrado não tem essas montanhas nevadas servindo de pano de fundo, né? Com certeza, apesar da tonalidade bege, a gente mesmo assim curtiu muito o cenário. O motorista nos contou que toda essa região é muito fértil, praticamente um celeiro agrícola do país. Então tá, né?

Salineras de Maras e Moray 08

Ao menos nas margens do rio Urubamba dava para acreditar que ele estava falando a verdade.

Apesar da proximidade das ruínas do nosso hotel, o carro tinha que fazer uma baita volta para conseguir chegar até lá por estradas decentes. Bom para fazer valer os 90 dólares, né? E ele disse estar 100% à nossa disposição. Poderia parar para tirarmos fotos, por exemplo, se quiséssemos.

Salineras de Maras e Moray 02

Mas não pedimos. Por isso essa foto saiu tão borrada… sorry!

 

Ruínas de Moray

Nossa primeira parada foi em Moray. Felizmente, tínhamos trazido o nosso boleto turístico, com validade de 10 dias. Ele dá ingresso às ruínas, mas também é possível pagar uma taxa para visitar apenas o local, se quiser.

Salineras de Maras e Moray 01

E o que há de tão legal em Moray? É que o lugar é formado por esses terraços circulares aí, muito malucos. Os arqueólogos, inclusive, ainda divergem em suas explicações acerca da sua finalidade.

Salineras de Maras e Moray 03

Para alguns, o lugar era um anfiteatro, ou um centro de devoção. Assim como na Grécia antiga, parece que os incas também entendiam um pouco da acústica que esse tipo de desenho proporcionava.

Salineras de Maras e Moray 05

Para outros, o lugar era agrícola mesmo. Talvez um lugar para fazer testes entre diferentes variedades de tubérculos e cereais, para otimizar a produtividade.

Hoje, além de turístico, o lugar serve como centro de peregrinação para devotos de cultos andinos antigos. Vimos com os nossos próprios olhos, alguns desses caras deixando oferendas no centro de um dos círculos. Maçãs, batatas, flores, incenso…

Salineras de Maras e Moray 04

De fato, é inegável que haja uma vibe meio intensa lá dentro. Eu mesmo nem quis ir até lá embaixo…

 

Salineras de Maras ou Salineras Marasal

As salineras de Maras são um espetáculo impressionante. Ali o negócio não tem nada a ver com a civilização inca, mas com o povo peruano mesmo, que deu um jeito de produzir sal de qualidade mesmo a dezenas de quilômetros de distância do mar.

Salineras de Maras e Moray 10

É que por ali tem uma nascente de água salgada que já era conhecida mesmo antes da chegada dos espanhóis. Se você bloqueia a passagem dessa água, fazendo-a percorrer umas piscinas rasas antes de deixá-la desaguar no rio Vilcanota (ou rio Urubamba, dá no mesmo), você tem uma das mais impressionantes salinas do Mundo.

Salineras de Maras e Moray 12

O mesmo sistema de terraços que serve para amortecer a descida da água da chuva pela montanha, também serve para empoçar a água neste caso, permitindo a produção de sal (é só deixar a água dos tanques evaporar).

Salineras de Maras e Moray 11

Famílias humildes da região são responsáveis por cuidar de seus próprios tanques, e o dinheiro arrecadado da venda do sal e dos ingressos aos visitantes é rateado entre eles.

Não sei se eles conseguem produzir em escala industrial, mas com certeza a extração é completamente artesanal, como vimos com nossos próprios olhos. Ouvi dizer que alguns restaurantes gourmet do mundo se orgulham de utilizar um tipo de sal rosado que sai dali…

Salineras de Maras e Moray 09

No caminho até as salinas, prepare-se para atravessar um corredor polonês de lojinhas de artesanato vendendo tudo quanto é tipo de bugigangas feitas de sal (algumas esculturas impressionantes, diga-se de passagem!).

