Manual para as Estações de Ski Chilenas

*Atualizado 28/06/2016

O Chile é um país cortado pela Cordilheira dos Andes. Isso significa tradição em esportes de inverno e muitas opções em resorts de neve. Pertinho de Santiago, por exemplo, há 4 estações de ski de fácil acesso, uma para cada perfil.

É só escolher a sua turma e se jogar!


Visu nota 10!

Para ninguém se sentir um peixe fora d’água quando for conhecer uma estação, montei um manual de instruções para iniciantes. Se você é um apaixonado pelo inverno como eu, não pode perder a chance de subir a montanha, nem que seja só para enfiar o pé na neve!


Peixe fora d’água em estações de ski: JAMAIS!

 

Primeiro Passo: Escolher a Estação de Ski

Se o seu objetivo é apenas ver neve, talvez nem precise ir a uma estação de ski, na verdade. Saindo de Santiago em direção a Mendoza você pode chegar à cordilheira, parar o carro em um lugar seguro e brincar à vontade.

Beira de estrada em Mendoza
Beira de estrada em Mendoza

Já atravessar a fronteira, infelizmente, é super burocrático (mais informações sobre cruzar em carro alugado aqui). Além disso, o caminho é longo, cansativo, com trânsito pesado e cheio de curvas. Do lado argentino, em Mendoza, esse tipo de programa até rola.

Há quatro estações de ski na região de Santiago:

Panorama de El Colorado
Panorama de El Colorado

  1. Valle Nevado: A mais famosa delas, a mais style, a mais fashion, a mais completa, a mais bem frequentada, ou seja, a mais “in”. Consequentemente, a de translado mais caro, de ingressos mais caros, comida mais cara, além de ser mais longe. Eleita melhor destino de neve durante verão do hemisfério norte.
  2. La Parva: a mais exclusiva, resume-se em resorts classudos, onde há hotéis finos e restaurantes elegantes cobram seu preço. É bem pequena e próxima de El Colorado.
  3. El Colorado: preços mais acessíveis, mais opções, uma superfície esquiável abundante, bem próxima.
  4. Farellones: a mais povão, escolhida pelos Santiaguinos como sua “praia” de inverno. Mais muvucada, mais próxima, mais apropriada para crianças e iniciantes por ter várias outras opções além do ski e do snowboard. Mais barata também.

 

La Parva vista de longe
La Parva vista de longe

 

Segundo passo: Translado para a montanha

Apesar dos míseros 46km que separam a cidade da montanha, prepare-se para 1 hora (a 1:30h) para subir e 1:30 – 2:00h para descer. O trânsito será puxado principalmente nos feriados e domingos. Não há outra forma de chegar a não se encarando as várias curvas superfechadas.

Uma das curvas do caracol
Uma das curvas do caracol

Se for dirigindo lembre-se dos seguintes macetes:

  1. Carro 1.0 vai te deixar meio tenso quando você estiver subindo enfileirado, a 20km/h, engatado em primeira marcha.
  2. A pista é muuuuuito estreita, das 08h às 13h os carros só SOBEM e depois das 16h os carros só DESCEM (não passam dois veículos um do lado do outro). De segunda a sexta, e das 20h às 08h a estrada não tem nenhuma restrição.
  3. No caracol, são 42 curvas de 180 graus! Se você costuma enjoar, cuidado!
  4. Quando neva, a estrada fica bloqueada. A polícia exige (e fiscaliza) o porte de correntes (basta que leve contigo) e se tiver gelo na pista, pode exigir sua colocação. Obs: perto do posto da polícia há um local para aluguel dessas correntes.

Para contratar um translado (e livrar-se da responsa de dirigir nas condições acima), é muito fácil. A Ski Total (que parece ser a maior operadora e locadora de equipamentos de neve) te leva para qualquer estação dessas. Sua sede é na Av. Apoquindo 4900 lj 37-46 ou na Av. Nueva Las Condes, 12375. O preço está na base de $15.000, ida e volta no mesmo dia (Valle Nevado a $17.000).

Estacionamento de El Colorado
Quem dirige tem que se preocupar com vaga para estacionar!

El Colorado e Valle Nevado oferecem translado próprio (pode até rolar desconto se você já tem um passe de ski). Nós, bem no estilo independente, contratamos um translado semiprivado (uma van para dois grupos: nós em 4 pessoas e outra família com 5 pessoas) para duas estações, por um preço muito bom. Recomendo: Austral Services Av. Apoquindo, 4830 local 25 Tel (2) 851 2990 info@australservices.cl

Não esquiadores curtindo a montanha em Santiago
Nós, não-esquiadores, curtindo a montanha também!

Há pacotes de “city tour” por várias estações durante o mesmo dia. Vou te dar a minha opinião: vá só para uma delas (Farellones é a que tem mais opções de lazer, por isso recomendo!) e passe o dia inteiro. Você vai ver que não tem como se entediar.

 

Terceiro Passo: O que fazer na montanha?


Só ir até lá já vale à pena

Se você vai só para curtir o lugar, ver os esquiadores, curtir a neve, tirar fotos incríveis e comer alguma coisinha lá em cima, não precisa gastar um centavo (exceto nos restaurante, talvez em banheiros). Mas se quiser se engajar em algum esporte, terá que pagar uma taxa, conforme a atividade escolhida.

Comida em Farellones - Santiago
Comidinha boa!

  1. Ski ou Snowboard: você tem a opção de comprar o passe de um dia, de meio dia, de vários dias, com desconto para maiores de 65 anos, dentre outras. Os passes dão direito a usar todos os elevadores da estação. Fique de olho nos mapas com o grau de dificuldade das pistas para não se meter em pistas avançadas sendo ainda um iniciante. Depois de subir, eles só te deixam descer esquiando, não deixam descer de elevadores (isso aconteceu com um casal de mineiros perto da gente, em que a guria ficou com medo de descer e o namorado teve que descer carregando o equipamento dela para que o guarda deixasse ela usar o teleférico). Exemplos de preços para o ticket dia/adulto/alta temporada: Farellones $19.000 El Colorado $48.000 La Parva $87.000 (com traslado) Valle Nevado $48.000
  2. Aula de ski: em todas os centros você poderá fazer aulas para aprender a esquiar. Há várias opções: para crianças, para adultos, particulares, em grupo. No auge da temporada, aconselha-se a chegar cedo para não correr o risco de ficar de fora de alguma turma. A seção para iniciantes em Farellones é bem recomendável. Atenção: você não precisa pagar por um passe de ski para ter aula na escola. Exemplos de preço: aula coletiva adulto alta temporada com ticket Farellones $20.000 El Colorado $37.000 La Parva $33.000 Valle Nevado $37.000
  3. Passeio panorâmico: uma opção bem legal para não esquiadores em Farellones (e El Colorado, às vezes) é a “Silla Panorâmica” ($9.000 em Farellones – $14.000 em El Colorado). Você paga uma taxa bem mais barata do que o passe de dia inteiro e pode usar alguns dos teleféricos para subir até o mirante lá no algo da montanha. Vale muito à pena!
  4. Outros esportes: em Farellones, uma opção muito legal é o “Tubing”: um tobogã em que você desce sentado em uma bóia, sendo depois carregado por um elevador até o topo ($ 14.000 para 45min de brincadeira). Você tem que chegar cedo para garantir ingressos, pois há turnos com horários e número de turistas definido. Em Farellones há tirolesa, em Valle Nevado tem Heliski, em La Parva tem passeios guiados com raquetes de neve, etc, etc e etc.

