Croácia – estreando aqui no blog

Nós já voltamos da Croácia há quase um ano. Mas só agora vamos começar a falar sobre o país. Agenda de blogueiro é assim mesmo… Até gostaríamos de ter mais tempo para escrever as nossas dicas, mas vamos então direto ao assunto do dia, um lindo país do sudeste europeu.

Catedral de São Marcos em Zagreb Croácia

Então para todos terem uma visão geral, resolvi publicar aqui esse artigo que eu escrevi para o jornal da sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul. Ele resume em linhas gerais as belezas do país e serve para deixar vocês com água na boca do que teremos pela frente.

Bora?

 

Croácia – um destino para todos os gostos

Foi-se o tempo em que a Croácia era um lugar exótico e misterioso num país longínquo. Bastou sacudir a poeira da guerra contra a vizinha Sérvia nos anos 90 e pronto! A costa do Adriático se transformou em um dos points mais badalados do verão europeu.

Um litoral recortado com mais de mil ilhas, baías, enseadas, praias desertas, mar calmíssimo, águas cristalinas e muito Sol não precisava de mais nada para ser um sucesso. Mas pasmem, o país ainda tem muitas outras atrações além de suas belezas naturais.

Litoral da ilha de Hvar Croácia

Poucos lugares do mundo conseguem agradar a tantos perfis diferentes. Se você quiser festas e agito, é o lugar perfeito. Mas se quiser paz e sossego, também. – Tenho só 3 dias! Tudo bem, vá a Dubrovnik. – Eu gosto é de castelos e história! Veio ao lugar certo. Quer passear de cruzeiro? Hospedagem rural? Montanha? Tem, tem e tem.

Estivemos lá por 6 dias. Foi pouco, mas conhecemos todos os lugares que queríamos. Incrível como um país com a mesma área do estado da Paraíba consiga reunir tantas belezas. Não é nenhum exagero dizer que um mês é pouco para conhecer tudo.

 

Dubrovnik

Dubrovnik é um capítulo bem preservado da história humana cercado de gente bonita por todos os lados. O mundo inteiro parece estar ali, apreciando os becos, as escadarias de mármore e telhadinhos cor-de-laranja que parecem ter sido talhados não para moradores, mas para nós que estamos de férias.

Dubrovnik

Para percorrer as muralhas medievais que cercam o centro histórico são 70 kunas (uns 25 reais). Acredite: você vai bater o recorde de fotografias tiradas por minuto em sua máquina digital.

Dubrovnik 2

Das lojas grã-finas aos albergues baratos, dos frutos do mar fresquíssimos ao sorvete da esquina, Dubrovnik exala alto-astral 24 horas por dia. Tiramos um dia para passear de barco, vejam só, em uma réplica de um galeão setecentista. O tour às ilhas Elaphite oferecia ainda almoço a bordo, visita a vilarejos perdidos no tempo e praias de águas mornas. Aprovadíssimo.

 

Split

A cidade natal do imperador romano Diocleciano guarda um imenso palácio de mais de 1700 anos incrivelmente bem preservado. Arrisco a dizer que suas ruínas estão mais inteiras que as de Roma. Passar um fim de tarde dentro delas em meio a restaurantes, vitrines e artistas de rua é bastante pitoresco.

Split

Apesar da boa vibe, da linda promenade à beira mar e da arquitetura veneziana do centro histórico, a maioria vem a Split mesmo é para pegar os ferryboats até as principais ilhas do país: Hvar, Brac a selvagem Korcula.

Split2

 

Hvar Island

Conhecida como a meca dos baladeiros, a ilha respira festa e azaração. Mas engana-se quem pensa que o turismo lá só vive disso. Afora os clubs a beira-mar cheios de gente jovem e endinheirada, há praias selvagens (de pedra ou areia, a escolher), passeios family-friendly pelas ilhas dos arredores e até, acreditem se quiser, campos de lavanda.

Hvar

Um conselho de ouro: fiquem ao menos 2 noites na ilha, porque Hvar merece ser conhecida com calma. Entretanto um alerta, ser o lugar da moda tem um preço: tudo ali é duas vezes mais caro.

