Berlim além dos Muros by Molina

Os Andarilhos do Mundo tem o prazer de apresentar mais uma contribuição do nosso colunista Rodrigo Molina. Ele volta ao blog com mais artigos do verão europeu (viajando DE NOVO? Quantas férias você tem por ano mesmo?).

Sem mais delongas, vamos ao que interessa, com todos os direitos reservados:

 

Berlim

Berlim, a maior cidade e capital da Alemanha, deve fazer parte do roteiro daquele que ama viajar e pretende ir a Europa. Uma cidade com história em cada canto para onde você olhar.


Portal de Brademburgo

Uma cidade que antes de ser duas foi nenhuma devido ao intenso bombardeio que sofreu na segunda guerra. E mesmo que muitos digam que os alemães são frios, juro que não foi essa a impressão que tivemos.

Vários caminhos levam a Berlim. No nosso caso, escolhemos um belo caminho, pois seguimos de trem partindo de Praga. Infelizmente esperava um trem melhor.

 

Já nos decepcionamos na estação de trem de Praga, que não condiz com a beleza da capital tcheca.

Fomos pela Deutsch Bahn (DB), empresa alemã, mas mesmo na primeira classe não espere por mordomias. Aproveite a bela paisagem. Esta sim é fantástica, cruzando uma região de montanhas da Republica Tcheca seguindo Alemanha a dentro.


Berlin Hauptbahnhof

Ao chegar na Estação principal ferroviária de Berlim (Berlim Hauptbahnhof) você já terá ideia do que encontrará nesta cidade. Uma estação moderna e muito bonita. Desta estação você já pode no último piso tomar o metro em direção aos principais pontos da cidade, lembrando que onde você encontrar uma letra U (U-Bahn) é sinal que há uma estação de metrô.

Tivemos a sorte e o privilégio de ficar hospedados na Alexanderplatz, bem no centro de Berlim, no hotel Radisson Parking. O melhor deste hotel com certeza é a localização, pois da Alexanderplatz é possível ir a qualquer outro ponto de Berlim.


Alexanderplatz

Nesta praça você já se depara com um dos símbolos de Berlim – Fernsehturm (Torre de Televisão), uma das construções mais elevadas de toda Europa. Nela há um restaurante onde a cada 30 minutos, devido ao giro da plataforma, se tem uma visão de 360° de toda a cidade. Por 11 euros é possível chegar ao restaurante. Se a intensão for jantar, recomendo fazer uma reserva antecipada pelo site: http://tv-turm.de/en/index.php


Torre de TV

 

Berlim de magrela

Uma excelente opção para Berlim é poder andar por praticamente toda a cidade de bicicleta. É possível alugar uma em vários cantos da cidade por 12 euros, por um dia todo. A cidade é bem plana o que facilita muito. Da Alexanderplatz seguindo pela avenida Unter den Linden se chega ao belíssimo Portal de Brandemburgo.

Certamente alguma coisa estará acontecendo por ali. Ao lado já está o Reichtag (Parlamento Alemão). Vale a pena entrar e ir até a abóbada de vidro. Com uma arquitetura impressionante você verá vários pontos da cidade.  Partindo do Reichtag você já avistará a sua frente o Siegessäule (Coluna Triunfal), onde está a Deusa Nikk, da Vitória, toda revestida em ouro.


Deusa Nikk no topo da Siegessäule

Voltando pela Unter den Linden você cruzará a Friedrichstrasse. Nesta rua fica o Check Point Charlie, local de passagem entre as duas Berlins, quando o Muro as separavam. Dali para o Memorial do Muro é um pulo. Local obrigatório para fotos!!!

Há vários cafés na Friedrichstrasse, sendo o Vitoria Café um dos mais conhecidos.

 

Berlim moderna

Talvez você espere chegar a Berlim e ver nitidamente a diferença entre as antigas Berlim Oriental e Ocidental. Quase não encontrará nitidamente esta divisão, fora alguns prédios que se assemelham muito aos de Brasilia, onde você terá certeza que está no centro Oriental.

A avenida Kurfurstendamm, conhecida como Ku’damm, mostra o grande contraste entre o clássico e o moderno. Um boulevard de cafés, inspirado em Paris com construções belas permeadas por lojas modernas com arquitetura contemporânea irá encher seus olhos.