Silla Panoramica em El Colorado
Silla Panoramica em El Colorado

 

Quarto passo: alugar equipamento

Se você vai esquiar, ou fazer snowboard (ou suas respectivas aulas), você precisará do equipamento correspondente. Se você não levou consigo, deverá alugar, obviamente. Lembre-se que lá no topo os preços serão bem mais salgados do que em lojas do centro de Santiago, por exemplo. Veja a lista do que você pode precisar:


Luvas do Seu Adão…

  1. Conjunto Botas, Ski, Sticks (ou Prancha): esse conjunto você não escapa. Tem que alugar. Os preços no Chile, pelo menos, são bem melhores do que na Suíça! (Kit normal adulto em Valle Nevado $35.000 La Parva $28.000 El Colorado $24.000 Farellones $15.000)
  2. Capacete: cada vez mais recomendado, pois o risco de acidentes sempre existe e você não vai querer arriscar estragar suas férias por uma momento de pão-duragem, né?
  3. Luvas impermeáveis: embora também obrigatórias, você deveria comprar uma em vez de alugar. Não comprometem tanto o espaço na mala e o preço do aluguel é quase o preço de uma nova.
  4. Óculos (Googles): aqueles óculos gigantes servem para proteger suas retinas do risco de descolamento pela alta intensidade luminosa do sol refletido no branquinho da neve. Acredite, usar óculos escuros é MUITO importante! Mas usar um bom óculos de sol (comum) também quebra o galho.
  5. Roupas: você deve estar vestindo roupas leves que permitam sua fácil movimentação e ao mesmo tempo te mantenham quente. Eu, por exemplo, fiquei todo suado quando esquiei a primeira vez, quase morri de calor usando blusa de lã e jeans por baixo do abrigo térmico. Se você não vai esquiar, não compensa alugar roupa! Não caia nessa roubada! E se você vai, digo o mesmo que disse em relação às luvas.
  6. Tênis para caminhar na neve: alguns poucos lugares alugam botas impermeáveis e antiderrapantes que facilitam a caminhada nas estações para não-esquiadores. Se estiver com orçamento apertado, nem alugue, porque você vai conseguir caminhar por tudo com um tênis comum também (aluguei uma vez, para nunca mais desperdiçar dinheiro com isso). Vale mais à pena comprar (para ter, e não precisar alugar) uma bota/tênis impermeável (tipo esses Goretex) que servem tanto para visitar a neve quanto para o batidão do dia-a-dia, quanto para trilhas e dias de chuva.

 

Brincando no
Brincando no “Tubing” em Farellones

Com tudo isso em mente, é só se divertir. Se parece muita coisa, acredite: lá depois tudo se torna mais fácil de entender e o pior: depois de ir uma vez, dá vontade de ir sempre!

Tente não desperdiçar dinheiro naquilo que não vai precisar, pois não sei se perceberam, mas esquiar não sai barato nunca. Com um pouco de esperteza e planejamento, pode sair mais “justo” pelo menos.

 

Atualização 28/06/2016:

Colorado Skiday (traslado + passe de esqui): $94.000
Colocado Skiday + aula de esqui: $110.000

Preços Skitotal
Transporte ida e volta a Farelones ou El colorado $15.000
Transporte ida e volta Valle Nevado $17.000
Aluguel da bota impermeável  (El colorado) $9.000

Em El Colorado não há mais a opção de subir pelo teleférico se não estiver esquiando, o passeio Silla Panoramica agora só existe em Farellones.

Informações do Leo.

 

Até mais, Andarilhos!

 

Mais sobre o Chile?

Santiago

Santiago em um Dia

Estações de Esqui

Manual para Estações de Esqui
Feliz como Pataxó na Neve

Dicas Gerais

A Malvada Aduana Chilena

Escrito por: Gleiber Rodrigues
Compartilhe:
comentarios:92
Posts Relacionados:
01
Sep
2011
92 comentários
  1. Outros Ares
    01/09/2011

    Gleiber,

    Achei o seu blog através do tweet da carolmayr.

    Super dicas,post super completo! Fui no chile em 2009, e nunca havia skiado,visitei todas mas experimentei a pista do valle nevado… Puxa!!! me lasquei… rsrsrs

    A pista para iniciante é bem pequena, não gostei.. cai muito..trombei/atropelei muitas pessoas… kkk

    Se eu tivesse lido seu post antes, tinah optado por Farellones.

    Abraços!

  2. Gleiber
    01/09/2011

    Obrigado pela visita e pela contribuição. O próximo visitante que ler o blog já vai ler o seu comentário e ganhar mais uma dica! Eu mesmo nem fui ao Valle Nevado quando vi que tinha a brincadeira das bóias (o tubing) de Farellones. Adorei!

  3. Marcela
    29/06/2012

    Olá !
    Por favor , me tirem uma dúvida : para visitar as estações de esqui no Chile tem de ir pela manhã e só voltar no final da tarde?
    N existe a opção de ir ao meio- dia e voltar no fim da tarde? Ou ir cedinho pela manhã e voltar pra cidade para almoçar ?
    Acho tempo demais 1 dia todo numa estação de esqui !!!!!!
    Irei em agosto/2012 .

    • Olá Marcela,
      No caso das estações chilenas, como a estrada até a montanha é muito estreita e perigosa, não é possível haver fluxo nos dois sentidos nos momentos de trânsito. Por isso há uma regra de horário válida para o fim de semana. Como eu disse no post, carros montanha acima das 08-13h e carros montanha abaixo das 16-20h. Mas de segunda a sexta é permitido o fluxo nos dois sentidos a qualquer horário. Se você contratar um translado particular, é só combinar com o motorista o jeito que preferir! Mas vá por mim, considerando a demora para ir e para voltar (1:30h pelo menos!) e tempo que leva para conhecer tudo lá em cima, prepare-se para gastar o dia todo!