 

E aí? Gostaram dessas duas atrações? A gente adorou e trouxemos até umas coisinhas de sal, tipo chocolate com sal! Se tiver tempo, tente visitar Maras e Moray durante sua viagem ao Peru. Depois conta para a gente o que achou aqui nos comentários.

 

Ficou com vontade e quer pesquisar um hotel para se hospedar no Peru? Vale a pena conferir o site do Booking.com. Reservando lá após ter clicado no nosso link, a gente ganha até 1% de comissão, gente! É uma merreca, eu sei, mas vai ajudar o nosso site a continuar vivo. Ajuda aeee!

 

Banner Horizontal Peru

E para visitar todos os nossos artigos sobre o Peru, clique no banner acima.

 

Hotel Rio Sagrado – luxo no Peru
Hotel Cabaña Machu Picchu

 

Machu Picchu

Como Chegar a Machu Picchu
Aguas Calientes – o portal para Machu Picchu
E finalmente… Visitando Machu Picchu
Subindo Huayna Picchu

 

Cusco

Entenda o Boleto Turístico de Cusco

Escrito por: Gleiber Rodrigues
Compartilhe:
comentarios:45
Posts Relacionados:
29
Jul
2013
45 comentários
  1. Cris Marques
    29/07/2013

    Ótimas dicas!!! Eu nunca tinha ouvido falar das Salineras de Maras e já estou sofrendo de depressão de não ter ido lá… hehehe Anotei no meu caderno da próxima viagem da América do Sul. 🙂

    • Por isso devoro blogs antes de viajar, tá vendo? Se não fosse o Luiz do Blog Boa Viagem, também teria acontecido o mesmo comigo.

  2. Lívia
    02/12/2013

    Gleiber quanto custa para visitar as Salineras de Maras?
    O dólar é bem aceito na região ou devo trocar por sol mesmo?
    Obrigada 🙂

    • São 5 soles para entrar em Maras (baratinho) e o dólar é largamente aceito pelo Peru. Mas não tem TODOS os lugares. Então você vai precisar trocar um pouco de dólares por soles para coisas simples, tipo o ingresso às Salineras de Maras. Abraços.

  3. Magda A.M. Gemente
    23/01/2014

    Estive no Peru em 2011 e visitei as salinas. Impressionante. Nunca tinha ouvido falar e não fazia a menor ideia do que fosse. Fiquei encantada com o que vi e concordo plenamente com a opinião de vocês. Para mim, além do passeio foi um aprendizado.

    • Que legal! É uma coisa que pouca gente comenta e que talvez por isso mesmo, a gente acaba visitando sem esperar muito. Depois de visitar fica aquela sensação: “como é que ninguém me disse que tem um lugar tão legal como esse por aqui”??? É ou não é?

  4. Tuany e Ricardo
    18/03/2014

    Já comentei o seu blog e antes e lá vai, mais uma vez:

    Muito legal!!!! Adoramos!

    Estamos indo para o Peru em maio e com grandes expectativas!!!

    Abraços!

    • Oi Tuany e Ricardo, lembro de vocês!
      Já já chega o grande dia! O Peru é fantástico.
      Abraços

  5. Elisa
    02/05/2014

    Gleiber, tudo bem? Vou para o Peru em maio e achei fantástica essa sugestão de passeio, mas fiquei com uma dúvida! Você acha que é necessário um dia inteiro para conhecer Maras e Moray ou é possível fazer as visitas no mesmo dia que eu for para o Vale Sagrado do Sul? Abraços!

    • Com certeza dá para emendar com outras atrações. Maras e Moray ficam bem perto de Ollantaytambo.

