Stratford upon Avon e Shakespeare

Para começar o blog de hoje. A foto de uma macieira! Bem, eu estou há dias tentando tirar uma foto bonita dessa árvore que eu sempre tive sonho de conhecer, principalmente cheia de maçãs! É muito bonitinha, e as maçãs são sempre pequenas, não aquelas coisas gigantescas cheias de agrotóxicos que a gente compra no super.

Falando em agrotóxico, a coisa do “orgânico” e do vegetariano aqui é rotina! Todo lugar que você vai tem a opção de comida vegetariana (boa e farta!) e eles fazem questão de dizer quando os produtos vem de agricultores locais. Coisa de primeiro mundo. A minha amiga Jennefer é que ia se sentir em casa!!!

Percorremos hoje mais ou menos 230milhas! Se fosse num retão, beleza, mas foi numa estrada lotada, com carros tentando se ultrapassar o tempo todo, engarrafamento, tranqueira.. Demoramos umas 4 horas cruzando a Inglaterra no sentido Norte.

Primeiro, como combinado, passeamos pela terra natal de Shakespeare (Stratford-upon-Avon!). É uma cidade legal, cheia de lojinhas e eles preservaram várias casas do século XVI, era dos descobrimentos, do renascimento italiano e de quem? Shakespeare!

Na verdade, eles aproveitaram isso e transformaram o local em uma espécie de parque temático “pega turista”, mas sabe que eles fizeram tudo bem direitinho? Porque ADORAMOS!!!

Tem o museu da casa onde ele nasceu, onde viveu depois de voltar de Londres, da filha dele com o genro (que era médico e tinha um monte de instrumental cirúrgico da época – vale frisar que o fórceps obstétrico continua exatamente IGUAL!). A surpresa foi a igreja onde o dito-cujo está sepultado! Fica bem na beira do rio Avon, cheio de Salgueiros e ciprestes, num lugar lindo cheio de lápides na porta (como a maioria das igrejas daqui).

O túmulo dele, entretanto, é dentro da igreja mesmo, com demarcações e tudo. Ele foi muito famoso e rico, mesmo em sua época, então tanto ele quanto sua família estão todos lá enterrados bem pertinhos do altar principal.

Bem, vou fazer um post separado para o castelo de Warwick, que foi a próxima parada.

Mais do Interior da Inglaterra?

      Cambridge
      Sul da Inglaterra – Leeds e Bodiam Castle
      Arundel, Winchester e Salisbury
      Stonehenge
      Um pouco de misticismo – Glastonbury
      Cornualha, Tintagel e Boscastle
      Mais Cornualha
      Bath
      Cotswolds – o coração da Inglaterra
      Stratford upon Avon
      Castelo de Warwick
      Região dos Lagos: Keswick e Windermere – a Jóia da Coroa

Escrito por: Gleiber Rodrigues
Compartilhe:
comentario:1
Posts Relacionados:
12
Nov
2009
1 comentário
  1. Jennefer
    14/11/2009

    Que boa notícia! Depois dos pratos franceses e do café da manhã londrino, achei que não tinha nada sem bichinhos por aí 😉 bjão