Usina de Itaipu e meus flashbacks de infância #BlogTurFoz

Demorei tanto para falar do passeio turístico à usina de Itaipu porque este foi um lugar muito especial para mim. Queria que o texto fosse perfeito, que as fotos fossem bem representativas e que todos sentissem um pouco do que eu senti ao caminhar por lá.

entrada do circuito especial dentro da usina de itaipu dani blogturfoz

Descobri que não ia conseguir, infelizmente.

Afinal, quem aí também tem um pai barrageiro? Quem aí já morou às margens de um reservatório? Quem aí teve a cidade de nascimento determinada por uma usina? Quem aí tem 8 tios que moram ou moraram em cidades à beira de uma hidrelétrica?

listas de hidreletricas da anna itaipu blogturfozNão sei se dá para ler esse cartaz aí, que a Anna clicou lá no topo da barragem:
1) Marimbondo – tenho 4 tias que moram lá.
2) Tucuruí – onde morei de 1980-89, onde operei minhas amígdalas, onde minha irmã nasceu.
3) Emborcação – onde nasci, em 1979.
4) Furnas – tenho um tio que mora lá.

E de repente, lá estava eu, com outros 13 blogueiros, adentrando uma das 7 maravilhas da engenharia mundial… Mas flashbacks da infância e uma saudade imensa de papai e mamãe, isso tenho certeza de que só eu senti.

Quando chegamos à usina de Itaipu, percebemos que o atendimento ao turista é super organizado. Fiquei pensando: no passeio equivalente lá em Tucuruí, no Pará, será que a gente também é mimado assim? Ou melhor, será que existe um passeio equivalente? Alguém aí podia descobrir e botar nos comentários, né?

Tucuruí – 1984 – Imagem by Alderico Rodrigues

Assistimos primeiro a um vídeo e depois começamos o circuito especial a bordo de um ônibus panorâmico. Percorremos o parque verde enquanto eu imaginava o canteiro de obras a céu aberto que outrora existiu. Quanto suor foi derramado ali por pais de amigos meus, hein seu Ascânio?

No caminho, passamos (só passamos, não paramos) pelo canal da Piracema e pelo mirante do vertedouro. Estas atrações a gente pode conhecer melhor durante o tour de Veículo Elétrico, que já contei aqui no blog.

pulando no mirante do vertedouro com o logo de itaipu blogturfozMirante do vertedouro

Mirante Central da Usina de Itaipu

Primeira parada: pausa para fotos e para o deslumbre. As pessoas costumam se surpreender nesse ponto. Afinal, quem diria que metal e concreto represando o grandioso rio Paraná pudessem criar uma paisagem tão bonita?

mirante central itaipu blogturfoz

Tirei uma foto com o celular, joguei no Instagram, mas mandei também num SMS para a minha irmã, lá em Minas Gerais. Em poucos minutos, a resposta: “papai mandou perguntar onde é que você anda! Tucuruí?” Qualquer semelhança com as imagens de onde meu pai trabalhou 9 anos de sua vida não é mera coincidência…

Foto de Instagram tirada no mirante central da usina de Itaipu BlogTurFoz

Ali por perto, disputando a atenção dos turistas embasbacados com a grandiosidade da usina de Itaipu em si, tinha um boneco estranho feito de sucata.

O barrageiro itaipu blogturfoz

Ao lado, um painel multicolorido, que poucos paravam para fotografar.

painel do barrageiro em itaipu blogturfoz

Ambos são uma homenagem à figura do barrageiro! Este sim o verdadeiro homem de aço, vivendo longe da família, fazendo hora extra e virando turnos (uma semana de dia e outra de noite, né tio Paulo?) para que tudo funcione impecável, sem erros.

 

Topo da Barragem de Concreto

Bem no topo da barragem fica reservatório de um lado e rio Paraná lá embaixo do outro. A altura daquilo é, tipo, proibida para quem tem medo de altura!

no topo do reservatorio de itaipu blogturfoz

Esse desnível é o que permite que a água do rio Paraná, caindo por dentro daqueles dutos brancos, gire as turbinas e gere energia elétrica!

em foz like a boss ate em itaipu luiz blogturfoz

A rua que passa pelo topo da barragem, ligando Brasil e Paraguai (a usina de Itaipu é binacional, lembram?) não é de livre acesso a carros comuns. Bem diferente de Tucuruí, lá no Pará. Se eu não estou enganado, pelo topo da barragem passa uma larga rodovia, onde qualquer mortal podia parar para tirar fotos.

abbey road itaipu mauricio blogturfoz

Ao menos era essa a estrada que a gente pegava para ir à praia de água doce no inverno às margens do rio Tocantins… (para quem não entende de Amazônia, inverno é a época da estiagem em que o nível baixo do rio revela várias praias, dunas e lagoas).