  6. Helena
    20/07/2014

    oi, primeiro parabéns pelo post. Estamos indo agora no final de julho para Cusco. Lemos tudo que escreveu e pensamos neste esquema:
    31/7 – quinta tarde: Aclimatação –/ Caminhada leve
    1/8 sexta – Tour Vale Sagrado
    2/8 – sábado
    Manhã: Museus, Centro artesal de cusco e Plaza San Blas
    Tarde (15:37): pegar transporte de Olantaytambo para Aguas Calientes
    3/8 – domingo – Machu Pichu + Huaynapicchu
    4/8 – segunda -City Tour por Cusco
    5/8- terça – Tour Vale Sagrado Sul + Maras y Moray
    6/8 quarta – Retorno Brasil
    Queremos fazer o Tour do Vale Sagrado completo, por isto pensamos em deixar para outro dia, sem ser o dia que pegaremos o trem para Aguas Calientes. Mas lemos no seu post que tem gente que faz o tour neste mesmo dia e abandona a excursão em Ollamtaytambo e embarca para Aguas Calientes. Tem como a gente fazer isto e encaixar o resto (Ollantaytambo e Chinchero) para outro dia? Ou é melhor manter o esquema? Qual sua sugestão? Teria algum outro passeio que a gente poderia incluir? Estamos viajando em 7 pessoas.

    • Oi Helena,
      Adorei o seu roteiro. Como vocês estão em 7 pessoas, há a possibilidade de vocês fecharem um tour privado só para vocês com uma van particular. Talvez saia o mesmo preço de comprar individualmente 7 tours “Valle Sagrado”, entende? Daí vocês podem personalizar e individualizar o itinerário dos dias 01/08, 02/08 e 05/08 para conseguir ver todas as atrações distribuídas nesses três dias. Por exemplo, dá para ir a Pisaq, Tipón e Andahuaylillas em um dia. Em Chinchero, Urubamba (para almoçar), Maras e Moray no outro dia. E daí eles te levam até Ollanta com guia no dia 02/08 visitando as ruínas e depois vocês pegam o trem para Aguas Calientes. Seria o tour ideal. Se o preço não compensar, faça exatamente como está no seu roteiro e pegue dois táxis no dia 02 para levar todo mundo até Ollanta. Não recomendo nenhum outro passeio além desses até porque é legal deixar tempo livre para a própria cidade de Cusco. Você vai adorar!

  7. Pollyanna Drumond
    08/08/2014

    Oi Gleiber! Achei o seu site nas buscas por informações para Machu Picchu. Que bom que vocês compartilharam toda a experiência. Estamos arrumando para ir em outubro próximo. Estou com grandes expectativas! Vou montar nosso roteiro com base nessas dicas e te enviar para uma vista, ok? Parabéns pelo site. Vou recomendar.

  8. Maressa
    11/08/2014

    Olá, primeiro quero agradecer TODAS as suas dicas… foi com elas que organizei todo meu roteiro de 6 dias em Cuzco e Machu Picchu. Separei uma manhã para o City Tour (parte 1 e 2 rs), um dia para o Tour do Vale Sagrado e um dia para o Tour no Vale Sagrado do Sul, além de dormir em Águas Calientes e acordar cedinho pra ver o sol nascer em Machu Picchu…
    Li seus posts mas ainda fiquei com uma duvida: será que consigo colocar Maras e Moray no mesmo dia do Tour no Vale Sagrado do Sul?
    Você tem informações mais recentes sobre os pacotes turísticos lá?
    Abraços e muito obrigada novamente!!!
    Maressa

    • Oi Maressa,
      Pois é… Não tenho informações recentes não. Mas ali funciona muito deles fazerem passeios personalizados com carro privativo. Se você não achar um roteiro de acordo com o que você deseja, faça isso! Geralmente não é caro, e barganhar sempre funciona. Entretanto, Maras e Moray ficam para um lado, e as cidades do Vale Sagrado Sul, para o outro. Se você for a Pisaq no roteiro do Vale Sagrado “normal”, pode tirar ele do seu roteiro “personalizado” do Vale Sul, que ficará só com Andahuaylillas, Pikillakta e Tipón. Mas minha dica: faça o passeio que for, mas faça com um guia.
      Abraços.

  9. Monike
    16/08/2014

    Eh muito lindo!!! E vale muito a pena ir… Mas infelizmente não pode mais ir até o centro dos terraços de muray… Há um mês, proibiram… Fiquei triste!

