Hotel Contele Vladimir – Bran – Romênia

O Hotel Contele Vladimir foi um dos lugares mais legais que a gente ficou na nossa jornada pela Romênia. E antes de mais nada, quero já avisar que pagamos todas as nossas despesas para dormir lá. Logo este post não é um jabá!

Fachada do Hotel Contele Vladimir

Fica localizado no pequeno vilarejo de Bran, no condado de Brasov, na misteriosa Transilvânia, em um país longínquo chamado Romênia. A cidadezinha não tem nada demais, além de um castelo que é legal DEMAIS: o castelo de Bran, também chamado de Castelo do Drácula.

 

E por que duas noites justamente ali? Primeiro porque Bran é perto de tudo, perfeito para explorar os arredores (Brasov também se prestaria muito bem, para quem gosta de cidades maiores). Mas a verdade é que depois de ver as fotos da vista que o Hotel Contele Vladimir oferecia, nem pensamos duas vezes e fechamos na hora a reserva.

Vista do Castelo de Bran - Hotel Contele Vladimir Romênia

Quando estávamos planejando nossa viagem à Romênia, combinamos de evitar hotéis urbanos no que fosse possível. Eu entendo quem gosta de ficar em cidades, bem localizado, a poucos passos de tudo, mas é que a gente queria viver a experiência das fotos que tínhamos visto na internet: campos verdejantes, montanhas, casinhas coloridas ao longe…

Vista da cidade de Bran - Contele Vladimir

Queríamos também que, ao cair da noite, tivéssemos a sensação de estarmos na mesma Transilvânia que inspirou Bram Stocker a escrever o seu “Drácula”. E não ia rolar nenhum clima vampiresco ficando hospedado no meio do vuco-vuco.

Em toda a viagem, este hotel foi um dos que mais se aproximou dos nossos planos: confortável, afastado e com um excelente atendimento. Já disse que, além de tudo isso, ele ainda dá vista para o castelo de Bran?

Castelo de Bran visto ao longe - Romênia

 

Acomodações

Quartos espaçosos, com um baita banheiro, cortinas pesadas para dar um clima e uma daquelas camas de se esparramar. Pena que o colchão era um pouco duro demais para o nosso gosto. Uma garrafa do vinho “Prince Vlad” deu um toque “sui generis” à decoração. A sacadinha com vista para o vale era a cerejinha do bolo. Só não tinha ar condicionado, o que não fez falta.

Vinho Prince Vlad Bran

 

Atendimento

Destaque para a guria hiperativa deu todas as dicas e informações que a gente precisava com a simpatia que só o povo romeno é capaz de ter (uma figura, gente… precisavam conhecer! Pena que não me lembro do nome dela). O garçom era daqueles que, depois de conviver conosco por 2 dias, já parecia até amigo. Educado e eficiente.

 

Áreas Comuns

O quarto se abria em uma espécia de hall com sofazinhos e uma lareira (já fiquei imaginando voltar para ficar ali no inverno). Tem sacadas por todos os lados, estacionamento próprio, vista para o castelo, e um cãozinho São Bernardo tão manso que deu vontade de levar para casa…

São Bernardo

 

Café da Manhã

Delicioso e farto. E vou já adiantar uma coisa sobre nossos próximos posts… A gente sofreu bastante com os cafés da manhã pela Romênia. E este foi, praticamente, o último dos bons cafés da manhã que tomamos. As exceções em toda a viagem foram o Hotel Rembrandt de Bucareste (de onde tínhamos vindo) e o Hotel Siago em Cluj-Napoca, no último dia da viagem. Que saudade daquelas panquecas…

Café da Manhã do Contele Vladimir Bran

Café da Manhã do Hotel

Preço

Para os padrões romenos, dá para dizer que é o preço é salgadinho, pois há muitas outras acomodações bem mais em conta na própria cidade de Bran. Para os padrões brasileiros, uma pechincha. Pagamos o equivalente a 170 reais a diária, baratíssimo para o conforto que proporciona.