Querem saber uns números? Sabiam que a vazão das cataratas inteiras cabem em 2 dos 20 condutos forçados de Itaipu? É por isso que dá para fazer hidromassagem só de deitar em cima deles!

massagem nos condutos forcados em itaipu blogturfoz

 

Dentro da Usina de Itaipu

Hora de entrar dentro da barragem de concreto! Capacetes na cabeça (óbvio né, em outro lugar é que não ia ser!)! Mas nos velhos tempos ninguém usava gorros cirúrgicos por baixo. Minha memória pode estar falhando, mas parece que papai chegava no fim de tarde sempre trazendo o dele debaixo do braço. Mas trabalhando no laboratório, por que ele precisava de capacete? Deixa prá lá…

Esta é uma zona industrial, cheia de tubulações, ruído, concreto e abismos de 196m de altitude. Uma pedrinha que alguém deixe cair lá em cima pode ser fatal para o cara que estiver dando sopa lá embaixo.

escadarias dentro da usina de itaipu dani blogturfoz

E apesar de tudo isso, a usina de Itaipu mostra ser exemplo em segurança! Tudo bem pensado para a sua proteção: grades, sinalização de risco, telefones de emergência…

Só não foi projetada à prova de blogueiros, ehehehe

coqs provocando um desastre na usina de itaipu anna blogturfoz

E a gente se divertiu muito, explorando esse cenário de game de ficção científica, com corredores labirínticos, elevadores com números esdrúxulos, e nomes de sala codificados (o que diabos quer dizer Cota 108???).

Até uma sala de controle, metade brasileira e metade paraguaia eles têm. Não é o máximo?

E aí chega a hora de ver uma turbina em funcionamento. Entramos num elevador claustrofóbico (nem tanto, vai…) e descemos uns milhares de metro abaixo do nível do solo (era o que parecia, porque demorou uma eternidade).

Lá embaixo, um calor dos infernos (será que descemos tanto assim?).

Qual desses liga o ar condicionado?

E eu tendo flashbacks da excursão da 2a série vendo aquela mesma turbina girar (não era A MESMA turbina, lógico! Vocês entenderam!). Como é que a professora fazia para controlar 30 diabinhos correndo para baixo e para cima sem que ninguém tentasse botar a mão no motorzinho, hein?

E assim terminava o nosso passeio, com uma pitada de decepção…

 

Vertedouro

É que a minha principal lembrança de visitar a barragem de Tucuruí (seja com a escola, seja com o meu pai) era de ver o arco-íris se formando daquela cachoeira gigante derramando a água de dezenas de cataratas rio abaixo.

Foto by Alderico Rodrigues (meu pai!) – todos os direitos reservados (e sem instagram!)

A névoa que subia era tão forte que ininterruptamente formava nuvens na direção do céu! E não me lembro de ver as comportas fechadas nenhuma vez. Se algum dia isso aconteceu, não avisaram ao piá aqui pelo menos…

Na usina de Itaipu é diferente, os showzinho só rola umas poucas vezes ao ano, quando o rio Paraná está ameaçando transbordar de tão cheio. E dessa vez a gente não teve a sorte de ver…

Vertedouro de Itaipu fechado… 🙁

Outra coisa que não deu tempo de conhecer foi a “Iluminação Monumental” durante a noite. Este passeio foi feito pelos blogueiros do BlogTurFoz 1 e deve ser muito legal!

Mas é bom a gente não fazer tudo para ter a desculpa para voltar um dia. Ou quem sabe, depois de 22 anos voltar a Tucuruí como turista… Vamos Gi?

Eu e minha mana em Tucuruí, dezembro de 1984

 

SERVIÇO

 

Itaipu Turismo

Circuito Especial: diariamente às 8h, 8h30, 10h, 10h30, 13h30, 14h, 15h30 e 16h, duração 2:30
Visita Panorâmica: saídas diárias de hora em hora das 8-16h, duração 1:30h
Tour Veículo Elétrico

Outros Tours: Pólo Astronômico, Refúgio Biológico, Eco Museu e Iluminação Monumental.
Site Oficial: https://www.turismoitaipu.com.br/
Fanpage no Facebook: https://www.facebook.com/turismoitaipu
Twitter:  @turismoitaipu
Telefone: 0800 645 4645
Email:  
turismoitaipu@turismoitaipu.com.br

siga itaipu no twitter e no facebook jonathan blogturfoz

Clique no banner abaixo para conferir nosso índice com todos os artigos sobre essa viagem:
BlogTurFoz5 - barra

Participaram do 2º BlogTurFoz de 13 a 18 de Março de 2012

Os Blogueiros – Alexandra Aranovich (Destemperadinhos e Café Viagem), Anna Martinelli (Finestrino), Beatriz Mignolo (Viaje no Detalhe), Cidilan da Apresentação (Se Pluga no Mundo), Clarissa Comim (Viagem e Viagens), Daniella Mendes (Dicas e Turismo), Gleiber Oliveira (Andarilhos do Mundo), Jonathan Pádua (Eu Vou de Mochila), Luiz Jr (Boa Viagem), Marcos Coqs (Blog Viajão), Maurício Oliveira (Aventureiros), Monique Ribeiro (Diário Radical), Roberta Martins (Territórios) e Vivian Dornelles (Dicas de Viagem)

Realização: Trilhas e Aventuras e Loumar Turismo em Foz do Iguaçu
Patrocínio: Hotel Bella Italia e Itaipu Binacional
Apoio: Gol Linhas Aéreas Inteligentes