  10. Milena
    10/09/2014

    Oi Gleiber. estou organizando uma viagem ao Peru (Lima, Cusco e Machu Picchu) de 8 dias e gostei mto do seu blog. Me auxiliou muito.. faltam 10 dias para nossa viagem e estou mega ansiosa!!! vamos até Moray, espero que esta história de nao poder descer até o centro dos terraços nao proceda!!! gostaríamos muito de ir até o lago Titicaca, mas nao consegui encaixá-lo na minha logística!! abraços e obrigada!

    • Oi Milena. A beleza do lugar é a mesma, entrando lá dentro ou não. Mas é emocionante estar lá no centro daqueles círculos. Parece que tem uma certa energia, sei lá. Titicaca é bem complicado. Tem que reservar tempo só para lá. Abraços e boa viagem!

  11. Luciana
    27/02/2015

    Oi Gleiber, estou programando visita ao Peru dia 31/3 a 05/4.
    Roteiro: 31/3 chegada Lima
    01/4 chegada Cusco 7:00, manhã para aclimatação e a tarde “visita `a cidade imperial de Cusco”, Plaza de Armas,..parque arqueologico Sacsayhuaman, visita fontes de agua Tambomachay e retorno hotel.
    02/4 tour dia inteiro Vale Sagrado.
    03/4 cafe da manha. saida de trem a Aguas Calientes e visita Machu Picchu. Pernoite
    04/4 cafe da manha. Tempo livre. Opcional subida Huayna Picchu (desisti pq meu marido machucou joelho no futebol). A tarde retorno de trem a Cusco
    05/4 retorno Lima-Brasil
    Este é um roteiro classico de MP né,mas gostaria de incluir Salinas Maras e Moray.Posso visitar dia 3 de manha e pegar trem depois do almoço para Aguas Calientes e pernoitar. Visita a MP dia seguinte, dia inteiro e a tarde retorno a Cusco. o que vc acha?

    • Oi Luciana,
      No dia 3 contrate um tour que te leve para Maras e Moray e já te deixe em Ollantaytambo para pegar o trem. Tem mais horários de tarde e o preço da passagem é mais barato.
      Abraços.

  12. Karla
    03/03/2015

    Boa tarde Gleiber,primeiramente gostarei de dizer que o seu blog é maravilhoso!!

    Estou com uma viagem marcada para cusco chegando dia 31-03 c retorno no dia 05-04.
    Como ficarei hospedada em Cusco a minha dúvida é a seguinte, devo pernoitar em Águas Calientes no dia anterior a vista à Machu Picchu, correto? E no dia seguinte após a visita consigo retornar a cusco sem problemas?? A visita à machu picchu dura aproximadamente quantas horas??
    Fiz o seguinte planejamento 1 dia- city tour, 2dia- vale sagrado, 3dia- Ida para Águas Calientes, 4dia- Machu Picchu, 5 dia- Salineras Maras e Moray, 6 dia-retorno ao brasil. Você acha que está bom esse roteiro??
    Desde já, agradeço a atenção!

    • Oi Karla,
      Nossa visita a Machu Picchu mesmo, foi feita em 3h com a guia. Daria para caminhar mais umas 2 horas para fotografar as coisas com calma. No máximo. A gente sabe que tem gente que passa 10 horas (o tempo máximo) ali dentro, mas não sei como! Hehehehe. Dá para ir em bate-volta e dá para pernoitar em Aguas Calientes para chegar cedo e pegar o parque mais vazio. Mas de um jeito ou outro, dá para voltar para Cusco no mesmo dia sim. Seu roteiro ficou bem legal!
      Abraços.

  13. debora borgs
    10/04/2015

    nossa que legal! estou indo ao Peru em setembro pela segunda vez e vou aproveitar essas dicas! o blog é bem legal, as experiencias de vocês serve muito para nós viajantes! Parabénsss!!!!