Hvar 2

 

Lagos Plitvice

Para quem nunca ouviu falar, atenção! Há grandes chances de você, assim que ver umas fotos, desenvolver uma vontade imensa e irremediável de ir correndo para lá. O lugar é nada mais, nada menos que a atração natural mais bonita da Europa!

E por mais altas que fossem as minhas expectativas, eu ainda saí de lá muito mais surpreso e maravilhado do que eu poderia imaginar. Dezenas de lagos de uma cor inacreditável (azul? verde?), conectados por cascatinhas, cachoeiras e riozinhos completamente transparentes no meio de um vale verdejante.

Plitvice 2

Falando assim, parece simples, mas acreditem: não é. Ter sido a inspiração de cenário para o filme Avatar talvez seja uma descrição mais fidedigna. Eu, ao menos, me sentia em outro planeta.

Reserve todo o dia. Da capital Zagreb, o parque nacional está a 1:30h. De Split, 03:30h. Para conhecer tudo, a ajuda de barquinhos e de um ônibus elétrico já está incluída no preço. Mas não se engane, você vai passar 90% do seu tempo usando os pés como meio de transporte.

Plitvice

Há ao menos 6 opções de passeio para todo o tipo de disposição, conforme o tempo que tiver disponível. Fizemos a trilha de 4-6 horas e aproveitamos cada cantinho. 110 kunas que valeram muito à pena.

Andarilhos do Mundo nos Lagos Plitvice Croácia

 

Ficha Técnica – Croácia

População: 4.29milhões de habitantes
Língua: croata (ou sérvio-croata), mas todos que lidam com turismo falam inglês
Clima: verão muito ensolarado com pouca chuva e invernos úmidos
Moeda: kunas (1 euro equivale a 7,5kunas)
União européia: ingressou em julho de 2013.

Procurando um hotel no país? Se você usar nossa caixa de busca, a gente ganha uma comissão do Booking.com! Ajuda aeee!

Que ler mais posts sobre a Croácia? Clique no banner abaixo ou nos links relacionados a seguir:

andarilhos do mundo croacia e eslovenia

Veja mais:
Dicas do que fazer em Dubrovnik

Elafiti Islands num barco do século XVII
Praias urbanas de Split – dá para chamar aquilo de praia?
Medjugorje – um santuário da Virgem em plena Bósnia
Hvar em bate-e-volta: não faça isso!
+ Lagos de Plitvice – o lugar mais lindo da Croácia

Escrito por: Gleiber Rodrigues
Compartilhe:
comentarios:24
Posts Relacionados:
04
Jul
2013
24 comentários
  1. Nanda
    04/07/2013

    A Croácia está na minha “travel wishlist”! Mal posso esperar para ler os próximos posts!

  2. Manoela
    05/07/2013

    Gleiber, a Croácia é TUDO nessa vida! Amei muito e quero voltar um dia pois sei que as coisas para fazer são infinitas.
    Veja aqui meus posts de lá, sua opinião vai ser mega importante pra mim!!
    Bjos
    mANU
    http://manudooutroladodomundo.com.br/tag/croacia/

  3. Irapuan Ramalho Valverde
    05/07/2013

    Eestamos de viagem marcada pra lá, em outubro….queremos mais dicas!!!!

  4. Paula Brum
    05/07/2013

    Lindas imagens, como sempre! Aguardando o resto do relato de viagem! Abraços,

    Paula

  5. Fala Gleiber! Parabens pelo post! Ficou bem legal! Realmente a Croácia é uma pais maravilhoso!!! E como vc disse, é um destino para todos os gostos… Familia, casal e principalmente solteiros!

    Segue aqui um artigo que eu escrevi sobre as melhores baladas na Croácia! Acho que pode ser interessante para o seu publico tb…

    http://diversaonasuaviagem.com/melhores-baladas-croacia/

    Grande abraço!

    Ian

  6. Paulinho
    25/07/2013

    Consigo pegar algum Ferry Boat de DubrovniK para Hvar??
    Poderia me passar o preço e o tempo de viagem??

    Mto obrigado!!

    • Oi Paulinho,
      Eu ACHO que não dá… Hvar é bem longe de Dubrovnik. Os ferries que chegam na ilha vêm de Split, normalmente.