  4. Marcela
    30/06/2012

    Resposta rápida e objetiva. Valeu Gleiber !
    E parabéns pelo blog …

  5. Larissa
    12/07/2012

    Boa Tarde! Me ajude com uma duvida por favor? Estou indo para Santiago dia 26/08, espero pegar neve. Já tinhamos decidido em ir para Farellones, porém ouvi dizer que lá só pode “brincar” na neve se estiver com equipamento de ski, e nós não temos interesse em esquiar, apenas em fazer o tub, os jogos no ar. Fora o tempo que estarei nessas atividades, posso ficar dentro da estação, tendo contato com a neve, mesmo sem equipamento? Grata Larissa

    • Claro Larissa, sinta-se livre para tirar todas as suas dúvidas aqui conosco!

      Respondendo à sua pergunta, claro que você pode ter contato com a neve e brincar o quanto quiser na estação de Farellones sem a necessidade de equipamento de esqui! É o que a maioria das famílias chilenas faz, inclusive! Repare nas fotos do post: a gente não esquiou e aproveitamos bastante. Fomos no tubbing e tudo.

      O que você ouviu dizer deve ser porque em Farellones não dá para usar o sistema de teleféricos para subir a montanha sem esquipamento de esqui. E detalhe: você só precisa comprar o passe de dia inteiro se for usar os teleféricos para esquiar. Se vai só curtir a estação, o tubbing e os “jogos del aire” você só paga pela atração específica que for usar.

      Se você fizer QUESTÃO de subir nos teleféricos para ter uma vista panorâmica do topo da montanha, só mesmo em El Colorado. Lá eles disponibilizam um ticket chamado “Silla Panoramica” que habilita a pessoa a subir e descer ums teleférico específico para isso (sem a necessidade de equipamento).

      Parece que nesse inverno vai começar a funcionar um serviço de transporte entre Farellones e El Colorado disponibilizado pela própria estação de esqui (as duas estação são gerenciadas por uma só empresa). Fique de olho!

      Mas vou avisando o mais importante, tirando essa coisa de querer andar de teleférico (a gente quando foi, no caso, queria MUITO!), não vale a pena ir até El Colorado se você não vai esquiar!

      Espero ter ajudado. Seja sempre bem-vinda!

  6. Larissa
    13/07/2012

    Muito obrigada! resposta mais do que completa.

  7. Larissa
    13/07/2012

    Agora me diga uma coisa, vendo as fotos eu vi que vocês estão de calça jeans, se não for esquiar dá pra colocar uma segunda pele e apenas a calça jeans por cima?

    • Bem, no dia que a gente foi estava uns 10-15 graus, então não estava tãaaao frio. Mas geralmente, uma segunda pele + jeans bastam sim!

  8. Raphael
    10/12/2012

    Gostaria de saber quanto reais gastaria com a ida de santiago uma estacao e para esquiar.. nao entendi seus valores($10,000)… e se me indica um hotel bom e barato de facil acesso ao aeroporto e uma estacao de ski

    • Os valores estão em pesos chilenos. $10.000 = 10.000 pesos chilenos. Tem que fazer o câmbio para saber quanto dá em reais, conforme a cotação do dia. O aeroporto de Santiago fica na periferia da capital, na direção Oeste (tem um Holliday Inn bem ao lado). Já as estações de ski ficam a Leste da capital, nos Andes. Em todas elas há hotéis. Faça uma cotação no booking.com ou no próprio site de cada estação de ski. A gente ficou hospedado no centro de Santiago, o que facilita os passeios às atrações da cidade.

  9. Kelly Alves
    24/05/2013

    Ola bom dia, adorei seu blog muito bem explicadinho. Fiquei com algumas dividas, em Valle Nevado eu posso andar de Chairlift/andarivel ou gondolas sem ter que esquiar? E a piscina aquecida do Hotel é possivel pagar para usa-la? To indo pra lá dia 25/06/2013 com meu marido, primeira vez e super ansiosa. Muito obrigada e parabens.

    • Sim! A gente fez o passeio chamado Silla Panorâmica. Você paga o ingresso só para passear pelos teleféricos, sem precisar esquiar! Sobre a piscina do hotel, bem… A gente nem sequer foi no hotel… Fico te devendo essa! 😉

      • kELLY
        29/05/2013

        Gleiber muito obrigada, valeu mesmo. Só mais uma coisa você lembra quanto você pagou pelo passeio de Silla em valle nevado?

        • Vou tirar do próprio post esta informação:

          “Passeio panorâmico: uma opção bem legal para não esquiadores em El Colorado é a “Silla Panorâmica” ($10.000). Você paga uma taxa bem mais barata do que o passe de dia inteiro e pode usar alguns dos teleféricos para subir até o mirante lá no algo da montanha. Vale muito à pena!”

  10. kelly alves
    03/06/2013

    Ô Gleiber obrigada, mas, é porque eu nao sabia e nao sei se a silla de El Colorado é a mesma de Valle Nevado. Desculpa.Obrigada mais uma vez.

    • Desculpe, Kelly! Sabe que eu não me dei conta que você perguntava sobre Valle Nevado!!! Confundi as duas estações (e olha que elas são concorrentes ferrenhas!!!). A gente não chegou a conhecer o Vale Nevado, na verdade. Mas segundo o site deles não há nenhum tíquete ou taxa específica apenas para passeios panorâmicos. Pelo jeito você tem que pagar o tíquete de esquiador e se informar bem sobre o trajeto que você pode percorrer nos teleféricos. Fique atenta, porque sempre há a possibilidade de haver lifting só “de ida” (supõe-se que a “volta” aconteça morro abaixo esquiando). Você pode se pegar lá no topo da montanha sem aparelhos de esqui e sem ter como descer! Por esse motivo, sempre se recomenda El Colorado / Farellones para os iniciantes e não esquiadores, porque eles tem mais opções de atividades voltadas a esse grupo.

