Pelas Highlands em busca do whisky escocês

Roteiro de hoje: percorrer alguns quilômetros (dessa vez nem tantos, finalmente um dia light!) saindo das margens do Loch Lomond, nos arredores do Parque Nacional de Trossachs até chegar numa linda cidade litorânea da Escócia: Oban. Por quê? Por ser sede de uma das mais tradicionais destilarias de Whisky do país do Whisky!

Highlands Escócia Castelo Duntasffnage

Além das atrações do destino e do caminho, a jornada garantiria belas paisagens das Highlands escocesas, um dos cenários mais lindos do mundo, com suas montanhas rasgadas por braços de mar.

 

Primeira Parada: Rest and Be Thankful

Mesmo sendo mais distante, resolvemos seguir viagem passando por Inveraray, um pequeno pontinho no mapa, onde se situa um dos mais lindos castelos do mundo. Mas antes de chegar, uma parada obrigatória em um mirante.

Highlands Escócia Mirante nas Highlands

Ali, para se sentir no topo de uma montanha, não precisava de trilha. Foi só parar o carro e tirar as fotos. Fantastic! O lugar tem até nome: “rest and be thankful” (descanse e seja grato).

Highlands Escócia Rest and Be Thankful

Perfeito, não acham? Uma vista de tirar o fôlego, umas fotos para levar de lembrança e seguimos adiante.

 

Segunda parada: Inveraray

Seu castelo (de conto de fadas!) ficava bem na beira da estrada, fácil de achar. Bom para não perder muito tempo, até porque obviamente estava fechado. Viajar fora de temporada dá nisso: você economiza até nos ingressos, porque as atrações ficam indisponíveis… 🙁

Highlands Escócia Inveraray Castle

Na pesquisa que eu tinha feito previamente, já constava a informação que daríamos com os burros n’água, mas como não nos fez atrasar nossa viagem, achamos que valia umas fotos. Curiosidade: ao contrário de vários castelos somente decorativos, este ainda é habitado pelo Barão de Argyll (ou era conde? Sei lá!).

Para os animados, ao lado do estacionamento para visitantes do castelo vimos a placa que indica a trilha para um mirante com vista para o Loch Fyne. Pasmem, mesmo com a sensação de estarmos bem no centro do país, este é um lago de água salgada que se forma entre as montanhas por um braço de mar. É o tal fiorde, típico dessa região da Escócia.

Cansados e com os pés ainda doídos da trilha de ontem, achamos melhor seguir adiante.

 

Terceira parada: Castelo Kilchurn

Nenhum dos meus guias explicava como chegar lá, só diziam que havia sido abandonado depois que um raio o destruiu. Bem, pegamos o nome dos vilarejos que ficavam próximos (nas margens do Loch Awe) e mandamos a Mary Jane (nosso GPS) nos levar para lá.

Highlands Escócia Kilchurn Castle

Depois de uma virada súbita no meio da estrada, estacionamos onde vários outros carros também estavam e dê-lhe trilha. Esse castelo fica num espécie de ilha (mas com um pequeno corredor que o liga ao continente).

Highlands Escócia Castelo Kilchurn

Claro que o Sandro teve que levar um tombo! (ele tem muita sorte, porque só sujou as mãos…) Era chuva, barro e lama, e nós de sapatinhos sociais!!! Não sei como tivemos a sorte de não ficarmos todos lambuzados de sujeira…

Highlands Escócia Kilchurn Castle na Chuva

Tiramos mais fotos (se bem que ele é mais bonito de longe do que de perto), e voltamos, porque estava fechado (de fato era um lugar abandonado). O engraçado é que tinham dois caras pescando, acampados em suas barraquinhas…

 

Quarta Parada: Castelo Duntasffnage em Oban

Oban é uma cidade portuária, a capital das Highlands ocidentais, portal para as ilhas do litoral oeste da Escócia (particularmente a linda ilha de Mull). Um espírito festeiro e um castelo logo na chegada (com a entrada já paga pelo nosso passe!).

Highlands Escócia Duntasffnage

Na verdade, o castelo Duntasffnage parecia até um local mal assombrado, com suas pedras escuras, árvores retorcidas e salões gélidos.

Highlands Escócia Capela Duntasffnage

Aqui foi a antiga fortaleza do clã Campbell e uma capela em ruínas que fica ao lado guarda restos mortais de mais de 400 anos. Sinistro! O lugar é meio abandonado, tinha uma tempestade chegando… Deu até para sentir um medinho, hehehhe

 

Última parada: a cidade de Oban

Depois de chegarmos à cidade, nos perdermos dando voltas em círculos até chegar à McCraig’s Tower. Lá no alto, nos maravilhamos com a estrutura de 120 anos de idade, parecendo um mini-coliseu.

Highlands Escócia McCraig's Tower

A vista de toda a baía de Oban era indescritivelmente linda.

Highlands Escócia Baía de Oban

E por fim, fomos a uma destilaria de Whisky tradicional! Aqui é produzido um dos 6 tipos puros dessa bebida tipicamente escocesa (o whisky vendido no Brasil geralmente é “blended”, que é feito da mistura de diferentes maltes).

Highlands Escócia Oban Destilaria de Whisky

Eu nem gosto de whisky (mas experimentei, claro… como é que alguém pode gostar daquilo???), mas o tour guiado explicando sua fabricação é muito legal. Imperdível para todos aqueles que um dia vierem à escócia, gostando ou não da bebida.

Highlands Escócia Degustando Whisky

Missão cumprida!

 

Escrito por: Gleiber Rodrigues
Compartilhe:
comentarios:2
Posts Relacionados:
16
Nov
2009
2 comentários
  1. alineh337
    17/11/2009

    Olá para vcs

    É gleiber vejo no face sua fazendinha – que amor à terra natal e produtiva kkk

    Vejo muito as fotos por lá mas é indispensável vir aqui e ler as aventuras de vcs. Muuuito booommmmmmm!

    Se eu estivesse debaixo de tanta chuva, em pico de montanha a Gleibtur teria que me fornecer em seu kit viagem uma cx de Rivotril!!!!

    Como não ‘guento’ este tipo de passeio (e nem tenho dindin para isso) estou adorando passear através das postagens.

    No início do blog disse que as postagens dariam um belo livro, agora já tenho uns três na minha cabeça!!! Vcs vão vender ou não os direitos autorais para mim heheh

    Continuem se divertindo e aproveitando. É uma delícia “viajar” com vcs.

    Abraços
    Aline

  2. Adri
    17/11/2009

    Acho que finalmente aprendi a colocar o meu nome aqui! Burriiiinhaaaa!!! Estou viciada na Glaibertur, meu Deus que lugares lindos! Bjos Adri.