Deixe seu Coração em San Francisco

Mais um texto (e fotos) do grande Molina. Com vocês, o nosso colunista caixeiro viajante de Uberaba:

San Francisco, Califórnia… Uma cidade para se apaixonar. Assim começo o relato e dicas para uma cidade que simplesmente me encantou.


A emblemática Golden Gate

Mas acho que seria melhor começar falando com chegar a San Francisco.

Se este for o seu destino partindo de São Paulo, poderá ter várias opções. Não há voo direto, ou seja, terá pelo menos uma conexão que poderá ser Miami, New York, Chicago (a que fizemos), Houston, Dallas, Atlanta ou Lima (caso seu voo seja pela LAN).

Sugiro muito cuidado na conexão, pois terá que passar pelo serviço de imigração em uma destas cidades americanas, o que pode demorar um pouco, além de ter que retirar a bagagem e fazer novo despacho.

No meu caso, acabei perdendo a conexão em Chicago, tendo que embarcar no próximo voo (ainda bem que havia um nos próximos 50 minutos). Os voos domésticos nos EUA, mesmo os não low cost, não têm serviço de bordo incluso tendo que pagar pela comida e bebida. Dica: Coma no aeroporto!!!!

 

Chegando em São Francisco

O Aeroporto internacional de San Francisco fica a 22Km de San Francisco. Uma corrida de taxi até a região central deve lhe custar aproximadamente 45 dólares.

Os Inúmeros hotéis, na grande maioria localizados no centro da cidade (região de Union Square), não deixarão o turista na mão. Quanto mais próximo desta região mais fácil será para transitar na cidade.


Union Square

 

San Francisco

San Francisco é uma cidade de aproximadamente 850.000 habitantes fixos, porém durante o dia pode chegar a 2 milhões, devido às pessoas que vem trabalhar na região. Quem for a SF e andar pelas ruas poderá me chamar de mentiroso devido à tranquilidade que é circular na cidade, nos remetendo a cidades do interior.

Uma cidade de clima agradável que, se não fosse pelas 43 montanhas e colinas, daria para fazer tudo caminhando. Sugiro uma semana de caminhada e step antes da viagem para enfrentar os “morros” e não chegar com a língua pra fora pedindo arrego.


Ruas tranquilas…

Tive o privilégio de ficar hospedado num luxuoso hotel da década de 40, todo restaurado, mostrando seus salões enormes e localizado em um dos pontos mais altos da cidade de onde se pode ter uma vista fantástica da cidade (Fairmont Hotel).

Uma boa dica para este hotel é entrar no site e se cadastrar no President Club, pois assim não pagará a taxa de 14 dólares por 24h de internet.


Fairmont Hotel

 

Conhecendo o terreno

Gosto muito de chegar a uma cidade e fazer um city tour naqueles ônibus abertos – City Sightseeing. É interessante, pois você terá uma visão panorâmica da cidade e poderá escolher onde quer voltar. No caso de SF há quatro rotas (Goden Gate, Downtown, Golden Park e city tour noturno). Pelo menos o Golden Gate é obrigatório, pois nesta rota se cruza a ponte chegando ao outro lado da baía.

Outro passeio imperdível é alugar uma bicicleta na região de Little Italy e seguir para a orla em direção à Golden Gate Bridge. Avistar a bela ponte de colunas vermelhas não deixa de ser emocionante. Obrigatório cruzar a ponte sentindo a brisa e observar lá de cima a vista que terá de toda a baía de San Francisco.

Na volta, circule pelas ruas do bairro de Little Italy, pare para um café ou ainda um excelente chocolate na Ghirardelle. Visita obrigatória ainda é a rua mais famosa de San Francisco, a Lombard Street, considerada a rua mais “torta”do mundo, devido as suas 11 curvas com canteiros floridos. Não aconselho descer por ela de bicicleta… Ai só o chão será o limite.

 

Cable Car

San Francisco guarda ainda na memória e nas ruas Powell Street e California Street três linhas de bondes puxados por cabos subterrâneos, por isso são chamados de Cable Car.

