Dúvidas Frequentes: Tango em Buenos Aires

Buenos Aires tem dezenas de casas de tango, todas muito parecidas. Em todos os hotéis você encontrará sugestões. Na calle Florida, vários simpáticos argentinos falando em português tentarão te vender ingressos (alguém confia em comprar ingressos de um cara no meio da rua?).


Show de Tango: atração imperdível

Parece ser um passeio obrigatório para o turista que vem a Buenos Aires (se bem que, na verdade, não acredito em “passeios obrigatórios”). As diferenças entre as várias casas, entretanto, é muito difícil discernir (principalmente baseado apenas em folders turísticos). Vamos tentar facilitar as coisas um pouquinho…

 


O aquece no apart hotel…

Que casa tem o verdadeiro Tango em Buenos Aires?

Nós escolhemos uma casa (Señor Tango) que tinha bom preço (AR$ 170,00), oferecia translado (AR$ 25,00) e que podia ser assistida sem obrigação de jantar (show, janta e translado por AR$ 500,00). Se por um lado nossa escolha inicial foi quase aleatória (todas as casas de tango são bem parecidas, na verdade); por outro, decidimos rever o mesmo show na nossa segunda vez pela cidade!

 

Será que vou gostar?

Se você acha que não vai achar grande coisa, porque já viu um vídeo pela internet e nem se empolgou muito, esqueça. As artes em geral, e a dança, em particular, têm que ser sentidas ao vivo! Todo mundo que já foi a um show de música vai entender do que estou falando.

Tango é uma dança difícil, mas belíssima de se assistir. Esqueça aprender alguns passos, porque é tudo coreografado, feito mesmo para te deixar de queixo caído. Mesclar sensualidade com acordeom e entremeios acrobáticos não é algo que se vê todos os dias.

Outra razão é desfrutar de um pouco da cultura argentina. O tango é o ápice da sua tradição, seu produto de exportação, o que eles tem de mais famoso mundo afora. Então prepare-se para admirar a manifestação máxima do seu patriotismo, do seu orgulho nacional.

 

Vou ficar quase 2 horas só vendo casais dançarem?

NÃO!!! O show é um show completo! Tem vários atos, alguns com interpretação, algumas cenas cômicas, cenas apenas com cantores, solos de violino, até cavalos sobem no palco para representar batalhas. Resumindo: há um pouco de tudo e você não vai nem ver o tempo passar.

 

O que o “Señor Tango” tem de diferente?

Como nunca fui em outra casa, na verdade não posso responder 100% a essa pergunta. Entretanto, baseado no que contam outros blogueiros, a diferença é justamente a questão do espetáculo. A cena com os cavaleiros, o trecho de technotango, o final apoteótico… Ouvi dizer que os outros shows são mais tradicionais, sem tanta teatralidade.

 

E o atendimento?

Prepare-se para ficar indignado com os preços das bebidas, mas acho que esse comentário é de certo modo desnecessário. Você já sabia que bebidas são superfaturadas em lugares como estes, não sabe? Para ter uma ideia: jantar executivo sai por AR$ 300,00 por pessoa e a garrafinha de água mineral AR$ 30,00! Tirando o “assalto”, os garçons são excelentes.

 

Tá gostei, quero ir. Como faço?

Você pode reservar pela internet ou por telefone. Se quer translado (daí é obrigatório telefonar), deixe os dados de onde está hospedado e esteja pronto no horário combinado. A própria recepção do hotel pode fazer tudo para você. Se for telefonar, relaxe que eles estão acostumados a atender brasileiros, então não se surpreenda se eles falarem português. O pagamento é feito durante o show, em dinheiro ou cartão de crédito. Se não me engano, aceitam até reais!

No dia a dia da vida real dos portenhos provavelmente haja muitos que nem gostem de tango, do mesmo modo que há vários brasileiros que não gostam de samba. Mas depois de assistir a um show desses, entendemos que aquilo que nós brasileiros costumamos considerar nariz empinado nada mais é que orgulho patriótico, um orgulho que não seria nada mal se nós brasileiro também tivéssemos um pouquinho.

 

Mais sobre a Argentina aqui nos Andarilhos do Mundo?

 

Buenos Aires

Tá escrito OTÁRIO na minha testa?
Roubaram o meu cartão de crédito no exterior
Ópera Pampa: BsAs além do Tango
Tango em Buenos Aires
Buenos Aires para Iniciantes
Diga Não à Aerolineas Argentinas

Puerto Iguazú

Noche en Iguazú – Argentina no #BlogTurFoz
Cataratas pelo Lado Argentino
La Gran Aventura – DENTRO das Cataratas com Vídeo
Duty Free Shop de Puerto Iguazú

Mendoza

Mendoza e suas Atrações
Inusitado Villavicencio em Mendoza
Feliz como Pataxó na Neve
Tour das Bodegas em Mendoza
Guia de como chegar a Mendoza

Escrito por: Gleiber Rodrigues
Compartilhe:
comentarios:4
Posts Relacionados:
27
Aug
2011
4 comentários
  1. Rafael Oliveira
    14/04/2014

    Por favor me indiquem se é confiável o site clikhoteis com shows de tango parcelados e mais baratos que nos sites argentinos em buenos aires.

    • Oi Rafael, na verdade nunca comprei nada deles. Fiz uma parceria de divulgação com eles há alguns anos, mas não cheguei a usar de verdade.

  2. Yara
    11/01/2015

    Oi Gleiber! Fui a B.A em julho do ano passado e não posso deixar de comentar que o Café Tortoni tem um show MARAVILHOSO de tango. Só que eles são mais conservadores, o show não tem nada de tecnológico, achei-o muito visceral. Amei! Saí de lá satisfeitíssima e se não me engano, o custo também é muito bom, algo em torno de 90 pesos por pessoa (sem a obrigação de jantar lá). A única dica que eu dou para quem quiser ir lá é: compre os ingressos durante o dia, pois o lugar do show é pequeno e lota sempre! Um abraço e parabéns pelo blog!

    • Oi Yara!
      Muito obrigado pela dica. Nas duas vezes que fomos escolhemos o Señor Tango, mas estamos precisando voltar e ver numa casa diferente (até para comparar, né?). Fica a dica! Abraços.