  11. Daniela
    21/06/2013

    Olá!
    Excelente seu blog! Estou pesquisando como passar um dia em uma montanha no Chile e acho que vou ficar por Farellones mesmo, porque, como vocês, não pretendo esquiar, apenas fazer “entretenimento na neve” ! rs
    Minha dúvida é: qual a época do ano vocês foram? Vou em início de setembro, na 1ª semana, e to achando que vamos conseguir ficar apenas com nossas roupas de baixo térmicas + jenas e casaco de lã + casaco tipo jaqueta mais grossa por cima. O que acha? As temperaturas não devem estar muito baixas nessa época, né?
    Obrigada!!
    Daniela

    • A gente foi em Agosto, Daniela. E a primeira semana de setembro é ótimo também. Com certeza não vai precisar de mais roupa do que isso. Claro que a gente sabe que o clima não é a coisa mais previsível do mundo, principalmente com tanto tempo de antecedência, mas nesta época a temperaturas na montanhas tem grandes chances de estarem positivas, como na época em que fomos. Abração.

  12. Daniela
    26/06/2013

    Muito obrigada! Seu blog já está nos “meus favoritos”! Abraços e levo suas dicas para o Chile!
    Daniela

  13. Felipe
    17/07/2013

    Muito bom seu blog. Estou pretendendo ir para Farellones somente com o objetivo de fazer snowboard, quanto custaria mais ou menos um ski pass? voce aconselha levar pesos chilenos ou apenas o cartao de credito ja é suficiente qual seria sua opiniao?

    • Lá dá para usar cartão com certeza, mas para outras miudezas pelo país, vai precisar de alguns pesos. Leve alguns dólares, troque no centro de Santiago e guarde para usar só quando necessário. Para uma semana no Chile, dificilmente precisará de mais que 200 dólares para gastos em coisas que não aceitam cartão. Segundo o site http://www.elcolorado.cl/farellones/esp/ticket-dia-farellones/, o passe de um dia está custando 14.000 pesos (cerca de 70 reais)

  14. Erika Floriano
    18/07/2013

    Adorei as dicas!!! Vou viajar com meu marido dia 2 de agosto e estava sem saber qual estação escolher. Depois de ler fiquei com vontade de ir a El Colorado. Eu estava querendo conhecer uma estacao de esqui, brincar na neve, mas sem esquiar e suas dicas foram ótimas, pq tinha dúvida se precisava alugar roupa, comprar algum ticket. Obrigada.

    • 🙂 Cumprimos então nosso objetivo, Erika! Que bom que gostou do nosso manual. Seja sempre bem vinda!

  15. Felipe
    22/07/2013

    Tu saberias me informar quanto seria o custo para comprar a calça e a bota para caminhar na neve?

    • Poxa… Não estou por dentro de preços de lojas. A gente alugou essas roupas quando estivemos por lá… Os preços atualizados podem ser conferidos nos sites de cada estação de ski.

  16. Thays
    30/07/2013

    Bom dia Gleiber! Vou para o Chile agora 16 de agosto. Foi o post mais completo que achei até agora sobre as estações, parabéns! Nós precisamos comprar o transfer antes? Compro em qualquer loja da skitotal ou os preços variam? Ou ainda, é melhor ir pelo transporte da própria estação? Em alguma resposta para cima, você disse que parece que nesse inverno vai começar a funcionar um serviço de transporte entre Farellones e El Colorado disponibilizado pela própria estação de esqui, você sabe se isso já ta rolando? Caso não esteja, entre as duas coisas, você ficaria com qual? Mesmo sendo o período mais frio de agosto, ainda assim você acredita que seja possível subir com botas comuns, jeens + segunda pele e casaco pesado? Quantas perguntas… Obrigada!!!

    • Oi Thays, vamos lá:
      – O transfer pode ser comprado na hora. Chega lá e pega a próxima saída disponível.
      – O preço é o mesmo, não importa a loja da ski total onde você compre.
      – Acho que o transporte da própria estação é só mais uma opção. Vá com aquele que estiver melhor quanto ao preço x horário
      – Sobre o transporte El Colorado x Farellones, procurei me informar no site oficial e não encontrei nada…
      – El Colorado é melhor para esquiar, mas Farellones é melhor para iniciantes e para quem vai só brincar na neve.
      – Tente comprar uma blusa de fleece, um material térmico leve e não muito caro. Serve para usar entre a segunda pele e o casaco pesado. Se estiver realmente frio, você vai precisar.

      Acho que é isso…
      Abraços
      Gleiber

      • Thays
        31/07/2013

        Muito obrigada querido! Boas futuras viagens para você.

  17. Ingrid Reichen
    30/07/2013

    Olá, adorei seu blog; estou indo a Santiago agora em agosto e quero ir a Farellones! só para brincar na neve, tubbing não preciso pagar ticket? Só das atrações que escolher? Outra coisa, vc saberia me dizer uma média de gastos/dia para passeios e alimentação?
    Abraços

    • Exatamente, Ingrid. Você só paga as coisas que usar. Os passes diários são só para quem vai esquiar mesmo. Os preços de alimentação ficam em torno de 50 dólares por refeição por pessoa (em restaurante), ou até 15-20 dólares na lanchonete. Muuuuita gente traz o seu sanduíche a sua água desde Santiago. Nesse site você pode ver os preços atualizados das coisas por lá: http://www.elcolorado.cl/farellones/esp/ticket-dia-farellones/

  18. Fernando
    13/08/2013

    Gleiber Gostei muito das suas dicas estou indo nesse Sabado para santiago e gostaria de visitar Farellones por ser mais simples e divertida já que não pretendo fazer ski, apenas passear, tirar fotos, conhecer, bricar, porém gosto muito de teleférico e pelo que entendi não dá pra andar de Teleférico a partir de Farellones somente a partir de El Colorado. certo? Não compensa mesmo fazer os dois no mesmo dia? El Colorado / Farellones?

    • Sim, Fernando. Foi o que fizemos. Contratamos um traslado que levava para as duas estações. Primeiro El Colorado para subir os teleféricos e, com horário marcado, pegamos a mesma van até Farellones, onde almoçamos e brincamos de Tubing (as boias gigantes)

  19. Cynthia
    19/03/2014

    Ola Geiber! Faz tempo que ninguem te pergunta nada, ne? Em todas as minhas pesquisas pela net, somente a sua foi completa, obrigada. Entao, falou-se tanto de roupas e ainda estou em duvida.
    – Preciso que me diga, please, o que um homem deve vestir para 12 de agosto de 2014? Pode ser isso?
    – calça jean, ceroula(hahaha), segunda pele em fleece, camisa tipo polo manga curta e casaco impermeável(ele é hiper calorento).
    – Será que existe algum transfer particular que faz Farellones ate El Colorado? Caso ainda nao tenha o das estaçoes de ski.
    obrigada e abraços

    • Oi Cynthia,
      Bem, 12 de agosto deve ser invernão completo, né?
      Então, acho que tem que ter segunda pele apertadinha (não em fleece), tanto para as pernas (ceroula), quanto para o corpo. Daí a fleece + casaco impermeável na parte de cima (não precisa da pólo), e talvez o jeans para a parte debaixo corra o risco de se molhar na neve!!! Então o melhor embaixo é uma calça resistente à água (tipo calça-bermuda) se ele é calorento. Ou uma calça mais grossa (tipo as de ski) se fosse friorento.
      Para mulheres, recomendo usar o casado impermeável com enchimento de pena de ganso, que é mais quente que o casaco impermeável comum.
      Não tive mais notícias desse transfer, Cynthia. Mas deve haver algum jeito sim.
      Abração.