  14. Renatinho
    20/05/2015

    Gleiber boa tarde!!
    tenho lido seus posts e parabens pelas explicaçoes tudo muito claro, gostaria de saber se voce fez a trilha inca, estou co algumas duvidas e queria esclarecer.

  15. Selma Tika
    21/05/2015

    Oi Gleiber,

    Estamos indo a Peru em Julho próximo e montei a seguinte programação e gostaria de saber a sua opinião.
    15/07 – Chegada a Cusco
    16/07 – City tour Cusco
    17/07 – Vale Sagrado até Urubamba ou Ollanta ( gostaria de pernoitar no super hotel de Urubamba)
    18/07 – Salineras de Maras e depois para Aguas Calientes
    19/07 – Machu Picchu e retorno a Cusco
    20/07 – Cusco-Lima- São Paulo
    A minha dúvida é se devemos ir até Ollanta e voltamos a Urubamba para pernoitar no dia 17 ou se é melhor deixar para ir a Ollanta no dia 18 logo após Maras. Daria tempo de irmos à Maras, Ollanta e depois para Águas Calientes?
    Show de bola o seu blog! Estou me baseando total nele para montar nossa viagem!
    Um abraço !

    • Oi Selma,
      Conheça Ollanta com o guia da excursão do Vale Sagrado no dia 17. E faça só Maras (dá para incluir Moray) na manhã do dia 18. A gente pegou um taxi indicado pelo hotel que foi caro e não era guia turístico. Se combinar direitinho com alguém em Ollanta, por exemplo, rola de pegar um guia motorizado para buscar você no hotel perto das 12h e deixar vocês na estação de trem de Ollanta, hein?

      Se for reservar o hotel Rio Sagrado pelo Booking, não esqueça de clicar no nosso link antes. Daí eles repartem uma percentagem da comissão conosco! Olha um link aqui: http://www.booking.com/hotel/pe/rio-sagrado.pt-br.html?aid=364605
      Obrigado!

  16. Selma Tika
    31/05/2015

    Oi Gleiber!
    Muito obrigada pela sua resposta.
    No final decidimos ir a Machu Picchu no dia 20/07 . Sendo assim , ficaremos duas noites em Urubamba mas infelizmente não ficaremos no Belmond pois é muito caro. Ficaremos no Sonesta. Teremos o dia 18 inteiro para visitar Maras e Moray . Você tem alguma dica do que possamos conhecer ou fazer neste dia 18?
    Um grande abraço!

    • Oi Selma,
      Se você perder o passeio a Chinchero, na excursão do vale sagrado em 17/07, faça Maras/Moray e Chinchero, com um guia privado no dia 18. É uma cidade bem bonitinha.
      Abraços.

      • Selma Tika
        18/06/2015

        Gleiber,
        Muitíssimo obrigada pelas dicas , sugestões e principalmente por ter tirado minhas dúvidas.
        Um abraço!

        • Selma Tika
          31/07/2015

          Gleiber!!!
          Voltei de Peru na semana passada! Pensei nas suas dicas a viagem toda! Foram valiosíssimas e eu quero agradecer imensamente ao seu blog e à sua atenção para as minhas dúvidas!
          Agora entendo cada foto sua postada aqui!
          Ahhhhh! A melhor dica sua foi a de ver o nascer do sol em Machupicchu e ver a cidade sendo iluminada aos poucos pelos raios solares! Foi maravilhoso!
          Muito obrigada por tudo!!
          Um grande abraço!

          • Gleiber Rodrigues

            Oi Selma
            Que bom que você conseguiu!!!
            Dizem que na maior parte das vezes a neblina atrapalha um pouco o espetáculo. Sorte nossa então!
            Abraços e muuuuito obrigado por dispor do seu tempo para vir aqui nos dar esse feedback. 😀

  17. Marcos
    15/06/2015

    Olá Gleiber!
    Dois dos tours que quero fazer é o do Vale Sagrado e de Maras & Moray.
    Sei que a entrada para Maras custa +- 10 soles e não está no boleto turistico, porém se a entrada de Moray for barato também, no meu caso vale mais a pena comprar o boleto turistico de apenas um dia para Vale Sagrado(70 soles) e adquirir os demais ingressos de Mara & Moray individuais.
    Sabe quanto custa o ingresso para Moray sem ser pelo boleto turistico?
    Obrigado!

