Orongo e o Ritual do Homem-pássaro – Ilha de Páscoa

Orongo é um pequeno vilarejo erguido pelos habitantes originais da Ilha de Páscoa bem na borda do vulcão Rano Kau, num penhasco a beira mar com centenas de metros de altura. O trabalho dos arqueólogos reconstruiu o lugar e hoje podemos visitar a sede dos jogos olímpicos Rapa Nui – o ritual do homem-pássaro!

Orongo Aldeia Cerimonial Rapa Nui

Jogos Olímpicos, Gleiber? Agora viajou!

Tá bom! É mais um triatlo do que Olimpíada, mais bungee-jump do que saltos ornamentais e, principalmente, é mais briga de gangs do que tiro ao alvo. Mas era uma competição, era mortífera e até hoje nos deixa impressionados. Quer saber do que se trata?

 

Orongo: Onde Fica?

A aldeia cerimonial de Orongo, como eu disse acima, fica bem na borda do vulcão Rano Kau. Sobre Rano Kau, a gente escreveu um post exclusivo, se precisar de mais informações.

Orongo Localização

Bem no final da estrada vai estar o centro de visitantes, um lugar cercado e protegido para que a turistada não deprede o patrimônio histórico. Há guarda-parques e cobrança de ingresso. Ruim por um lado, mas por outro, oferece uma boa estrutura ao visitante.

Orongo Centro de Visitantes Ilha de Páscoa

Vários painéis explicam bem a finalidade da aldeia antes da chegada do homem branco na ilha, ou seja, sua importância para o povo Rapa Nui.

 

A Cerimônia do Homem-Pássaro

Quem assistiu aí ao filme Rapa Nui, de 1994? O filme faz uma reconstrução de época perfeita e se passa todo durante os preparativos para este ritual anual e termina com uma demonstração fiel do como ela deveria ser.

Infelizmente, quando o Chile ocupou a Ilha de Páscoa, a Igreja proibiu a continuação da cerimônia, que já se repetia há 400 anos.

Para resumir a coisa era o seguinte: os chefes de cada clã da ilha se reuniam em Orongo bem na véspera da chegada da Manutara, uma ave migratória que faz ninhos na ilhota de Moto Nui todos os anos.

Orongo Manutara

Vencia o torneio o primeiro chefe que descesse penhasco abaixo, nadasse até a ilha (com a ajuda apenas de uma prancha feita de uma fibra flutuante extraída da cratera de Rano Raraku – eu explico isso em um outro post), encontrasse um ovo no ninho e retornasse com o ovo intacto até a aldeia cerimonial.


Orongo from Andarilhos do Mundo on Vimeo.

É ou não é um triatlo? O mais mortífero é olhar o penhasco e imaginar os caras descendo aquilo e, pior, subindo de volta com um OVO na mão!

Orongo ilhas

O vencedor se sagrava o líder de todos os clãs Rapa Nui até a cerimônia do ano seguinte.

 

A Visita à Aldeia de Orongo

Depois de ler os painéis exibidos no centro de visitantes e que contam essa bela história, a gente pega um guia por escrito e vai seguindo a trilha numerada. A cada número corresponde um texto explicativo, o que dispensa a necessidade de guia turístico (se bem que com guia deve ser mais legal).

Orongo Parque Nacional

É impressionante o trabalho que os Rapa Nui tiveram em talhar a rocha em camadas finas para erguer suas cabanas. Se imaginarmos que não havia metais para construir ferramentas, tudo fica ainda mais intrigante.

Orongo Casa Rapa Nui Ilha de Páscoa

E os telhados gramados? Muito interessantes, deixa o lugar parecido com o Condado, onde viviam os Hobbits (do livro e filme “O Senhor dos Anéis”).

Orongo Construções Rapa Nui

As portas estão todas voltadas para o oceano, para que permitisse o avistamento das aves. E algumas cabanas foram deixadas do jeito que foram encontradas para termos uma ideia do trabalho de restauração que foi necessário.

 

Petroglifos – desenhos na pedra

Desenhos esculpidos na rocha fazem alusão à cerimônia e ao homem-pássaro, espécie de deidade na qual o vencedor do torneio se “transformava” por causa do valor sagrado e mágico da sua vitória numa tarefa tão arriscada.

Orongo Homem-Pássaro

Uma pena que o tempo e a chuva (sem falar nos vândalos do passado) estejam apagando os petroglifos a ponto de muitos deles estarem irreconhecíveis.

Orongo Petroglifos erodidos

Os melhores mesmo, inclusive, foram deixados numa área isolada e no dia da nossa visita, o acesso a eles estava proibido. Assim, a gente teve que se contentar com os desenhos exibidos no centro de visitantes mesmo.

 

O Moai Roubado

Em Orongo dá para ver uma plataforma cerimonial (um ahu) onde um dia esteve um moai de pé. Só que este foi roubado por uma expedição inglesa e está exposto do British Museum.  Pode?

394px-Hoa_hakananaiFonte: Wikipedia

Além de ser uma aula de história, Orongo se equilibra na borda do vulcão Rano Kau. Isso significa paisagens incríveis e ângulos dramáticos para fotografia.

Orongo Rano Kau Vulcão Ilha de Páscoa

Passeio aprovadíssimo!

Orongo Borda do Vulcão Rano Kau

Serviço

Aldeia Cerimonial de Orongo
Localização: 6km de Hanga Roa (estrada de terra) ou 3km (por trilha)
Ingresso:  US$ 60,00 se comprado na hora (vale também para Rano Raraku) e US$ 50,00 se comprado logo ao chegar no Aeroporto.

andarilhos do mundo banner ilha de páscoa

Mais sobre a Ilha de Páscoa? Clique no Banner acima e navegue no nosso índice de posts.

Escrito por: Gleiber Rodrigues
Compartilhe:
comentarios:4
Posts Relacionados:
24
Feb
2013
4 comentários
  1. Oi Gleiber,

    Muito bom o post! Tenho vontade de conhecer a Ilha, pena que não irei tão cedo! Só uma perguntinha: o vencedor é considerado líder até a cerimônia do dia seguinte, é isso mesmo? Tão pouco tempo! Um abração

    • Não!!!! A próxima cerimônia é só no ano seguinte, depois do pássaro ter abandonado a ilha e regressar novamente. Arrumei o erro lá no post! E obrigado pela visita!

  2. Boia Paulista
    25/02/2013

    Oi, Gleiber. Tudo bem? 🙂

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem. Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie – Boia Paulista

    • Eba!!!!! Uhuuul! \o/ Escrevi este post com muito carinho, sobre um dos lugares mais legais da Ilha. Que legal ver o reconhecimento de vocês! Até!