  20. William Ometto
    31/03/2014

    Amigo , tudo bem?

    Para locar o equipamento é preciso algum tipo de cartão de credito internacional? Qual a exigêmcia? Documentação?

    • Basta cartão de crédito internacional, amigo. E preencher um cadastro. Facinho, facinho.

  21. Viviane Pinton
    12/04/2014

    Oi Cleiber, tudo bem???
    Em primeiro lugar: PARABÉNS PELO SITE, adorei você é bem esclarecedor. Olha que eu já procurei informações em sites em não encontrei igual ao seu kkkkk.
    Será que você pode me ajudar? Vamos lá?
    Vou á Santiago em Julho de 2014, eu meu marido e minha filha de 9 anos.
    Ela nunca viu neve ( está super anciosa né) quero um passeio para ela brincar na neve e não esquiar.
    Vou ficar no hotel Plaza San Francisco, fica bem no centro de Santiago,eu não quis contratar passeios, como city tour. Pois vi no mapa que da para eu visitar os pontos principais ( como La Moeda, Cerro Santa Lucia, A praça das Armas etec)a pé mesmo ou de taxi uma vez que o pontos turisticos inclusos nos citys tours ficam proximo ao hotel. ESTOU ERRADA DE FAZER ISSO?????
    Quero tambem visitar a vincula Concha y Toro, vou fazer reserva direta com eles no site e depois pegar o metro para ir até lá.VOCÊ ACHA QUE É ARRISCADO EU FAZER ISSO COM UMA CRIANÇA DE 9 AOS JUNTO???? OU COMPENSA EU CONTRATAR UMA AGENCIA PARA EU FAZER ESSE PASSEIO??? ( na verdade eu acho que eles cobram muito caro) não achei por menos de R$ 150,00 por pessoa, eles cobram o valor de adulto para uma criança só para levar até lá. Sendo que comprando a entrada direto no Concha y Toro sai a 18 dolares cada adulto e criança não paga para entrar. Só que tenho que arrumar como chegar lá kkk;
    Agora Valle Nevado eu quero ir e ficar o dia todo (achei pacotes que fazem dois lugar no mesmo dia) eu não quero, acho muito cansativo. Pelo o que entendi no seu site é que: PARA ENTRAR NO VALLE NEVADO AGENTE NÃO PAGA, SÓ PAGA PARA ESQUIAR É ISSO??? Então eu preciso arrumar um transporte ida e voltar para levar nós até lá, e eu posso ficar o dia todo lá CORRETO??? Eu vou pagar somente se eu quiser andar de teleferico e fazer as brincadeiras,CORRETO????
    Nossa desculpa enchi você de perguntas.
    Mas sou marinheira de primeira viagem kkkkk.
    Obrigado por enquanto, aguardo aciosa a sua resposta.

    • Oi Viviane,
      Vamos lá. Vamos ver se eu consigo te ajudar.
      1) Concordo contigo. O city tour pode ser feito a pé e de forma independente, com certeza. Claro que as explicações dos guias tornar o passeio completamente diferente, mais completo, mais rico. Mas por outro lado, mais caro também. A gente optou por fazer sem guia e foi bem bom!
      2) Vá até Concha y Toro de táxi. Primeiro pegue o Metro e depois termine de chegar de táxi. Só evite os horários de pico (início da manhã e final da tarde). Os bilhetes de metro ficam mais caros e as estações ficam superlotadas. http://www.conchaytoro.com/web/tour/como-chegar/?lang=pt-br
      3) Exatamente. Não se paga nada para entrar, só para esquiar ou fazer as brincadeiras.

      Não tem problema!
      Pode perguntar mais!

  22. müller
    22/04/2014

    Olá deixa eu te fazer uma pergunta, Nao sei se vai sabe responder… Quero só conhece neve brincar sairia mais enconta ir bariloche ou ir para santiago e ficar indo para as montanhas?? Parabéns pelo post impecável…..

    • Olá Muller,
      Acho que depende do seu perfil. Em Santiago, você pode fazer várias outras coisas além de brincar na neve. Então 5 dias por lá significam 1 dia brincando na neve e 4 dias livres para fazer outras coisas, caso você descubra que um dia foi suficiente. Mas pode acontecer de você adorar e ficar 5 dias perdendo tempo e dinheiro no traslado diário para as estações de ski. Já em Bariloche, você vai ficar todo o tempo apenas envolvido com atrações ligadas a neve. Tem coisa para fazer em uma semana por lá sem repetir atividade, porque a região é grande e há várias opções. Mas todas terão a ver com a neve, de um jeito ou de outro. Então é só uma questão de decidir o “foco” ou “tema” da viagem que você quer fazer. Abraços.

  23. Luisa
    13/06/2014

    Gostaria de saber sobre hospedagem mais barata e próxima a pista de ski. Quero esquiar um ou dois dias com meu filho.
    Acho q bate e volta será cansativo mas as opções q acho na internet são caríssimas!
    Não há opção de albergues ou aluguel de casas simples ou quartos…?
    Abs

    • Oi Luisa. O problema é que perto das pistas de esqui não existem cidades, casas, moradores. Só mesmo os hotéis autorizados pelas empresas das estações. Por isso são caras. Talvez até haja alguma hospedagem desse tipo que você falou. Mas não conheço.

  24. Camila
    23/06/2014

    Oi, boa tarde!!
    Gostei muito do seu blog, está me ajudando bastante para planejar minha viagem para Santiago agora em julho… mas tenho algumas perguntas:
    1) A Skitotal, que leva até o Valle, tem que agendar com antecedência ou é só chegar na loja e pegar uma van?
    2) Vi no site de Valle Nevado que tem desconto para estudantes. Sabe se isso vale para estudantes do Brasil?