Kurfurstendamm

Nesta região você encontra a KaDeWe (maior loja de departamentos da Europa), porém cara. Seguindo a Ku’damm você chegará à Potsdamer platz onde se encontra o belo e moderno prédio da Sony, construção japonesa para albergar a matriz europeia desta empresa.


Potsdamer Platz

Ao seu lado está o edifício Potsdamer Platz 1, onde está o elevador mais rápido da Europa (8m/s), com uma vista fabulosa da cidade no seu ponto mais alto. Também de não deixe de visitar a Igreja Memorial Kaiser Guilherme (Gedächnitskirche Kaiser Wilhelm) – igreja bombardeada na segunda guerra tendo sobrado apenas sua torre que não foi restaurada, se tornando outro símbolo de Berlim.

Gedächtniskirche – Kaiser Wilhelm (Igreja Memorial – Kaiser Guilherme)

 

Berlim Clássica

Para aqueles que preferem o clássico é imperdível o Charlloteschloss – Castelo da Rainha Sophie Charllote, localizada é claro na Charlottestrasse. Belos jardins e linda arquitetura irão surpreender seus olhos. Outro interessante palácio é o Schloss Bellevue, morada do presidente do país.


Charloteschloss

Na região da Unter den Linden, voltando à Alexanderplatz está a Bebelplatz onde se encontra a Catedral Católica – Santa Hedwiges, o Hotel Roma e um dos belos edifícios da Universidade Humboldt, além do Teatro de Ópera. Sempre há várias apresentações de peças clássicas que podem ser apreciadas.


St-Hedwigs-Kathedrale na Bebelplatz

Logo mais à frente você cruzará o rio Spree e ali se forma a Ilha dos Museus (Museumsinsel). A ilha recebe este nome por lá se encontrarem cinco museus: Museu Pergamon, Altes Museum, Neues Museum, Alte Nationalgalerie, Museu Bode.


Deustcher Dom (Catedral Alemã)

Também se localizam na ilha: Berliner Dom (Grandiosa Catedral Alemã) e o Lustgarten. Para os aficionados em museus aqui é sua praia. Se tiver que escolher apenas um, com certeza o Pergamonmuseum! Detalhe: não é possível entrar após as 16h em nenhum museu.


Feira na Ilha dos Museus com o Pergamonmuseum ao fundo

Tranquilidade e Compras

Se você pretende ter um momento de sossego e tranquilidade diante desta metrópole o Tiergarten é o seu local. Um imenso parque, que antes era o local para caça da aristocracia alemã se transformou num parque verde, onde é possível deitar na grama, fazer piquenique, caminhar, correr.


Tiergarten

Se quiser fazer compras recomendo as lojas de eletrônicos Saturn e MidiaMarkt. Excelentes preços e variedades. A KaDeWe tem excelentes marcas mas preços não muito atrativos.


KaDeWe (Kaufhaus des Westens) é a maior loja de departamentos de toda a Europa Continental

Detalhe: O comércio em toda Alemanha vai das 9 ou 10h ate às 21h. De segunda a sábado. Ou seja, nem pense em deixar pra comprar num domingo. Tudo, eu disse tudo estará fechado.

Isso foi um grande problema pra gente que devido a um esquecimento de uma câmera fotográfica na mesa do restaurante acabamos ficando sem e não conseguimos comprar outra. Talvez você encontre algo aberto na Hauptbahnhof ou nos aeroportos, mas com certeza sem opção!

Próxima parada – Köln (Colônia em um dia)

 

Mais sobre Alemanha?

 

Berlim além dos Muros by Molina
Colônia em um dia by Molina
Neuschwanstein e Hohenschwangau
Munique Mesmo sem Saber Alemão by Molina

Escrito por: Rodrigo Molina
Compartilhe:
comentario:1
Posts Relacionados:
28
Sep
2011
1 comentário
  1. Viviane ko
    13/09/2013

    Eu tambem fui a Berlin, realmente e uma cidade Maravilhosa. Fui muito feliz nos meus três dias de estadia na casa de um amigo a 4 km do ha lpbanhof Berlin.
    Moro na alemanha, infelismente em uma cidade do interior, lembrando que não e todas as cidades da Alemanha que tem comércio aberto até as 21 ou 22h de sabado. Cidades do interior com 30 mil abtantes o comércio e no máximo seg a sex máximo as 19h, sábado não passa das 14 h.
    Abraços