Os Parceiros – Churrascaria Rafain Show – CityTour Histórico – Hotel Águas do Iguaçu – Restaurante Bufalo Branco – Cataratas do Iguaçu – Trilha do Poço Preto – Macuco EcoAventura – Restaurante Porto Canoas – Parque das Aves – Cataratas Argentina – Iguazú Argentina – Restaurante La Selva – Gran Aventura – Iguassu Jungle Explorer – Shopping Del Este – SAX Department – Dutty Free Shop Argentina – Restaurante El Quincho Del Tio Querido – Rafain Chopp – Woods – Cataratas JL Shopping

Apoiadores – MolecoPulp EdiçõesZupper

Dica: Saiba mais sobre o Projeto BlogTur e leve essa Ação de Marketing de Turismo para promover o seu destino nas mídias sociais. Acompanhe o evento pelo Twitter através da Hashtag #BlogTurFoz e as atualizações na Fanpage do BlogTur no Facebook.

 

Dedico esse post a você, pai. Barrageiro e homem de aço, tenho muito orgulho da história da nossa família!

Escrito por: Gleiber Rodrigues
Compartilhe:
comentarios:19
Posts Relacionados:
15
Jul
2012
19 comentários
  1. Cara, ficou lindo o post!
    O BlogTurFoz proporcionou a você uma verdadeira viagem no tempo.
    Parabens Gleiber! 😉

  2. kkkkkkk, fantástico o flashback!!!

    Adorei o post!!!

  3. Jennefer
    16/07/2012

    Nossa q delícia este post. Deu uma sôdade d’ocê, sô!

    • Jen, meu amore!!!! Que saudades digo eu! Passei tão rapidinho em Uberaba da última vez… Um beijão!

  4. Turismo Itaipu
    23/07/2012

    Oi Gleiber,

    Muito legal o Post. Não sabíamos que sua família era tão ligada a construção de usinas. Na próxima visita, além da Iluminação da barragem, aproveite para conhecer o Ecomuseu e o Espaço do Barrageiro, que foi restaurado no Parque Tecnológico Itaipu. Certamente lhe trará mais boas lembranças do passado.

    Já estamos esperando sua próxima visita com a família!

  5. Marcelo Silva (@marcelosilva79)
    26/07/2012

    Gleiber, gostei muitíssimo desse post! Certamente compartilho contigo todos esses sentimentos nostálgicos… Eu nasci em Foz e ainda não conheço, acredita? Agora que estou mais perto não vou perder tempo e conhecer tudo que puder. Graças às suas dicas vai ser mais fácil, rs… parabéns pelo excelente trabalho e um abração meu amigo!

    • Hehehe É bom reviver boas lembranças de vez em quando, né Fozdoiguaçuíno? ;P Abração cara, e seja sempre bem vindo ao blog!

  6. Zarife Soraya
    03/08/2012

    Adorei rever a usina de Tucuruí.

    • Olá! Você conheceu Tucuruí? Morou lá também?

      • Zarife Soraya Silva Novaes de Souza
        30/11/2013

        Conheci. Morava na cidade. No bairro Jardim Paraiso. Estudei no Plácido de Castro e no Jorge Antonelo além de participar do Grupo de Escoteiros Parakanã. Morei de 1979 a 1991. Hoje moro em Itabuna-Bahia.

        • Oi Zarife! Que legal, lembro que fiz catequese no Plácido de Castro… Mas fui embora na 4a série, por um ano não fui para o Jorge Antonelo também… Boas lembranças, né?

  7. Ascânio Mário da Silva
    12/08/2012

    Dr. Gleiber.
    Estou muito emocionado com seu blog; uma vez que passei 10 anos de minha vida profissional nesta majestosa construção que foi ñ só uma escola da Eng. Brasileira; como tambem uma oportunidade de eternizar e evoluir nossos
    conhecimentos neste maravilhoso e interminável mundo do conhecimento tecnologico.
    Louvo e agradeço sua disposição por esta fantástica realização; e, ainda lá em Foz é um lugar especial para mim, pois lá nasceram Marcelo e Renata.
    Um grande Abraço; e, que nunca pare em suas Gloriosas realizações.
    Seu Amigo.
    Ascânio Mário da Silva – em Itaipu de 1976 à 1987.

    • Seu Ascânio!!! Que honra ter você aqui pelo nosso blog!!! Visitar a Itaipu é isso: ver que a tecnologia nesse país cresceu graças a pessoas como o Senhor! Saudades!

  8. isabela alves fernandes da silva
    23/10/2014

    Oi,
    muito legal as imagens e tudo que você comentou,ontem mesmo meu professor deu uma palestra sobre itaipu eu fiquei facinada…Quero cursar engenharia civil e logo conhecer este lugar maravilhoso

  9. Paiva
    22/05/2015

    Bom dia, em Tucuruí também existe visita turística à Usina, mas com certeza não se dá tanta atenção aos turistas como em Itaipú.

    • Que legal! Seria massa se eles montassem um estrutura parecida. Porque Tucuruí é lindo!!
      Abraços.