    Obrigada!!
    Camila

    • Olha só. A Skitotal agora tem um site bem organizado e em português, com os horários e até com a opção de pegar vocês no hotel. Veja: http://www.skitotal.cl/ (tem menu em português). Mas em geral, é só estar lá com alguma antecedência e dá para pegar o seu traslado sossegado, sem reservas.
      Desconfio que a carteirinha de estudante brasileira dê direito ao desconto, mas para ter certeza só mesmo falando com eles. Abraços.

      • Camila
        27/06/2014

        Muito obrigada Gleiber!!! Abraços

  25. Mariana alves
    21/07/2014

    Ola, vou fica no valle nevado em
    Setembro, com o ski pass incluso… Gostaria de saber se o aluguel do ski e da bota podem ser parcelados ou pagos a vista pelo cartao de credito!? Obrigada

    • Oi Mariana,
      Parcelado com certeza não. Essa coisa de parcelamento é muito típica do Brasil e não rola no exterior. Mas pagar no cartão de crédito pode sim, e deve. Na verdade eles até exigem o cartão para o caso de você extraviar o produto. Daí eles podem cobrar de ti, hehehehe

  26. Soraia
    22/09/2014

    Parabéns, pelo seu blog. Vou para o Chile com o meu esposo, agora em Novembro pela 1ª vez e estamos muito ansiosos. Gostaríamos de saber qual o tipo de roupa usar e se ainda é tempo de brincar na neve? Obrigado.

    • Oi Soraia,
      Sinto te decepcionar, mas em Novembro a neve já deve ter derretido todinha. Em setembro, com sorte, você ainda pegaria alguma coisa, mas Novembro, nem pensar. Novembro dificilmente faz frio. Abraços.

  27. Dayvidson Gustavo
    19/12/2014

    Olá mais uma vez Gleiber,

    Os valores colocados acima são em peso chileno ou em dólar?

    Até mais

    • Oi Dayvidson,
      Os preços no post são em pesos chilenos! Mas já devem estar desatualizados… 🙁

  28. Rodolfo
    23/02/2015

    Oi, Gleiber. Parabéns pelas dicas. Em que mês você foi? Estou pensando em ir de 26 de junho a 4 de julho. Pela sua experiência e relatos de amigos, qual é a expectativa de neve? Sabe se as estações, ainda que não tenham neve suficiente para esquiar, ficam abertas ao menos para visitação. Vi que você pegou o caminho para Mendoza… foi até o vale do Aconcágua no inverno, ou a neve era logo no começo do caminho?
    Um abraço,
    Rodolfo

    • Oi Rodolfo,
      Teoricamente (viu bem, né? “teoricamente”) vai estar nevado! Porque é inverno. Mas em alguns anos a temporada pode vir só mais tarde. As estações ficam abertas para visitação durante todo o ano sim.
      Sobre o caminho entre Santiago e Mendoza, na época que fomos ele estava fechado por uma nevasca. Inclusive, por isso fomos obrigados a fazer o trajeto de avião. Mas fomos até uma parte do caminho conhecer uma fonte de água mineral, a Villavicenzio, pertinho de Mendoza. Não chegamos nem perto do Aconcágua (porque o caminho estava interditado)
      Abraços.

  29. Ana Paula Mele
    14/04/2015

    Seu blog é excelente! A minha dúvida é a seguinte…posso visitar Valle Nevado e Farellones num único dia? A Skitotal faz este passeio? Agradeço pela sua atenção e mais uma vez,parabéns!

    • Oi Ana Paula,
      A gente esteve no Chile já fazem alguns anos. Na época faziam, hehehe. Dá para visitar os dois num só dia sim, mas é meio corrido. O legal seria curtir cada um no dia para aproveitar mesmo.
      Abração e obrigado.

  30. Brunno
    15/05/2015

    Olá, Gleiber..muito boas as dicas do seu blog.

    No entanto, fiquei com algumas dúvidas e gostaria de tirar com você.

    É necessário um tênis impermeável para andar na neve mesmo ou não? Caso necessite, pesquisei uns que achei um pouco caro, sairia mais em conta alugar(qual seria o preço) ou comprar?

    Outra coisa, vou em Agosto, é necessário mesmo uma segunda pele(uma para o corpo e uma para as pernas), uma peça de roupa(uma camiseta e uma calça jeans) e uma jaqueta/calça impermeável mesmo para os passeios ou é exagero?

    Abraço.

    • Oi Brunno,
      É possível alugar um tênis sim, mas só nas lojas de aluguel bem grandes. Deve sair por volta de 30-40 reais. Se estiver mesmo muito frio, e o seu tênis não for impermeável, a neve derrete pelo calor do corpo e molha seus pés. Não queira estar no frio com os pés molhados! No frio lá no alto, acho legal usar camadas sim. Não é exagero. A gente pegou um dia de 14 graus no alto da montanha e não precisou de tudo isso. Mas se estiver perto de zero, acho bom estar preparado. Veja nossas dicas sobre isso em: http://andarilhosdomundo.com.br/2013/10/que-roupas-vestir-para-encarar-o-frio-extremo/
      Abraços

  31. David Vasconcelos
    29/05/2015

    Bom dia! Vou a Santiago nesse feriado de 04 de Junho, gostaria de conhecer e brincar na neve; nada de esportes. Ficarei apenas algumas horas, pois chego por volta das 07h e saio por volta das 22h. Existe translado do aeroporto direto para Farellones? Quais roupas e tênis devo usar? Onde alugar ou comprar? Olhei a temperatura no Clima tempo e estará entre 2 e 4 graus em Santiago, com possibilidade de chuvas. Esse passeio será possível ou devo me contentar com centro de Santiago e sua vista para as Cordilheiras?

    Agradeço sua ajuda! Muito legal seu blog!

    • Oi David,
      O caminho é possível sim. Descobri que a Ski Total faz traslado do aeroporto direto para as principais estações de ski. Veja: http://www.skitotal.cl/transporte.html
      Alugue lá mesmo uma jaqueta e uma calça corta-vento. Vá agasalhado com uma boa roupa de lã (ou melhor ainda, com um peça de fleece). Sobre o tênis. Se tiver um impermeável, ótimo. Senão, talvez também consiga alugar.
      Acho que ir até lá vale muito à pena.
      Abraços.

  32. Matheus
    01/06/2015

    Olá! Parabéns pelo ótimo site. Uma dúvida: pra quem vai esquiar pela primeira vez e ficar 6 dias em uma estação de Ski, quantas aulas seriam recomendadas?

