Lucerna, Engelberg e Zug: Suíça Central

Hoje a postagem é com um pouco menos de adrenalina…


Lucerna

Nós resolvemos baixar nossa bolinha depois de sentir o corpo dolorido e os pés latejando (eu falei no último post que aquelas botas de ski estavam apertadas???) após a prática de esportes radicais do dia anterior.


A estátua estava tão geladinha, com frio…

Então fomos caminhar calmamente pelas ruelas medievais de Lucerna, cidade em que dormimos. Mas não sem antes cometer duzentas gafes durante o jantar mais caro de nossas vidas! É que ficamos em um hotel meio que metido a besta (um Radisson blu), mas que não ganha em nada no quesito conforto de muito hotel por aí que cobra a metade do preço.


Lucerna

Daí, na hora de jantar, tinha começado uma chuva que nos intimidou de bater pernas pela cidade. Então comemos ali mesmo… Só que ao ver os preços, o prazer se transformou em mau-humor. Era o dia da Terra, então as luzes apagadas, só velas iluminando o local e 10 francos-suíços extras por pessoa como doação à WWF.


Estação de trem

Bem, depois de comer a sopa em um chapéu (sério o prato era tipo um chapéu gigante com um tantinho de nada de sopa no meio, muito engraçado, a gente caiu na gargalhada quando a mulher chegou com o prato).


Ponte da capela

Daí, dia amanhecido, só nublado. Sem chuvas e a gente pode bater perna à vontade. Tiramos umas fotos legais, mas infelizmente era domingo e para quem não sabe, aqui na Suíça aos domingos está TUDO fechado.


Ponte da capela por dentro, com pinturas no teto

Só abrem as cafeterias e restaurantes (e a estação de trem com algumas lojinhas, hehhe). Fora isso a cidade parece morta. Os turistas circulando pelas ruas vazias, sem vida. Coisa mais triste…


Vista da cidade

Mas não tem problema! A gente tira as fotos mesmo assim. E percorremos todo o circuito, incluindo a subida morro acima até as torres da antiga muralha medieval que cercava a cidade.


Mais muralhas

Dali, o próximo ponto do passeio era Engelberg, uma cidade pequena já nas montanhas a 30 e poucos quilômetros de Lucerna. A cidade se espalha em torno de um imponente mosteiro Beneditino e é bem simpática.


Mosteiro beneditino em Engelberg

Também estava cheia de turistas apesar das lojas todas fechadas, mas pelo menos ali tinham bastante cafeterias. A ideia de ir até ali era pegar o famoso teleférico rotativo (tipo o bondinho do pão de açúcar, sabem?) que atravessa de uma montanha para outra para ter vistas incríveis do vale lá embaixo e do lago Lucerna.


Aos pés das montanhas

Só que como a gente já tinha feito isso diversas vezes em outros passeios, a gente pulou essa parte e ficamos só de bobeira por ali mesmo. Pensamos em tentar chegar a Zurique um pouco antes para encontrar um amigo.


Em frente à lojinga de souvenirs

Para a nossa surpresa, pegamos o ensaio da bandinha da cidade. Olhem que impressionante!

Mas a fome apertou no caminho até Zurique e tivemos que fazer um pitstop em Zug, que fica bem pertinho. Vimos no nosso guia que era uma cidade bem charmosa e achamos que era um ponto perfeito para um lanchinho.

E, de fato, a cidade era muito legal, com uma calçada à beira do lago cheia de trapiche, flores, árvores, casais namorando…


Zug

Daí, barriga cheia, rumamos para Zurique, mas infelizmente não deu tempo de encontrar o nosso amigo pois pegamos um trânsito tranqueira na entrada da cidade. 🙁


Zug

Bem, a viagem está chegando ao fim. Essa é a penúltima postagem da jornada.

Ainda virão fotos de Zurique (se o tempo permitir, pois a previsão é chuva!) e da nossa viagem de volta.

Abraços a todos!

 

Índice de postagens sobre a Suíça:

Glacier Express: Cruzando o País
7 coisas que você não sabe sobre a Suíça
Berna e Gruyères: Queijos e Chocolates
O Topo da Europa: Jungfraujoch
Esquiando em Axalp
Montreux e Lausanne: Riviera Suíça
Lucerna, Engelberg e Zug
Zermatt – Guest Post no blog Viagem em Viagens

Matterhorn, Zermatt
Zurich, último dia

 

Escrito por: Gleiber Rodrigues
Compartilhe:
comentarios:3
Posts Relacionados:
28
Mar
2011
3 comentários
  1. lindos! A suiça ainda será minha.
    Ontem fui viajar, conheci lindos lugares, brinquei com porcos e vi varios carros antigos.. Lembrei de vcs.

    Passando rapidinho antes da aula denovo, beijos queridos.

  2. Anonymous
    29/03/2011

    Gleiber! How cool (in both literal & metaphorical ways)! Well, if you do need a heart massage, let me know (I think I was a good student during your speech on 911).

    I really envious. Enjoy it for me!

    Cheers,

    Carlos Barata

  3. Gleiber
    29/03/2011

    Obrigado pela visita, pessoal! Pena que as postagens DESSA viagem estão chegando assim. E eu espero não precisar de ressuscitação cardiopulmonar tão cedo, fessor!