 

Localização

Não serve para quem gosta de fazer tudo à pé, pois fica a 1km da estrada (avenida?) principal da cidade de Bran, por um caminho de terra no alto de um morro. Era justamente o que a gente queria, mas não são todos que vão gostar. Para achar a rua certa é bem fácil, porque tem uma baita placa na estrada mostrando a entrada. Mesmo assim eu errei o caminho TODAS as vezes, claro…

Localização do Hotel Contele VladimirFoto do Google Street View 

Restaurante

Na nossa primeira noite em Bran, estávamos lá no centrinho e resolvemos jantar por lá mesmo. O Sandro e seu medo de não achar “comida de verdade” em lugares do estilo “resto-bar” resolveu se aventurar num restaurante bem ali no avenidão (a estrada). Era o restaurante do Hotel Hanul Bran.

Queríamos algo típico, mas a garçonete não falava inglês, e nem o menu. Para não arriscar, pedimos um grelhadão misto de carnes com fritas. Gorduroso, sem sal e mal passado. Não sei se foi o nosso mal humor, mas a gente não gostou e fomos embora deixando metade da comida para trás. Ainda bem que foi baratinho…

Comida no Restaurante Hanul Bran

No dia seguinte, resolvemos não arriscar e jantar no Hotel Contele Vladimir mesmo. Ambiente todo envidraçado, decoração legal. Aí, finalmente, conseguimos pedir pratos da autêntica culinária romena.

Cozido Transilvânia - Hotel Contele Vladimir

Comemos como reis, com direito a entrada, prato principal, sobremesa e apreritivo.

Comida boa na Romênia

A conta? Como sempre 1/3 do que custaria a mesma refeição num lugar equivalente do Brasil. Mais um ponto positivo para o nosso recomendadíssimo hotel!

Papanasi - sobremesa

 

Nossa Passagem pelo Hotel Contele Vladimir

No fundo, no fundo, acho que uma das coisas mais legais de ter ficado neste hotel, foi porque tudo deu certo por lá. Finalmente não tivemos nenhum perrengue, nenhum imprevisto. Até mesmo a nossa mala que havia sido extraviada pela Air France (veja nosso review da companhia áerea clicando no link) foi devolvida justamente ali, sem contratempos. No dia combinado, depois de voltarmos do nosso passeio, lá estava ela, intacta, nos aguardando já dentro do nosso quarto.

Tá certo que isso QUASE deu rolo, porque a mala estava no nome do Sandro e a reserva no hotel estava no meu nome.  Se não fosse o garçom estar por perto e se lembrar da nossa história triste, quase que eles mandam a bagagem de volta. Já pensaram?

E a única coisa triste da hospedagem a gente queria comprar umas 6-7 garrafas do vinho Prince Vlad e mandar entregar em casa, pelo correio. A taxa de entrega pelo correio romeno ia sair o dobro do preço do próprio vinho. Então, adivinhem? A gente só trouxe 2 garrafinhas para casa na mala mesmo…

E o melhor: Wi-fi free por todo o hotel!!!

 

Serviço

Hotel Contele Vladimir
Reitesti Bradul Inalt Street 61, Bran, Romênia
Tel:  (+4) 0268.237.247
E-mail: contact@cvbran.ro
Site: www.cvbran.ro

123x38_en_logo

Reserve este hotel pelo Booking.com
 (sim! eu ganho uma comissãozinha, hehehe)

 

 

Quer acompanhar a nossa série de posts sobre a jornada dos Andarilhos do Mundo na Transilvânia? É só clicar no banner abaixo!

andarilhos do mundo na transilvânia

Escrito por: Gleiber Rodrigues
Compartilhe:
comentarios:3
Posts Relacionados:
19
Oct
2012
3 comentários
  1. Elaine Castro
    20/10/2012

    Acho que vocês deveriam ter encarado a caminhada de 1 km da estradinha até o hotel…à noite! rs Se não encontrassem o conde Drácula, com certeza imaginariam um! Muito bom o post, mais uma vez.

    • Brigadão, Elaine! A gente fez tudo de carro! Tá achando que a gente ia dar mole com os nossos pescocinhos por aí??? A gente até caminhou um pouco à noite, mas só achamos um restaurante ruim mesmo… kkkkk

  2. Celina
    20/10/2012

    Adorei Gleiber! Ainda não tenho a Romênia no roteiro dessa próxima temporada mas só de saber que teve um hotel testado e aprovado por lá me dá mais ânimo. Já anotei no meu caderninho de possibilidades.
    bjs