Cataratas pelo lado Argentino #BlogTurFoz

Acho que não é novidade para ninguém que as Cataratas do Iguaçu são uma das sete maravilhas da natureza. Mas o que nem todo mundo sabe é 75% das quedas não ficam no Brasil. Sim, amigo! Rixas com os hermanos à parte, se você não conheceu as cataratas pelo lado argentino, então faltou muuuuita coisa para ver.

Nos admirando o circuito superior Cataratas lado argentino Parque Nacional Iguazu BlogTurFoz Mauricio

E eu nem vou ficar aqui comparando qual lado é melhor. Óbvio que é o brasileiro, né? Ou você acha que eu ia ser antipatriótico aqui no blog, na frente de toda a internet? Mas cá entre nós, aqui sem ninguém ouvir, que eu gostei mais do lado argentino, ah eu gostei!

Entrada do Parque Nacional del Iguazú

Prepare-se para vir cedo. São tantas atrações e tanta coisa para fazer que você vai querer aproveitar bem o seu dia. Isso sem falar dessas coisas chatinhas de atravessar a fronteira e mostrar documentos, que também consomem um pouco de tempo.

Bandeira Lado Argentino das Cataratas Parque Nacional del Iguazu BlogTurFoz Dani

Na entrada do Parque, vemos uma estrutura digna de quem está acostumado a receber milhares e milhares de visitantes do primeiro mundo. É bem verdade que o lado brasileiro não perde em nada nesse quesito. Mas é sempre bom elogiar quando vemos uma coisa boa, né?

Placa de entrada do Parque Nacional Iguazu na Argentina Jonathan BlogTurFoz

E agora, por onde começar? Deem uma olhada no mapa e vocês entenderão fácil porque recomendo tanto conhecer as cataratas pelo lado argentino. Olhem só o tiquinho de nada que representa a trilha do lado brasileiro!

Mapa completo do Parque Nacional del Igazu - Cataratas pelo lado argentino blogturfozClique para ampliar

São tantas opções que é preciso um pouco de foco para seguir uma sequência lógica. A gente foi guiado pela experiência da Loumar Turismo então pegamos o trem rumo à nossa primeira trilha.

Andando de trem Lado Argentino das Cataratas Parque Nacional del Iguazu BlogTurFoz

Isso mesmo, tem trenzinho! Não é o máximo?

 

Garganta del Diablo

Rumamos direto para a Estação Garganta del Diablo (fica legal assim em espanhol, né?). E lá fica uma das trilhas mais loucas que já vi. Andamos quase o tempo todo em passarelas suspensas, atravessando trechos do rio Iguazú e pequenas ilhotas.

Turistas caminhando pelo trilha suspensa em direcao a garganta do diabo no lado Parque Nacional del Iguazu Argentina blogturfoz

O legal é que essas passarelas tornam a visita acessível a cadeirantes. Já no lado brasileiro, a área sem escadas é beeeem menor.

Prepare-se para muito verde, animais silvestres, águas transparentes e muito sol no lombo. Não é uma trilha exatamente curta, mas é tão agradável que a gente nem vê o tempo passar. Dá vontade de tirar foto de tudo.

Animais no Lado Argentino das Cataratas Parque Nacional del Iguazu

E ao final, amigo: lá está a grandiosa, monumental, a esplendorosa garganta! E para quem acha que é só do lado brasileiro que a gente se molha, reparem nos pingos na lente.

Muita agua na garganta do diabo Parque Nacional del Iguazu Argentina blogturfoz

Visao da garganta do diabo Lado Argentino das Cataratas Parque Nacional del Iguazu BlogTurFoz Dani

A visão, entretanto, é bem diferente da do Brasil. Aqui você a vê do alto, por cima. Não é tãaaaao bonito, mas o som estrondoso das águas é igualmente impactante. Dá vontade de passar o dia ali.

Garganta do diabo vista do topo Parque Nacional del Iguazu Argentina blogturfoz

 

Paseo Ecologico nas Cataratas pelo lado Argentino

O Parque Nacional del Iguazú tem várias opções de tours além da simples admiração dos saltos. Durante o #BlogTurFoz, tivemos a oportunidade de fazer o Paseo Ecologico, que nada mais é que um passeio em um bote pelas águas calmas do rio Iguaçu.

Passeio de barco Lado Argentino das Cataratas Parque Nacional del Iguazu BlogTurFoz

Enquanto deslizamos serenos pela parte alta do rio, vamos ouvido as histórias do guia que vai remando. Às vezes dá para avistar algum jacaré ou outros animais selvagens. Mas fora isso, é um passeio bem sossegado. Talvez até um pouco sossegado demais, hehehe.

 

Circuito Superior

Pegamos o trem de volta até a Estação Cataratas para fazer o Circuito Superior. É por causa dessa trilha que recomendamos tanto a tal visita das cataratas pelo lado argentino.

Eu posando ao lado das cataratas Parque Nacional del Iguazu Argentina blogturfoz

É que o caminho vai serpentendo no meio das quedas, entre mirantes e mais passarelas suspensas…

Mil e uma trilhas suspensas Cataratas lado argentino Parque Nacional Iguazu BlogTurFoz Mauricio

Até que, quando você percebe, está imerso no meio delas.

Cataratas vista do Circuito Superior Parque Nacional del Iguazu Argentina blogturfoz

Cercado de verde, de beleza, de água, de vida.

Visao de quem esta fazendo o circuito inferior Cataratas lado argentino Parque Nacional Iguazu BlogTurFoz Mauricio

É como disse a minha amiga Alexandra Aranovich no post que ela escreveu em seu blog Café Viagem: é como estar no palco e fazer parte da próprio espetáculo. Lindo, lindo demais.

