Guia de como chegar a Mendoza, Argentina

Inspirado pela Viagem e Turismo de Janeiro de 2011 (Reportagem Argentina Premium) que nos incita a explorar recantos menos clichês do país hermano, resolvemos explorar a cidade que fica no sopé da Cordilheira, à salvo das golfadas cinzentas do vulcão Puyehue: Mendoza!

Mendoza no sopé da Cordilheira dos Andes
Mendoza, no sopé da Cordilheira dos Andes

A revista cita Mendoza como um destino para quem já conhece Bariloche e Buenos Aires bem demais. Bem, eu só fui a Buenos Aires uma vez e não conheço Bariloche (nesse ano, infelizmente, nem seria possível mesmo por causa do vulcão…). Ainda assim, foi um passeio incrível.

 

#Como chegar

 

1) De carro próprio

Mendoza fica no oeste da Argentina, bem na borda dos Andes. Portanto, você pode encarar uma viagem longa de carro vindo de Buenos Aires (11h e 50min segundo o Google, para percorrer os 1050km que as separam), ou fazer uma viagem mais curta, cênica e paradisíaca de 6 horas (ou mais, conforme a fila na aduana) através da montanha vindo de Santiago do Chile.

Para viajar pela Argentina (e pelo Chile), não se esqueça de portar os seguintes itens:

Passaporte ou Identidade emitida a menos de 10 anos.
Carteira de Motorista (serve a brasileira mesmo, não precisa ser a carteira internacional)
Documento do veículo no nome de um dos passageiros. Se o carro é financiado por leasing, você precisa portar uma autorização do banco.
Carta Verde (seguro para cobrir danos a terceiros, exigida por todos os países do Mercosul e Chile)
Kit de primeiros socorros, dois triângulos de sinalização e um cambão (para transitar na Argentina)
Insulfime parece proibido no Chile (com certeza é proibido no para-brisa, e as informações são dúbias sobre os outros vidros).
– Pode dar multa na Argentina ter acessórios que aumentem as dimensões do veículo tipo mata-cachorro, engate adicional etc.
– Faróis auxiliares devem estar cobertos por filme amarelo.


Exibir mapa ampliado

Com esses cuidados em mente, é só pegar a estrada.

A viagem pela montanha garante a melhor paisagem e as melhores fotos, com a vantagem de poder parar ao longo da pista quando quiser. O problema é que o Paso Los Libertadores (na fronteira Chile-Argentina) fecha sempre que neva na cordilheira, o que não é incomum.

Claro que nós tivemos o azar de não podermos fazer essa viagem de carro, pois nevou nos dias que estávamos nas redondezas. Com o paso fechado, a única forma de cruzar a cordilheira é por avião.

 

2) Chegar a Mendoza de avião

 

Paisagem vista do avião - cordilheira dos andes Mendoza
Vá de dia para ter essa paisagem

Há duas opções de voo para ligar Mendoza a Santiago ou a Buenos Aires: Lan e Aerolineas Argentinas. Sempre que possível, escolha a primeira opção, pois cada vez mais ouvimos sobre problemas e mais problemas na companhia estatal argentina. Há poucos horários disponíveis, fique atento!

Dia de aeroporto é dia perdido
Dia de aeroporto é dia perdido numa viagem…

Essa foi a nossa escolha. Tivemos a má ideia de fazer quatro pernas na viagem: Buenos Aires – Santiago – Mendoza – Santiago – Buenos Aires. Lembre-se que o dia do aeroporto é praticamente um dia morto, principalmente no nosso caso, em que tivemos um atraso de 7h30min no início da jornada: culpa da Aerolíneas, óbvio!

Chá de aeroporto de 11 horas em Buenos Aires - Aerolineas Argentinas
chá de aeroporto em Buenos Aires: 7h30min horas!

 

3) De carro alugado

Para quem pretende chegar a Mendoza vindo do Chile (ou ir a Santiago vindo de Mendoza) com carro alugado, fique por dentro de algumas regras muito importantes:

a) Um carro alugado em um país não pode ser devolvido em outro.
Ou seja, se você pegar o carro em Santiago, é obrigatório devolvê-lo no Chile! Você deverá cruzar a cordilheira DUAS vezes e deverá ficar atento à previsão do tempo para não ficar preso em um dos lados da montanha.

b) Leva 48h para preparar a documentação
A documentação exigida para cruzar a fronteira deve ser preparada pela locadora de veículos com 48h de antecedência (considerar dias úteis para isso). O preço está na faixa de uns R$ 250,00.

c) Nem todas as locadoras permitem cruzar a fronteira
Garanta-se com uma locadora de confiança. A Hertz, por exemplo, tem até orçamento no site chileno incluindo o preço para esta documentação. Não é das mais baratas, mas pense que se faltar algum papel, a aduana não lhe deixará atravessar e a viagem é longa!

d) Alugue um carro mais potente
Apesar da estrada ser relativamente larga, a minha experiência em subir outras montanhas me deixa apreensivo com um motor 1.0 para subir caracóis morro acima engatado em primeira marcha.

e) Considere custo-benefício
Atravessar a montanha de carro alugado, mesmo com os custos extras e o tempo “perdido” pode sair bem mais barato (ou bem mais caro, dependendo do número de pessoas que está viajando) do que atravessar a cordilheira de avião e contratar um tour (tipo excursão) para conhecer a montanha a partir de Mendoza.

 

4) Chegar a Mendoza de ônibus

Essa, definitivamente, é a forma mais simples e econômica para cruzar a cordilheira. Você pode comprar as passagens no site da Andesmar, mas também estará sujeito às condições meteorológicas. Não terá um guia para explicar o que se passa e suas fotos terão as marcas da janela do busão. Entretanto, se você quer simplificar sua vida, é com certeza a melhor opção.

Cordilheira fechada para carros, resta atravessar de avião
Com a estrada fechada pela neve, só dá para ir de avião

Espero que as informações sejam úteis a todos.

 

Mais sobre a Argentina aqui nos Andarilhos do Mundo?

 

Buenos Aires

Tá escrito OTÁRIO na minha testa?
Roubaram o meu cartão de crédito no exterior
Tango em Buenos Aires
Buenos Aires para Iniciantes
Diga Não à Aerolineas Argentinas

Puerto Iguazú

Noche en Iguazú – Argentina no #BlogTurFoz
Cataratas pelo Lado Argentino
La Gran Aventura – DENTRO das Cataratas com Vídeo
Duty Free Shop de Puerto Iguazú

Mendoza

Mendoza e suas Atrações
Inusitado Villavicencio em Mendoza
Feliz como Pataxó na Neve
Tour das Bodegas em Mendoza
Guia de como chegar a Mendoza

Escrito por: Gleiber Rodrigues
Compartilhe:
comentarios:4
Posts Relacionados:
22
Aug
2011
4 comentários
  1. Meu Blog
    23/08/2011

    Que lugar lindo Hen!

  2. Gleiber
    23/08/2011

    A paisagem da cordilheira da janelinha do avião já vale a viagem!

  3. Adelaide
    26/08/2011

    Visitei Mendoza em setembro, optei fazer o roteiro Brasília/Cordoba/Mendoza e de Mendoza/Santiago de ônibus. A descrição está em:http://viagensdede.blogspot.com/2011/08/mendoza-travessia-da-cordilheira-dos.html

  4. Leo
    22/11/2016

    Se você precisa saber o status da etapa para o Chile por Los Libertadores deixo uma página que pode ajudá-los (frequentemente fecha no inverno, neve).
    http://www.pasosfronterizos.com/Paso-los-Libertadores.php
    Perdão por meu Português