Bondes charmosos, originais desde 1873 podem te conduzir por alguns trechos da cidade. Alguns condutores podem fazer a viagem com um pouco mais de emoção, principalmente ladeiras abaixo.

 

Fisherman’s Wharf

Muito conhecida esta região, por ser a mais turística de todas em SF. Aproveite pra comprar souvenirs e almoçar em um dos restaurantes ali localizados. O The Franciscan é um dos mais famosos, onde é possível se deliciar com frutos do mar frescos e King Crab, aqueles carangueijos gigantes.


The Franciscan Restaurant

Também na região dos piers é possível fazer um passeio de barco sendo o mais rápido de aproximadamente 2 horas sob a Golden Gate Bridge e ao redor da ilha de Alcatraz, antigo presídio de segurança que hoje está aberto à visitação.


Alcatraz

 

San Francisco Forever

Outros pontos que são imperdíveis em San Francisco são a região de Chinatown com sua colônia de imigrantes asiáticos, onde há inúmeras lojas e restaurantes. A Coit Tower em Telegraph Hill, a bela Union Square com seus edifícios em volta onde há as lojas das grifes mais famosas do mundo e a loja de departamento americana mais conhecida por seus bons preços e promoções (Macy’s).

O Golden Park na região de Presídio é belíssimo e não é somente parque. Nele há Memoriais, Museus, um lindo jardim japonês e a Chinese Tea House.


Moinho do Golden Park

Outro belo passeio é pela Market Street seguindo ao bairro boêmio da cidade – Castro. San Francisco mesmo sendo uma cidade grande respeita horários. Geralmente as cozinhas dos restaurantes fecham às 23 horas e os bares vendem bebida alcoólica somente até às 2 horas da madrugada. Assim notívagos… saiam cedo!!!

No mais aproveitem a cidade, os cafés, as casas em estilo Vitoriano por toda a cidade… e como diz a canção… I left my heart in San Francisco!!!!

Escrito por: Rodrigo Molina
Compartilhe:
comentarios:7
Posts Relacionados:
17
Nov
2011
7 comentários
  1. Luciana Almeida
    18/11/2011

    Adorei! Fiquei curiosa em conhecer a rua mais torta do mundo!

    • Rodrigo Molina
      21/07/2012

      Oi Luciana… Alem desta rua, São Francisco tem muito a oferecer… Experiência única é passear pelos Cable Car… Se gosta de frutos do mar, não deixe de provar o delicioso King Crab (carangueijo gigante).
      E não deixe de compartilhar conosco suas experiencias de viagem!!!

  2. Mônica Carneiro
    18/09/2012

    Molina, adorei seu blog.
    Estou em São Francisco pela primeira vez e já fui a Alcatraz, Jardim japonês no Golden Gate Park, Academy of Science também no GGP, Salsalito…há tanta coisa para se ver aqui..pena que meu tempo é pouco….
    Abraços

    • Rodrigo Molina
      19/09/2012

      Oi Mônica…
      Muito obrigado pela mensagem!
      São Francisco é uma cidade acolhedora e uma delicia de se aproveitar… Até os morros a deixam charmosa!!! Se vc gostar não deixe de comer os deliciosos carangueijos gigantes. Muito bom!!!
      Aproveite bastante e obrigado por nos acompanhar!!! Grande abraço!!!

  3. Cinthia
    28/03/2013

    É hora do almoço e não páro de ler sobre esses carangueijos gigantes!! Como filha de mineiros sou obcecada por comida!! Não leio mais nenhum post seu Rodrigo!!kkk Brincadeiras à parte, se um dia eu for pra San Francisco, vai ser do aeroporto direto para a mesa do restaurante, com mala e tudo!!kkk Parabéns pelo post 😉

  4. Mara
    12/08/2015

    Oi Molina, vi q você e de Uberaba, eu tb. Adorando suas dicas. Parabéns!

    • Rodrigo Molina
      13/08/2015

      Oi Mara…
      Sou paulista, mas moro em Uberaba há 19 anos… Já sou mineiro!
      Muito obrigado pelo carinho!
      Grande abraço!!!