 

Circuito Inferior

E se você tiver ainda fôlego e disposição, dá ainda para se embrenhar mais no meio da mata subtropical descendo para vê-las de baixo. É o circuito inferior, com várias e várias opções de caminhos.

Vista das cataratas por quem esta no circuito inferior Cataratas lado argentino Parque Nacional Iguazu BlogTurFoz Mauricio

Se os outros passeios eram acessíveis a cadeirantes, neste há escada a dar com pau! Há diversos roteiros, bom para se perder. E se você está pensando em fazer o Tour Gran Aventura (aquele em que o barco entra DEBAIXO das quedas!), saiba que o caminho de volta passa obrigatoriamente pelas trilhas desse circuito.

Cataratas com arco-iris Parque Nacional del Iguazu Argentina blogturfoz

Para quem está achando pouco, ainda é possível atravessar de barquinho (não se paga nada a mais para usá-lo) até a Isla de San Martín, onde há mais trilhas e cascatas a desbravar. Mas essa parte nós, infelizmente, não fizemos.

 

Sendero Verde e Restaurante La Selva

A essas alturas já eram quase duas da tarde quando a gente voltou para almoçar no restaurante La Selva, o mais bem estruturado do parque. Depois de ver que o próximo trem ainda demoraria uns 20 minutos para nos levar da Estação Cataratas para a Estação Central (onde estava a comida nos esperando!), resolvemos ir à pé mesmo!

Há um caminho chamado Sendero Verde, de apenas 800m que comunica essas duas estações. Mas a dica aqui é passear pela trilha com um pouco mais de calma, apreciando a paisagem. A gente correu tanto, mas tanto, que acho que ninguém atinou de tirar uma foto sequer, acreditam? Isso é que é fome!

Restaurante La Selva Parque Nacional Iguazu Cataratas Argentina Blogturfoz Anna

E naquele calorão, depois daquela correria toda, entrar no ambiente climatizado do La Selva, foi como chegar a um oásis em pleno deserto. O buffet não era lá grandes coisas, mas a parrilla, como sempre, impôs respeito e tinha lá o seu valor.

Buffet do restaurante La Selva Cataratas lado argentino Parque Nacional Iguazu BlogTurFoz Mauricio

Comi tão rápido que nem lembro o que tinha. E de barriguinha cheia, aproveitamos para descansar um pouco, nos refrescar no ar condicionado e tirar fotos pulando (oi?).

Os mano no restaurante La Selva BlogTurFoz

Mas Foz do Iguaçu e seus arredores tem a incrível capacidade de surpreender a gente a cada novo passeio. Para quem achou que admirar este espetáculo das cataratas pelo lado argentino já era prodígio o bastante, espere para ver o post que conta o que fizemos a seguir, depois desse almoço…

Vou deixar vocês curiosos agora, hein? Não perca o próximo capítulo dessa saga!

asminapira no Havana Lado Argentino das Cataratas Parque Nacional del Iguazu BlogTurFoz Dani Encerramento do dia no Havana para provar que estávamos na Argentina mesmo!

 

Clique no banner abaixo para conferir nosso índice com todos os artigos sobre essa viagem:

BlogTurFoz5 - barra

Participaram do 2º BlogTurFoz de 13 a 18 de Março de 2012

Os Blogueiros – Alexandra Aranovich (Destemperadinhos e Café Viagem), Anna Martinelli (Finestrino), Beatriz Mignolo (Viaje no Detalhe), Cidilan da Apresentação (Se Pluga no Mundo), Clarissa Comim (Viagem e Viagens), Daniella Mendes (Dicas e Turismo), Gleiber Oliveira (Andarilhos do Mundo), Jonathan Pádua (Eu Vou de Mochila), Luiz Jr (Boa Viagem), Marcos Coqs (Blog Viajão), Maurício Oliveira (Aventureiros), Monique Ribeiro (Diário Radical), Roberta Martins (Territórios) e Vivian Dornelles (Dicas de Viagem)

RealizaçãoTrilhas e Aventuras e Loumar Turismo em Foz do Iguaçu
PatrocínioHotel Bella Italia e Itaipu Binacional
ApoioGol Linhas Aéreas Inteligentes

Os Parceiros – Churrascaria Rafain Show – CityTour Histórico – Hotel Águas do Iguaçu – Restaurante Bufalo Branco – Cataratas do Iguaçu – Trilha do Poço Preto – Macuco EcoAventura – Restaurante Porto Canoas – Parque das Aves – Cataratas Argentina – Iguazú Argentina – Restaurante La Selva – Gran Aventura – Iguassu Jungle Explorer – Shopping Del Este – SAX Department – Dutty Free Shop Argentina – Restaurante El Quincho Del Tio Querido – Rafain Chopp – Woods – Cataratas JL Shopping

Apoiadores – Moleco – Pulp Edições – Zupper

Dica: Saiba mais sobre o Projeto BlogTur e leve essa Ação de Marketing de Turismo para promover o seu destino nas mídias sociais. Acompanhe o evento pelo Twitter através da Hashtag #BlogTurFoz e as atualizações na Fanpage do BlogTur no Facebook.

Escrito por: Gleiber Rodrigues
Compartilhe:
comentarios:2
Posts Relacionados:
18
Jul
2012
2 comentários
  1. Dani
    30/09/2015

    Oi Gleiber, tudo bem?
    Vou por conta própria, sem agência de turismo. Vc teria alguma dica pra me ajudar de como chegar ao Puerto Iguazú e ao Parque Nacional Argentino?
    Eles são de fácil acesso? Há ônibus fazendo essa rota?
    Obrigada pela atenção

    • Oi Dani,
      Há ônibus sim. Mas não sei como é. Da primeira vez fui com uma agência de turismo fazendo os traslados e na segunda vez, fomos de carro alugado.
      Abraços.