  7. Tamires
    20/11/2013

    Parabéns pelo blog! Estou fazendo intercâmbio na França e tenho uma semana de folga em fevereiro que eu queria aproveitar para fazer alguma coisa diferente. Cheguei no seu blog através do post da aurora boreal, mas a Croácia também é um lugar que queria muito conhecer. Você acha que é “perder a viagem” ir para a Croácia em fevereiro, no inverno?

    • Poxa, Tamires… Honestamente? Acho que no inverno é furada. O melhor da Croácia são as praias, o Sol… Não consigo imaginar uma viagem pra lá no inverno.

  8. Carol Akemi
    12/01/2014

    Oi Gleiber!
    Farei uma viagem no final de maio para Turquia e queria ficar uma semana na Grecia ou Croacia. Farei uma das duas esse ano e outra ano que vem.
    Na sua opiniao, qual voce faria primeiro?
    Em relacao aos precos, da praticamente igual, mesmo a Grecia ficando ao lado da Turquia.
    Obrigada
    Bjos
    Carol Akemi

    • Carol, eu amei a Croácia, mas a Grécia é muito mais fascinante. Com certeza iria para a Grécia primeiro. Sem pestanejar. Um beijão!

  9. Carlos Paiva
    07/04/2014

    Acabei de deixar a Croácia, Eslovenia, italia, Austria. Então me sinto a vontade para deixar minha impressão sobre estes países.
    Croácia, me encantei com as praias e os lagos de Plitvick, porém quero deixar bem claro que a sinalização esta péssima, deixei de ir a vários lugares por encontrar trilhas fechadas depois de andar vários km . Pode ser que a época de fui ( final de março14 ) não tenha sido a melhor época mas paguei o preço cheio ( 110 kunas ) e merecia ter melhor acolhida, mesmo assim o parque e as imagens que guardei sai lindas.
    Eslovenia, uma surpresa, que pais lindo que lugares maravilhosos, que rios claros, transparentes e limpos. É um pais que vale a pena ser explorado em seu todo, uma viagem a um só pais.
    Áustria. Estava em Udine e a recepcionista do hotel me recomendou ir a Tarvisio, que fica na fronteira com a Austria e a estação de esqui ainda estava aberta, lugar lindo. Na Volta como a fronteira da Austria fica a apenas 10 minutos, resolvemos almoçar na Austria, aí foi nosso grande erro. Como a fronteira é aberta não vimos onde comprar o selo e na volta tomamos uma multa de 120 Euros, uma sacanagem. Na Fronteira da Croácia com a Eslovenia, o pessoal da imigração recomenda comprar o passe no trailer que fica parado logo após a fronteira, coisa que não acontece na Austria, la eles te deixam entrar e na saída te enfiam a multa, muito espertos. É mais vantajoso cobrar 120 euros de um carro que vender vários selos a 7 euros. Fica aqui me protesto. Paizinho safado, não admito que digam que somos desonestos, eles são iguais ou piores, fazem a sacanagem e depois se lamentam dizendo que è a lei, tudo na maior educação.
    Em suma todas as viagens tem varias estória para contar e o que vale é o que fica na memória das paisagens, então viva o Brasil pois sabemos receber MUITO melhor que qualquer pais, pena que nossa infra estrutura seja do tempo da carruagem

    • Oi Carlos,
      Muito legal deixar esse depoimento e esse contraponto aqui. Afinal, às vezes uma pessoa tem mais sorte e outras tem mais azar. Generalizações nunca são saudáveis. Eu tenho sempre a impressão de que sou maltratado quando viajo no Brasil e bem tratado lá fora. Quer dizer, tenho essa mesma birra que você tem com os Austríacos, só que pelo italianos! Mas só para deixar claro. Eu vi o trailer de venda dos vignetes eslovenos. Parei e NÁO PERGUNTEI para ninguém se o meu estava certo e válido. Eu SUPUS (coisa da minha cabeça) e segui viagem, então MERECI a multa mesmo! Na Áustria eu já dirigi, mas o meu carro tinha vignette porque tinha sido alugado em Viena.
      Abração e mais uma vez obrigado por compartilhar sua experiência aqui com a gente!