    • Oi Marcos,
      Não estou encontrando o preço para Moray separadamente. Acho que para entrar lá você precisa ter um boleto turístico mesmo e não aceitem cobrar um ingresso individual. Mas de qualquer forma, você não vai querer conhecer Saqsayhuaman, perto de Cusco? O lugar é fantástico e na minha opinião já justificaria a compra do boleto turístico completo. Abraços.

  18. Anna Maria Moser
    24/08/2015

    Olá!
    Estou indo, com a minha família, na próxima semana para Cusco e o seu blog está sendo fundamental! As postagem são bem detalhadas e explicativas sem ficarem muito extensas nem cansativas. Parabéns!!
    Acabamos incluindo as salinas e Moray de última hora no nosso roteiro, mas acho que não vamos nos arrepender
    Você acha melhor reservarmos um dia só para elas ou incluí-las no tour ao vale sagrado? Temos um dia “sobrando”, então é possível irmos de proposito para lá, a dúvida é só se não estaríamos indo dois dias na mesma direção e seria melhor aproveitar a mesma viagem…
    Obrigada!

    • Oi Anna,
      Eu dividiria, viu? Acho que se você tem um dia sobrando, faça as coisas com calma. Senão você não conhece direito nem bem uma coisa, nem a outra, por ter que correr nas duas.
      Abraços.

  19. Marcello
    06/10/2015

    Olá Gleiber, primeiramente parabéns pelo seu blog, certamente será de muita valia para nossa viagem. Gostaria da sua opinião, se possível, quanto ao nosso roteiro, qualquer apontamento será bem vindo. Vamos em novembro:
    1 dia – city tour Cusco
    2 dia – vale sagrado + Feira de Awanacancha e Ollantayambo (pegar o trem para Aguas calientes) (pernoite em aguas calientes)
    3 dia – Visita MAchu pichu, (pernoite em aguas calientes)
    4 dia – retorno a ollantayambo e passeio a maras moray e minas sagradas
    5 dia – retorno ao brasil final do dia

    • Oi Marcello,
      Um bom roteiro. Corrido, claro, mas vai dar para ver bastante coisa.
      Abração.

  20. Úrsula
    12/10/2015

    Gleiber, ontem fiz o passeio nas Salinas de Maras e ruínas de Moray, adorei! Pra colaborar com seu post, a entrada para as salinas atualmente custa 10 soles e realmente não se pode descer mais nos círculos de Moray, mas andar em volta deles já vale a visita. Aproveitem pra comprar o sal rosado nas lojinhas das salinas, é super em conta! Os restaurantes do Gastón Acurio usam dele. 😉

    • Oi Úrsula,
      Que pena que não dá para ir lá no meio. Mas o mais bonito é do alto de qualquer forma. O sal eu tenho guardado até hoje, não tive coragem de consumir.
      Abraços.

  21. Renato
    21/05/2016

    Boa tarde a todos!! Precisava de uma opinião.. Vou com minha família fazer Machu Picchu e arredores, e estou em dúvida em 2 roteiros diferentes. Os 2 são parecidos, mas um deles reserva 1 dia todo para fazer Maras, Moray e Salineras, e o outro reserva um dia todo para fazer Lago Titicaca (voltando no outro dia). O que vocês recomendam? Qual dos 2 é mais imperdível? Poderia dar sua opinião?
    Muito obrigado!!!

    • Renato,
      Eu iria com calma e ficaria na região mesmo. O lago Titicaca é muuuuito longe, o que significa que vocês perderão muito tempo se deslocando para ir e voltar. Numa outra viagem você vai ao lago Titicaca, vai… Abraços.