    • Oi Matheus,
      Em 6 dias você ainda não vai ter aprendido a esquiar totalmente. Vai por mim.
      Faça uma aula por dia. Talvez duas por dia no primeiro / segundo dia…
      Deve ter algum pacote.
      Abraços.

  33. Wallace
    22/06/2015

    Boa tarde!
    Gleiber, você pode me informar onde contrato translado, tickets, ou pacotes para Farellones etc…

  34. Joubert
    05/07/2015

    Ola, Gleiber, muito bom o blog!
    Estou inda à Santiago em agosto (de 07 à 13), acredito que esteja bem frio.
    Estou pensando em ir à Farellones, pois sou iniciante em ski e pelos posts, acredito que la seja o mais indicado.
    Esssa epoca é bem fria, ainda nao resolvi se vou esquiar ou so brincar (tubbing).
    1) Se for esquiar, nao preciso me preocupar muito com as roupas de frio, pois irei alugar ? Posso ir de roupa normal (jeans, blusa de frio e jaqueta) ?
    2) Se for so brincar, preciso usar fleece ?
    3) Ou pra ambos preciso de fleece e corta vento ? Ja que essa época é bem fria ? Pelo o que eu tenho visto em Santiango vai estar na media de uns 7 à 10 graus, mas as estacoes sao bem mais frias ne ?

    Obrigado,
    Abs,
    Joubert

    • Oi Joubert,
      1) Isso mesmo. Na hora de alugar o equipamento de esqui, já aluga a roupa junto.
      2) Precisar não precisa, mas se estiver muito frio, a fleece é boa porque é leve e bem quente. Se estiver com roupas de lã, vai se divertir também, mas vai ter que botar várias camadas.
      3) Às vezes faz menos frios que a gente pensa. Uma amiga esteve lá semana passada e estavam fazendo 10 graus lá no topo da montanha. A neve em Farellones estava bem derretida e eles tiveram que subir para o Vale Nevado para conseguir esquiar. Mas se levar uma corta-vento + fleece, você está garantido.
      Abraços.

  35. Leidi
    16/08/2015

    Oi, tudo bem
    Vou a Santiago em setembro e quero fazer o tubing em farellones. Nessa atividade a neve molha as roupas ou dá p ir com roupas que não sejam impermeáveis?
    Agradeço a atenção!

    • Oi Leidi,
      Não molha não.
      Só se houver pouca neve, o que pode acontecer no final da temporada. Quando a neve está derretendo, quando o calor volta, vira tudo um lamaçal só. Vamos torcer para que neve bastante então.
      Abraços.

  36. taissa
    24/08/2015

    oi Gleiber,fiquei em duvida sobre o tubing,eu vou com meus filhos,eu tenho que alugar um pra cada um,ou é uma hora e todos podem brincar?

    • Oi Taissa, acho que o normal é alugar um por pessoa. Porque depois de escorregar, você tem que subir de volta com a sua boia para depois descer escorregando de novo. Daí tem uma certa fila. Se forem revezar em 2, por exemplo, cada um vai descer no máximo 2-3 vezes em uma hora. É muito rapidinho…
      De qualquer modo, talvez eles até deixem revezar, mas não tenho certeza.

  37. Isabella Dacroce
    27/08/2015

    Ola! Estou indo semana que vem para o Chile e queria esquiar no Valle Nevado. Porém estou com algumas dúvidas. No site do Valle nevado, tem os combos de ski day, e neles tem um ticket de principiante incluso. Este ticket de principiante é a mesma coisa que o ticket de um dia inteiro ou meio dia que eles também vendem no site? Ou seja, se eu comprar o combo não precisarei comprar este outro ticket?

    Obrigada!

    • Oi Isabella,

      Foi assim que eu entendi também. Se você compra o ticket de iniciante, este deve ser o seu o seu ticket sky day.
      Abraços.

  38. joelson
    27/08/2015

    Oi Gleiber! Em primeiro lugar gostaria de te parabenizar pelo sucesso e utilidade do blog ( ou site, como nomearam há algumas perguntas atrás )… Excelente!!

    Bom, tentarei ser sucinto e espero não ser tão repetitivo já que muito já foi perguntado.
    Vou a santiago pela primeira vez ( 03 a 08/09/2015 ) e 1 dos 5 dias de viagem está reservado para a neve. Tenho pouco dinheiro, pouco tempo e um milhão de dúvidas…

    a) Tenho bota impermeável, meia térmica, jaqueta e casaco térmicos ( tudo emprestado por um amigo francês que garante que não passarei frio com essas peças ). Não faço a menor ideia do que seja esse tal de fleece ou segunda pele e ficaria muito feliz em saber que não morrerei se não usá-los, já que pretendo gastar o mínimo possível. Na parte das pernas penso em usar uma calça jeans… ou duas… ou três, mas não penso em comprar ou alugar nada. Se possível quero dispensar cachecol, luva e touca, mas posso usar o capuz do casaco. Sobreviverei a esse dia ou morrerei de hipotermia?

    b) Levarei reais e trocarei no centro de santiago por pesos chilenos, já que a bandeira do meu cartão ( elo ) não me permite sacar nem pagar com débito no exterior). Sou do rio de janeiro e evito andar com dinheiro vivo por aqui… Lá é mais tranquilo? Provavelmente não serei assaltado?

    c) Acredito que por ser setembro,poderei andar com roupa normal ( jeans, camisa, casaco e tênis ) enquanto passeando pelo centro de santiago e também por viñas del mar e valparaiso. Estou certo?

    d) A comida chilena custa mesmo os olhos da cara ou tem lugares onde eu possa fazer refeições por 7.000 pesos?

    e) Posso fazer futuras perguntas conforme as dúvidas forem estalando na minha cabeça?

    Muito obrigado!!!

    • Oi Joelson,

      Desculpe a demora em te responder. A gente estava viajando e estou tentando responder todo mundo aos poucos. Vamos lá!

      a) Acho que sobreviverá! kkkkk Se você não vai mesmo comprar nada, jogue uma roupa por cima da outra e era isso. Mas acho difícil escapar de luva ou touca. As orelhas são bem sensíveis, assim como as extremidades (mas para os pés você já está bem preparado).

      b) Dica. Troque por dólares no Brasil e depois de dólares para pesos chilenos. Eles desvalorizam muito o real quando você tenta comprar lá. Provavelmente (não é certeza), você consiga uma melhor cotação fazendo isso. A boa notícia: lá é infinitamente mais seguro que no Brasil, por isso PROVAVELMENTE você não será assaltado.

      c) Com certeza. O bicho pega só na montanha mesmo. No resto é mais fácil

      d) A comida chilena não custa os olhos da cara. E sempre tem um Burger King para quebrar o galho. Não me lembro mais o preço médio de uma refeição, mas me lembro de achar o preço parecido com o nosso aqui.

      e) Fique à vontade, amigo!
      O blog é para isso!