  10. Eduardo Meira
    06/05/2014

    Sensacional seu blog. Estou com viagem marcada dos dias 18 a 31 de agosto e 11 desses dias serão na Croácia. Vou de carro da Alemanha, passando por Munique (preciso passar um dia lá) e Liubliana. Vou primeiro para Zagreb e depois não sei se sigo direto para Dubrovnik passando por dentro da Bosnia, conhecendo Sarajevo e Mostar ou se sigo de ZAgreb para os lagos Plitvice e depois seguir direto para Dubrovnik conhecendo o litoral subindo, para chegar no norte e ja seguir de volta para a Alemanha, onde sai meu voo em Frankfurt. O que voce recomenda? Um abraço e novamente parabéns pelos relatos!

    • Com certeza, vá para Plitvice e siga pelo litoral! Mostar é legal, mas depois de ler alguns posts sobre Sarajevo, não me empolguei muito não. Abração e boa viagem.

  11. Vanessa
    31/05/2014

    Olá Gleiber, parabéns pelo blog e relatos! Estou com uma viagem marcada para 26/07/14 na verdade comprei a passagem para Madri ida e volta em uma promoção e só agora estou montado o roteiro, ficarei 2 semanas e 3 dias na Europa. Quero muito conhecer a Itália, mas todas as minhas viagens precisam ter pelo menos 3 dias de praia, ai pensei em Grécia, Croácia, Chipre ou até mesmo Sardenha… O que vc acha? Estou bem perdida! obrigada, abraços!

    • Bem, eu conheço a Grécia e a Croácia (Chipre e Sardenha ainda não). Mas ambos países são perfeitos para curtir 3 dias ou até mais. No seu lugar, eu pegaria um voo direto para Dubrovnik e passaria lá os seus 3-4 dias de praia. Depois de conhecer bem a cidade, faça passeios bate-e-volta para ilhas e praias dos arredores. Em segundo lugar, Mykonos também seria uma boa pedida.
      Abraços

  12. Deise Cassol
    26/08/2014

    Boa tarde,

    Parabéns pelos relatos e pelas fotos. Estão me ajudando no meu roteiro!! Mas queria muito a ajuda de vocês, se for possível. Vou pra Croácia e Eslovênia em setembro/2014 e estou em dúvida quanto aos locais/praias/ilhas pra conhecer. Sairemos de Dubrovnik no dia 27/09 e minha intenção é no dia 27 mesmo ir pra Split e de lá pra Hvar. Lá ficaremos até dia 29/09, voltamos pra Split e de lá, vamos conhecer Plitvice Lake. Dá pra fazer tudo isso??

    Outra dúvida: pesquisei sobre Zlatni Rat e vi em um site que tem como conhecer essa praia partindo de Hvar. Dá pra fazer um “bate-e-volta” de Hvar pra Zlatni? Vale a pena?

    Desde já agradeço… Grande abraço

    • Oi Deise,
      Achei o seu roteiro bem legal. Sei que dá vontade de conhecer tudo em uma só viagem, mas quando a gente tem pouco tempo, precisamos organizá-lo bem. Se você tem só 2 dias para visitar Hvar, te aconselho a usá-los em Hvar mesmo. Mas se a sua vontade de conhecer Zlatni Rat é assim tão grande, a boa notícia é que dá para fazer bate e volta sim. Há passeios de um dia para Zlatni Rat também partindo de Split, caso ache mais apropriado.
      Abraços.

  13. Paulo
    27/03/2016

    Poxa, quero muito ir à Croácia. Já me programando.

  14. Karyne
    27/04/2016

    Oi Gleber,
    Parabéns pelo Blog…. adorei, será muito útil na minha viagem!
    Por um acaso você saberia me informar sobre a possibilidade e como faz para ir à ilha de Brac a partir de Split? Será que seria interessante passar uma noite por lá ou invés de um bate volta?
    Obrigada

    • Oi Karyne,
      Eu olhava sempre no site da Jadrolinja, a empresa de ferryboats mais famosa.
      Sempre que possível, pernoitar vale mais a pena, porque é longe e tem muita coisa para conhecer lá na ilha.
      Abraços.