      Abraços e boa viagem.

  39. Cleide Beliza Leite
    02/09/2015

    Olá Gleiber, tudo bem?

    Vi que seu blog é vi que ele é bastante acessado, não li todos os posts, mas gostaria de compartilhar por aqui a experiência que eu e meu esposo tivemos no Chile, mas como um alerta para o pessoal que ainda vai viajar para o Chile com a intenção de esquiar.
    Escolhemos Farrellones para fazermos o tubbing, já que não sabemos esquiar, queríamos mesmo era conhecer a neve e nos divertir um pouco, com algumas pesquisas que fizemos entendemos que o tubbing seria mais seguro dado que não sabemos esquiar. Mas infelizmente não foi bem assim. Meu esposo sofreu um acidente ao descer pela terceira vez. Ele voou da boia que pegou muita velocidade. Ele fraturou 4 costelas e deslocou o ombro também. Ficou caído no final da rampa até ser socorrido e as descidas não foram interrompidas, as pessoas continuavam descendo como se nada estivesse acontecendo. Achei o resgate lento. Enfim, ninguém da estação veio falar conosco. Acionaram uma ambulância que nos levou a uma clínica particular, mas se não tivemos seguro viagem e ou condições de pagar eles não iriam nos encaminhar para nenhum atendimento. Achei lamentável, ainda vou ver se podemos acionar de alguma forma, porque entendemos que acidentes possam acontecer, mas temos q ter um mínimo de segurança garantido por esses lugares turísticos e entendo que não tivemos. Farrellones NUNCA MAIS! Vi crianças descendo no tobogã, sem nenhuma orientação.Lamentável, o acidente interrompeu nossas férias, só agradeço mesmo não ter sido fatal. Chegando ao Brasil meu marido focou hospitalizado por 4 dias ainda em uma Uti humanizada, porque houve perfuração no pulmão e agora repouso para se recuperar.
    Então tenham atenção com FARRELLONES.
    Abraços e boa viagem para todos!!
    Cleide

    • Poxa Cleide,
      Que depoimento triste.
      Concordo contigo que isso precisa ser compartilhado e as pessoas avisadas. Coisa ruim demais você, nas férias, não ter a assistência necessária quando aparece um perrengue, principalmente deste tipo, que envolve a nossa saúde.
      Lamentável. Torço muito que fique tudo bem com seu marido.
      Abraços.

  40. Alvaro
    29/02/2016

    Excelente post! Me ajudou bastante a planejar e em qual estação ir. Muito obrigado por todos os detalhes, estava em busca de um post tão bom assim. Abraços, e ótimas viagens 😉

  41. Leo
    27/06/2016

    Sobre o post acho que seria bom deixar claro que um calçado impermeável é imprescindível. (A foto do sapato pode deixar dúvidas) até tentei caminhar um pouco com um sapato parecido com o da foto mas logo vi que meu pé ficaria molhado e no frio não recomendo.
    Seguem os valores de hoje da Skitotal
    ColoradoSkiday 94000
    Skiday mais a aula de ski 110000

    Apenas transporte ida e volta a Farelones ou el colorado 15000
    Valle nevado 17000

    Equipamento completo de esqui (c/ roupa) 22000
    Apenas a bota impermeável 9000 pesos

    Em el Colorado não havia opção de subir pelo teleférico se não estivesse esquiando.

    El colorado agora tem opção de transfer da própria estação porém estava um pouco mais caro e o serviço é igual

    • Oi Leo.
      Muito obrigado pelas contribuições.
      A gente andou sem calçado impermeável mesmo, acredita? Mas concordo contigo. Também acho que é muito importante.
      Vou atualizar os preços no post.
      Abraços.

  42. Jailson
    05/07/2016

    Tem como na hora para fazer ski day? Todo lugar só estao aceitando reservas com cartao, e meu ja era

    • Oi Jailson,
      Sugiro que você mande um email para lá, assim poderá ter a informação certa.
      Abraços.

  43. Lair Junior
    08/07/2016

    Vamos ao Chile agora no final de Agosto, nessa época as condições climáticas constumam atrapalhar os passeios ao valle nevado. Pretendo comprar o passeio logo no brasil, mas tenho receio de no dia as condições climáticas imepedirem o passeio. Vale arriscar?

    • Se é o tempo que você tem para ir, vá assim mesmo. Na época “boa” pode também acontecer do clima ir lá e pá! Arruinar o passeio também. Então…
      Abraços

  44. ADRIANA UEBE SINDRA
    08/08/2016

    Olá estou adorando suas dicas. Sobre o transfer hotel para farellones só tem a opção do ski total? Para 4 pessoas seria o ideal? O que vc me indica. Para brincar na neve vc indica outra estação?

    • Oi Adriana
      Indiquei Farellones porque é a mais barata e mais próxima. Mas você pode ir em qualquer estação para brincar com a neve. Como Farellones tem esse perfil para iniciantes e turistas, ela também tem mais opções de lazer além do esqui e do snowboard, por melhores preços. As aulas de esqui de lá também são mais baratas e o aluguel de equipamentos também. Há várias opções de transfer. No centro de Santiago tem sempre alguém entregando um folder. Dá para contratar táxi. Do lado da Ski Total há outras concorrentes (a gente nem foi de Ski Total, por exemplo).
      Abraços.

  45. João Pedro
    11/08/2016

    Olá, vcs sabem se aceitam cartão de crédito nas estações e na ski total?

  46. Amanda
    24/08/2016

    Oiie, adorei as dicas!!

    Qual é a moeda que usa nos centros de ski?

    • Oi Amanda
      Lá é Chile, portanto Pesos Chilenos. Se me lembro bem, não aceitam outra moeda.
      Abraços.

  47. Marcos
    02/03/2017

    Olá Gleiber,
    Estou pensando em alugar um snowboard em Santiago e chegar em uma das estações apenas para brincar com ele. É possível fazer isso sem ter que pegar os teleféricos e utilizar as pistas oficiais? existe algum espaço liberado ao redor das instalações?
    Obrigado pelas dicas. abraço.

    • Oi Marcos, eu acho que isso não é permitido. O que você pode fazer é usar as pistas de iniciante e sim, você tem que pagar o preço do passe como todo mundo.
      Abraços.